Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Floripa Noise se despede falando sério (Não caia nessa!)

22 de junho de 2012 0

Depois de uma semana movimentando intensamente a agenda artística e musical da Capital o festival Floripa Noise encerra de maneira retumbante a edição desta no, substancialmente a maior da sua história.


Nunca o cenário da cultura independente nacional se viu tão bem representado em Floripa como nestes últimos sete dias, com shows (Graforréia Xilarmônica, Bonifrate, Efeito Lavanda, Os Legais, Violentango), exibições audiovisuais e lançamentos de nos projetos (Skrotes, Atomic Mambo All-Stars e Mapuche).

A agenda do derradeiro sábado abre espaço para reflexões e debates, em dois encontros de ideias a partir das 14h, na Célula Cultural:

* O primeiro discutirá Os Desafios da Carreira Artística no Cenário Contemporâneo, com Leo Bigode (da gravadora Monstro Discos), Márcio Pimenta (do portal Música SC e estúdio Pimenta) e os músicos Guilherme Zimmer e Sérgio Ugeda. A mediação ficará com o produtor Isaac Varzim.

* Na sequência, às 16h, haverá a dança das cadeiras e outra patota cerebral exercerá o ócio criativo debatendo o Jornalismo Musical: Rumos e Linguagens. Oráculos da imprensa sonora como os jornalilstas Irsael do Vale (do Fórum Música Brasil e com passagens pelos jornais O Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo), Emerson Gasperin (revistas Bizz, Frente e o Estadão e Gazeta Mercantil) e o músico e produtor Eduardo XuXu vão discutir o papel da crítica e do jornalismo nas ditas “eras analógica e digital”, a difusão da informação, a distribuição da notícia e a circulação do produto cultural. Caberá a mim a tarefa de mediar esta gastança intensa de fosfato. Para os debates a entrada será franca!

* O Floripa Noise segue à noite, no mesmo espaço, para o encerramento ensurdecedor com os show das bandas Mechanics (GO), o fantástico Proyecto Gomez Casa (Argentina) e a dobradinha Cassim & Barbária com Manolo K. Deixará saudades. Entrada a R$ 15.



Envie seu Comentário