Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Vencedores em Gramado

17 de agosto de 2014 0
Crédito: Europa Filmes

Crédito: Europa Filmes

A Estrada 47, de Vicente Ferraz, saiu consagrado como melhor filme nacional do 42º Festival de Cinema de Gramado. O longa sobre um grupo de brasileiros lutando ao lado das tropas aliadas na Segunda Guerra Mundial também levou o kikito de Melhor Desenho de Som, para Branco Neskov.

O filme A Despedida, do qual já havíamos mostrado algumas belas imagens aqui, rendeu prêmio de Melhor Ator, para Nelson Xavier, e Melhor Atriz, para Juliana Paes — que desbancou a franca favorita Fernanda Montenegro, de Infância. Além disso, o longa também levou kikitos de Melhor Diretor (Marcelo Galvão) e Fotografia (Eduardo Makino).

A estreia de Alceu Valença na direção rendeu troféus de Melhor Trilha e Melhor Direção de Arte, para a A Luneta do Tempo.

Veja todos os vencedores da noite de sábado aqui:

CURTAS-METRAGENS

DESENHO DE SOM: Guga Rocha, por História Natural
TRILHA MUSICAL: Sem Título #1: Dance of Leitfossil
DIREÇÃO DE ARTE: Caio Ryuichi Yossimi, por O Coração do Príncipe
MONTAGEM: Carlos Adriano, por Sem Título #1: Dance of Leitfossil
FOTOGRAFIA: Giovanna Pezzo, por La Llamada
ROTEIRO: Caio Ryuichi Yossimi, por O Coração do Príncipe
ATRIZ: Rafaela Souza, por Carranca
ATOR: Guilherme Silva, por Carranca

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI: O Clube, Allan Ribeiro
MELHOR FILME / Júri Popular: A Pequena Vendedora de Fósforos, de Kyoko Yamashita
MELHOR DIRETOR: Gustavo Vinagre, por La Llamada
MELHOR FILME: Se Essa Lua Fosse Minha, de Larissa Lewandowski

PRÊMIO CANAL BRASIL: A Pequena Vendedora de Fósforos, de Kyoko Yamashita

PRÊMIO DOM QUIXOTE: Las Analfabetas, de Moisés Sepúlveda

LONGAS-METRAGENS LATINOS

MELHOR FOTOGRAFIA: Arnaldo Rodriguez, por Las Analfabetas
MELHOR ROTEIRO: Manuel Nieto, por El Lugar Del Hijo
MELHOR ATRIZ: Paulina Garcia e Valentina Muhr, por Las Analfabetas
MELHOR ATOR: Felipe Dieste, por El Lugar Del Hijo
MELHOR FILME / Júri Popular: Esclavo de Dios, de Joel Novoa
MELHOR DIRETOR: Moisés Sepúlveda, por Las Analfabetas
MELHOR FILME: El Lugar Del Hijo, de Manuel Nieto

JÚRI DA CRÍTICA

MELHOR CURTA / Júri da Crítica: La Llamada, de Gustavo Vinagre
MELHOR LONGA LATINO / Júri da Crítica: El Crítico, de Hernán Guerschuny
MELHOR LONGA BRAS. / Júri da Crítica: Sinfonia da Necrópole, de Juliana Rojas

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS

MELHOR DESENHO DE SOM: Branco Neskov, por A Estrada 47
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Andrea Buzato, por Os Senhores da Guerra
MELHOR ATOR COADJUVANTE: Paulo Betti, por Infância
MELHOR TRILHA MUSICAL: Alceu Valença, por A Luneta do Tempo
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Moacyr Gramacho, por A Luneta do Tempo
MELHOR MONTAGEM: Tina Saphira, por Infância
MELHOR FOTOGRAFIA: Eduardo Makino, por A Despedida
MELHOR ROTEIRO: Domingos Oliveira, por Infância
MELHOR ATRIZ: Juliana Paes, por A Despedida
MELHOR ATOR: Nelson Xavier, por A Despedida

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (1): Os Senhores da Guerra, de Tabajara Ruas
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (2): Fernanda Montenegro, por Infância
MELHOR FILME / Júri Popular: O Segredo dos Diamantes, de Helvécio Ratton
MELHOR DIRETOR: Marcelo Galvão, por A Despedida
MELHOR FILME: A Estrada 47, de Vicente Ferraz

Envie seu Comentário