Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Veja as últimas fotos conhecidas de estrelas da música

31 de outubro de 2014 0

Se o final de semana é de celebração ao Dia dos Mortos, data considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, o Finados na tradição católica, este blog mantém sua tradição de recordar ícones da música que já partiram deste plano.

Neste ano, a ideia é apresentar as últimas fotos conhecidas de músicos como Freddie Mercury, Jim Morrison e Jimi Hendrix. O levantamento é feito por um site chamado Last Known Photo e também foi reproduzido pelo All That is Interesting.

Veja:

LastPhotoJohnLennon

John Lennon – ironicamente, a última foto conhecida de John Lennon – feita em 8 de dezembro – traz seu algoz, Mark Chapman. A imagem traz o músico assinando um autógrafo para o assassino. Pouco tempo depois, Chapman voltou ao residencial em que Lennon e Yoko moravam e a história você já sabe…

LastPhotoJimiHendrix

Jimi Hendrix – registro feito um dia antes da morte do guitarrista. A foto foi feita por Monika Danneman, ex-namorada de Hendrix, em 17 de setembro em seu apartamento em Londres.

LastPhotoBobMarley

Bob Marley – a foto mostra um debilitado Bob em Munique (Alemanha), ao lado de sua família, após sua longa batalha contra um câncer, doença que o vitimou em maio de 1981.

LastPhotoAmyWinehouse

Amy Winehouse – segundo o jornal Huffington Post, a última foto de Amy foi feita uma semana antes de sua morte no dia 23 de julho de 2011.

LastPhotoFreddieMercury

Freddie Mercury – o saudoso líder do Queen aparece no jardim de sua casa em Londres. A foto foi feita na primavera de 1991 (nosso outono) e acredita-se que seja a última de Freddie.

LastPhotoElvisPresley

Elvis Presley – este registro traz o Rei do Rock na véspera de sua morte em 16 de agosto de 1977. A foto – feita no dia 15 – mostra Elvis voltando para Graceland com sua então namorada Ginger Alden após uma visita ao dentista.

FinalPhotoJimMorrison

Jim Morrison – foto feita pelo amigo do líder do The Doors em Chantilly (França). Jim aparece com sua namorada Pamela Courson no fim de junho de 1971. Alguns dias depois, foi encontrado morto em uma banheira em sua casa em Paris.

Cliff1

Cliff Burton – só o fã mais fiel do Metallica sabe da existência de Cliff Burton, um dos primeiros baixistas da banda. Esta foto foi feita durante uma apresentação do Metallica na Suécia em 26 de setembro de 1986 durante a turnê do Master os Puppets. No dia seguinte, o ônibus em que a banda estava capotou após perder o controle na estrada cheia de gelo. Cliff tinha 24 anos.

Veja também: Como Elvis, Lennon, Hendrix e Jim Morrison seriam e o que estariam fazendo se estivessem vivos

Especial Halloween – Conheça o trabalho do fotógrafo que mistura estética gótica e fetichista

31 de outubro de 2014 1

tumblr_md4ewpo5iP1qzijd1o1_500

Se Halloween é tema predominante nesta sexta-feira, não pude evitar de convidar um fotógrafo que admiro muito para ilustrar a data.

Falo do Wandeclayt, nome (re)conhecido no universo gótico, cujo senso estético admiro sobremaneira. Conheci o trabalho do cara desde quando ele morava em Santa Maria (RS), onde estudou Física na Universidade Federal e trabalhou na Base Aérea.

5209656166_3fff9b2342_zCom 37 anos de idade, Wandeclayt Martins de Melo é especialista em aviônica na Força Aérea Brasileira. Sua relação com fotografia começou há 20 anos, quando motivado por estudos informais de desenho e pintura, começou a transpor a linguagem adquirida aos registros de luz.

