Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de junho 2011

tudo azul

30 de junho de 2011 0

E a Smurffete virou modelo em um editorial de moda da Harper’s Baazar.

Faz parte da divulgação de Os Smurfs – O Filme, que estreia no Brasil dia 12 de agosto.

sem medo de ser feliz

26 de junho de 2011 0

Assim como grande parte dos atores, o interesse de Jorge Gumz, 22 anos, pelas artes cênicas começou na escola. Das pecinhas infantis, o blumenauense optou pela graduação na Furb. Dois semestres antes de receber o diploma, trancou a matrícula e embarcou para São Paulo (há pouco mais de um ano e meio). Atualmente, junto ao respeitado grupo Os Satyros, está focado na interpretação de uma das personagens do espetáculo Cemitério dos Elefantes, dirigido por Fábio Penna, e encenado na Praça Roosevelt. Mês que vem, Jorge retorna a Blumenau para reencontrar os colegas no Fitub.

Qual a sua lembrança de infância mais remota?
As tardes de verão brincando na piscina da casa onde morei, das férias na praia e das visitas que eu fazia à minha vó. Adorava visitá-la. Correr pelo sítio, brincar com os animais. Bons tempos… (risos).

Qual a sua ideia de um domingo perfeito?
Sou bem preguiçoso aos domingos. Gosto de dormir até mais tarde. Quem não gosta, né? Mas também gosto de ir nas feirinhas aqui de São Paulo, encontrar os amigos, ir a exposições.

O que você faz para espantar a tristeza?
Travo batalhas homéricas com as minhas tristezas, mas sempre tenho o apoio dos meu amigos. Amigos são essenciais nestes momentos e em todos os outros!

Que som acalma você?
Depende da situação (risos).

Qual seu maior medo?
Confesso que ri nesta pergunta. Estou em cartaz com o espetáculo Cemitério dos Elefantes e a minha personagem, em dado momento, fala sobre o medo e afirma “que sentir medo é bom, afinal de contas ele mostra que estamos vivos…”. Acredito que, no dia a dia nos esquecemos de muitas coisas, valores, e quando paramos para pensar em nossos medos, aí sim nos sentimos vivos e pulsantes. Mas ultimamente tenho tido medo de perder as pessoas que são importantes para mim.

Um gosto inusitado.
Cerveja com groselha conta? Descobri essa mistura em um bar daqui, fiquei meio em dúvida, mas confesso que é uma delícia (risos)

Qual você considera a maior das virtudes que uma pessoa pode ter?
Sinceridade. E não apenas a sinceridade com o outro mas também com ela mesma, porque se você é sincero com você, isso reflete nas suas amizades.

Qual a palavra mais bonita da língua portuguesa?
Uhm… eu aprendi que a palavra saudade é uma das palavras mais lindas, profundas e cheias de significado em nosso idioma. Pode representar alegrias, tristezas, pessoas.

Que presente você ganhou e nunca esqueceu?
São vários, mas em especial os bilhetes que minha mãe me dá, que ficam guardados dentro de uma caixa de girassóis linda feita por uma amiga muito especial.

Que presente você daria para a sua cidade natal se pudesse?
Eu daria centros culturais para difundir a cultura pelos quatro cantos da cidade.

O que você mais faz na internet?
Leio muito! Blogs, sites, jornais (risos). Fico pelas redes sociais acompanhando os acontecimentos e, claro, uso a internet como ferramenta de trabalho.

Que filme você sempre quer rever?
Em Busca da Terra do Nunca, um filme que mostra as descobertas e redescobertas de infinitas possibilidades pelos olhos de uma criança ou de um adulto.

Quem é a pessoa que você mais admira?
Minha mãe. Esse tempo longe de casa me fez apreender muito sobre a vida e posso dizer que sobre muitas coisas a Dona Beth já havia me alertado. Mas a admiração por ela já vem de algum tempo pela força, determinação, alegria, pensamento positivo e, principalmente, pelo amor que ela me deu.

Se você pudesse voltar atrás e mudar alguma coisa na sua vida, o que mudaria?
Acho que não mudaria nada, acredito que tudo que vivi teve um porque, assim como para todos os outros que fazem parte da minha história. Mas, se eu pudesse voltar no tempo eu iria aproveitar muito mais cada momento vivido.

