Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "santa catarina"

Angry Bear: O despertar faminto de Fly-X

06 de junho de 2012 3


Tô sentindo que este 2012 promete barulho. Nem chegamos a metade da metade daquilo que está previsto para sair da fornada roqueira catarinense e temos dois violentos trabalhos, como o já citado abaixo Motel Overdose, que embora oficialmente leve o apenas o nome da banda no título eu passarei a chamar de Calendários de Oficina (fantástico!).
Mas que fique o alerta aos desatentos para o atropelo que vem de outra tríade, só que ao Norte do Estado. Qualquer dúvida que havia sobre os caminhos que a banda Fly-X tomaria a partir de Despertar, o terceiro álbum lançado em 2009, encontra resposta na crueza das guitarras e na acidez do discurso que impregna recém-apresentado disco Angry Bear. O quarto álbum do grupo de Guaramirim consolida a trajetória de 15 anos de militância do trio de Guaramirm no circuito independente. No dia 23 de junho, eles lançam Angry Bear com um show de comemoração pela trajetória em Guaramirim (possivelmente no local de ensaios da banda).
É por sua natureza independente, que a banda celebra em Angry Bear as suas referências mais caras, especialmente o metal e o grunge. Estes estilos formam a essência da base do trabalho que corresponde a nove faixas. A exceção dos trabalhos anteriores, esse é essencialmente composto em inglês e segue a temática da crítica social, do mundo em constante confronto de ideias e poder. Alien Life abre o repertório em puro estágio grunge, acelerado, distorcido e estridente. Entoada que não dá margem para respirar nas faixas subsequentes como Angry Bear, What do You Want From me Losing Ground, Who Are You, Pain e Terros Slaves. A sombria War In Rio leva a sonoridade à desaceleração, mas mantém a carga pesada para declarar o cenário bélico que desconstrói o ideário marqueteiro a respeito da hoje pacificada Cidade Maravilhosa.
Não poderia soar mais belo e reverencial aos ouvidos de qualquer fã do Nirvana, Mudhoney, Helmet e Black Sabbath. Atuar na independência é tarefa árdua, mas também traz bônus. No caso da Fly-X é abrir concessões apenas para si própria.
Angry Bear, de Fly-x, Independente, 10 faixas, R$ 10
Como adquirir:
Guaramirim: Loja CD & CIA
Joinville: Loja ROCK TOTAL DISCOS
Blumenau: Loja BE BOP DISCOS
Jaraguá do Sul: Kélson Marcelo (47) 84546309



Oceano de incertezas em Entre A Areia e o Mar

29 de maio de 2012 0




foto Flávio Roberto, Divulgação



Abri a semana na Contracapa falando sobre este documentário. O teaser vem logo abaixo: “O que o olhar do pescador projeta vai além da imediata necessidade do sustento a partir da aproximação de um volumoso cardume. O horizonte se revela incerto e nebuloso não só para a subsistência da pesca, mas para uma cultura que já foi o pilar das comunidades no litoral centro-norte catarinense. O desencanto com o futuro e o o temor da dissolução da chamada “cultura peixeira” virou tema de uma investigação da produtora Tac Filmes e a da banda Tarrafa Elétrica, de Itajaí, e que resultará no documentário Entre a Areia e o Mar.



Foto Flávio Roberto, Divulgação




O propósito inicial, lembra o diretor Diego Lara, era muito mais lúdico: relacionar as composições das bandas com os elementos praianos, a pesca, o folclore litorâneo que servem de fonte inspiradora. No curso das pesquisas a realidade alertou para o que Lara aponta como o princípio de extinção de uma cultura. É um doc de denúncia e reflexão. Entre A Areia e o Mar trata deste limbo que separa a tradição da sua perenidade. Contribua enviando sugestões de personagens e relatos sobre o tema para o a produção do doc pelo e-mail tac@tac.art.br.”


Transformação cultural

25 de maio de 2012 0

Projeto Unocultural, bancado pela Unochapecó, é a ponta de lança na mobilização cultural no Oeste. Dali partem exposições, shows, mostras e ações que transitam pelos territórios das artes visuais, produção audiovisual, grafite, arte urbana e ilustração. Tudo é gratuito, socializando o novo conhecimento em escala que ultrapassa os limites de Chapecó.

O projeto foi pensado e é executado pelo Estúdio Alice, núcleo criativo capitaneado pela sapiência Roberto Panarotto (também da banda Repolho, que da ilustração e design transcende também para o “fazer cultura”. É do estúdio a peça visual do Unocultural (veja aqui) e tantas outras sacadas. Uma delas está na edição deste mês da revista britânica Computer Arts. Acesse o site do estúdio e veja o quanto esses “manos e minas” piram.



Talicine apresenta Bolachas!

08 de maio de 2012 0

Bolachas, documentário de Marco Martins, fará a estreia do projeto Tali Cine, nesta quarta-feira, às 20h, no Taliesyn Rock Bar, no Centro da Capital. O cineclube será semanal, sempre com a exibição de uma produção audiovisual catarinense relacionada ao rock. Let’s go!

Faça o certo!

26 de abril de 2012 0

Bolachas, documentário de Marco Martins, que habilmente datou a origem do rock na Capital, mas que avança pela relação de músicos e entusiastas com o gênero mais querido da música, fará as honras para o Festival Audiovisual Catarinense, o Faça, nesta quinta, às 19h30min, no Cinema do CIC. Com o occupy CIC com certeza será um acontecimento. Depois de peregrinar por Lages e Blumenau, a primeira edição do projeto estreia na sala do Cinema do Centro de Integrado de Cultura na Capital. Vai até o dia o dia 29, com exibições diárias e gratuitas, sempre às 19h30min. Programe-se por aqui.

