Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

salvation is free

04 de fevereiro de 2010 17

the cranberries.

quando o cranberries tocou salvation, entoando um coro de milhares no pepsi on stage, e jogou água às pessoas que lá estavam, muita coisa fez sentido pra mim.

dolores o’riordan foi incansável no palco; intensa, como a minha percepção dos irlandeses no que tange à música.

acompanhada do guitarrista noel hogan, do baixista mike hogan, do baterista fergal lawler e o tecladista convidado denny demarchi, os cranberries se apresentavam pela primeira vez com sua formação original no brasil.

faltariam adjetivos pra qualificar o calor que fazia no pepsi on stage ontem à noite.

uma das primeiras palavras dirigidas ao público, num dos inúmeros momentos em que o’riordan interagiu com a galera, foi chamar de insana a temperatura em porto alegre.

cheguei a pensar, quase com compaixão, que eles não conseguiriam terminar o show, mas fui surpreendido por uma performance de palco mais do que digna.

foram raros os momentos em que podia se ver o’riordan parada em frente a um pedestal.

pra se ter ideia, em ode to my family, uma das mais lindas baladas do quarteto, ela desceu do palco e cantou com a turma do gargarejo.

noel hogan, por exemplo, não sei se assustado com o calor, ou ainda um pouco tímido, foi se soltando ao longo da noite; protagonizando com a estrela da banda os melhores momentos da noite.

os principais hits do grupo nascido há 20 anos estavam distribuídos estrategicamente ao longo dos 90 minutos aproximados de show.

não faltaram animal instinct, linger, when you’re gone, free to decide e zombie, que encerrou a primeira parte da apresentação.

o repertório foi basicamente um resgate dos 3 discos lançados na década de 90, everybody else is doing it, so why can’t we (93), no need to argue (94) e bury the hatchet (99).

havia também algumas músicas da carreira solo de o’riordan, como ordinary day (conhecida da audiência da itapema fm), extraída do seu primeiro álbum solo, e the journey, do recém lançado no baggage.

até nestes momentos o público estava em sintonia com a banda; uma recepção calorosa, com o perdão do trocadilho.

um bom e velho encontro de amigos adolescentes.

acesse agora nossa galeria de fotos e assista a alguns registros em vídeo da noite.

the cranberries – linger from itapemafm on Vimeo.

the cranberries – zombie from itapemafm on Vimeo.

the cranberries – dreams from itapemafm on Vimeo.

The following two tabs change content below.
codevilla
jornaleiro e neologista. on air: 80 por hora - segunda a sexta - 11h às 12h | itapema social club - segunda a sexta - 14h às 17h | foodmusic - domingo - 11h

Comente à vontade!

Comentários

Comentários (17)

  • Jadson diz: 4 de fevereiro de 2010

    Caraca tava realmente SHOW!!! Acho que nunca vou me perdoar por não ter ido. Mta falta de organização minha =\

  • josi deimiquei diz: 4 de fevereiro de 2010

    Era impossível eu não ter ido a esse show…Confesso que chorrei quando comecei a ouvir uma das minhas bandas favoritas.Fui sozinha e digo que essa oportunidade pode ter sido única…Valeu mesmo

  • BÁRBARA SCHNEIDER diz: 4 de fevereiro de 2010

    TAVA MUUUUUUUITO LINDO!

  • Mateus diz: 4 de fevereiro de 2010

    O show tava fantástico, apesar do calor.
    Só não dá pra aguentar esse monte de gente com celular e câmera na mão que esquecem que tem um show na frente, e pessoas atrás. Falta consideração.
    Ela tava impressionante, e se não fosse a empolgação da galera certamente a banda não teria tido a performance que teve.

  • Carla diz: 4 de fevereiro de 2010

    Eu queria ser uma mosca ontem pra contar qtos devem ter desmaiado lá no ”pepsi on calor”. Aquele pardieiro é horríiiiiiiiiiiivel, deveria ser proibido fazer show lá no verão. É o verdadeiro inferno aquilo lá…. O show deve ter sido maravilhoso, vi o da Dolores no bourbon country e tava mto bom. Pena q ontem foi naquele inferno… a pepsi deveria ter vergonha d um lugar daqueles com seu nome, pra fazer shows.

