Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "1"

“Erico Verissimo – 50 anos de publicação da obra O Tempo e o Vento”

29 de agosto de 2012 0

Com o objetivo de incentivar os jovens do Ensino Médio a ler e entender o que estão lendo, o projeto “Erico Verissimo – 50 anos de publicação da obra O Tempo e o Vento”  já distribuiu 1,6 mil exemplares do livro O Continente em escolas de Ensino Médio da rede pública do Rio Grande do Sul, doados pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (FMSS).

 Nesta quarta-feira (29), a partir das 19h30, ocorrerá no Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro), em Porto Alegre, o lançamento oficial da iniciativa, que contará com a apresentação do projeto, coquetel e encenação do espetáculo O Sobrado, com o Grupo Cerco, baseado em O Tempo e o Vento.

 O Sobrado é uma adaptação cênica de sete capítulos da obra literária O Continente, que integra a trilogia O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo. A história se passa em 1895, quando o chefe político republicano Licurgo Cambará se encontra sitiado em casa, junto à sua família e correligionários, sob o cerco de tropas federalistas. Fechados no sobrado durante dez dias, com pouca comida, água e munição, os personagens da trama relacionam-se em um meio agonizante. Licurgo resiste à invasão dos maragatos e se recusa a pedir trégua aos inimigos.

 O evento desta quarta-feira (29) é restrito a convidados, incluindo 170 alunos de escolas porto-alegrenses que já receberam os livros. Além da apresentação em Porto Alegre, cidades do interior do Estado também receberão o espetáculo, com exibições abertas ao público:

 - Santa Cruz do Sul – Dia 3 de setembro, às 20h, no Teatro Mauá (retirada gratuita de senha no Sesc);
- Carazinho – Dia 4 de setembro, às 20h, no Colégio Aparecida (entrada a R$ 10);
- Cruz Alta – Dia 6 de setembro, às 19h30, na Casa de Cultura Justino Martins (retirada gratuita de senha no Sesc);
- Alegrete – Dia 13 de setembro, às 20h, no Centro Cultural Adão Ortiz (entrada franca);
- Santa Rosa – Dia 14 de setembro, às 20h, no Centro Antonio Carlos Borges (entrada franca). 

Peça: O sobrado
Autor: Érico Veríssimo
Direção: Inês Marocco
Adaptação e Criação: Grupo Cerco
Elenco: Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elisa Heidrich, Filipe Rossato, Isandria Fermiano, Kalisy Cabeda, Luís Franke, Manoela Wunderlich, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Mirah Laline, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt.

O projeto é uma realização do SESC-RS e da Associação Lígia Averbuck. A FMSS apoia culturalmente a iniciativa em comemoração aos seus 25 anos de atuação.

Bookmark and Share

Seu gesto pode mudar a vida de muitas crianças!

20 de dezembro de 2011 0

Você sabia que pode dizer para o Governo para onde parte do seu imposto deve ir? Você pode fazer isso por meio do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), conhecido popularmente como FIA em Santa Catarina e Funcriança no Rio Grande do Sul. Criados por lei, os Fundos estão previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente e são vinculados aos Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente nos respectivos níveis municipal, estadual e federal.

Entre suas fontes orçamentárias está a destinação de parte do imposto de renda devido de pessoas jurídicas e físicas. As empresas podem destinar 1% e as pessoas físicas até 6% do seu IRD. Além disso, os fundos são formados por recursos oriundos do tesouro municipal, estadual e federal e, também, de multas aplicadas pela justiça para violações dos direitos infanto-juvenis.

Mas, para onde vão esses recursos? Eles são aplicados em projetos inscritos e aprovados nos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) que visam a proteção e garantia dos direitos de meninos e meninas em situação de vulnerabilidade social, combate ao trabalho infantil, apoio sócio-familiar, profissionalização de jovens, etc.

Destinar parte do seu imposto ao Fundo não lhe trará ônus, pelo contrário, a lei lhe garante que como cidadão você pode optar para onde deverá ir seu imposto e assim você estará exercendo sua responsabilidade social.

Ainda dá tempo! Você tem até o dia 30 de dezembro para fazer a sua doação. Entre em contato com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de sua cidade e informe-se de como proceder. Qualquer pessoa pode doar, desde que opte pela declaração completa.

É isso que os nossos meninos e meninas esperam de você, que exerça sua cidadania e contribua para que eles tenham uma vida melhor!

Regina Farias

Bookmark and Share

Todo mundo merece ver a vida

30 de setembro de 2011 0

O Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre iniciou no dia 1º de setembro a segunda edição da Campanha pela Conscientização para a Doação de Córneas. Com o slogan “Todo Mundo Merece Ver a Vida”, a campanha busca aumentar a participação de doadores e repetir o sucesso da edição de 2010.

A primeira edição da Campanha atingiu seus objetivos e contribuiu para aumentar em 24,7% o número de transplantes no de 2010, em comparação a 2009.

No primeiro semestre de 2011, os dados são ainda mais animadores. Neste período em relação a 2010, houve um aumento 37% nos procedimentos, de acordo com dados da Central de Transplantes da Secretaria de Saúde do Estado.

Assista o vídeo que está veiculando nas emissoras do Grupo RBS na região de Porto Alegre. Clique aqui.

Para conhecer melhor a campanha e tirar suas dúvidas sobre a doação de córneas acesse o site doHospital Banco de Olhos

“A doação de córneas é um gesto humanitário! Devolver a possibilidade de enxergar a vida a uma pessoa é uma atitude de solidariedade. Seja um doador. Comunique a sua família.”

Fonte: Hospital Banco de Olhos

Bookmark and Share

Ideias sustentáveis

19 de agosto de 2010 0

Muito se fala em preservação do meio ambiente, vida sustentável, pensamento verde. Mas, na prática, vemos poucas iniciativas fazendo parte efetivamente da nossa rotina. Ainda bem que existem pessoas que pensam em soluções (no mínino) inusitadas para incorporar a sustentabilidade ao nosso dia a dia. Conheça algumas delas:

Hotel oferece refeições de graça para quem estiver disposto a gerar eletricidade

O Crown Plaza Hotel, na Dinamarca, disponibiliza bicicletas ligadas a um gerador de eletricidade para hóspedes voluntários. Cada um deles deve produzir pelo menos 10 Watts/hora de eletricidade, o que equivale a aproximadamente 15 minutos de pedalada. Após o exercício, o hóspede recebe um generoso vale-refeição: 26 euros, aproximadamente 60 reais.

Bar capta energia produzida pela dança de seus frequentadores

O dono do Bar Surya, em Londres, refez o chão da pista de dança de seu estabelecimento e o revestiu com placas que, ao serem pressionadas, produzem corrente elétrica. Andrew Charalambous, o visionário dono do bar, diz que a eletricidade produzida pela pista modificada representa 60% da necessidade energética do lugar.

Empresa cria impressora que não usa tinta nem papel

A impressora PrePean utiliza uma peça térmica para fazer as impressões em folhas plásticas. Além de serem à prova d’água, elas podem ser facilmente apagadas. É só colocá-las novamente na impressora que, através de outra temperatura, a próxima impressão ficará no lugar da anterior. A “mágica” faz com que apenas uma dessas folhas possa ser utilizada mil vezes.

Empresa cria grampeador sem grampos para evitar poluição

Grampos de grampeador são tão poluentes que uma empresa decidiu criar um novo modelo do produto, sem grampos! Em vez dos grampos a que todos estamos acostumados, ele recorta pequenas tiras de papel e as usa para costurar até cinco folhas de papel juntas.

E aí, será que essas ideias malucas vão pegar?

Bookmark and Share