Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

"Demência dos cães idosos"

10 de dezembro de 2011 57

O envelhecimento pode ser acompanhado de alterações que afetam significativamente a vida dos animais e prejudicam a vida social da família como um todo.

Os sinais clínicos iniciam, em geral, após os 10 anos de idade do cão e podem ser moderados ou graves. Alguns estudos mostram que sinais como a desorientação podem iniciar desde os 7 anos de idade.

A doença se manifesta com os seguintes sinais:

  1. Perda de orientação espacial (o animal se perde na casa, não consegue encontrar os caminhos habituais)

Ex: cão parado em um canto da casa sem conseguir sair ou quando o cão anda em círculos

  1. Eliminações em locais inadequados (urina e evacuações).  Perda do treino porque a doença compromete a memória e a aprendizagem
  2. Redução das interações sociais com outros cães ou pessoas, não se relaciona bem e pode manifestar agressividade
  3. Alteração do sono, padrão de sono interrompido por andar compulsivo. O animal pode não dormir ou dormir exageradamente.
  4. Mudanças na atividade física, andar contínuo sem relaxamento.
  5. Vocalização
  6. Convulsões

Essa doença tem sido comparada com doenças humanas que causam demência como o Mal de Alzheimer porque tem os sinais clínicos muito parecidos.

O tratamento precoce diminui a velocidade de progressão da doença e controla os sinais promovendo melhor qualidade de vida para o animal e família.

http://www.youtube.com/watch?v=va1PrcIYry8&feature=related

Bookmark and Share

Comentários (57)

  • Meg Brasil diz: 13 de dezembro de 2011

    Tenho um cão poodle de 11 anos. Ele está bem mas como eu posso prevenir os sinais de demência?

  • Gabriela diz: 19 de dezembro de 2011

    Quais seriam estes jogos inteligentes?

  • Lucas Toledo diz: 27 de junho de 2012

    Tenho um cão com 15 anos, ele esta vocalizando, como se fosse um choro, continuo, tem andando muito pela casa, mas andando só por andar, tem trocado a noite pelo dia, ele tem durmido muito de dia e anoite tem ido do quarto para a cozinha e da cozinha para o quarto e tb tem feito suas necessidades fora do lugar habitual.
    Pelos sintomas se encaixa na demencia. Não ha cura, certo?! Apenas uma maneira de amenizar o problema. Mas é caso para que o animal seja sacrificado?

  • Ana diz: 14 de agosto de 2012

    Meu cachorro é pudle, encontrei ele na rua a uns 3 anos, tem pelo menos uns 14 anos conforme o veterinário me disse ano passado, todos os dentes dele já caíram, então o alimento com comida. Já tem umas duas semanas que ele está assim, andando em círculos incansavelmente, quando está dentro de casa também fica indo da cozinha para o quarto e vice-versa sem parar, ele para as vezes no canto da parede e fica um tempão com o focinho encostado, as vezes cai e anda como se estivesse bêbado, não faz mais chichi com a pata levantada e emagreceu muito nesse último mês, comprei até suplemento para misturar na comida, vermifuguei, passei remédio para pulgas…esses exercícios não servem para ele, pois meu cachorro talvez até pela velhice nunca se interessou por brinquedos, não saio muito com ele na rua pq ele se cansa depois de um certo tempo, se for algum tipo de problema renal, endócrino ou demência, que tipos de exames o veterinário pediria? Eu ando muito triste ultimamente, pois a semana passada ele estava tão ruim q achei q fosse morrer, já tive que sacrificar um bichinho uma vez por causa de velhice(nesse caso não tive opção), não consigo nem imaginar que isso possa acontecer novamente, quero que meu cachorro fique bom..

  • Lucas Toledo diz: 21 de agosto de 2012

    Ceres ,
    Fiz um comentário no dia 27/06, e a evolução do meu cão é exatamente igual a descrita pela Sra. Ana , no dia 14/08, estou assustado, pois ministrei Maxicam, pois a veterinaria apontou que tratava-se de uma doença degenerativa, de fato ele melhorou de junho pra cá, mas agora ele está muito desorientado e mal consegue ficar de pé, eu tenho o ajudado, segurando para que fique de pé, para fazer suas necessidades e se alimentar. por ter uma opinião que ele está proximo a descansar , eu não quero acreditar e por isso busco outras opiniões. Acumpultura, medicina ortomolecurar, há algo que possa fazer para lhe trazer qualidade de vida?!

  • Dani diz: 22 de agosto de 2012

    Oi , tenho uma pinscher q por esses meses completa 16 anos , em março do ano passado ela foi operada de um tumor no utero ,alem disso tem problema de coração e toma remedio pra isso diariamente , pois bem desde sua operação esses sintomas sitados acima agravaram , ela só anda em circulos , dorme poucas horas , acoa sem motivos ,fica parada no canto da parede, sem contar q esta bem ceguinha , até mesmo a agua tenho que ajuda-la a tomar ,até parei de trabalhar por ela, pois não pode ficar sozinha, gostaria de saber se tem algo que possa fazer pra amenizar esses sintomas da velhice , pois a AMO D+ e faço o possivel para melhorar sua qualidade de vida . Obrigada pela atenção

  • renata mello diz: 7 de setembro de 2012

    ola, tenho um boxer de 11 anos e foi disgnosticado tumor na pata, mas antes disso ele vinha demonstrando um comportamento muito ancioso começa a latir do nada e começa a pular nas portas. Sempre trabalhou comigo e ficava no quintal tranquilamente do trabalho e noitr volta comigo para casa…só fica tranquilo ao meu lado ou quando estou por perto. o que pode estar acontecendo com ele?

  • Paulo diz: 8 de outubro de 2012

    Ola
    Tenho um cao com 17 anos e uns meses, ele neste apresenta sinais de demencia, anda pela casa perdido, as vezes fica parado a olhar para as paredes, por vezes nao encontra as portas, mas ele andava comia e bebia agua, ele estava cego de um olho tenho de lhe por 2 gotas de manha e a noite todos os dias, mas ainda via de um olho. Há umas 3 semanas ficou cego do olho que via, com caratatas e ficou muito abatido, começou andar mais devagar, e andar menos pela casa. Levei o ao vet, e no vet descobriram que além da cegueira ele tem uns tumores no figado, mas com o tratamento ele continuou bem, nunca se queixou de dores, e gosta sempre de dar as suas voltas ao jardim. Há 2 semanas, 1 semana e meia mais ao menos, ele começou a ter dificuldades em andar e equilibrar-se, agora está sempre deitado e não se consegue levantar, tenho de lhe dar agua por uma seringa e dou lhe sopa. pois ele também já nao come. Ele começou a desenvolver uma tosse, que parece dos bronquios, mas so tosse quando o ponho de pé. Estou bastante preocupado pois apesar de ele nao ter sinais evidentes de dor vejo claramente que não esta confortavel, por vezes tenta se levantar, mas não consegue. O que devo fazer? A vet que tem é a mesma desde que o tenho (apanhei o da rua quando ele tinha 9 meses). Ele já teves uns problemas de saude mas recuperou sempre bem, ja teve uns problemas na bexiga que fazia xixi com sangue já teve um problema num ouvido que fez que ele andasse um pouco desiquilibrado, tem uma hernia discal, que surgiu ha uns 3 anos , mas tenho sempre cuidado com os esforços que faz e não o deixo subir 1 unico degrau, e agora estou com medo que ele comece realmente a ter dores, como nao anda com certeza que irá ser prejudicial para os orgãos que funcionam bem. Ele faz xixi e um cócó normal! Já falei com a vet ela disse me que com 18 anos de idade não se pode fazer muito mais e que quando a qualidade de vida pior que devo ou ponderar pela eutanasia. Nao quero que o meu amigo sofra, prefiro que parta em paz, mas quero ter a certeza que lhe dou todo o tempo do mundo para recuperar o que devo fazer?? Ajuda é urgente!

  • Laís diz: 10 de outubro de 2012

    Olá;;
    Tenho uma cachorrinha de 13 anos, e na ultima semana ela teve tipo uma convulsão, e ficou uns 4 dias tendo espasmos que foram diminuindo a cada dia. Depois de uma semana que ela conseguiu se levantar, mas as patinhas esquerdas nao tinham força, mas no outro dia ela ja conseguiu andar, bem devagar. E esta apresentando os sintomas citados acima, ficou o dia todo andando sem rumo pela casa, farejando o chão, não responde a nenhum chamado e parece que não enxerga, fica entrando nos cantos da casa e chora pra tirarem ela de lá pois não consegue sair sozinha. Ela quase nao para pra descansar, e só quando pegamos ela no colo que ela acalma e dorme na hora. Desde o primeiro dia já levamos no veterinário, mas não teve nenhum diagnóstico. Será que é demencia?

  • monica barbosa diz: 11 de outubro de 2012

    meu gatinho de 6 semanas de vida começou a andar em circulos e quando anda fica caindo toda hora e emagreceu muito pois não tem força para mamar. ele nasceu aparentemente normal, acho que a mãe dele deitou em cima dele ou ele esta com uma doença grave, gostaria de alguma orientação.obrigada

  • Livia diz: 21 de outubro de 2012

    Olà Meu cachorro é poodle médio tem 14 anos… e há pouco tempo descobrimos que tem uma doença no coração que não tem cura.Além de ter problemas respiratórios.No inicio, ele não apresentou tantos problemas em relação a isso. Sò que ultimamente ele nao esta querendo comer, e anda caindo na rua. Minha mae esta desesperada.Gostaria de saber se esse sintoma tem haver com a doença ou não. Ele ja caiu duas vezes, uma vez bateu a cabeça no banheiro caiu e rolou,na segunda foi na rua passeando bambeou e caiu deitado.Pq isso está acontecendo???

  • Paulo Barros diz: 9 de novembro de 2012

    O cachorro(vira-lata) da minha namorada tem 16 anos, completa 17 em fevereiro de 2013, tem algum tempo que ele anda em circulos, mas nao lembro de terem associado isso com problemas neurologicos, o tempo foi passando e faz uma semana ele nao consegue mais levantar sozinho e foi levado ao vet que eh o mesmo a um bom tempo mas nunca diagnosticou nada disso nele mesmo com visitas frequentes ao mesmo. Ele chora bastante pra levantar e para deitar e so levanta com ajuda e fica chorando enquanto anda em pequenos circulos, ele esta fazendo xixi e coco, mas come pouco e esta sendo alimentado por pao amolecido e gatorade. O vet esta aplicando uma injecao(com um liquido vermelho-nao sei qual) contra os problemas neurologicos e disse que apos a terceira ele devia estar melhor, o vet ja aplicou quatro e amanha(sexta-feira) sera a quinta, eu quero muito que ele fique melhor ou que nao sofra mais. Eu gosto muito desse cachorro e marquei uma consulta com um outro vet para ter uma segunda opiniao, esse vet foi indicado por uma amigo que tem um cao bem velhinho tambem(17 anos). Nao sei oque fazer, qual pode ser o problema? A situação nao pode ficar assim, nesse caso eh bom procurar um segundo vet? Obrigado!

  • Camila diz: 12 de dezembro de 2012

    Dra, minha poodle está com mais ou menos 16 anos de idade, recentemente teve um problema nos rins que foi resolvido. De uns dias pra cá, ela que já não come bem, tem tido um comportamento estranho: fica andando para trás, às vezes cambaleando para o lado. E sinal de demência? Oq posso fazer para amenizar? Estou colocando água quente para os grãos da ração ficarem mais macios, pois ela está com os dentes quase todos quebrados, devo continuar ou trocar de ração? e quanto a dar comida?

  • Iris diz: 14 de janeiro de 2013

    Boa noite, tenho uma poodlede 15anos e meio que apresenta todos esses sinais, e eles apareceram de um dia para o outro.Ha mais oumenos uma semana ela apresentou sérios problemas renais e uma alta taxa de 6,4 de creatinina, o vet indicou soroterapia, no inicio deu resultado mas agora essa taxa que havia sido reduzida para 3,2 subiu para 5, diante desse fato o vet mandou-me traze-la para morrer em casa. Porém ela nao morreu e esta complicada o seu caso, esta tendo convulsões e se alimentado com seringa! Estou muito triste de ver minha companheira desta forma por favor me mande alguma resposta o quanto antes!! Desde já obrigada

  • Fabiano Fonseca diz: 18 de janeiro de 2013

    Cara Dra Ceres,
    Minha cadela é uma Shiba Inu, de 15 anos e meio. Ja faz mais ou menos uns dois anos que ela vem manifestando sintomas parecidos com esta de demência, citado por você. Gostaria de entender melhor os nomes dos medicamentos que voce cita aqui… ela toma Geriox (já tomou Revimax) para “velhice”. Toma Sinadefil para artimia, Fortekor para o coração e um tipo “viagra” para a boa irrigação dos vasos do pulmão. Assim entendo.

    De dois em dois meses em média, ela também toma injeção de cortizona (diprospan) para as crises agudas de dermatite atópica (coçeira de enlouquecer). Foi com este diprospan tambem que ela curou uma pneumonia recente.

    Desde então, a situação vem se intensificando. Fico pensando: será que não são muitos remédios? Ela “perdeu a vitalidade”, por assim dizer… fica chorando olhando para a parede, anda em círculos e “grita”. À noite piora um pouco. As vezes eu dou uma ou duas gotas de acepram para ela relaxar. Ela parece estar lutando internamente contra algo. Ela nao nos incomoda, entenda isso. O que doi é não saber o que passa. E se for uma simples “dor de dente”, sabe? Os colegas dela (um deles inclusive bem mais velho) nao manifestam este problema.

    Os raio-x estão bem. Os rins estão bem. A hernia de disco não está tão aguda (ela toma previcox em alguns momentos). E o coração vai bem tambem. Ela teve problemas de pele que acredito ter sido oportunistas devido a baixa imunidade por causa do cortizona.

    Enfim… minha cara… é um circulo vicioso que eu e minha mulher não sabemos mais como nos comportar. Ja pedimos opinioes de diferentes veterinarios… um deles, inclusive, com uma visão “holistica”… ele dizia que “ela está bem, que eu deveria parar de querer controlar as coisas e comecar a trata-la como um cão…”

    Voce acha que são muitos remédios? Este Geriox serve para alguma coisa? Qual seria o tratamento para a Demencia que voce menciona acima? Pode citar o nome do remédio? Tem problema dar Acepram as vezes?

    Muitissimo Grato!
    Fabiano e SAbrina

  • eliana marçal diz: 23 de janeiro de 2013

    Boa tarde,
    Meu cãozinho da raça Yorkshire está com 17 anos e 3 meses. Está cego, precisa tomar Gardenal 2 vezes por dia para evitar a convulsão e, usa fraldinhas pois já não tem controle do seu xixi (ele dorme e esquece de levantar) tem todos os sintomas do Alzhimer…a noite ele grita muito, muitas vezes a noite inteira. Temos feito tudo que é possível mas gostaria de saber se há algo que podemos fazer para ajudá-lo neste momento de sua velhice.

  • Lilian Alves diz: 7 de fevereiro de 2013

    Bom dia, passei a conhecer este site pelas grandes buscas que faço para entender o que está acontecendo com minha cachorrinha de 12 anos, ela sempre esperta, brincalhona e o xodó da casa, mas dia 20/01/2013, começou meu pesadelo, ela teve uma crise convulsiva, nunca tinha tido, daí agendei uma consulta pra ela no sábado dia 26/01, mas não deu pra esperar pois 23/01 ela teve outra crise e 24/01 já tava com ela no vet, que passou gardenal 34 gotas pra 15 kg, e pediu exames de eco e rx de cranio, fizemos e voltando ele passou remedio p/ coração, vitamina, diuretico e um vaso dilatador p/ cerebro, enfim estamos aplicando todos diariamente exceto gardenal pois ela fica dopada e caida…bom ela tava até bem, já tava até brincando novamente, mais ontem me assustou pois começou a andar em círculos e ficou desorientanda pela casa, tentei acalmá-la, coloquei na caminha dela fiz carinho e ela dormiu e passou a noite bem, acordou bem, mas o que será que isso vai continuar acontecendo, não quero ver ela assim,o vet disse que é um tratamento longo…será que está sentindo dor, fico aflita. Demência dá assim de repente, será que é isso que está acontecendo com ela?

  • elaine diz: 8 de fevereiro de 2013

    Boa Noite! tnho uma cachorrinha SRD, media de 14 anos, ela teve uma vida complicada: teve paravirose,dava convulsão, fez 2 cirurgias p retirar tumores nas mamas, foi atacada por pitbull, tirou o útero por causa de um infecção, a qual ela ate hj tem um corrimento;tem problemas de articulação e esta cardíaca; num raio x foi diagnosticado q ela tem um tumor próximo ao o coração ou o coração dela esta aumentado,e tbem parou de latir mais ;ela tomou mtos medicamentos(que eram dados através de seringa), e hj ñ aceita q eu a medique. Ela só toma remédios na comida, mas maiorias das vezes ela ñ come (a comida com remédios); tem todos os sintomas de demência. Cuido dela o melhor q posso; ela é geniosa, mas gostava mto de carinho, de colo; e hj ela ñ deixa que eu faça carinho nela, qdo eu tento tocá-la ela da uns ganidos e depois fica aérea, tbem tem se isolado, eu ñ sei se é dor ou se ela ñ quer ser incomodada, ou se isso é coisa da idade. Ela se alimentava bem; mas ha quatro dias ñ come. Eu ñ sei se o q fazer, ela ñ me deixa medicá-la, nem higienizá-la, e ñ tnho como levá-la no vet. pq ela ñ me deixa tocá-la. Eu ñ sei se devo insistir em medicá-la via oral, devido ela dar estes ganidos e ficar aérea. Por favor, me oriente. obgda Elaine

  • Allisn Diego diz: 14 de fevereiro de 2013

    Oi Tenho um dog alemão com 12 anos se chama Zeus,o mesmo esta fazendo xixi em todos os lugares e de pouquinho em pouquinho e também defeca em todo canto,mais o que mas estranho é quando defeca deitado e isso tem acontecido por varias vezes quase sempre,também esta se levantando com dificuldades muitas vezes sou eu quem o ajudo levantar,chora durante o dia todo!,quando saiu para passear com ele n demoro muito pois ele esta caindo na rua,n ando com ele como antes só fico na porta de casa pq sei que ele pode cair…estou muito triste com a situação do meu dog,pois ele é lindo,branco com pintas pretas e cinza e os olhos azuis…acho que meu dog esta perto de nos deixar,tem dias que ele esta bem,mais confesso que a maioria das vezes tem estado muito ruim.

  • Robson matias diz: 3 de março de 2013

    Meu cachorro tem 14 anos, e hoje pela manha pela primeira ele teve convulsao q durou bastante tempo, logo apos o acontecido ele ficou andando em circulos, desorientado, com a pupila dilatada e defecou sem ter o controle do local, e muito inquieto. A tarde precisei sair e quando cheguei notei q ele estava com os mesmos sintomas q pela manha apos a 1 convulsao.Gostaria de,
    saber sua opiniao sobre a causa pois nao tenho muitas condiçoes financeiras para tratamentos caros e longos. Seria o caso de sacrificio pela idade dele? Existe algum, tratamento q vx possa indicar? Aguardo resposta, por favor o mais rapido possivel.

  • enezi diz: 15 de março de 2013

    meu caachorro idoso ia fazer 14 anos era saudavel e amanheceu morto sem nenhuma causa aparente.Pode me dizer algo?agradeço muito.

  • Alisson diz: 12 de abril de 2013

    Olá,

    Estou vindo aqui não para pedir opinião, mais somente expor aquilo que tenho vivenciado a alguns dias.
    Tinha um pischer de 14 anos, de uns 8 meses pra cá ele começou a ter algumas convulsões e a tempos andava muito quieto, ja nao comia muito bem e ficava muito tempo deitado. Levei ao veterinario e me disseram que poderia ser Eplepsia dai receitaram um remedio para ele. No começo as convulsões controlaram mas ainda sim tinha recaídas. De um mês até ontem ele começou ter as convulsões com mais frequencia e o remedio ja nao adiantava de nada, nos 5 ultimos dias sofri muito com ele tendo varias convulsões seguidas e ja nao estava conseguindo mais andar, nao comia quase nada apenas alguns pedaços de figado que eu dava na boca, fazia suas necessidades ali mesmo deitado e quando levantava ficava rodando o tempo inteiro como esse cão do video acima até quando ele parou de vez de andar, não estava mais me reconhecendo nem outros da familiaem momentos subitos, e o pior nos ultimos 2 dias ele não dormia e so ficava gemendo como se estivesse sentindo dores. Minha cidade e no interior e aqui e precario de veterinarios, e o unico que tem me indicou fazer o sacrificio. Meu sofrimento estava muito grande, afinal ver um amigo que cresceu junto comigo sofrer foi doloroso. Ele foi sacrificado hoje (12/04/13) as 10:45 da manha. Muita dor estou sentindo nesse momento e queria compartilhar tudo o que passei com vocês. Nunca desejo isso a ninguem que ama o seu animal de estimação. Cuide muito bem do seu amigo, pois quando você perde não poderá ter-lo de volta.
    Obrigado pela Compreensão de todos!

  • renata diz: 23 de abril de 2013

    oi Ceres,

    por mais que tenha consultado alguns veterinários ninguém conseguiu me auxiliar no comportamento do meu boxer, teria alguém para indicar, pois o comportamento ansioso compulsivo só tem piorado.

  • Marta diz: 26 de abril de 2013

    Olá, tenho um poodle de 1 ano e 5 meses, já levei em alguns veterinários mas nenhum me diz o que ele tem, só prescrevem medicamentos e eu os dou, no momento até melhora mas depois o problema volta novamente. Ele tem algumas feridinhas nas orelhas e que se ele se balança sangra, tem feridinhas debaixo do queixo que tbm coçam e viram umas crostas, ele tm tbm na perninha bem no cotovelo que coça tbm, sei q ele é alergico mas não sei ao que e agora levei ele no pet tosaram ele bm baixinho mas o problema agora é que ele fica com muito frio e dorme o tempo todo, come bem, toma bastante liquido, ta tudo bem com os intestinos tbm, pois vai aos pés bm e urina bem tbm, é preguiçoso p urinar mas urina bm. quando saio de casa ele fica mal como se entrasse em profunda depressão. No momento ele dorme muito e está magrinho. Muito Obrigada, aguardo resposta

  • Luiza diz: 4 de maio de 2013

    Tenho um poodle toy de 15 anos e meio chamado Nino. Em fevereiro do ano passado ele do nada ficou cego, parou de andar e mudou completamente seu jeito. A veterinária acredita que ele teve um AVC, mas não tem certeza. Ele teve 4 vezes a doença do carrapato, tem cardiomiopatia dilatada, sopro no coração, problema sério no fígado, alargamento da próstata e possui um testículo interno que cresceu muito e está inchado.
    Quando ele teve o suposto AVC ele tomou injeções de anti-inflamatório, fez acupuntura, melhorou bem, voltou a andar um pouco, mas acordava de madrugada e ficava latindo, andava em círculos e etc, nem com diazepan ele dormia. O tempo foi passando e o nino piorando, parou de andar de tudo, a acupuntura não faz mais efeito, levei o nino em mais três veterinários e a resposta é que não tem como fechar um diagnóstico, é da idade e etc. Acontece que o revimax não faz mais efeito, ele parou de comer, está pesando 3 kg e ele antes pesava 6 kg, ele não dorme mais, tira uns cochilos de no máximo 20 minutos, tem uns tiques na cabeça, o olho dele vai de um lado para o outro, eu nem durmo mais, pois ele fica gritando, ele mal consegue se mecher, ele parece um vegetal. Devido a condição dele cheguei a conclusão de que não se trata de um avc, mas sim de uma doença degenerativa.
    A veterinária já disse que o caso dele é de eutanásia, mas será que não existe nenhum medicamento do mercado veterinário que serve para distúrbios neurológicos que não seja o revimax??? não é possível que não exista um tratamento, eu não vou sacrificar o meu cachorro, será que não tem realmente como fechar um diagnóstico??? puxa vida 4 veterinários e ninguém sabe o que ele tem?????
    Se for a demência não existe medicamento para isso? nenhum medicamento????

  • Luiza diz: 8 de maio de 2013

    Obrigada pelo esclarecimento, infelizmente o nino morreu este domingo de parada cardíaca, espero que outros donos leiam esse último post que fala sobre a síndrome e possam dar qualidade de vida para seus amiguinhos. Obrigada.

  • inácio debs diz: 17 de maio de 2013

    BOA NOITE, ESTOU AQUI PARA PROCURAR AJUDA PQ NÃO SEI O Q FAZER MAIS, A MINHA CACHORRINHA TEM DOIS ANOS, NÃO PARA DE ANDAR, FICA ANDANDO DE UM LADO PARA OUTRO, TROMBANDO NOS LUGARES, SEM REFLEXO, E NÃO DORME MAIS, ESTÁ MAIS TRISTE E DELICADA, E AS VEZES ATÉ AGRESSIVA, JÁ FIZEMOS TODOS OS EXAMES POSSÍVEIS. CINOMOSE NEGATIVO, TOXOPLASMOSE NEGATIVO, HEMOGRAMA NORMAL. ELA ESTÁ TOMANDO ORGANO NEURO E O SEU ANDAR ESTA MELHOR, MAS SÓ ISSO. QDO ELA FICA MELHOR, COM PISADAS MAIS FIRMES, ORIENTAÇÃO MELHOR, E MAIS ALEGRE É SÓ ELA TER ALGUM STRESS OW VER ALGUM OUTRO CACHORRO Q ELA VOLTA A ESTAR DESSE JEITO. ELA ANTIGAMENTE, BRINCAVA COM OUTROS CACHORROS. O MAIS ESTRANHO Q HJ ELA ESTÁ MELHOR, MAS É SÓ VER OUTRO ANIMAL, OW CAIR OW ALGUMA OUTRA COISA, ALGUM TIPO DE STRESS Q ELA VOLTA COM OS MESMOS SINTOMAS, E PIOR. POR FAVOR ME AJUDEM, OBRIGADO

  • Dienni diz: 23 de maio de 2013

    Olá, tenho uma cachorrinha vira-lata pretinha, que é cega de um olho e tem convulsões. Não está mais comendo Nada. Antes ela comia de tudo, agora não quer mais nada; Ela anda sem parar em circulos, come o rabo, roda atrás do rabo todos os dias, late por nada, e implica com a cachorra Pit bull bem maior que ela. Mas a outra não reage as implicações. ando preocupada pois vi que esses dias ela vai lamber o xixi da pit bull e logo em seguida faz em cima. E quando tem convulsões ela fica um tempo pra se recuperar. ela tem 10 anos me ajude, não sei o que será de mim sem ela, eu amo ela. e ela ja nasceu assim, com convulsões desde pequena.

  • Carol diz: 27 de julho de 2013

    Meu cachorro é um Lhasa Apso de 11 anos, hoje ele de manha derrubou a vassoura, a água dele e fez coco tudo espalhado pela cozinha, e agora ele está andando pra frentre e pra tras quase igual o cachorro do video ai, será que pode ser uma demência? Ele nunca fez isso antes.

  • nelma regina diz: 26 de setembro de 2013

    baruk é um filhote de pitbull de 3 meses ele esta batendo nas coisas ,parese ñ enchergar direito os olhos na luz reflete como de gatos e saindo de casas em outro ambiente chora parese ñ saber oqe fazer .oqe pode ser?

Envie seu Comentário