  • Darth Ferrer diz: 4 de fevereiro de 2010

    Concordo com o que disse a Carla: Pepsi on stage é um fracasso. Acústica, temperatura e empatia com o público PÉSSIMAS. Acesso difícil, longe pra daná, FEIO… Impossível ser pior.

    Agradecemos aos cranbs por terem: aguentando o calor e local pavoroso; e fazerem um belíssimo show, digno de sua bela história.

    Que o próximo seja em local melhor! E NO INVERNO, para ser tudo perfeito.

  • Angela diz: 4 de fevereiro de 2010

    Carla, concordo contigo, pelo valor do ingresso acho que deveria haver um pouco de respeito com os que ali estavam, realmente muita gente passou mal, os que estavam no gargarejo ainda tiveram mais sorte pq a propria Dolores jogava água de copo neles.

  • Luiz Alberto diz: 4 de fevereiro de 2010

    Alguém consegue o play list do show.
    Tava muito bom mesmo, matou a pau o Oasis, e REM em termos de empolgação

  • Greice diz: 4 de fevereiro de 2010

    Estava maravilhosoooo…calor???? Que calor??? ahahahah…não senti nada!! Ainda mais depois que Dolores pegou na minha mão, linda como sempre, com aquela voz….inesquecível!!!!

  • refinski diz: 4 de fevereiro de 2010

    amazing, just amazing , eu estive la presente e me desculpa CARLA mesmo com o calor que estava nao vi ninguem desmaiar de calor e sim vi muitos cantarem e dancarem com esta baixinha dolores que quebrou todas no palco, muito bom show, grande show foi de emocionar mesmo.

  • Henrique diz: 4 de fevereiro de 2010

    O show estava incrível, simplesmente tudo de bom… Agora, discordo de quem disse que o lugar é quente demais: o dia estava horrível, mas eu achei que poderia estar muito pior lá dentro. Dava pra sentir o vento dos ventiladores (quente, é verdade), mas já era alguma coisa… enfim, isso tudo é irrelevante quando se tem na sua frente uma banda tão maravilhosa quanto os Cranberries! uhu!!

  • Luciano diz: 4 de fevereiro de 2010

    Foi o melhor show que já assisti.Música pra quem tem sensibilidade..Pena que a acústica do local polui o som limpo deles.Mas nada que prejudicasse essa experiência!

    Espero o retorno..em outro local!

    Agora só falta vir Paul Mccartney e a Dave Matthews Band!

    Que todos que foram ontem possam ter muita memória pra recordar a belezura da Dolores!

  • Li diz: 4 de fevereiro de 2010

    Excelente e inesquecível o show!!!!!
    Mas realmente é um desrespeito com o público e com a banda aquele ambiente fechado, sem ventilação, numa noite de quase 40°C fora e 50°C dentro do Pepsi on Hell… melhor deixar a Coca-cola patrocinar o lugar, com um pouco mais de dinheiro podem melhorar a ventilação!!! =oD

  • Marcus diz: 5 de fevereiro de 2010

    Sensacional o show. Ouvir Zombie, Linger e Dreams ao vivo não tem preço. Dolores carismática demais e QUE VOZ! Tomara que voltem!

  • Carla Demkio diz: 5 de fevereiro de 2010

    O show estava inesquecível! A galera estava muito empolgada e tenho certeza que a banda vai levar boas lembranças daqui. Cantei com todas as minhas forças e curti cada momento daquele espetáculo.

  • Jaqueline diz: 7 de fevereiro de 2010

    Ola sou de SC eu e minha amiga fizemos 600 km para ver o show…sem comentário tava maravilhoso,,,wonderfull, calor?????????que nada curtimos muito , ela é show….o lugar também e o povo gaúcho …tri legal…rsrs bjbjb

  • Diego Fagundes Moreira(Dihh) diz: 10 de fevereiro de 2010

    Eu estava lá e foi uma das coisas mais lindas que já ouvi, vê-la de perto e principalmente ouvi-la de perto foi simplesmente inesquecível, valeu o valor gasto, valeu o calor, que diga-se de passagem estava realmente um inferno, olhava para as pessoas na volta e todas derretiam, mas nunca vou esquecer aquele show mais que perfeito!!!!

Envie seu Comentário