Felizmente, não demorou muito para que sua paixão logo transparecesse, a fotografia de fetiche: “Fotografo há pelo menos 20 anos. Como nunca estudei diretamente fotografia, o que fiz foi unir o que aprendi no desenho e na pintura com os conhecimentos de física e eletrônica e alguma experiência em astrofotografia. E foi em 2004, em Santa Maria, que decidi me dedicar exclusivamente à fotografia. E mais especificamente, à fotografia de fetiche“.

Quando e como começou teu envolvimento com a estética gótica?

A porta de entrada foi a música. Ainda na adolescência em Recife comecei a ouvir música gótica e industrial, e junto com as influências sonoras (que inclusive me levaram a montar uma banda, a Aire’n Terre) vieram as influências visuais na estética. Assim como no Punk, elementos da iconografia fetichista permeiam o visual gótico. Couro, latex, spikes, botas. É dificil saber se você está numa casa noturna gótica ou num clube fetichista. A trilha sonora, por sinal, também é a mesma. As cenas e as estéticas se fundem.

tumblr_mfw56b4MKc1qzijd1o1_500

tumblr_mi0ik88boc1qzijd1o1_500

Associar o gótico a um senso fetichista foi consequência natural do teu trabalho ou sempre foi algo pensado?

Foi o caminho natural a seguir. Participando da cena gótica, e estando imerso nessas referências visuais, era inevitável trazer estes elementos para minha fotografia. Mas aí entrou também uma forte dose da iconografia da ficção científica cyberpunk (que também flerta com o fetiche): máscaras de gás, cenários distópicos, ambientes industriais… O filme Blade Runner foi também uma forte influência temática e estética.

tumblr_mddprfdlBT1qzijd1o1_500

Reprodução

Qual o perfil das modelos que você fotografa? De maneira preconceituosa, muitos tendem a pensar que ora são devassas ou dominadoras, ora submissas. Como rola a aproximação de vocês?

É algo bem heterogêneo.
Já fotografei a Dommenique (dommenique.com) que é uma dominatrix profissional e várias outras modelos que são do meio fetichista. Mas a grande maioria apenas admira o resultado do meu trabalho e me dá liberdade para criar cenas e dirigi-las. São amigas, ou amigas de amigas… E vivem, durante a sessão, a fantasia de encarnar uma personagem nas situações que costumo retratar.

Reprodução

tumblr_lp1vefC4iI1qzijd1o1_500

Reprodução

A proposta do ensaio parte sempre de ti?

Se a modelo tem algum conceito em mente, trabalho em cima disso, mas quase sempre acabam me dando liberdade para criar o ensaio a partir de minhas ideias mesmo. Assim, parto de uma ideia mais geral, e vou improvisando com os elementos que encontro no cenário. Muitas vezes fotografo em construções abandonadas. Lugares extramente dinâmicos. A paisagem muda a cada vez que volto nessas locações. Paredes e tetos caem. A luz se modifica. A geometria do lugar se modifica. Com isso, espero chegar à locação e ver o que tenho à disposição. Gosto da dinâmica desse processo. Da imprevisibilidade.

tumblr_m0fnjlAl4h1qzijd1o1_500

tumblr_mfsjqa6c551qzijd1o1_500

Há algo que você sempre quis fotografar e nunca encontrou alguém que se dispusesse?

Até hoje, nenhuma ideia parece ter sido excêntrica o suficiente.
Nenhuma modelo recusou um conceito e também nunca recusei sugestões dadas pelas modelos. Em um ensaio em São Paulo, a Mila Spook me propôs fotografar com polvos. Imediatamente corri no Mercado Municipal e voltei com meia dúzia de polvos para as fotos! Na lista de ensaios improváveis, quero fotografar em Chernobil. Não é algo tão difícil, mas exigirá um pouco mais de planejamento que o habitual e precisarei recrutar algumas modelos locais interessadas na temática.

Reprodução

tumblr_narywzrpkt1qzijd1o1_500

7158120393_276274c2ef_z

Qual a trilha perfeita para teus ensaios?