Trailer Bolachas from vinil filmes on Vimeo.

Somato abre Abril Pro Rock

20 de abril de 2012 0

 

foto Guto Kuerten


Catarinenses da banda Somato farão as honras para o Abril Pro Rock, abrindo o festival logo mais, às 19h, no Chevrolet Hall, em Recife. O grupo de Floripa venceu a disputa do concurso Bis Pro Rock e chega ao histórico encontro roqueiro muito bem credenciada e recomendada pelo júri do certame _ incluindo o Roger Moreira do Ultraje a Rigor e o guitarrista do Supultura Andreas Kisser.

Somato tocará na noite mais concorrida do festival, com a volta dos Los Hermanos. A presença dos cariocas levou ao esgotamento dos 14 mil ingressos disponíveis. (Veja a programação aqui).


 Sexta (20/4)
19h abertura dos portões
20h30 Somato (Banda Bis Pro Rock)
Tibério Azul 
A banda mais bonita da cidade
Montagem 
Los Hermanos


Governo engaveta Edital Elisabete Anderle

29 de março de 2012 8

Nem precisava tanta espera para o que estava óbvio: o edital Elisabete Anderle de Incentivo à Cultural foi postergado para 2013. Em nota, a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura Esportes comunicou que, diante de uma consulta à Procuradoria Geral do Estado, o prêmio não poderá ser efetivado e 2012 por conta do período eleitoral, já que a legislação veta a distribuição de recursos. Estava prevista a aplicação de R$ 10 milhões pelo prêmio e, sendo assim, sobe para dois anos o vácuo pela não implementação do edital.

 A mesma legislação que, no entendimento do Centro Administrativo do governo, impede a implementação para este ano do edital Elisabete Anderle não cria nenhuma restrição à aplicação dos R$ 10 milhões em outras ações como, por exemplo, novos projetos do Funcultural. O precedente é perigoso. O edital é um instrumento regido por parâmetros estabelecidos em lei (o que não é o caso do Elisabete Anderle, que é apenas editado por decretos), incluindo com limites para aplicação de recursos, número de projetos e áreas. Se o referido edital fosse transformado em lei e assim regulamentado não cairia nas restrições da legislação Eleitoral. Mas, ainda assim este edital era, portanto, mais eficaz do que o instável Funcultural, que historicamente é utilizado ao bel prazer das demandas políticas de quem o gere.

A ideia da Fundação Catarinense de Cultural é canalizar parte dos R$ 10 milhões também para projetos de preservação do patrimônio e será levada na próxima semana à consulta no Conselho Estadual de Cultural.

Eis a nota oficial:

 


 


 


 

Edital Elisabete Anderle adiado para 2013

 


 


 


 

O Prêmio Elisabete Anderle só poderá ser implementado em 2013. Em resposta à consulta formulada pelo Centro Administrativo do governo, a Procuradoria Geral do Estado informa que, como o edital envolve distribuição de recursos, não pode ser efetivado em 2012, por ser ano eleitoral. O parecer baseia-se no veto imposto aos agentes públicos pelo parágrafo 10, do artigo 73 da Lei Eleitoral (Lei 9.404/97).

Em função disso, os R$ 10 milhões reservados ao Edital Elisabete Anderle serão canalizados para outras ações na área cultural, como preservação do patrimônio e novos projetos do Funcultural. A informação será levada pelo presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Joceli de Souza, ao Conselho Estadual de Cultura na próxima semana.

Criado em 2009, o prêmiol Elisabete Anderle tem por objetivo o estímulo à produção, circulação, pesquisa, formação, preservação e difusão cultural. O prêmio contempla as seguintes categorias: artes populares, artes visuais, dança, letras, música, patrimônio cultural e teatro. Em 2011 o prêmio foi regulamentado por lei.








Floripa mais velhinha e louquinha...

23 de março de 2012 0

Diz a í Mallu!

Calvin Harris abre o abril de ouro em SC

22 de março de 2012 0

Para aqueles que se davam por satisfeitos com a presença de beatle no Estado nós, esse abril que se aproxima traz consigo a promessa da fartura. Abrindo o calendário ruidosamente, o Green Valley, em Camboriú, traz o DJ e produtor escocês Calvin Harris, que largará por aqui com a sua turnê pelo país. Dois dias antes da sua performance no festival Lollapalooza, em São Paulo (de 7 a 9). Harris bomba no topo nos players desde ano passado com o single Feel so Close e segue a linha de fundir eletroclash com disco, pop, pitadas de new wave e séries. Relax, single refrescante de 2009 é uma boa mostra do arsenal que DJ que surgiu reverenciado com o debut I Created Disco, de 2007, fora os trabalhos produzindo gente do calibre de Dizzie Rascal, Kylie Minogue, The Mitchell Brothers e Rihanna e remixes para Groove Armada (Get Down), CSS (Let’s Make Love and Listen Death From Above), Cut Copy (Hearts on Fire) e Primal Scream (Uptown).


Bora levar SC pro Abril pro Rock

19 de março de 2012 0

Festival Abril Pro Rock, em Recife, abriu uma disputa na web para bandas selecionar uma banda que abrirá o show para os Los Hermanos, dia 20 de abril. E tem catarinenses nesta briga, sendo uma, a Somato, com chances. A banda de Floripa lidera o ranking do top 10 na votação do concurso Bis Pro Rock. Os Skrotes, também da Capital, estão em campanha pelo voto dos conterrâneos. A votação popular selecionará 10 bandas para a etapa final. Pelo menos uma temos obrigação de emplacar!