Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ano de oportunidades

02 de fevereiro de 2016 0

Carlos Adauto Virmond, Secretário de Assuntos Internacionais (SAI) de SC

Buscando contornar os efeitos da crise, o governo federal decidiu fortalecer o relacionamento comercial com União Europeia, Oriente Médio e países da Ásia em 2016. A iniciativa vem ao encontro do ambicioso plano de ações da Secretaria de Assuntos Internacionais (SAI), que, atendendo à determinação do governador Raimundo Colombo, já trabalha para ampliar as relações de Santa Catarina com estes blocos econômicos.

A Zona do Euro é tradicionalmente um grande mercado para os produtos catarinenses, mas há muito espaço para crescer. Estão programadas missões oficiais para Suíça, Áustria e Alemanha, onde a SAI, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) e a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável (SDS), realizará “road shows” para apresentar as vantagens de se investir no Estado. Na esteira do Encontro Econômico Brasil-Alemanha, uma missão visitará o Estado alemão da Turíngia, sede da próxima edição do evento, para acertar os detalhes da assinatura do tratado de irmanamento, que ocorrerá em outubro.

Também no Oriente Médio, a presença de produtos catarinenses deve ser ampliada, principalmente no agronegócio. Após um longo período de adaptação dos produtores catarinenses às tradições islâmicas, conquistamos a Arábia Saudita como importante parceiro comercial. O saldo das exportações para a região é superior a US$ 300 milhões. Na Ásia, o foco será Índia, Tailândia, Filipinas e Indonésia. No ano passado, o embaixador da Índia no Brasil, Sunil Kumar Lal, visitou o Estado, revelando interesse indiano em parcerias nas áreas de tecnologia e inovação, educação e saúde.

Temos de atravessar as dificuldades internas sem perder o foco na busca por boas e novas oportunidades, especialmente na ampliação das exportações e na captação de investimentos estrangeiros. O governo do Estado está atento a esta realidade e a equipe da SAI já está atuando, alinhada com os setores produtivos, para que o nosso estado se destaque no comércio exterior e nas relações internacionais.

Envie seu Comentário