Meu playlist incluíria Depeche Mode, The Sisters of Mercy, Joy Division, Diary of Dreams, Blutengel, Fields of Nephilim, Front 242, The Cure, VNV Nation, Jesus and Mary Chain… um pouco longo, mas é fácil passar de 4h em um ensaio.

Como a sonoridade é familiar a minha, montei uma playlist inspirada nas influências em comum. Aumente o volume e liberte o voyeur que existe em você nos links oficiais do Wandeclayt:

Damien Rice divulga mais uma inédita do futuro álbum. Ouça as novidades

30 de outubro de 2014 0

Damien Rice - DivulgaçãoAos baladeiros, Damien Rice, o cara que até hoje povoa – para o bem ou para o mal – nosso imaginário com The Blower’s Daughter, lança nesta sexta-feira – 31 – seu novo álbum de inéditas.

Desde setembro, ele vem dando amostras de My Favourite Faded Fantasy, terceiro em sua discografia, como a faixa-título, I Don’t Want to Change You e The Greatest Bastard, que ganhou um clipe quinta-feira:

Ouça a faixa na íntegra:

My Favourite Faded Fantasy traz oito faixas inéditas, com assinatura do aclamado Rick Rubin. No site oficial do irlandês, é possível comprar uma edição limitada com um case de madeira reciclável. Assista ao delicado processo de confecção aqui:

Confira a relação das faixas e ouça as outras duas músicas já divulgadas:

1. “My Favourite Faded Fantasy”
2. “It Takes a Lot To Know a Man”
3. “The Greatest Bastard”
4. “I Don’t Want To Change You”
5. “Colour me In”
6. “The Box”
7. “Trusty and True”
8. “Long Long Way”

Mark Ronson anuncia single em parceria com Bruno Mars

30 de outubro de 2014 0

Bruno Mars e Mark Ronson - Reprodução

Mark Ronson, um dos requisitados produtores da música pop, anunciou nesta quinta-feira o primeiro single de seu próximo álbum autoral.

A faixa ganhou o nome de Uptown Funk e traz Bruno Mars como convidado. O lançamento do single está programado para 10 de novembro e faz parte do quarto álbum solo do cara. Em sua discografia, constam Here Comes the Fuzz (2003), o excelente Version (2007) e Record Collection (2010).

Os holofotes voltaram-se a Mark Ronson após o lançamento de Back to Black de Amy Winehouse em 2006. Depois disto, surgiram oportunidades para assinar discos de nomes como Paul McCartney (New), Duran Duran (All You Need Is Now), Adele (19), Rufus Wainwright (Out of the Game), Kaiser Chiefs (Off with Their Heads) e do próprio Bruno Mars (Unorthodox Jukebox).

Cabe pontuar que ele está produzindo novamente o futuro álbum do Duran Duran, inclusive com Nile Rodgers por perto. Saiba mais sobre este encontro AQUI.

Em sua prateleira, repousam 4 prêmios Grammy – incluindo de Produtor do Ano em 2008 – e 1 Brit Awards por melhor artista britânico no mesmo ano.

Ainda não há informações sobre quando o álbum será lançado. Abaixo, um dos frutos da parceria entre Ronson e Mars na faixa Gorilla e uma apresentação dele no TED sobre a cultura dos samplers na música:

Marisa Monte divulga inédita Nós e o Tempo. Faixa faz parte das homenagens a Nelson Motta

30 de outubro de 2014 0

Marisa Monte e Nelson Motta - Reprodução: marisadeverdade.com.brA semana é especial ao multimídia Nelson Motta.

O jornalista, escritor e compositor completou 70 anos nesta quarta, 29 de outubro.

Como parte das comemorações, foi lançado um álbum chamado Nelson 70, reunindo um timaço da música brasileira como Marisa Monte, João Donato, Lenine, Ed Motta, Ana Cañas, Fernanda Takai, Céu e Daniel Jobim. Eles são responsáveis por recriar composições famosas de Nelson Motta com seus parceiros musicais ao longo dos anos.

