Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Merendeira: peça importante

29 de outubro de 2015 0

Manoel Bento, Vereador pelo PT

Amanhã é um importante dia para todas as merendeiras do Brasil e, principalmente, de Joinville. O dia é delas, que fazem do ambiente escolar uma alegria. O aroma, sem sair de nossa lembrança desde o tempo primário, nos remete ao reconhecimento desta profissão hoje.

A merendeira não é só aquela profissional da comida diária, alimentando centenas, milhares de crianças e adolescentes pelas escolas Brasil afora. Um ponto importante a ser observado é a qualificação concedida a estas profissionais ao longo dos anos. Com acompanhamento de nutricionistas e profissionais da saúde, chega-se a um denominador comum e confirma-se o que é melhor para a alimentação de quem está em fase de crescimento. O mais importante não é apenas o ato de alimentar alunos, mas reeducá-los no hábito alimentar. Somos o que comemos, uma grande verdade, afinal, a boa alimentação reflete-se na qualidade da saúde. Logo uma boa saúde está associada ao melhor preparo físico, emocional e intelectual para os estudos.

A merenda é um direito de cada aluno, não apenas um instrumento para matar a fome e a merendeira torna-se, neste momento, uma peça fundamental dentro da escola. Em um mundo cada vez mais industrializado, onde a alimentação natural perde espaço para salgadinhos, refrigerantes e doces em geral, a merenda ainda tem seu papel. É na escola que muitas crianças aprendem a se alimentar. No ambiente escolar a nutrição é levada a sério tanto por quem produz, quanto por quem combina os alimentos de forma equilibrada. Parece tarefa simples, mas enquanto seu filho se alimenta na escola, tenha a certeza de que existe toda uma rede de profissionais envolvidos neste processo.

Em Joinville, a merenda escolar vem com qualidade superior, pois são acrescidos ingredientes oriundos da agricultura familiar local. Graças a uma lei de minha autoria, em vigor desde 2011, 42% dos recursos destinados à merenda são voltados à compra exclusiva do produtor local, aumentando ainda mais esta rede de profissionais envolvidos. A economia gira, a agricultura familiar se qualifica e o aluno joinvilense tem uma das melhores merendas escolares do Brasil. E tudo isso passa pelas mãos das nossas queridas merendeiras. Parabéns a elas.

Envie seu Comentário