Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Olhar crítico à colheita

17 de setembro de 2015 0
Crédito: Karinny Matias

Crédito: Karinny Matias

O trabalho dos agricultores na colheita da uva, emoldurado pelas impressionantes paisagens da Serra, já serviu de matéria-prima para muitos audiovisuais feitos por aqui. Mas, para o diretor Boca Migotto, encher os olhos não é exatamente o maior objetivo do documentário À Sombra das Videiras, que estreia em Bento nesta sexta. Produzido por alunos do Núcleo Audiovisual Cenecista em parceria com profissionais da cidade – como o diretor de fotografia André Majola –, o filme de 20 minutos propõe olhar um pouco mais focado à reflexão.

– A maioria dos patriarcas das famílias de agricultores da Cooperativa Aurora tem mais de 60 anos, e os filhos não estão interessados em continuar o trabalho. Acho que o filme discute como a região está se preparando para dar conta da colheita – explica o diretor, que esteve em Caxias no sábado lançando o doc Filme Sobre Um Bom Fim.

Gravado entre dezembro de 2014 e fevereiro deste ano, À Sombra das Videiras acompanhou a rotina de três famílias do
distrito bento-gonçalvense de Faria Lemos e a relação desses “nativos” com quem vem de fora para trabalhar na colheita.

– A gente quis fazer uma coisa mais cinema direto, acompanhando os personagens sem muita entrevista – explica o diretor.

O filme, que tem verba do Fundo Municipal de Cultura, será exibido às 19h30min desta sexta, na Fundação Casa das Artes. A entrada é gratuita.

Envie seu Comentário