Você ouvirá canções conhecidas como Certas Coisas, De Repente Califórnia, Dancin’ Days, Perigosa, Você bem sabe, além de uma inédita, interpretada por uma das musas de Nelson Motta, Marisa Monte.

Trata-se de Nós e o Tempo, que contou ainda com o piano elegante do mestre João Donato.

Ouça o álbum na íntegra abaixo e conheça esta novidade:

Biógrafo de Michael Jackson afirma que Rei do Pop foi clonado antes da morte

30 de outubro de 2014 1

Michael Jackson - ReproduçãoMais uma história bizarra associada a Michael Jackson.

O escritor Michael C. Luckman, responsável por uma nova biografia do Rei do Pop, revelou em entrevista ao site BANG Showbiz que Michael pagou para ser clonado antes de morrer.

De acordo com o biógrafo, Michael teria pago milhões de dólares a geneticistas europeus para que seus genes fossem reproduzidos com a intenção de criar um clone que o representasse após sua morte.

Eu disse que era bizarro. Só não se sabe se é oportunismo do escritor para promover o livro The Battle for Michael Jackson’s Soul, ou se – de fato – Michael fez isto: “O entusiasmo dele em clonagem começou após o caso Dolly e a história do suposto bebê clonado pela seita Raeliana no Canadá“.

Michael queria que isto acontecesse e investiu tempo e dinheiro para atingir seu objetivo. Nós poderíamos ver muitas estrelas ressuscitando com a ajuda da ciência. O dentista canadense Michael Zuk, por exemplo, comprou um dente de John Lennon em recente leilão e anunciou planos de usar seu DNA para criar um clone do beatle“, complementou Luckman.

Sabia desta do Lennon? Tem até site: johnlennontooth.com.

Michael Jackson morreu em junho de 2009. O cara continua como um dos artistas mais rentáveis depois de morto, basta ver o recente levantamento da Forbes. Recentemente, voltou aos palcos em forma de holograma durante premiação da revista Billboard (veja AQUI).

Além disto, publiquei um post sobre um adolescente norte-americano que parece ter incorporado o Rei do Pop. Conheça Brett Nichols.

Ah… quanto ao clone, que ele consiga fazer mais coisas como esta:

Veja também:

Conheça alguns destaques da Paris Photo 2014, a melhor feira de fotografia do mundo

30 de outubro de 2014 0

Federico Fellini avec Claudia Cardinale, lors du tournage de son film Huit et demi, 1962 © Paolo Costa, Obsis

Foram apresentados os primeiros destaques da edição 2014 da Paris Photo, considerada a melhor feira de fotografia do mundo.

Neste ano, a exposição será instalada no Grand Palais em Paris entre os dias 13 e 16 de novembro com a participação de 143 galerias do mundo todo, inclusive do Brasil, e 26 editoras. No site da Paris Photo, é possível comprar o catálogo de 2014 por 25 euros. Há imagens de diferentes época e estilos, de retratos a abstrações.

Desfrute de algumas imagens selecionadas desta edição:

Untitled II, 2014 © Hang Ren, Three Shadows +3 Gallery

From the series Nexo, Self-Portrait as Shot to Death, 1979 © Marcelo Brodsky, Rolf Art

"Kamaitachi" #8, 1965/ca. 1970 © Eikoh Hosoe, Taka Ishii

Alaskan Wolves, 1994 © Hiroshi Sugimoto, Pace/MacGill Gallery

540a8aa806f12572722ae1e8e9df055c-large

Untitled, 1985-86 © Bill Henson, Tolarno Galleries

Kiev, Ukraine, 2014 © Jérôme Sessini, Magnum Gallery

Night Explosion, 2013 © Shirley Wegner, Artiste et Farideh Cadot Paris, Farideh Cadot Associés

