Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Histórias do Bom Fim

23 de julho de 2015 0
Crédito: Epifania Filmes

Crédito: Epifania Filmes

O documentário Filme Sobre um Bom Fim, do barbosense Boca Migotto, já capta o espectador desde a abertura: um áudio da icônica rádio Ipanema anuncia a canção Não Chores Lola, de Julio Reny, enquanto os olhos acompanham imagens em movimento da rua Osvaldo Aranha, marco da efervescência cultural de Porto Alegre. As cenas referenciam a abertura de outro filme, Deu Pra Ti Anos 70, lançado em 1981, justamente quando aquele cenário começava a fervilhar. “O filme (Deu pra ti..) só existe por causa do Bom Fim”, dimensiona o depoimento do diretor Nelson Nadotti, sobre o bairro que foi objeto de estudo de Boca Migotto durante quase 10 anos.

A produção faz um apanhado sobre todos os produtos culturais nascidos sob o manto underground do Bom Fim. A década de 1980 é a mais reverenciada nos depoimentos, momento em que jornalistas, cineastas, escritores, músicos e um monte de gente maluca e cheia de ideias se acotovelavam nas calçadas e botecos da Osvaldo. “As conversas eram sobre criação, sempre”, diz Wander Wildner (na foto acima).

O interessante é que o documentário consegue transcender o inevitável clima de saudosismo para fazer uma espécie de tratado sobre aquele momento histórico para as artes. Sobre cinema, por exemplo, dá para pensar numa espécie de linha evolutiva que começa com uma gurizada lotando os ciclos temáticos na sala Bristol e termina com essa mesma turma encabeçando projetos audiovisuais como o programa Quizumba, da TVE, os videoclipes (alguém lembra do icônico Surfista Calhorda?) e os filmes (Verdes Anos é um marco).

“O negócio era aprender fazendo”, comenta Carlos Gerbase, sobre o conceito da banda Replicantes que acabou se fundindo com o do próprio ambiente artístico do Bom Fim oitentista.

Assim como Tormenta, de Lucas Costanzi, Filme Sobre um Bom Fim será exibido na Mostra Gaúcha de Longas, em Gramado. A estreia nos cinemas convencionais está prevista para o dia 20 de agosto. Caxias pode ganhar sessão comentada em setembro (a gente divulga melhor quando chegar mais perto).

Envie seu Comentário