Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Tá feia a coisa

19 de outubro de 2011 22

Acompanhe o ranking dos filmes mais vistos no Brasil no último fim de semana, por ordem de valores arrecadados:

1) Os Três Mosqueteiros, bisonha versão 3D para o clássico de Dumas;
2) O Zelador Animal, bobajada com animais falantes defendendo o zelador de um zoológico;
3) Amizade Colorida, comédia romântica estúpida (se isso não for redundância ultimamente);
4) Winter, o Golfinho, dramalhão sobre a recuperação de um golfinho ferido;
5) Sem Saída, suspense-bomba com a aposta de galã Taylor Lautner, de Crepúsculo.

Kevin James em O Zelador Animal

A situação, como se pode ver, está feia. Passam as semanas e as estreias, nos cinemas de shopping, estão quase todas no nível desses cinco títulos acima. O público continua prestigiando os importados de Hollywood, apesar de tudo – prova é o próprio ranking dos filmes mais vistos. E assim vamos: na sexta-feira passada uma das novidades era o retardado Qual o seu Número? e, na próxima, será o infantiloide Gigantes de Aço.

As opções só melhoram quando olhamos para a programação dita alternativa. Longas como os brasileiros Riscado e Além da Estrada, o uruguaio Hiroshima e os argentinos Um Conto Chinês e Medianeras, perto dos cinco primeiros do ranking, são verdadeiras obras-primas da arte contemporânea.

Está certo que há Cópia Fiel, em cartaz em Porto Alegre há mais de seis meses. Está certo que este ano houve até um Apichatpong Weerasethakul num shopping da cidade (Tio Boonmee no Unibanco Arteplex). E, principalmente, está certo que temos cada vez mais diversidade nas salas de cinema, o que inclui filmes de cinematografias antes bastante obscuras. Mas Hollywood podia colaborar, já que é lá que estão os melhores recursos e a mão de obra tecnicamente mais qualificada. Do jeito que está, para ver algo razoável é cada vez mais necessário buscar alternativas à produção norte-americana – nos shoppings ou fora deles. Cada vez mais.

Os Três Mosqueteiros: um por todos e todos pelos navios de guerra voadores

Comentários (22)

  • Luiza diz: 19 de outubro de 2011

    Pelamor, retardado e infantilóide é tu. As pessoas vão ao cinema para se divertirem, se distrair, não para ficar remoendo problemas ou pagar pra assistir um filme sem a menor qualidade técnica. Quer ver filmes alternativos? Tem várias salas em PoA especializadas nisso. Agora, se as pessoas querem assistir enlatados blockbusters hollywoodianos, o problema (e o dinheiro) é delas, não teu.

  • Guilherme diz: 19 de outubro de 2011

    Daniel, não sei a tua idade, mas acredito que ela não seja avançada o suficiente para teres visto Crepúsculo dos Deuses, Psicose, O Sétimo Selo, Acossado etc. nos cinemas. Acredito também que, dessa forma, assim como eu, tu deves te lamentar copiosamente por isso, não?

  • marcelo diz: 20 de outubro de 2011

    como diz um grande chapa: filmes com animais que falam são para humanos que relincham.

  • cicero diz: 20 de outubro de 2011

    O que está mais baixo é o nivel dos filmes ou dos espectadores? Shoppings são obviamente locais de consumo, logo seus cinemas buscam o que tenha apelo absolutamente comercial.

  • CLEBER diz: 20 de outubro de 2011

    TENHO UMA CONSIDERAÇAO A FAZER , PEDIR PARA QUE OS AMERICANOS DE HOLLYWOOD FAÇAM FILMES DE BOA QUALIDADE É DEMAIS, PQ. SE VOCE ACHA BABOSEIRA TODOS ESTES FILMES QUE CITOU , TEM QUE PRIMEIRO PENSAR QUE HA PESSOAS QUE GOSTAM DESTAS BABOSEIRAS COMO VC. DISSE , E OUTRA JA PASSOU DA HORA DE SER PRECONCEITUOSO COM FILMES ASSIM, OU VC. ACHA QUE A GRANDE MAIORIA GOSTA DE VER FILMES QUE CONTAM HISTORIAS CHATAS E ARRASTADAS MUITAS VEZES CONTANTO A VIDA DE ALGUEM QUE A MAIORIA DA POPULAÇAO NEM SABE QUE EXISTIU OU QUALQUER OUTRA HISTORIA QUE ALGUNS CHAMAM DE CULTS, O POVO QUER VER AÇAO, TERROR,COMEDIA,DRAMA,FILMES INFANTIS, ISSO SE CHAMA DIVERSAO SE FOREM BONS OU NAO QUEM JULGA É O PUBLICO ,AS VEZES VCS. SUBSTIMAN A CAPACIDADE DO PUBLICO. FILMES QUE MUITOS ACHAVAM BABOSEIRAS QUANDO FORAM LANÇADOS HOJE SAO CULTS, VEJA O EXEMPLO DE ROCKY I