Yamal Peninsula, Siberia, Russia, 2011 © Sebastião Salgado, Galerie Polka

Le corps du délit, 1949 © Pierre Jahan, Michèle Chomette

The Pomegranate Seeds, Scout, Rockport, Maine, 2012 © Cig Harvey, Robert Mann Gallery

John F. Kenney, Democratic National Convention, Los Angeles, from the portfolio "15 Big Shots", 1960 © Garry Winogrand, Thomas Zander

Untitled, IPY, 2006 © Emi Anrakuji, In Camera

Paris, France, 1983 © Kwong Chi Tseng, Ben Brown Fine Arts

Ginger Shore, Causeway Inn, Tampa, Florida, November 17, 1977 © Stephen Shore, Xavier Barral

Fall Smoke, 1969 © Les Krims, Paci Contemporary

Assista ao trailer do novo Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1

29 de outubro de 2014 0

1962807_741508235896422_3541424596568905667_n
Saiu o trailer de um dos filmes mais aguardados do ano, Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1!

O filme estreia no dia 19 de novembro nos cinemas brasileiros.

O título deste trailer é Burn, justificável por uma passagem em que Katniss Everdeen, personagem de Jennifer Lawrence, proclama ao Presidente Snow, interpretado por Donald Sutherland: “Se nós queimarmos, você queimará conosco!”.

Confira:

Assim como nos outros filmes da franquia, a trilha sonora é sempre uma atração à parte. Neste filme, a curadoria ficou com a neozelandesa Lorde que recrutou nomes como Chemical Brothers, Bat for Lashes e Grace Jones.

O primeiro destaque da trilha é a inédita Yellow Flicker Beat, assinada pela Lorde. Ouça:

Prepare o mojito! Summer de Calvin Harris ganha versão em clima de salsa

29 de outubro de 2014 0

Scott Bradlee - ReproduçãoA faixa foi um dos hinos do verão no hemisfério norte neste ano e representa bem o calor que estamos encarando nos últimos dias em Porto Alegre.

Summer de Calvin Harris, um dos destaques do próximo álbum de inéditas do DJ e produtor escocês, ganhou uma versão com pitadas de salsa e latin jazz.

O responsável pela adaptação é habitué deste blog, o pianista e compositor Scott Bradlee. Ao lado de sua banda Postmodern Jukebox e com vocalistas convidados, o cara recria sucessos da música pop com arranjos que flertam com variantes do jazz, valsa e soul.

Confira esta versão caliente e planeje aquele mojito para noite:

Veja também:

Belle and Sebastian surpreende fãs com guinada sonora do novo single. Ouça The Party Line

29 de outubro de 2014 1

Belle and Sebastian - DivulgaçãoAos acostumados com a nostalgia pop sessentista e folk rock do Belle and Sebastian, preparem-se para a mudança, esta palavra tão alardeada nos últimos meses por aqui.

A banda escocesa apresentou nesta semana o primeiro single do futuro álbum Girls in Peacetime Want To Dance, a condizente The Party Line. A faixa é super dançante, com uma pegada funky, diferente de tudo que você está acostumado a associar à sonoridade do Belle and Sebastian. No Facebook da banda, a faixa foi super bem recebida pelos fãs. Testemunhe:

Girls in Peacetime Want To Dance será lançado no dia 29 de janeiro com 12 inéditas. A produção é assinada por Ben H. Allen III, cuja assinatura aparece em álbuns de Kaiser Chiefs, Cut Copy e Gnarls Barkley.

Veja também:

Belle and Sebastian - ReproduçãoConfira a relação das faixas:

01. Nobody’s Empire
02. Allie
03. The Party Line
04. The Power of Three
05. The Cat with the Cream
06. Enter Sylvia Plath
07. The Everlasting Muse
08. Perfect Couples
09. Ever Had a Little Faith?
10. Play for Today
11. The Book of You
12. Today (This Army’s for Peace)

David Gilmour anuncia novo álbum solo e planos para uma turnê

29 de outubro de 2014 1

David Gilmour - Divulgação

Enquanto o mundo espera pelo novo álbum do Pink Floyd, o primeiro de inéditas em 20 anos, David Gilmour revelou em entrevista à revista Rolling Stone que planeja o lançamento de um novo disco solo em 2015.

