Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Festival Lume: um favorito

21 de julho de 2011 3

As Tentações de Santo Antônio é uma produção vinda da Estônia, pequeno país báltico que fica entre a Rússia e a Finlândia. Tem na direção Veiko Õunpuu, cineasta jovem, de menos de 40 anos, que com este longa ganhou elogios no Sundance Festival de 2010 e, com Autumm Ball, que não tem tradução para o português e marcou a sua estreia no longa-metragem, venceu a mostra Horizontes em Veneza 2007. As Tentações de Santo Antônio (título internacional The Temptation of St. Tony) é o seu segundo longa. Narra de um jeito fragmentado, em preto e branco e com imagens delirantes representativas das visões do protagonista, o inferno vivido por um homem (Taavi Eelmaa) após a morte de seu pai. Tem participação especial do ator francês Denis Lavant e está repleto de citações – há um humor negro que lembra Kaurismaki e Jarmusch, embora as referências mais explícitas sejam ao surrealismo de Buñuel e à ambientação estranha de Lynch, e o argumento original se desenvolva a partir da lenda do título que antes inspirara Bosch, Dalí e Flaubert. Concorre na competição principal de longas-metragens, cujos premiados serão anunciados neste sábado (23).

É difícil, mas também é genial.

A linda música do clipe acima, How to Disappear Completely, é do Radiohead, está no disco Kid A e é perfeita para descrever o estado de espírito do personagem principal. A sequência acima está para As Tentações de Santo Antônio como o Clube Silêncio está para Mullholand Drive, ou Cidade dos Sonhos. Que a Lume dê um jeito de lançá-lo no circuito.

Comentários (3)

  • João Antônio diz: 21 de julho de 2011

    Desculpe invadir este post com um assunto diferente, mas não descobri outra maneira de enviar esta mensagem.
    Gostaria de apresentar uma questão que surgiu para mim nesta semana. Tenho frequentado algumas salas de cinema em Shopping Centers de Porto Alegre e nunca tive problemas graves relacionados com a qualidade da imagem ou do som. Entretanto, esta semana fui assistir Harry Potter Part 2 3D no GNC Lindoia e observei que além da tela excessivamente escura, observamos (estávamos em um grupo de aproximadamente dez pessoas) que as imagens estavam fora de foco. Na realidade estou custando a acreditar que passamos por esta situação sem que nenhum de nós, nem os demais frequentadores do cinema, se revoltasse a ponto de solicitar o ressarcimento dos bilhetes. Gostaria de saber se esta situação se repete em outras ocasiões e, se possível, saber um pouco mais sobre qualidade de exibição de filmes em 3D e como podemos nos proteger deste tipo de situação. Foi a primeira e última vez que fui a este cinema, mas estou receoso de voltar a assistir filmes em 3D.

  • Festival Lume: os vencedores | Cineclube diz: 24 de julho de 2011

    [...] internacional, o genial A Tentação de Santo Antônio (sobre ele leia mais no post abaixo, aqui) foi lembrado na categoria direção, mas o prêmio principal ficou com o polonês O Moinho e a [...]

Envie seu Comentário