Que experiência artística teve mais impacto em você recentemente?
A Praça Roosevelt (Centro de São Paulo). É uma experiência incrível ver um lugar se transformando a cada dia. Todos os dias você conhece alguém interessante, você vê arte, conversa arte, dá boas risadas, faz boas amizades.

2º prêmio válvula de rock catarinense

21 de junho de 2011 0

Eis que surgem os vencedores da segunda edição do Prêmio Válvula de Rock Catarinense.

Em 17 dias de votação, passaram 3800 votantes pelo site valvularock.com.br escolhendo os melhores representantes do gênero em Santa Catarina.

A festa de premiação vai rolar dia 16 de julho no Santa República Pub (Av. Brasil, 10, Balneário Camboriú) com show das bandas gaúchas Pata de Elefante e Rinoceronte, além de mais uma ou duas bandas catarinenses.

Abaixo, os rapazes da Variantes (a Banda do Ano) e a lista completa:

Banda do Ano

Variantes (Chapecó): 1363

Dazaranha (Florianópolis): 510

Aerocirco (Florianópolis): 385

Ponto Nulo no Céu (Gravatal): 384

Dois (Florianópolis): 243

Marujo Cogumelo (Xanxerê): 233

Cassim&Barbária (Florianópolis): 213

Lenzi Brothers (Balneário Camboriú): 212

Parachamas (Blumenau): 150

Tijuquera (Florianópolis): 107

 

Disco do Ano

Variantes – Com Prazer (Chapecó): 1526

Aerocirco – Invisivelmente (Florianópolis): 697

Lenzi Brothers – Fora de Estoque (Balneário Camboriú): 482

Marujo Cogumelo – Jardim das Américas (Xanxerê): 392

Tijuquera – Rocksteady (Florianópolis): 383

Yer – First Of Many Others (Lages): 320

 

