Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de janeiro 2012

Em Breve!

31 de janeiro de 2012 0

Bolachas, documentário de Marco Martins, que na verdade é um garimpo genealógico sobre o rock na Ilha de Santa Catarina, está pronto. A produção é da Vinil Filmes e o lançamento ficou acertado para março, durante a Maratona Cultural de Florianópolis. Bancado pelo Funcine, trata-se de um registro histórico e pioneiro. O teaser está no ar. Preparem seus corações:

Trailer Bolachas from vinil filmes on Vimeo.

Mais do Emplastro

31 de janeiro de 2012 0

Folgado rouba o retorno do cara durante o ao vivo e larga: “Meu pai é o Pinto da Costa (dirigente do Sporting-Porto)”. Dá para imaginar o que o repórter “estar a pensar”: “E tu és um f…. opá!”

Deixa que eu colo!

31 de janeiro de 2012 0

Eis o Fernando, fanático e folclórico torcedor do Porto (de Portugal, ora pois!), um meme televisivo europeu. Basta ver o vídeo para entender porque ele é popularmente conhecido como “Emplastro”. É o terror das transmissões aos vivo das emissoras portuguesas, mas neste caso, prevaleceu a espirituosidade do repórter-gajo. Não perdeu a piada e segurou a o link.

Leonard Cohen: Boas "Velhas Ideias"

31 de janeiro de 2012 0

Leonard Cohen, de volta, após oito anos, com um discaço! Old Ideas está rede: boa pescaria a todos!!!

Só para lembrar....

31 de janeiro de 2012 0

Faltam 143 dias para o Inverno. As “tainhas” são crias do Gabriel Vanini, via Floripa Selvagem.

 

Vive La France!

31 de janeiro de 2012 0

 

Quadrinista Ricardo Manhães, de Florianópolis, lança, agora em fevereiro, o álbum Les Socialos T2, segundo volume de uma série humorística publicada pela editora Fetjaine, onde parodia o inflamado ambiente da política francesa e seus personagens. Sai às vésperas do primeiro turno das eleições presidenciais na França. Os desenhos são no estilo franco-belga e foram distribuídos em 48 páginas. Manhães é o primeiro quadrinista brasileiro a lançar um álbum de humor político naquele país. Façanha esperada para um autor respeitado no Velho Mundo. O brasileiro há mais de uma década publica obras naquele continente, ultrapassando mais de 250 mil álbuns em quadrinhos vendidos, entre publicações “solo” e coletivas. No Vale conferir o blog do artista!

Amor Interrompido

31 de janeiro de 2012 0

Jack White manda um alô: Love Interruption, single do álbum (Blunderbuss) que o camarada lançará em abril. Viva 2012!

Skrotes do "Arco da Velha"!

31 de janeiro de 2012 0

Os Skrotes reeditam a parceria (quase societária) com Tonho Crocco, nesta quinta (2/02) no Mustafá, na Lagoa da Conceição. E tem vídeo novo do trio fusion de Floripa aí, gravado no Museu Cruz e Sousa. A direção é do Breno Turnes.

Sem "meia-verdades"

31 de janeiro de 2012 0

“Além da “farra”, chama atenção o fato de que não foi o repórter-fotográfico quem colocou a imagem no Facebook. Pelo contrário. Ele até se surpreendeu ao ver a foto no site. E eu fiquei curioso com a história ao ler o comentário do colunista Rafael Martini, doDiário Catarinense, revelando que o jornal havia tentado comprar a foto no ano passado. “O autor não quis vender a foto na época. Só que em tempos de redes sociais…”. Este “em tempos de redes sociais…”, principalmente porque o comentário foi publicado junto com a foto, me levou até o repórter-fotográfico esclarecer alguns pontos.”

Blog Coluna Extra, do Alexandre Gonçalves, “cometeu” jornalismo e foi saber da própria fonte, Eduardo Valente, a história sobre foto o flagrante da “cowrrada” no Centro da Capital.

O Chupa-Vacas revelou-se

31 de janeiro de 2012 0

Eduardo Valente, Futurapress


Da série “Se eu te falar a verdade vou tá te mentindo!”: O “Chupa-Vacas” existe e (que fique bem claro) não temos nada a ver com isso. Quando lançamos a edição 33 do webprograma Ponche Elétrico, no final do ano passado, jamais imaginaríamos que “avacalhação” sobre a suposta ação de um “ser” que estaria violando as mimosas da CowParade poderia ser verdade. Ok, até suspeitávamos que seria possível, mas com um PM seria “requinte” demais. A propósito, só a reportagem do Ponche ouviu a “vítima”, que ressente-se pelo sumiço do amante: “nem um telefonema!”