Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 10 julho 2008

Bate-papo com o ídolo Fernandão

10 de julho de 2008 6

Como a Tati já havia anunciado, eu estava no Estádio Beira-Rio e encontrei por lá o Fernandão. O atacante estava acompanhado de seus empresários, Paulo Roberto e Taffarel. Bati um papo rápido com ele, que falou sobre as diferenças do Catar e o Brasil, quando começa os treinos no Al-Gharafa e sobre o Inter, é claro! Confere aí a entrevista no Bolinha TV:

 

 

OBS: O vídeo do Taison entrará no ar nesta sexta-feira. Não deixem de conferir também!

 

Postado por Marjoriê Silva

Iarley fala sobre o jogo contra o Inter

10 de julho de 2008 4

Sabem quem esteve rapidamente no Beira-Rio? O atacante Iarley, agora do Goiás. Ele não foi assistir a final do Estadual de Juniores, mas conversar rapidamente com a diretoria do Clube. E eu consegui uma exclusiva com ele nesta tarde (Isso porque ninguém sabia que ele estaria no clube). Confere aí no Bolinha TV:


 

Postado por Marjoriê Silva

Fernandão na final do Estadual de Juniores

10 de julho de 2008 8

Fernandão nas cabines. Ao lado dele, Taffarel./Reprodução, TVCOM

Uma presença ilustre na final do Estadual de Juniores, no Beira-Rio, entre Inter e Cruzeiro-PA. Fernandão, ex-capitão colorado, está acompanhando a partida.

Em breve o Clube da Bolinha irá publicar um vídeo com um bate-papo com Fernandão, e outro com o Taison, que saiu dos juniores para receber oportunidade no time principal e está batendo um bolão. A Marjô está no estádio e, ainda nesta tarde, o blog atualiza tudo isso aqui pra vocês! Fiquem ligados!!!

Postado por Tati Lopes

Só um empate na Vila

10 de julho de 2008 8

Rodrigo Mendes comemora o gol/Cesar Greco, Foto Arena/Gazeta Press

O Grêmio até que tentou. Mas não conseguiu sair do empate em 1 a 1 com o Santos, na Vila Belmiro. E o tabu de nove anos ainda permanece: o Tricolor não vence o Peixe desde 1999 na Vila Belmiro. Voltando a partida, não foi muito agradável a atuação do Grêmio. No primeiro tempo até arriscou um pouco mais, mas contou muito com a sorte. O Santos teve mais de cinco chances claras de abrir o marcador, contando duas bolas que bateram na trave. Mesmo saindo na frente com Rodrigo Mendes, Michael empatou no final do primeiro tempo. E ficou nisso.

Não posso esquecer-me de citar o árbitro. O Tricolor teve dois pênaltis claros não assinalados por Gutemberg de Paula Fonseca. Isso causou muita revolta nos jogadores e no técnico também. O pior de tudo isso é ver Marcel jogando. O atacante pode ser bom no cabeceio, mas com a bola nos pés é péssimo em pontaria. O Tricolor precisa urgente de um bom cara no centro da área.

Victor, mais uma vez, foi excelente e salvou o time de perder a partida. Ele é um dos poucos que merece algum mérito, já que o restante do time não está fazendo jus ao bom desempenho no início do campeonato. Em duas partidas fora de casa, apenas um ponto. O técnico Celso Roth precisa rever seus conceitos e como arma o time, porque assim parece que não tem muito futuro. E é bom abrir o olho. O Inter vem crescendo com Tite e o Grêmio vem ruim com Celso Roth!

Postado por Marjoriê Silva