Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Macuglia se foi. Criciúma ficou na mão e busca substituto

26 de abril de 2011 0

O técnico Guilherme Macuglia poderia ter conduzido melhor a sua saída do Criciúma. Mesmo recebendo uma proposta financeira bem interessante o treinador poderia, pelo menos, ficar até a decisão do Campeonato Catarinense. Acredito que não teria problema algum em retardar a sua apresentação no Caxias. Mesmo que a equipe caxiense tenha um jogo importante na Copa do Brasil, nesta quarta feira, onde as chances de seguir na competição são pequenas, pois enfrenta o Coritiba, melhor time do Brasil no momento,  e terá que vencer por 4 a 0 para levar a decisão para os pênaltis, ainda assim não seria motivo para que Macuglia deixasse o Tigre imediatamente.

Todos sabemos que o clima não ficaria favorável ao treinador se ele perdesse o título catarinense de 2011, mas conforme palavras do diretor de futebol do Criciúma Rubens Angelotti, Macuglia tinha prestígio e seria o técnico na Série B. Depois dessa, Angelotti ficou extremamente decepcionado e declarou que enquanto ele, Enedir Perraro e o presidente Antenor Angeloni estiverem a frente do tricolor, Guilherme Macuglia não trabalha no Criciúma.

Vários nomes foram especulados no Estádio Heriberto Hülse nesses últimos dois dias para assumir a equipe. Márcio Goiano, Mauro Ovelha, Giba, Sérgio Ramirez e vários outros profissinais foram citados de maneira informal. O próprio diretorde futebol do Tigre tem uma lista com 12 nomes para negociação e a qualquer momento poderemos ter o novo técnico assumindo o comando tricolor. Infelizmente o Criciúma não terá Macuglia no comando da equipe na final do campeonato e o treinador abre mão de um possível título no seu currículo. Ruim para os dois lados.

Por Silvio Criciúma

Envie seu Comentário