Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de março 2012

Promoção Pina 2D - Sessão Marcca de Cinema - resultado

30 de março de 2012 0

O nome do clássico filme dirigido por Wim Wenders e estrelado por Bruno Ganz e Dennis Hopper é O Amigo Americano.

Os dois vencedores da promoção foram:

Rodrigo Dalmonico

Lucas de Barros

Basta apresentar a identificação junto à bilheteria junto com acompanhante para uma das sessões desta sexta-feira ou de sábado.

Boa sessão!!!

Uma Música na Vida - faltam 26 dias

30 de março de 2012 0

Assim como a “baby” pega Paul McCartney de surpresa em She’s My Baby, estamos reservando uma surpresa para os fãs do beatle… e as dicas ficam por aqui!

Então, fiquem de olho!!!


Autor de "Eram os Deuses Astronautas?", o suíço Erich Von Däniken estará em Blumenau

30 de março de 2012 1

O suíço Erick Von Däniken fez questão de incluir também Blumenau, onde tem muitos fãs, em seu roteiro pelas cidades brasileiras. O polêmico autor do best-seller Eram os Deuses Astronautas? fará conferências  nas cidades de Curitiba, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. O tema escolhido será o do seu mais recente livro, Crepúsculo dos Deuses – O Calendário Maia e o Retorno dos Extraterrestres.

Däniken vem ao Brasil ainda para trazer seu apoio para a campanha UFOs: Queremos ouvir a ONU, idealizada pelo Instituto Galileo Galilei.

Promoção Pina 2D - Sessão Marcca de Cinema

29 de março de 2012 19

O ContraVersão dá dois pares de ingressos para assistir ao filme Pina, documentário elogiadíssimo do alemão Wim Wenders, no Paradigma Cine Arte. Ganham um par de ingresso cada um dos dois primeiros que responderem corretamente à seguinte pergunta:

Qual o nome do filme de Wim Wenders que foi estrelado por Bruno Ganz e Dennis Hopper?

O resultado sai na da tarde de sexta-feira. Boa sorte!


Governo Veta Edital Elisabete Anderle (1)

29 de março de 2012 1

Compartilho com os vocês a análise do jornalista Upiara Boschi, repórter de Política do DC, sobre a controversa suspensão do edital Elisabete Anderle de Incentivo à Cultura e prerrogativa de que o uso de dinheiro público pelo Funcultural em ano de eleição não pode se enquadrar nas restrições da legislação eleitoral. Não seria bem assim como o governo imagina….

Embora a PGE entenda que o Funcultural está livre das restrições do ano eleitoral, essa questão ainda não está pacificada. O senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) e o secretário estadual Gilmar Knaesel (PSDB), o ex-governador e o ex-secretário de Turismo, Cultura e Esporte, enfrentam processo de cassação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por causa dos repasses dos fundos em 2010.
 
Em parecer que pede a cassação de ambos, a vice-procuradora eleitoral Sandra Cureau ressalta que a lei eleitoral impede repasses de recursos a entidades públicas e privadas em ano eleitoral. Existem exceções, como casos de estado de calamidade pública ou situação de emergência. Também é permitido o repasse em caso de programas sociais autorizados em lei e que já estivessem sendo realizados desde o ano anterior. Foi essa a justificativa dada pelos advogados de defesa de Luiz Henrique e Knaesel no TRESC.
Assim como o Ministério Público Eleitoral já havia feito no julgamento realizado no Tribunal Regional Eleitoral, Cureau rebate a defesa afirmando que as leis que regulamentam os fundos de turismo, esporte e cultura são genéricas e insuficientes para caracterizar o repasse da forma correta. Afirma, ainda, que os eventos beneficiados pelos recursos não têm apelo social.

Uma Música Na Vida (faltam 27 dias)

29 de março de 2012 0

Marcando a entoada da nossa contagem regressiva, esse tributo do Macca à sua esposa Linda composto para o seu primeiro álbum solo McCartney, é uma presença constante em seu repertório. Maybe I’m Amazed é sempre precedida com a carinhosa saudação: “Eu fiz essa música para a minha gatchinha (sic)”. A dedicação aqui é para Ana Roman e Maria Clara!

Elvis não morreu!

29 de março de 2012 0

Na fila de acesso à Ressacada em um recente jogo do Avaí, a garota comenta com o vendedor ambulante de água mineral sobre a “muvuca” em torno do estádio. Eis que o profético tiozinho responde:
_ Imagina então como vai ficar no show do Élvix (sic)?
Imagino sim: um assombro!

Governo engaveta Edital Elisabete Anderle

29 de março de 2012 8

Nem precisava tanta espera para o que estava óbvio: o edital Elisabete Anderle de Incentivo à Cultural foi postergado para 2013. Em nota, a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura Esportes comunicou que, diante de uma consulta à Procuradoria Geral do Estado, o prêmio não poderá ser efetivado e 2012 por conta do período eleitoral, já que a legislação veta a distribuição de recursos. Estava prevista a aplicação de R$ 10 milhões pelo prêmio e, sendo assim, sobe para dois anos o vácuo pela não implementação do edital.

 A mesma legislação que, no entendimento do Centro Administrativo do governo, impede a implementação para este ano do edital Elisabete Anderle não cria nenhuma restrição à aplicação dos R$ 10 milhões em outras ações como, por exemplo, novos projetos do Funcultural. O precedente é perigoso. O edital é um instrumento regido por parâmetros estabelecidos em lei (o que não é o caso do Elisabete Anderle, que é apenas editado por decretos), incluindo com limites para aplicação de recursos, número de projetos e áreas. Se o referido edital fosse transformado em lei e assim regulamentado não cairia nas restrições da legislação Eleitoral. Mas, ainda assim este edital era, portanto, mais eficaz do que o instável Funcultural, que historicamente é utilizado ao bel prazer das demandas políticas de quem o gere.

A ideia da Fundação Catarinense de Cultural é canalizar parte dos R$ 10 milhões também para projetos de preservação do patrimônio e será levada na próxima semana à consulta no Conselho Estadual de Cultural.

Eis a nota oficial:

 


 


 


 

Edital Elisabete Anderle adiado para 2013

 


 


 


 

O Prêmio Elisabete Anderle só poderá ser implementado em 2013. Em resposta à consulta formulada pelo Centro Administrativo do governo, a Procuradoria Geral do Estado informa que, como o edital envolve distribuição de recursos, não pode ser efetivado em 2012, por ser ano eleitoral. O parecer baseia-se no veto imposto aos agentes públicos pelo parágrafo 10, do artigo 73 da Lei Eleitoral (Lei 9.404/97).

Em função disso, os R$ 10 milhões reservados ao Edital Elisabete Anderle serão canalizados para outras ações na área cultural, como preservação do patrimônio e novos projetos do Funcultural. A informação será levada pelo presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Joceli de Souza, ao Conselho Estadual de Cultura na próxima semana.

Criado em 2009, o prêmiol Elisabete Anderle tem por objetivo o estímulo à produção, circulação, pesquisa, formação, preservação e difusão cultural. O prêmio contempla as seguintes categorias: artes populares, artes visuais, dança, letras, música, patrimônio cultural e teatro. Em 2011 o prêmio foi regulamentado por lei.








Ademã, Millôr 2

28 de março de 2012 0

Capa do “saite” do Millôr Fernandes, do UOL.


Ademã, Millôr Fernandes (R.I.P.)

28 de março de 2012 0

Depois de Chico Anysio, outro duro golpe no bom-humor brasileiro. Foi-se Millôr