Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Startup gaúcha recebe investimento do Google em 2016; veja dicas para começar um projeto

26 de dezembro de 2015 0

A gigante Google vai investir US$ 1 milhão em 15 startups brasileiras em 2016. O programa de aceleração para novas empresas chamado de Launchpad Accelerator terá 6 meses de atuação, incluindo imersão no Vale do Silício nos Estados Unidos. Quinze empresas brasileiras, entre elas a startup gaúcha Superplayer irão receber incentivos do programa do Google. Nós conversamos com o cofundador e CEO da Superplayer, Gustavo Goldschmidt contou como foi o início do projeto com os três irmãos nos fundos da casa dele.

“…começou com dinheiro próprio, então a gente investiu primeiro R$ 5 mil cada um. Os primeiros dois anos foram de muitos erros e tentando fazenr produtos de baixo custo com empresas terceirizadas. Só que ‘de cara’ as coisas não funcionam como a gente planeja, e precisamos fazer mudanças no projeto. Até que a gente conseguiu chegar num conceito e aí ter sucesso em 2013.”  - contou Gustavo.

2

A Superplayer é uma startup do segmento de tecnologia para música que surgiu em 2013, a ideia inovadora dos guris de Porto Alegre veio antes do Spotify e do conceito de criação de listas da Apple Music. E a ideia era desde o início oferecer playlists de músicas personalizadas em aplicativo e site. Hoje a superplayer tem mais de um milhão de usuários ativos e passou por muitas mudanças desde o início do projeto.

Gustavo enfatizou que não é fácil, não basta ter  uma ideia inovadora. “Todo mundo acredita que vai ter uma grande ideia e vai conseguir alguém para investir no teu sonho e na prática não é bem assim. Nós mesmos temos que acreditar na ideia e correr atrás”. Além do investidor-anjo e dos programas de aceleração, a Superplayer conseguiu entrar em alguns programas como Startup Brasil e agora no programa do Google.

“Se eu fosse falar, o que mais me ajudou talvez seja a preparação para uma jornada longa, não dá para acreditar que criar uma startup e vender é uma coisa rápida, essa construção toma tempo…e ficar de olho, entender as pessoas, o que elas querem – desde os consumidores até os teus colaboradores. E por fim, ter uma visão do todo, tentar olhar a tua empresa não só pela expertise digital, olhar o todo – RH, outros recursos, ter esse olhar holístico do negócio é importante.” – essas são as três principais dicas do Ceo da Superplayer.

Pelo programa Launchpad do Google, cada startup receberá um aporte de US$ 50 mil, sem contrapartida de participação societária, e créditos de US$ 100 mil para gastar em produtos do Google ao longo de um ano – em um total adicional de US$ 1,5 milhão. Os recursos investidos são provenientes do próprio Google e não têm participação de programas do governo.

A 1ª primeira turma do Launchpad Accelerator começa em janeiro/2016 com 8 empresas, são elas:

Qranio – Área de atuação: Educação
Cuponeria – Área de atuação: comércio eletrônico
ProDeaf – Área de atuação: Acessibilidade
AgroSmart – Área de atuação: Agronegócio
SuperPlayer – Área de atuação: Música
UpBeat Games – Área de atuação: Jogos
Hand Talk – Área de atuação: Acessibilidade
Elo7 – Área de atuação: Artesanato

As inscrições para a 2º turma, em julho/2016, já estão abertas.

Para acessar – site Superplayer:
Windows Phone
Iphone
Android

No Rio Grande do Sul, o programa Startup RS do Sebrae está com inscrições abertas até dia 17 de janeiro para a terceira turma. Essa é uma boa dica para quem tem uma ideia e um projeto em andamento na área digital. De acordo com a coordenadora do programa de TI de Startups do Sebrae, Débora Chagas, esse é um incentivo para empresas iniciantes. Inclusive, o programa atende Startups que ainda não possuem CNJP.

Sebrae-RS - Programa de Startups

Sebrae-RS – Programa de Startups

As principais dificuldades estão na formatação de equipe, então as startups vem muito com só uma pessoa, não tem uma complementariedade de equipe, muitas vezes não tem um problema definido ou um problema real de mercado ou não tem quem possa comprar aquela ideia. Então, esses são as principais questões que a gente olha para a seleção –  a formação de equipe e a questão do modelo de negócio” – contou Débora Chagas.

No site do programa de Startups do Sebrae-RS têm detalhes sobre como as turmas 1 e 2 usaram os recursos propostos ao longo do programa. Débora destacou que qualquer ideia com viés digital pode se inscrever na seleção da terceira turma do programa – ao todo,  serão 15 empresas selecionadas. A empresa destaque no programa, ganha uma viagem internacional, uma espécie de missão que complementa os 5 meses de programação e acompanhamento do Sebrae.

Inscrições aqui.

 

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE O ASSUNTO

Startups_shutter_2002

O que é um Startup?

Tudo começou durante a época que chamamos de bolha da Internet, entre 1996 e 2001. Apesar de usado nos EUA há várias décadas, só na bolha ponto-com o termo “startup” começou a ser usado por aqui. Significava um grupo de pessoas trabalhando com uma ideia diferente que, aparentemente, poderia fazer dinheiro. Além disso, “startup” sempre foi sinônimo de iniciar uma empresa e colocá-la em funcionamento.

O que os investidores chamam de startup?

Muitas pessoas dizem que qualquer pequena empresa em seu período inicial pode ser considerada uma startup. Outros defendem que uma startup é uma empresa com custos de manutenção muito baixos, mas que consegue crescer rapidamente e gerar lucros cada vez maiores. Mas há uma definição mais atual, que parece satisfazer a diversos especialistas e investidores: uma startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza.

Ser escalável é a chave de uma startup: significa crescer cada vez mais, sem que isso influencie no modelo de negócios. Crescer em receita, mas com custos crescendo bem mais lentamente. Isso fará com que a margem seja cada vez maior, acumulando lucros e gerando cada vez mais riqueza.

:: Ficou alguma dúvida? ::

Envie por email: michelle.raphaelli@rdgaucha.com.br ou deixe nos comentários do blog.

Comments

comments

Envie seu Comentário