Durante o papo, o líder da seminal banda britânica revelou também que planeja sair em turnê para divulgar o sucessor de On An Island, lançado em 2006: “há alguns rascunhos que ainda não estão finalizados e outros que serão retomados. Ainda há alguns meses de trabalho pela frente, mas espero lançá-lo no próximo ano. Depois disto, planejo uma pequena turnê, nada do estilo 200 shows mundo afora“.

David Gilmour também fez questão de pontuar que The Endless River será o último álbum do Pink Floyd, e que a banda não fará shows para divulgá-lo, visto que a presença do tecladista Richard Wright – morto há 6 anos – é uma das grandes atrações do material inédito: “sem ele, é impossível. Além disto, estou curtindo minha música e vida. Não há mais espaço para o Pink Floyd. A ideia de fazer qualquer coisa a mais me faz suar frio“.

Nesta semana, fiz um post que traz dois vídeos sobre os bastidores de The Endless River. Gilmour reforça que tudo que resta de valor ao Pink Floyd está neste álbum. Clique AQUI para ver.

Abaixo, assista na íntegra ao DVD Live in Gdansk lançado por Gilmour como parte da turnê mundial de divulgação do On An Island. Também é um dos últimos registros com Richard Wright no palco:

Ouça na íntegra a nova coletânea de Ozzy Osbourne, Memoirs of a Madman

29 de outubro de 2014 2

Ozzy Osbourne - ReproduçãoNo começo do mês, Ozzy Osbourne lançou mais uma coletânea,  Memoirs of a Madman.

Editado em CD e Vinil Duplo, o álbum traz 17 clássicos extraídos de seus 11 discos solo, do Blizzard of Ozz de 1980 ao Scream de 2010.

O material é bastante parecido com a coletânea anterior, Prince of Darkness de 2005, mas resgata três faixas lançadas nos anos seguintes,  I Don’t Wanna Stop, Life Won’t Wait e Let Me Hear You Scream dos álbuns Black Rain (2007) e Scream (2010).

Ouça na íntegra:

Além da parte musical, também foi lançado um DVD duplo com clipes, performances ao vivo inéditas e entrevistas, como a que você assiste abaixo, que traz as participações dos caras que tocam atualmente na banda de Ozzy, além do velho parceiro Zakk Wylde:

O tributo de Eric Clapton a Jack Bruce

28 de outubro de 2014 1

Cream - ReproduçãoNo último final de semana, o mundo perdeu um de seus maiores baixistas, Jack Bruce.

Com algumas décadas de serviços prestados à música, um de seus primeiros êxitos foi com o power trio Cream, ao lado de Eric Clapton e Ginger Baker (à esquerda e direita na foto respectivamente). Foram apenas 4 discos lançados entre 1966 e 1969, mas clássicos como I Feel Free, Strange Brew, Sunshine of your Love e Badge (composição assinada por Clapton e George Harrison) cravejados na timeline do rock.

Pouco tempo após a notícia de sua morte, Eric Clapton compartilhou uma nota em que declarava o quão importante Jack Bruce havia sido em sua carreira: “ele foi um grande músico e compositor, além de uma tremenda inspiração para mim“. Além das palavras, o Deus da Guitarra também compôs um tema instrumental intitulado For Jack, que você pode ouvir abaixo:

Jack Bruce morreu aos 71 anos em decorrência de uma doença no fígado. Abaixo, um dos grandes momentos de sua carreira com o Cream que, em 24 de novembro, ganhará uma caixa com 6 discos (os 4 de estúdio e 2 ao vivo):

Soundgarden anuncia álbum triplo com inéditas e raridades. Ouça a primeira novidade

28 de outubro de 2014 0

Soundgarden - Créditos: Jack Boland2014 tem sido especial para os fãs de Soundgarden. Em junho deste ano, a banda de Seattle relançou Superunknown, seu álbum mais bem sucedido com algumas novidades.

