Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Os alvos preferidos da nação

08 de abril de 2015 0

O Brasil ficou sabendo nesta terça-feira à noite quem venceu o BBB 15: o caipira César ou a suspirosa Amanda. Ambos faziam parte do grupo de espirituosos desta edição do Big Brohter. Também integravam esse time a cinquentona Marisa e o platônico Adrilles. Eram capazes de sacadas bem-humoradas e divertidas, algumas até inteligentes, mesmo em momentos tensos do programa. Eram capazes de surpreender.
Ao tecer tais considerações, algumas pessoas reagiam estupefatas e perplexas:
- Mas como? Você olha o Big Brother?
Olhar não é propriamente a expressão. Não altero o rumo dos afazeres pessoais para olhar o Big Brother. Mas também não me esquivo nem me escondo se cruzo na frente da tevê, como fazem questão de apregoar tantas pessoas, sobre quem o contato com o Big Brother parece ter efeitos contagiosos, para quem alardear que não passa perto do Big Brother parece se transformar em atestado de uma suposta idoneidade cultural e intelectual. Então desandam a desancar o BBB. E tem coisa bem pior na televisão brasileira, como uma série de programas ditos humorísticos, desrespeitosos e de mau gosto. Mas o alvo é o BBB. É ele quem confere um certo charme fácil e fajuto a quem faz a crítica.
Esse comportamento guarda alguma dose de semelhança com a reação de boa parte dos brasileiros diante da presidente Dilma Rousseff no momento. Estão aí as pesquisas de impopularidade da presidente. Para muitos, Dilma tem encarnado todos os males da nação. Como presidente, esse raciocínio automático até tem lógica, uma lógica presidencialista, mas nem sempre há relação direta de causa e efeito, da presidente Dilma com o malfeito ou a incompetência. Não importa, Dilma é o alvo de comentários e sentenças definitivas, que desconsideram ou ignoram sua história e trajetória. É pau na presidente Dilma, e supostamente fica comprovada a capacidade de alguém formular um raciocínio político e mais: de perceber de longe tramas insuspeitas como ninguém.
O BBB e a presidente Dilma personificam os alvos preferidos da nação: a Globo e os políticos, a ideia popular de poder. Mas é bom abrir o olho. Há muitos detalhes e sutilezas em jogo. Não é tão simplificado assim.

Envie seu Comentário