Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O Tempo Que Leva

20 de agosto de 2014 1
TTIT_FRAME_19

por Andrey Lehnemann

Existem alguns conceitos que são imortalizados na medida em que sua vida avança: qual o seu propósito e o que faria se você se descobrisse entre um período escasso de tempo?! Para Jamila, personagem interpretada excepcionalmente por Mayana Neiva, a resposta é o conserto de um ventilador.

É com essa perspectiva que iniciamos o curta-metragem de Cíntia Domit Bittar, que aqui percorre um terreno muito mais pretensioso que seu curta-metragem mais famoso, “Qual Queijo Você Quer?”. Não é um argumento espirituoso, logicamente. O objeto reflete uma metáfora belíssima sobre a vida de Jamila e seu posicionamento. A figura da protagonista surge entre as hélices do ventilador num primeiro close – que rodavam quase que descontroladamente até finalmente pararem. Assim como no maravilhoso Apenas uma Vez, onde as nossas atenções recaem sobre um simples aspirador, em O Tempo Que Leva somos conduzidos, através das caminhadas de Jamila pela cidade, à uma busca pessoal.

Nós experimentamos nosso cartão postal com uma atmosfera muito mais sombria, com o concreto e o metal sendo dominados pela névoa; bem como, provamos as nuances do apocalipse de um ponto de vista particular. Pragmático. Não à toa, a missão de Marcos (o catarinense Ivo Müller noutro trabalho formidável) é consertar o máximo de coisas no menor tempo possível. Um calculista irresistível aos olhos de Jamila.

Se o tempo está em seu final – ao menos, até onde sabemos – como aproveitá-lo? Uma bela bebida ao pôr do sol? Um último entorpecente? Ou talvez um último prazer, um último orgasmo? Para Cíntia, a resposta parece ser os instantes de felicidade. Eles são os mais extraordinários. 

***

Na próxima quinta-feira, 28, O Tempo Que Leva será exibido durante a Sessão Premiada do Cineclube da Fundação Cultural Badesc, às 19h.

Comentários (1)

  • Prêmio Cinelatino | Clube do Cinema diz: 29 de setembro de 2014

    […]  Leia resenha sobre o curta. […]

Envie seu Comentário