Melhor EP

Liss – As Cores (Rio do Sul): 1843

Dois – Dois (Florianópolis): 518

Café Brasilis – Cafeína (Itajaí): 408

La Belle Excuse – Et Voila… La Belle Excuse (Blumenau): 339

Parachamas – Volte Sempre (Blumenau): 443

Zoidz – Ação Terrorista Socialmente Aceitável (Florianópolis): 249


Melhor Música

Aerocirco – Invisivelmente (Florianópolis): 1435

Variantes – Eu Quero Tudo (Chapecó): 685

Liss – As Cores (Rio do Sul): 460

Lenzi Brothers – Quero Me Perder Por Aí (Balneário Camboriú): 449

La Belle Excuse – La Belle Excuse (Blumenau): 433

Marujo Cogumelo – Jogada de Sorte (Xanxerê): 338


Melhor Videoclipe

Lenzi Brothers – Quero Me Perder Por Aí (Balneário Camboriú): 1797

Marujo Cogumelo – Nova Manhã (Xanxerê): 520

Ponto Nulo no Céu – Clarão (Gravatal): 517

Sociedade Soul – Jardim das Delícias (Florianópolis): 399

Bloomy – Outono (Florianópolis): 344

Just Face – Danger! God´s In The Control (Joinville): 234


Banda Revelação

Acid Louise (Jaraguá do Sul): 1572

Helvéticos (Bombinhas): 575

Dinossauro (Criciúma): 448

Os Skrotes (Florianópolis): 338

Sexy Pearl (Joinville): 195

La Belle Excuse (Blumenau): 179

Enfuga (Florianópolis): 143

Café Brasilis (Itajaí): 132

South Of Mind (Guaramirim): 124

Motel Overdose (Florianópolis): 94


Melhor Casa de Shows

Bovary – Joinville: 1733

Célula – Florianópolis: 760

Ventuno – Urussanga : 498

Ahoy! – Blumenau: 340

14 Bis – Chapecó: 267

London Pub – Jaraguá do Sul: 202


Melhor Evento

Noite Orelhada (Joinville): 1609

Ufsctock (Florianópolis): 746

Floripa Noise Festival (Florianópolis): 285

Lets Rock (Rio do Sul): 210

Indie Power (Florianópolis): 200                           

Ilhota Rock Festival (Ilhota): 193

Unocultural (Chapecó): 167

River Rock (Indaial): 139

Orquídea Negra Rock Festival (Lages): 128

Festa China Bird (Jaraguá do Sul): 123


Melhor Show

Variantes (Chapecó): 1593

Dazaranha (Florianópolis): 718

Os Skrotes (Florianópolis): 492

Cassim&Barbária  (Florianópolis): 436

Stuart (Blumenau): 288

Lenzi Brothers (Balneário Camboriú): 273

meu diário

20 de junho de 2011 0

Sem Zara, sem grifes e com um guarda-roupas muuuuuito menor e menos glamuroso, o plágio de Um Ano Sem Zara para uma menina real de classe média do interior. Essa é a divertida descrição que Regi Souza (@regipati), 30 anos, deu para seu blog Seis Meses Sem Renner (seismesessemrenner.blogspot.com), uma versão, digamos, mais modesta do incensado blog da publicitária Jojo (umanosemzara.blogspot.com). A ideia é simples: ficar 180 dias sem passar na rede de lojas usando somente as peças que estão no armário. A luta por uns quilinhos a menos também pode ser acompanhada no site. Ela ainda não chegou ao 50º dia. Formada em Moda pela Furb (onde trabalha atualmente como auxiliar administrativa), Regi já circulou, por exemplo, em oito edições da São Paulo Fashion Week na função de repórter do site Chic, de Gloria Kalil. Por MSN, tivemos uma conversa franca sobre suas experiências.

Cristiano diz: ok, vamos pra primeira: a descrição do blog é ótima. a ideia surgiu logo após o blog da zara? como foi?
Regi diz: comecei a ler sobre Um Ano Sem Zara e me interessei em conferir. mas achei bem aquilo que escrevi no meu blog, que ela é linda e tem um guarda roupas refinado, caro e de grife. não que seja mais fácil…

Cristiano diz: sim, mas é beeeem mais complicado para “uma menina de classe média do interior”, né?
Regi diz: é que meu guarda-roupa é tipo 90% magazine, né? não quero ser exemplo pra ninguém. mas é legal as pessoas verem que dá pra ser gente andando por aí com roupas de magazine sem dar bandeira de que elas custaram baratinho… não sei… pelo menos eu acho que não me visto tão mal. rs

Cristiano diz: tua relação com a moda é antiga, é isso?
Regi diz: eu sou graduada em Moda. já trabalhei 8 edições da SPFW como repórter da Gloria Kalil para o site Chic. convivi com o povo da Moda, mas eu tenho uma relação muito diferente da Jojo com todo esse universo. me desiludi muito com a moda.

Cristiano diz: que tipo de experiência te trouxe essa passagem pela SPFW?
Regi diz: acho que teve dois lados bem marcantes. um foi o das pessoas massa que conheci, que trabalham a moda como conceito, que veem beleza em explorar temas, que consideram a moda um meio de expressão, que abriram minha cabeça nesse tempo que passei lá. outro, foi das pessoas uó que conheci. o povo que não vê coração, sabe?

Cristiano diz: pouco se fala, além dos bastidores, desse lado da moda…
Regi diz:
 (gente) que só vê grife, que julga pela aparência, que não ouve realmente o que os outros têm a dizer além do exterior. acho que é todo mundo muito sozinho, sabe? tudo muito fútil. muita competição por vaidade. não me arrependi de me afastar disso tudo.

Cristiano diz: e existe um falso glamour de que a Bienal (onde rola a SPFW) é um paraíso.
Regi diz: a Bienal são bolhas no pé, amor! muitas!!! rs

Cristiano diz: voltamos ao blog: em que momento vc está agora? difícil, mais fácil?
Regi diz:
 me dei conta que comecei isso tudo e estou SEM uma camisa branca no meu armário!! Socorro! tem semana que é sossegada. tem semana que é um terror. semana passada foi difícil. hj fui no shopping e resisti na boa.

Cristiano diz: é muito consumista?
Regi diz: eu nunca tive graaanaaa pra comprar, né? mas eu sou muito de comprar uma coisinha aqui, outra ali, outra acolá. e o pior – e do que minha amiga Jojo fala muito tbem – de comprar e não usar, chegar em casa e ver que comprou uma peça que é ruim, entende? não combina, não serve direito, é limitada em termos de combinação com o que tu já tens no armário. esse exercício de abstinência nos torna mais criteriosos.

