Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "financiarte"

O que o Financiarte traz

16 de outubro de 2015 2
Cinema de Verão vai ganhar versão de inverno. Crédito: Varsóvia Educação e Cultura

Cinema de Verão vai ganhar versão de inverno. Crédito: Varsóvia Educação e Cultura

Olha aí, pessoal, o Financiarte divulgou a lista de projetos contemplados nesta sexta. A área de Cinema e Vídeo, que muito nos interessa, aprovou nove propostas. Cada uma pode receber o teto máximo de R$ 35 mil.

Entre os meus destaques está a versão “invernal” da ótima e consolidada ideia Cinema de Verão. Ah, também temos a estreia de Mateus Frazão como contemplado neste edital. Fiquei feliz porque lembro do ótimo curta Ia Dizer que Voltei, que ele produziu com amigos de forma independente. Agora, com direito a verba, pode vir coisa bem bacana por aí (aliás, já curti o nome: Jazigo). A iniciativa Cinema para Todos também me deixou curiosa, só pode ser coisa boa…

A lista de aprovados está em ordem alfabética pelos nomes dos proponentes.

Cinema e vídeo

:: Dinarte Paz – Noites de Distância
:: Elisabete de Souza da Silva – Cinema para todos (circuito de cinema inclusivo)
:: Filipe Traslatti de Mello – Review
:: Leandro Daros – Curta-metragem Um Cara de Confiança!
:: Mateus Frazão da Silva – Jazigo
:: Quim Douglas Dalberto – Descaso Destino
:: Ramon Osmaischi – Ao sabor do vento (videoclipe da banda Cão Sem Dono)
:: Robinson Padilha Cabral – Cinema de Inverno
:: Samuel Angelo Bovo – Passos

'O Grande L' vem aí

18 de abril de 2014 0
Lê Daros em ação na escola Madre Imilda

Lê Daros em ação na escola Madre Imilda

Olha aí pessoal, mais uma produção local que está prestes a sair do forno. O diretor e roteirista Lê Daros divulgou o trailer do curta O Grande L, com previsão de estreia para maio. O filme trata do universo escolar e aborda questões como o bullying. O elenco é praticamente formado por adolescentes. A maior parte das gravações ocorreram nas dependências da escola Madre Imilda, em Caxias.

O curta foi custeado pelo Financiarte. Dá uma olhadinha no trailer:

Trailer de 'Heranças'

01 de fevereiro de 2014 0
Crédito: Metamorfose Filmes

Crédito: Metamorfose Filmes

Tá ganhando forma o documentário Heranças, produzido pela Metamoforse Filmes, aqui de Caxias do Sul. O filme é custeado pelo Financiarte e a previsão de lançamento é para abril.

Eu já havia falado desta produção por aqui, mas vale lembrar que se trata de um resgate da herança cultural preservada por quatro personagens: Edson Cembranine e as parreiras, Gema Dal Cero e o sagu, Juarez Castilhos dos Reis e a lida do campo, e Robison Boeira e a música. 

Dá uma olhadinha na prévia do que vem por aí. A fotografia segue bem competente hein, estou curiosa para ver o resultado…

Histórias por trás das portas

26 de novembro de 2013 0

Você já parou para olhar as portas da Igreja São Pelegrino? Elas estão ali, no coração de um dos pontos turísticos mais visitados de Caxias, mas não são muitos os moradores que arranjam um tempinho para dedicar à obra do italiano Augusto Murer, imortalizada em bronze pela empresa caxiense Tomé S/A. O documentário Portas de Bronze promete popularizar um pouco mais a história das belas peças que ornamentam a entrada no tempo. A estreia será nesta quarta, com sessões às 19h e 20h, na Sala de Cinema Ulysses Geremia. A entrada é franca.

A direção é de Ruy Fritsch, da Moving Filmes. O roteiro de Eduardo Vargas de Almeida é baseado no livro homônimo do historiador Alvino Brugalli, lançado em 2004. Seu Brugalli é a voz que narra a história, uma verdadeira enciclopédia viva, um apaixonado pela arte de Murer e pela própria paróquia São Pelegrino. Além dele, há entrevistas com funcionários e outras pessoas envolvidas de alguma maneira com a igreja. O filme foi custeado pelo Financiarte.

Crédito: Calebe De Boni

Crédito: Calebe De Boni

Quatro personagens, muitas heranças

20 de novembro de 2013 0

herancas_juarezcr1

herancas_gema1

herancas_juarez1

herancas_robison1
Crédito: Metamorfose Filmes

Aprovado pelo primeiro edital de 2013 do Financiarte o documentário Heranças já está em fase de edição. O trabalho pretende acompanhar algumas famílias da região que mantêm vivas as heranças culturais. Quatro são os personagens principais da produção: Edson Cembrani, que trabalha no cultivo de parreiras no Trentino; Gema Dal Cero, que trabalha como animadora turística em Forqueta; Juarez Castilhos dos Reis, acostumado com as lidas do campo; e Robison Boeira, que cultiva as tradições por meio do acordeom.

