Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Compromisso para o sábado

17 de maio de 2014 0

Passando para lembrar que neste sábado tem Edifício Master no UCS Cinema, às 18h. Até o final de maio, a Mostra de Cinema Brasileiro ainda vai exibir outros dois filmes de Eduardo Coutinho, dá uma olhadinha na programação completa no site e confere minha pequena homenagem à obra-prima do cineasta morto em fevereiro.

ESPETACULAR É A VIDA

Mostra de Cinema Brasileiro exibe o filme ‘Edifício Master’, obra-prima de Eduardo Coutinho

A pessoa que senta ao seu lado no ônibus, que toma café na mesma lancheria, aquela que está na sua frente na fila do banco ou a que tromba com você diariamente no elevador. Todas podem ser espetaculares, donas de histórias dignas de roteiros dos mais diversos gêneros – da comédia pastelão ao drama mais comovente.

O cineasta Eduardo Coutinho (morto em fevereiro) sabia disso, e calcou seu trabalho na premissa de dar voz aos homens e mulheres comuns que cruzam os caminhos uns dos outros diariamente. Neste sábado, um dos trabalhos mais importantes e premiados do diretor, Edifício Master (2002), será exibido no UCS Cinema dentro da programação da Mostra de Cinema Brasileiro.

Para fazer esse trabalho, a equipe de Coutinho alugou um apartamento no prédio carioca que dá nome ao filme e passou a realizar entrevistas com moradores em busca de histórias e personagens interessantes. O resultado é um desfile de vozes milagrosamente comuns a conduzir desfechos dos mais inesperados.

O filme mostra uma sequência de moradores recebendo Coutinho e equipe em seus apartamentos. O documentarista não esconde a voz, característica própria de suas produções. Pelo contrário, conduz as conversas de forma franca e até mesmo troca de papel, quando um de seus entrevistados lhe devolve a pergunta (“não tem emprego para uma pessoa igual a mim, o senhor quer me dar um emprego?”). Nos entremeios das entrevistas, a câmera vira olhos e ouvidos do edifício, mostrando os longos corredores, as janelas, e a sinfonia de abre e fecha dos elevadores, vozes, latidos e carros ao longe.

Todos os personagens são inesquecíveis, alguns mais que outros (mas isso depende de quem vai fazer você se identificar mais). Há o senhor Henrique, que todos os dias canta My Way, de Frank Sinatra – Coutinho fez questão de gravá-lo em ação, emocionado mais uma vez pelas palavras da música. Há a Dona Esther, que colocou uma calça para se jogar da janela do apartamento, mas desistiu depois de lembrar dos carnês da C&A e do Ponto Frio. E há o Sérgio, com sua filosofia de vida ímpar: “uso muito Piaget, quando não dá certo parto para Pinochet”.

Edifício Master é essencial e ensina a olhar para a vida que passa ao seu lado.

PROGRAME-SE
O que: exibição do documentário Edifício Master, de Eduardo Coutinho
Quando: neste sábado, às 18h
Onde: UCS Cinema
Quanto: entrada franca
Duração: 111 min

Envie seu Comentário