Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Grammy Awards 2016 - Os premiados e as melhores performances

16 de fevereiro de 2016 0

gaga
Talvez você não tenha a paciência necessária para aguentar tanto tempo de transmissão, ainda mais com um fuso horário que nos prejudica (a função começa às 23h); sem contar a escolha das apresentações ao vivo e as intermináveis pausas comerciais.

Não recordo como foi a repercussão nos anos anteriores no Twitter, que há tempos só faz sentido para coberturas ao vivo com comentários ácidos e memes,  mas nunca vi tanta gente reclamando de quão entediante foi esta edição.

Eu mesmo, veja só, assisti dois episódios de duas séries distintas e ainda tive tempo de testemunhar o que parece ter sido o momento alto da festa, a apresentação da Lady Gaga em homenagem a David Bowie. Parece que a ficha caiu para muita gente ontem. Lady Gaga é merecedora de muito respeito.

Beirando a unanimidade, ela entregou um medley com alguns hits de Bowie como Space Oddity, Changes, Ziggy Stardust, Suffragette City, Rebel Rebel, Fashion, Fame, Let’s Dance e a icônica Heroes. Você pode assistir abaixo:

Houve também tributos a Lionel Richie (em vida, que fique claro!), e aos finados Glenn Frey, Maurice White (Earth Wind & Fire), B.B. King e Lemmy Kilmister. Veja:

Quanto aos premiados? Bem… Poucas edições foram tão previsíveis nas suas principais categorias.

Uptown Funk da dupla Ronson/Mars ganhou a Gravação do Ano, Thinking Out Loud do Ed Sheeran, a Canção (relembre a diferença entre as duas categorias: a primeira reconhece o conjunto da obra, artista, produtor, engenheiro de som; a segunda, o compositor).

1989 da Taylor Swift levou as categorias de Álbum do Ano e Álbum Pop Vocal. Meghan Trainor foi eleita a artista revelação, Don’t Wanna Fight do Alabama Shakes ganhou Performance e Canção de Rock, além do álbum ter sido escolhido na categoria Alternativa.

Drones do Muse foi escolhido como o Álbum de Rock e Amy ganhou Melhor Filme Musical. Você pode ver a relação completa dos vencedores no Grammy.com.

Ah… e quanto ao campeão de indicações, Kendrick Lamar? Bem, das 11 categorias em que era indicado, faturou 5, nenhuma das principais.

E quanto ao representante famoso do Brasil na categoria World Music? Não deu para Gilberto Gil com seu Gilbertos Samba. Ele perdeu para Sings de Angelique Kidjo. Mas tivemos uma brasileira premiada no Grammy, sim!

A pianista Eliane Elias ganhou como Melhor Álbum de Jazz Latino por Made in Brazil. Nunca ouviu falar dela? Sem problemas, há anos que ela deixou o país para ganhar a vida nos Estados Unidos.

The following two tabs change content below.
codevilla
jornaleiro e neologista. on air: 80 por hora - segunda a sexta - 11h às 12h | itapema social club - segunda a sexta - 14h às 17h | foodmusic - domingo - 11h

Comente à vontade!

Comentários

Envie seu Comentário