Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Listas de Responsa

15 de dezembro de 2014 0

(por Müller)

As revistas Cahies du Cinèma (França) e Sight & Sound (Inglaterra) publicaram suas relações de melhores filmes do ano. Assim que saem nessas listas, os títulos ganham status de clássicos de 2014. Muitos ainda não estrearam por aqui, outros não estão na lista deles, como o argentino Relatos Selvagens.

O novo filme do Godard, Adeus à Linguagem, aparece em segundo em ambas.

Boyhood – da Infância à Juventude, de Richard Linklater é o primeiro para a revista inglesa. De fato, um dos filmes mais interessantes do ano, com público garantido tamanho é o número de fãs do diretor, a começar por Antes do Amanhecer, de 1995. Outros filmes que talvez você tenha visto e estão nas listas: Ninfomaníaca, de Lars Von Trier (6o na lista da Cahiès), O Grande Hotel Budapeste, de Wes Anderson e O Lobo de Wall Street, de Martin Scorsese (6o e 11o na lista da Sight & Sound).

Leia a relação completa no Blog e fique atento aos filmes que pode ver por aqui em 2015!

A lista da revista francesa é mais internacional e tem pouco espaço para Hollywood. O primeiro lugar foi para o diretor francês Bruno Dumont (A Humanidade, Camille Claudel – 1915), com uma obra feita originalmente para a TV.

Cahiès du Cinema

1 - O Pequeno Quinquin (L’il Quinquin), de Bruno Dumont
2 – Adieu au Langage, de Jean-Luc Godard
3 – Sob a Pele, de Jonathan Glazer
4 – Mapa para as Estrelas, de David Cronenberg
5 – Vidas ao Vento, de Hayao Miyazaki
6 – Ninfomaníaca, de Lars von Trier
7 – Mommy, de Xavier Dolan
8 – O Amor é Estranho, de Ira Sachs
9 – Le Paradis, de Alain Cavalier
10 – Our Sunhi, de Sang-soo Hong

 

A relação da revista britânica é encabeçada pelo favorito do ano pelos críticos internacionais, que deve chegar forte ao Oscar. A lista contém 20 filmes e alguns empates:

Sight & Sound

1 – Boyhood: da Infância à Juventude, de Richard Linklater
2 – Adieu au Langage, de Jean-Luc Godard
3 – Leviatã, de Andrey Zvyagintsev empatado com Cavalo Dinheiro, de Pedro Costa
5 – Sob a Pele, Jonathan Glazer
6 – O Grande Hotel Budapeste, de Wes Anderson
7 – Winter Sleep, de Nuri Bilge Ceylan
8 – A Gangue, de Miroslav Slaboshpitsky
9 – Ida (empate), de Pawel Pawlikowski empatado com Jauja, de Lisandro Alonso
11 – Sr. Turner (empate), de Mike Leigh, epatado com National Gallery de Frederick Wiseman, O Lobo de Wall Street, de Martin Scorsese e Whiplash: em Busca da Perfeição, de Damien Chazelle
15 – The Duke Of Burgundy, de Peter Strickland
16 – Birdman (empate), de Alejandro González Iñárritu empatado com Dois Dias, Uma Noite, de Jean-Pierre Dardenne & Luc Dardenne e CITIZENFOUR, de Laura Poitras
17 – The Look Of Silence (empate), de Joshua Oppenheimer – Vidas ao Vento (empate), de Hayo Miyazaki

Envie seu Comentário