Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Filme sobre Heleno sairá do papel em abril

24 de March de 2010 2

Santoro vai viver Heleno no cinema. Na foto, o jogador com a camisa do Boca, time que ele também defendeu/Felipe Panfili e Philippe Lima, AgNews e Ana Acker

O filme sobre a vida de Heleno de Freitas começa a ser rodado em 8 de abril. A produção, que será dirigida por José Henrique Fonseca, terá Rodrigo Santoro (ruim hein?) no papel principal. No último dia 20, o ator esteve na cidade natal do craque, São João Nepomuceno (MG). As informações são do site Adoro Cinema.

Heleno (1920/1959) foi um dos grandes nomes que vestiram a camisa do Botafogo. O jogador, ao mesmo tempo em que apresentava talento nos gramados, exibia charme na noite carioca e impunha polêmica no atrito com adversários. Aliás, a produção é inspirada no livro Nunca houve um homem como Heleno, do jornalista Marcos Eduardo Neves.

O título faz relação com a frase de apresentação do filme americano Gilda (1946), com Rita Hayworth – “Nunca houve uma mulher como Gilda”. O jogador recebia a provocação de torcedores adversários e era chamado pelo nome da personagem principal nos gramados.

Se conseguirem fazer uma boa adaptação do livro, certamente vai valer a pena!

Postado por Ana Maria Acker

Comentários (2)

  • Rafael Tâmega diz: 25 de March de 2010

    (cont.)Era chamado de `Gilda` por seus amigos do Clube dos Cafajestes e pela torcida do Fluminense por causa do seu temperamento quase intratável. Apelidos q ganhou: Heleno, o craque, o artista da bola, o mito do futebol, o artista das multidões, o craque galã, o diamante branco, a elegância do futebol. Em Barranquilla, Colômbia fizeram uma estátua em sua homenagem! Era formado em direito e é considerado o primeiro jogador-problema ou craque-problema do futebol brasileiro

  • Rafael Tâmega diz: 25 de March de 2010

    O nome do cara era Heleno de Freitas e não só `Heleno`. `Heleno` aí no caso foi apenas uma simplificação para q o título do livro que inspira o filme não ficasse muito grande.Ele jogou no Botafogo, Fluminense, Vasco da Gama, Santos entre outros. Em 1948 foi vendido ao Boca Juniors, da Argentina, na maior transação do futebol brasileiro até então. Suspeita-se que Heleno teve um caso amoroso com Eva Perón! Fez 18 partidas pela Seleção Brasileira de Futebol e marcou quinze gols.

Envie seu Comentário