Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mariani dá exemplo

15 de abril de 2012 0

A comunidade do loteamento Mariani dá exemplo de como se fortalecem os vínculos entre os moradores. De como se fortalece o bairro, portanto.
Neste domingo, os moradores não perderam a oportunidade que o calendário lhes oferecia se reuniram para comemorar os 15 anos do loteamento (foto acima). Oeferecer espaço e momento apropriados para a convivência melhora a autoestima e a qualidade de vida.
Ainda que muito haja por fazer no Mariani, comunidade que se encontra tem mais força para buscar os objetivos coletivos, que melhoram a vida de todos.

(Foto: Juan Barbosa)

Confusão habitual em esquina do Centro

15 de abril de 2012 3

A educadora Clarissa Ravalha de Oliveira registrou a complicação do trânsito caxiense em duas noites na esquina das ruas Sinimbu e Garibaldi, bem no Centro. O último registro (foto acima) foi neste sábado.
Ela constatou carros em cima da faixa e em fila dupla. O que, aliás, tornou-se comum, mas não pode ser encarado dessa forma.
– Para fazer a conversão, é uma demora – lamenta ela, que fez a foto de dentro do ônibus.
Quanto à tradicional observação sobre a ausência de fiscais, é preciso ressaltar mais que, apesar da nomeação recente de aprovados em concurso para a função, eles seguem sendo muito poucos para uma cidade do tamanho de Caxias do Sul.

(Foto: Clarissa Ravalha de Oliveira, Divulgação)

No ladinho da Perimetral Oeste

15 de abril de 2012 1

A feira está instalada já faz tempo na Perimetral Oeste, perto do viaduto ao lado do Enxutão. Os carros passam tinindo, bem ao lado (foto).
Na curva do Reolon, logo adiante, também tem caminhão que estaciona na Perimetral Oeste para montar outra feira. O risco de acidente está presente.
Nada contra a capacidade de iniciativa do pessoal em ir à lutar para ganhar o seu. Mas, se a moda pega, a Perimetral vai ficar pontilhada de feiras, do início ao fim.

(Foto: Daniela Xu)

Obras frenéticas à volta da Casa Rosa

14 de abril de 2012 8

Estão acelerados os trabalhos para a construção de duas torres de 19 pavimentos na Rua Alfredo Chaves. Elas irão emoldurar a tradicional Casa Rosa, onde residiu a família Eberle. A obra, que chegou a ser embargada, foi retomada em fevereiro, e a previsão de conclusão é de 40 meses _ ou junho de 2015.
O cenário na Alfredo já está fortemente alterado (foto acima). A Casa Rosa será preservada e integrada ao complexo do condomínio. Ela funcionará como um espaço de lazer para os moradores, destinado a grandes recepções e eventos, com jardim de inverno, sala de jogos, espaço gourmet e cinema.

Leia mais: Confinada entre as construções 

(Foto: Daniela Xu)

Confinada entre as construções

14 de abril de 2012 0

No momento, são feitas as escavações no terreno, que deixam o casarão bem no alto. A edificação histórica, aliás, ficará confinada entre construções (foto acima). O empreendimento contemplará duas torres: um prédio residencial e outro comercial, com lojas no térreo e no mezanino, mais dois pavimentos no subsolo destinados a estacionamento.
Há cidades preocupadas em cuidar de seu patrimônio visual, histórico, cultural. Petrópolis, no Rio, por exemplo. Antônio Prado, se quisermos um município mais próximo.
Não é o caso de Caxias. O cenário da cena final de O Quatrilho será emoldurado, em pouco tempo, por torres imponentes.
Não falta quem julgue bobagem tal preocupação. Esquecem que uma cidade pode divulgar sua imagem, e obter retornos, com tais cuidados. O que não é a questão principal, mas ajuda a argumentar.

(Foto: Daniela Xu)

Retrato da expansão imobiliária

13 de abril de 2012 3

Um bom retrato da expansão imobiliária em Caxias do Sul. As grandes construções avançam levando árvores por diante.
Na foto acima, de um empreendimento imobiliário na Rua Andrade Neves, quase esquina com Os Dezoito do Forte, há evidente ausência de necessidade para o corte da árvore, que estava sobre a calçada.
Aliás, há lei municipal, de autoria do então vereador Ary Dallegrave (PMDB), aprovada ano passado pela Câmara, que prevê a manutenção, nos projetos, da cobertura vegetal existente em passeios públicos.
Quem enviou a foto foi Alberto Rech, morador da Andrade Neves.
- No começo do dia 7 de abril, foi cortada uma árvore de mais de 40 anos em frente ao dito prédio – desabafa ele.
Prédio que, aliás, irá abrigar condomínio denominado Perfetto Residence.

