Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Para Youtube, Born Free não serve...

28 de abril de 2010 2

Born Free, novo clipe da M.I.A. foi sacado do Youtube, por infrigir as normas do portal, segundo a NME. Foi acusado de promover a violência gratuita. Ah, tá…  Ainda bem que para isso temos o Vimeo.

A produção de nove minutos conta com a direção de Romain Gravas e dele só poderíamos esperar mesmo algo explosivo, incômodo e cru, a exemplo do também controverso clipe de Stress, do Justice. Na trama, uma tropa da SWAT sai a caça de jovens e crianças, não economizando na crueldade e nas balas. O barato desse trabalho que reúne duas das mais inquietas cabeças do momento é lembrar-nos que no pop também há espaço para reflexões, crítica social e confrontamento. Convenhamos, são nove minutos bem mais aproveitados do que a fanfarronice da Lady Gaga em Telephone

M.I.A, Born Free from ROMAIN-GAVRAS on Vimeo.

Comentários (2)

  • Déborah diz: 29 de abril de 2010

    Realmente, apesar de ter ficado um tanto chocada com algumas cenas do clipe, é muito melhor ter algo para se pensar depois do que ficar vendo a Gaga matando pessoas com um veneno tosco em uma lanchonete.

  • Fabrício diz: 1 de maio de 2010

    Muito bom o video, e esses dias li uma noticia nafolha em que o google reclamava do bloqueio de conteudo que sofria em alguns paises tztztztz

Envie seu Comentário