— Gema, Edson, Robison e Juarez emprestam trechos de suas histórias, e mostram como as heranças deixadas, respectivamente, no artesanato e culinária, no cultivo da uva e produção do vinho, na música e no trabalho no campo, foram preservadas, são reinventadas e, muito mais do que terem contribuído com a formação de cada um deles, servem como resgate das principais culturas da região, a italiana e a gaúcha — explica Elisângela Silva, roteirista de Heranças.

A direção é de Maicon Dewes e a produção da Metamorfose Filmes. Previsão de lançamento para abril de 2014.

No site www.herancas.com.br tem mais informações sobre o trabalho. De cara, já dá para notar que a fotografia ficou bem bacana.

Cristian Rigon vira galã

12 de novembro de 2013 0
Crédito: Tatieli Sperry

Crédito: Tatieli Sperry

Tem trabalho fresquinho saindo pelo Financiarte, em Caxias. O guitarrista Cristian Rigon encarna um bluesman com pinta de galã no clipe da música Hey Honey, lançado nesta terça pelo canal do músico no Youtube. A produção tem direção e roteiro de Le Daros (que, a propósito, está preparando um curta de ficção bem bacana, sobre o qual ainda falarei por aqui). O vídeo é estrelado por Dayane Mussoi, que aparece como uma garçonete que fica obcecada pelo músico.

O clipe de Hey Honey tem direção de fotografia e montagem de Filipe Mello; direção de arte de Carine Panigas; e Leandro Foscarini como assistente de produção.

Confere aí:

Duas estreias de uma vez

23 de setembro de 2013 0
Crédito: Greg Kuhn

Crédito: Greg Kuhn

Nesta quarta tem duas estreias legais na Sala de Cinema Ulysses Geremia. Ops, na verdade são três, já que na quinta-feira entra em cartaz o longa argentino Tese Sobre um Homicídio, com Ricardo Darín no elenco e que parece ser uma ótima pedida (falo mais dele por aqui ainda esta semana).

Bom, mas as outras duas estreias bacanas ocorrem nesta quarta, em sessão marcada para as 21h. Abre Aspas e Ao Teatro são curtas-metragens custeados pelo Financiarte e produzidos pela Bigode de Gato (eu já falei deles aqui).

Dirigida por Nicole Fischer, Abre Aspas (foto) é uma videodança dividida em três cenas com narrativa experimental que brinca com conceitos da dança contemporânea. O curta tem participação dos bailarinos Alessandro Rosa, Átila Muniz, Janaína Cruz, Paula Gisto, Pedro Coelho e Tabata Faé, e apoio da Cia. Municipal de Dança.

A ficção Ao Teatro tem direção de Marcelo Andrighetti e acompanha um casal de atores que deixou de subir aos palcos. No elenco tem Odelta Simonetti e Douglas Trancoso, além dos bailarinos Diego Esteves e Fernanda Boff.

A sessão tem entrada franca e haverá bate-papo depois das exibições.

Tem curta caxiense saindo do forno

04 de setembro de 2013 0
Crédito: Ruy Fritsch

Crédito: Ruy Fritsch, divulgação

Há poucos filmes de suspense no cinema nacional, em se tratando de produção local então, menos ainda. Esse é um dos motivos pelos quais estou bem curiosa para assistir o curta-metragem Crianças, dirigido por Ruy Fritsch (você talvez já tenha ouvido falar dele por causa da banda de rock progressivo Apocalypse). Custeado pelo Financiarte, o trabalho será lançado oficialmente na próxima quarta (dia 11/09), na Sala de Cinema Ulysses Geremia. Haverá sessões às 19h e às 20h, ambas com entrada franca.

O filme foi totalmente produzido e filmado em Caxias. No elenco, o experiente (e gente boníssima) ator porto-alegrense Girley Paes — que, a propósito, deixou a carinha de vovô querido em casa e aparece com um olhar um tanto aterrorizante na maior parte das fotos do curta. Também tem a estreia da atriz mirim Nicole Buzin.

A trama de Crianças fala de desaparecimento infantil e pretende provocar reflexão sobre a responsabilidade dos pais sobre os filhos. A trilha é assinada por Eloy Fritsch (irmão de Ruy, também integrante da Apocalypse).   A produção é assinada pela Moving! Filmes.