  • cristiano pitt diz: 20 de outubro de 2011

    Daniel, se aí na Capital a coisa está feia, tu imagina nesse nosso interiorzão provinciano… nem nas locadoras tem coisa que preste, com raras exceções como uma que fica no Shopping L’América em Bento Gonçalves (uma cidade de mais de cem mil habitantes!).

    A salvação – mas nem sempre – é o Telcine Cult.

  • junior diz: 20 de outubro de 2011

    Coquem sky hd, tem programas muito interesantes com imagens maravilhosas e nem precisa sair de casa pra se divertir,ok.

    junior

  • DiegoRS diz: 20 de outubro de 2011

    Essa briga do “cinema pipoca X cinema cabeça” sempre dá discussão certa. É que nem a conversa da “boa música”, normalmente creditada ao Jazz ou Clássico, eu pessoalmente acho Jazz ótimo para insônia, assim como cinema europeu e cult em geral. Cada um na sua…
    Fui ver Don`t Be Afraid of the Dark nesse final de semana, produzido pelo Guillermo Del Toro e achei muito bom como diversão.

  • Alexandre diz: 20 de outubro de 2011

    o cinema ta complicado mesmo! mas sempre foi assim, tem dezenas de titulos a sua escolha. agora criticar o que não se tem capacidade de fazer é fácil, o Brasil não tem filme que preste, então logo não temos no que se basear pra criticar.

  • Guilherme diz: 20 de outubro de 2011

    Que nada a ve esse teu comentário. Cada um com seus gostos. O que pode ser ruim pra ti, pode ser bom pra outros. Eu vou ao cinema pra me divertir e não pra fazer uma análise crítica sobre os filmes. E pra me divertir basta uma boa cena de ação, ou um comédia que me faça dar boas risadas…

  • Rafael “Neutral” diz: 20 de outubro de 2011

    Olha Daniel… acho que antes de ofender aqueles filmes todos ali, por mais óbvio que seja deveria colocar que é a TUA opinião, comparado ao TEU gosto de filme… e não que eles sejam realmente isso.

    Sou extremamente crítico quanto a filmes, olho o Oscar (apesar de não concordar com as escolhas muitas vezes)… bla bla bla.

    Achei “Os Três Mosqueteiros” legal de se ver, para uma tarde de segunda-feira… me distraí bastante, principalmente com o “Quarto Mosqueteiro” petulante como foi feito.

    Quanto ao “Amizade Colorida”, se desencanar e simplesmente VER o filme, tirando as cenas de sexo apelativas (que por sinal, Mila Kunis não é dispensavel de se ver), dá pra tirar muitas risadas com o filme sim.

    Não são filmes “fora do gibi”, mas são “assistíveis”.
    Creio que se tu sabia que aquilo não era teu gosto de filme, bastava não ter ido até a sala de cinema. :)

  • Anderson diz: 20 de outubro de 2011

    O grande problema do cinema de hoje é que não consegue fazer dos personagens de hoje um (Martin Rigs, John McLane, Rambo, Rocky) e por ai vai… Não existem mais filmes de ação como os de antigamente e isso fez o cinema perder muito… Os mercenarios ultimo filme do Stallone foi muito bom pq puxava para um lado “Oitentista”… Jason Stan é um otimo ator da atualidade mas em filmes como Transporter (carga explosiva) pq é “Oitentista”…
    Cinema cult realmente da sono e ninguem que não sofra de insonia na minha humilde opinião merece pagar para ter sono… quer ter sono Leia a Biblia o sonifero mais antigo do mundo hauhauahua.