Agora anunciou para 24 de novembro o lançamento de Echo of Miles: Scattered Tracks Across The Path, um álbum triplo com 50 faixas contendo faixas inéditas, instrumentais, demos, covers e alguns lados-b.

Soundgarden - Reprodução

Uma das inéditas já foi apresentada, Storm, gravada em maio deste ano com o produtor Jack Endino, conhecido também por seus trabalhos ao lado do Nirvana, Mudhoney, Titãs e Nando Reis.

Veja também: O reencontro do Temple of the Dog em 2014

Ouça a novidade e confira a relação das faixas:

Echo of Miles: Scattered Tracks Across The Path:

Disc 1 (Originals)
01. Sub Pop Rock City
02. Toy Box
03. Heretic
04. Fresh Deadly Roses
05. H.I.V. Baby
06. Cold Bitch
07. Show Me
08. She’s A Politician
09. Birth Ritual
10. She Likes Surprises
11. Kyle Petty, Son of Richard
12. Exit Stonehenge
13. Blind Dogs
14. Bleed Together
15. Black Rain
16. Live To Rise
17. Kristi *
18. Storm *

Disc 2 (Covers)
01. Swallow My Pride
02. Smokestack Lightnin’
03. Everybody’s Got Something (John Peel BBC Session) *
04. Thank You (Falettinme Be Mice Elf Again) (John Peel BBC Session) *
05. Come Together
06. Stray Cat Blues
07. Into The Void
08. Girl U Want
09. Touch Me (Friday Rock Show BBC Session)
10. Can You See Me? (Friday Rock Show BBC Session)
11. Homicidal Suicidal (Friday Rock Show BBC Session)
12. I Can’t Give You Anything (Friday Rock Show BBC Session)
13. I Don’t Care About You (Friday Rock Show BBC Session)
14. Waiting For The Sun (Live)
15. Search And Destroy (Live)
16. Big Bottom (Live)
17. Earache My Eye (Live)

Disc 3 (Oddities)
01. Twin Tower *
02. Jerry Garcia’s Finger
03. Ghostmotorfinger
04. Night Surf *
05. A Splice Of Space Jam
06. The Telephantasm
07. Black Days III
08. Karaoke
09. Fopp (Fucked Up Heavy Dub Remix)
10. Big Dumb Sex (Dub Version)
11. Spoonman (Steve Fisk Remix)
12. Rhinosaur (The Straw That Broke The Rhino’s Back Remix)
13. Dusty (Moby Remix)
14. The Telephantasm (Steve Fisk 2014 Remix) *
15. One Minute Of Silence

* = Canções Inéditas

Garoto de 15 anos recria cenas clássicas do cinema com Lego

28 de outubro de 2014 0

ReproduçãoO pequeno prodígio Morgan Spence, um jovem escocês de apenas 15 anos, recriou cenas clássicas do cinema através da técnica do stop-motion usando bonecos e pecinhas Lego.

paCom mais de 3 milhões de visualizações no YouTube graças ao seu trabalho, Morgan – na foto ao lado – diz que é fã de Lego desde muito cedo e que sua primeira criação foi para um trabalho do colégio. De lá pra cá, não parou de produzir.

Em seu site oficial, ele explica que grava em 15 frames por segundo; ou seja, cada cena de 1 segundo é resultado de 15 imagens jogadas em sequência. Admiro muito quem tem paciência para criar stop-motions!

Abaixo, há cenas de filmes como Pulp Fiction, Quanto Mais Idiota Melhor, O Iluminado, Bonequinha de Luxo, O Mágico de Oz, Titanic, Cantando na Chuva, entre outros clássicos. Confira:

Veja também: