Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Evite um AVC

28 de outubro de 2015 0

Carla Heloísa Cabal Moro, Neurologista, coordenadora da Unidade de AVC do Hospital Municipal São José 

Por que o acidente vascular cerebral (AVC) é tão importante e merece tanta atenção? Uma em cada seis pessoas no mundo terá um AVC ao longo da vida. Se computarmos somente as mulheres, esse número passa para uma em cada cinco. A cada seis segundos, morre uma pessoa devido ao AVC, e a cada um segundo uma pessoa tem a doença. A cada ano, 15 milhões de pessoas têm o acidente no mundo, sendo que 6 milhões não sobrevivem e cerca de 30 milhões de pessoas que já tiveram a doença estão com incapacidades residuais. Por trás desses números, existem vidas reais.

O AVC é uma doença que pode ser prevenida, e muitos fatores de risco podem ser controlados, como a hipertensão, a diabete, a dislipidemia. Outros podem ser abolidos, como o tabagismo, o sedentarismo, a obesidade e outros como a fibrilação atrial (FA), uma arritmia, checada no pulso. O tratamento deve ser oferecido em caráter de emergência, pois “tempo é cérebro”. A pessoa com suspeita de AVC, deve ser atendida por equipe pré-hospitalar (Samu), que está capacitada para fazer os procedimentos até a chegada ao hospital.

Aqueles que sobrevivem, devem receber tratamento para controle dos fatores de risco para evitar um novo acidente. Muitos ficarão com incapacidades residuais, que podem ser motora, visuais, de linguagem ou cognitivas, necessitando de reabilitação imediata e contínua. É uma fase difícil de reintegração à sociedade. Existe nova vida após o AVC.

Pode ocorrer em qualquer idade e é responsável por mais mortes anualmente do que as atribuídas à AIDS, tuberculose e malária juntos. No Brasil, o AVC é a primeira causa de morte e incapacidade, com um enorme impacto econômico e social. A Associação Brasil AVC (ABAVC) alerta a população sobre a doença com a campanha “Evite um AVC”. Cheque seu pulso, um alerta para a detecção de uma arritmia, a FA, uma das causas frequentes de AVC. Amanhã, dia 29 de outubro, é o Dia Mundial do AVC e, em Joinville, a campanha tem o apoio da Clínica Neurológica e Neurocirúrgica de Joinville, Neurocentro, Unidade de AVC do Hospital Municipal São José, Liga de Neurologia da Univille e Programa de Residência Médica do Hospital Municipal São José.

Envie seu Comentário