    Sinceramente hoje em dia o negocio é ver seriados, ou esperar que Bruce Willis, Silverster Stallone, Arnod, Will Smith, Tomy Lee Jones e os outros grandes continuem a fazer ou participar de filmes de ação que realmente valham a pena…

    Eu sincermante tenho bronca desses fimes com galãzinhos adolecentes que eles querem transformar em homens de ação isso eh ridiculo…

  • Marcelo diz: 20 de outubro de 2011

    Paradoxo. No instante em que acho que vc é um pseudo-intelectualoide se fazendo de “cult” e remoendo filmes chatos (que nem deve gostar, mas o faz para aparecer), acho também que vc esquece (ou talvez não saiba) que muitas pessoas (eu inclusive) vão ao cinema apenas para abstrair, para fugir de uma realidade e não ter que pensar em problemas, principalmente dos outros. Por outro lado, devo concordar que, do filmes que vc citou, absolutamente nenhuma se salva (e olha que, desses, eu só assisti aos trailers).

  • Marcos diz: 20 de outubro de 2011

    Esperar o que de uma população onde somente 16% tem curso superior a alienação e ignorância imperam em todas as áreas, por isso é tão natural para boa parte do povo assistir filmes digestivos igual aos da lista acima.
    O Povo não sabe distinguir nem ficção de realidade vai conseguir ter senso crítico para assistir um filme.
    Povo alienado, Povo Feliz!

  • Rafael souza diz: 20 de outubro de 2011

    A salvação virá no próximo fim de semana com Contágio do Sonderberb, Filmaço!

  • Rafael souza diz: 20 de outubro de 2011

    Nao Guilherme, discordo do seu comentário, onde o que é bom para um pode ser ruim para os outros, há um padrão a ser seguido de filmes como Casablanca ou o Sétimo selo aqui falado, são considerados bons pela academia e pelo grande publico que acompanha cinema, mas dizer que filmes como transformers e essas idiotices que estão passando atualmente nos cinemas de bons, é falta de conhecimento seu sobre cinema.Seria o mesmo que comparar musica classica com pagode.

  • cicero diz: 20 de outubro de 2011

    Um filme comercial não precisa ser medíocre. Veja o exemplo de E.T. ou de alguns filmes baseados em Super-heróis como o X-Men First Class. Mas o problema é que cada vez mais o cinema comercial trabalha dentro de uma única fórmula,sem nada que ressalte talento em diálogos, roteiro ou mensagem. Claro, em especial a produção americana sempre tem um nível de produção técnica muito alto, mas eu escolho carros pelo nível técnico, não filmes. Curtir filmes mais sofisticas é exatamente como o hábito de leitura. Se você passou a vida assistindo lixo, não va entender nada de um filme mais inteligente. E se não entender, como gostar?

  • adri diz: 20 de outubro de 2011

    Aos que ficarão revoltados com a matéria digo que o problema com estes filmes não é com a falta diversão, risos ou distração, é sim a falta de comprometimento com a 7ª arte.Disso eles nunca poderão ser chamados!
    Agora entretenimento… se encaixam perfeitamente.

  • adri diz: 20 de outubro de 2011

    só um ps, desculpem o erro na plavra ficarão, deveria ser ficaram.

  • Mateus diz: 20 de outubro de 2011

    Cópia Fiel! Eu larguei definitivamente. O filme mais chato, mais parado, mais sem sentido, mais sem sal, fraco de roteiro, toscamente filmado que vi em muitos anos.

    5 estrelas. Francamente. Perda de tempo.

  • Mima diz: 20 de outubro de 2011

    Eu não consigo entender essas respostas agressivas em relação ao que foi exposto. É óbvio que tudo que é escrito passa por uma pessoalidade, ou seja, transparece que o autor não gostaria de ir assistir aos filmes listados. No entanto, ele não condena quem gosta, foi ou irá ver estes filmes, tampouco revela que só gosta de filmes Cult. Compartilho do sentimento dele na medida em que, depois de assistir aos filmes que considero “assistíveis”, tenho que me privar da mágica que a sala escura com telão oferece pelo simples fato das estréias seguirem exatamente o mesmo estilo.

Envie seu Comentário