(Foto: Alberto Rech, Divulgação)

Versão noturna dos cones erguidos

13 de abril de 2012 0

Virou moda erguer os cones na entrega de obras de pavimentação. Como no caso da foto acima, do asfaltamento de 1,2 quilômetro entre as localidades de Caravaggio e São José da 6ª Légua, região de São Luiz da 6ª Légua em direção ao distrito de Santa Lúcia do Piaí.
Dessa vez, com uma novidade: o erguimento dos cones deu-se em versão noturna.
O prefeito José Ivo Sartori (PMDB) está bem ao centro, de camisa xadrez. O chefe de Gabinete, secretário de Trânsito, Transporte e Mobilidade e presidente do PDT caxiense, Edson Néspolo, está bem à direita, na foto.

(Foto: cristofer Giacomet, Divulgação)

Mais ou menos flexíveis

13 de abril de 2012 0

Se a vinculação programática é a mesma para os camaradas da foto acima, na sessão solene aos 90 anos do PCdoB, quinta-feira à noite, na Câmara de Caxias, há, digamos assim, maior ou menor flexibilização dos conteúdos entre os retratados, em especial os comunistas caxienses (os quatro mais à direita, na foto).
Há entre eles quem devote crença arraigada a valores caros às origens do partido, caso de Deo Gomes, e quem relativize bem o que isso significa. O vereador Renato Oliveira, por exemplo, solitário integrante da bancada comunista da Câmara, chega a dizer que não há certezas em relação a eventual segundo turno em Caxias do Sul, caso o PCdoB não esteja lá.
Abgail Pereira, como secretária de Turismo do governador Tarso Genro, experimenta o alinhamento necessário com as teses do governo, e dali não arreda pé.
Já o deputado federal e candidato a prefeito, Assis Melo, quando vereador, também chegou a votar pontualmente com a base do governo.
Em síntese, a preocupação que deveria ser estratégica para o partido, com a consolidação de um contraponto a teses que o PCdoB diz abominar, pode ser maior ou menor, a depender de quem a faz.
O que, a bem da verdade, também ocorre em outros partidos ditos de esquerda, como PT e PSB. Com exceção do PSol, que não abre mão dos princípios políticos.
Na foto acima, da esquerda para a direita, o presidente estadual do PCdoB e deputado estadual Raul Carrion, o presidente do PCdoB caxiense, Sílvio Frasson, o vereador Renato Nunes, a secretário de Turismo do Estado, Abgail Pereira, o deputado federal e candidato do partido à prefeitura de Caxias, Renato Nunes, e o militante Deo Gomes, uma das principais lideranças políticas do PCdoB caxiense.

(Foto: Vanessa Gomes, Divulgação)

Alô, Planalto, a UBS é de vocês

13 de abril de 2012 2

O pessoal não cuida da UBS do Planalto. E picha pra valer (foto acima).
Alô, comunidade, a UBS é de vocês.
Como é que faz? Uma comunidade forte é aquela que se organiza e monta um esquema para cuidar do que é de todos, para ocupar e proteger esses espaços.
Ah, tem também de atazanar a vida de órgãos públicos que devem evitar pichações para que estabeleçam esquemas e operações de apoio.
Aliás, esses órgãos também deveriam se reunir com a Justiça para definir formas de reparação do dano por parte de quem fez, que se revertam em benefício da comunidade.
Pichação é das tais situações diante das quais, aqui em Caxias, não há reação e a passividade é bovina.

Foto: Maicon Damasceno

Carro bate em paredão de parque

26 de março de 2012 1

O blog vai retornando devagar, depois de um acúmulo temporário de atividades.
Voltamos com este acidente aparentemente incompreensível, domingo à tarde, na Avenida Júlio de Castilhos.
O Civic da foto bateu de frente no paredão de rochas do Parque Cinquentenário. Juliano Henrique Moreira fez a foto.
O Samu precisou oferecer socorro.

(Foto: Juliano Henrique Moreira, Divulgação)