Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Só pode dar fissura

15 de janeiro de 2016 0

Juro que eu vi. Talvez seja uma cena bastante comum nos dias de hoje, mas nessa dimensão eu ainda não havia testemunhado. Já flagrei motoristas no volante digitando ou fazendo deslizar a tela do celular enquanto aguardam o sinal abrir ou em algum momento de espera qualquer. Mas com o carro em movimento, ainda não tinha visto. A menina passou na direção ao meu lado na Matteo Gianella, carro em deslocamento, olhos grudados no display do celular, empunhado por uma das mãos. O carro, bem, seguia no piloto automático.
Definitivamente, o celular é uma fissura de nosso tempo. Deve dar fissura. As pessoas, há algum tempo, entraram no terreno da dependência, perderam o controle. Pois qual é a necessidade da menina, ou de qualquer pessoa, de manusear o smartphone e seus aplicativos enquanto dirige? Não dá para fazer isso em minutos, ao chegar ao destino? Se não dá, é fissura produzida pelas janelinhas, pelo display, pela luminosidade da tela.
É uma característica de nossos dias. Outra: a batida monocórdica de certos ritmos musicais que infernizam o país, e todo mundo sabe quais são os principais. Uma música é igual a outra. Essa batida monocórdica é outra fissura de nossos dias, capaz de submeter mentes e a sensibilidade artística, a essa altura um pouco atrofiada, a uma restrita forma de expressão, que deixa as demais de lado. É uma maneira fácil de ganhar dinheiro, que adquire amplo acolhimento pela indústria do entretenimento, sintomaticamente despreocupada com o cultivo de um ambiente cultural mais esmerado. Em detrimento do refinamento dos espíritos.
Mais uma característica sórdida: os embates ideológicos, os enfrentamentos de ideias e opiniões nas redes sociais. Essa é uma realidade já esmiuçada e evidenciada, não há muito o que aprofundar. Deve dar fissura esse envolvimento todo, essa energia dispensada para reagir e responder com agressividade e intolerância.
Os nossos dias têm suas qualidades, por certo que sim. E outros tempos também tinham suas mazelas, e também suas fissuras. Não se trata de comparar épocas. Mas apenas de constatar certas dependências e inclinações de nosso tempo.
Só pode dar fissura, associada a uma boa dose de falta de jeito.

Envie seu Comentário