Cristiano diz: qual é a tua relação com a moda hoje?
Regi diz:
 olha… tenho uma nostalgia pelos bons tempos, pelas boas amizades que fiz na época da faculdade e do Chic, mas estou feliz por ter descoberto que o caminho do trabalho com moda não é o meu. até penso um dia, em breve, em fazer um mestrado, estudar a moda como comportamento novamente. mas fazer reflexões teóricas, sabe?

Cristiano diz: quem te fotografa?
Regi diz:
 então… essa é uma parte engraçada. no começo era minha mãe, mas daí ela não pode ficar em função disso, né? tem a própria vida e talz. então comecei a pedir pra Bruna, minha colega de trabalho, me fotografar. ela é ótima! minha mãe tem pouca intimidade com a câmera… rs

Cristiano diz: e os teus amigos o que acham da ideia?
Regi diz:
 todos AMAM. têm orgulho, sabe? é muito engraçado. e pedem pra eu falar deles no blog. é o poder da mídia… rs

Cristiano diz: será que a renner já sabe do blog?
Regi diz: não sei. tenho medo que eles me processem! kkkk

dani hasse lança coleção para a c&a

17 de junho de 2011 2

Dani Hasse, carioca criada em Blumenau e atualmente radicada em São Paulo (ufa!), foi uma das escolhidas pela C&A para a criação da T-Collection.

Ao lado de outras duas artistas, Yoon Hee Lee e Karin Feller, a designer – que já trabalhou na Colcci e na Hering, entre outras – foi buscar na música (ela tem feito elogiadas ilustrações de cartazes de shows) a inspiração para as estampas de camisetas, bolsas e sapatilhas.

São delas o Mickey/David Bowie, a Minnie/Björk (ótima) e a coruja.

Dia 14 de julho nas lojas da gigante em todo o país.

O lançamento rolou durante a São Paulo Fashion no lounge da C&A.

o verão elegante da colcci #spfw

17 de junho de 2011 0

Mais elegante do que nunca, a Colcci fez a festa de fotógrafos e deslumbrados em geral (como sempre) no terceiro dia da São Paulo Fashion Week.

Pela primeira vez sem Gisele Bündchen na passarela (não fez falta), a marca catarinense colocou Ashton Kutcher e Alessandra Ambrósio para abrir o desfile na noite de quarta-feira na Bienal.

Não sei se é resultado direto do trabalho da stylist Victoria Jung (Google nela, amor), da revista Love, mas as peças (navy e anos 70, por exemplo) combinaram perfeitamente entre si.

Jeziel Moraes, estilista do masculino, falou ao site ffw! sobre o verão 2012 da grife itajaiense. Para ele, o jeans aliado à alfaiataria é uma maneira de qualificar a moda jovem no Brasil.

E não é que conseguiram?

E um pouco de bastidores:

mariana weickert no camarim de hebe camargo

13 de junho de 2011 1

Mariana Weickert é um daqueles casos raros de quem aparece na tevê e conquista todo mundo – dos deslumbrados aos mais poderosos.
Sucesso nas noites de segunda com o programa Vamos Combinar, no GNT, a blumenauense mostra na edição de hoje, às 21h30min, uma invasão ao camarim de Hebe Camargo (ela sentou recentemente no sofá da loira na Rede TV!).
As duas amigas de infância conversam sobre figurino, maquiagem e sapatos (a fraqueza de Hebe!), entre tantos outros assuntos de interesse feminino.
Mari também vai dar dicas de como se manter em cima do salto alto tendo que andar pela cidade de ônibus, metrô ou a pé.


a nova nanu!

09 de junho de 2011 0

Esta a capa da nova Nanu!. A publicação comandada pela fotógrafa Susana Pabst será lançada na próxima terça (no The Basement). É a celebração da principal mudança (de foco, principalmente) já realizada na revista desde que foi lançada.

Amanhã,  na Contracapa, conto mais detalhes sobre este novo momento no nosso mercado editorial.

coisas do coração

08 de junho de 2011 2

Não resisti. Ficou uma graça o curta-metragem de Eduardo e Mônica (música da Legião Urbana, de 1986) feito pela Vivo para o Dia dos Namorados.

Direção e edição impecáveis.

novo cinema de blumenau inaugura dia 17

07 de junho de 2011 2


A rede Cinépolis inaugura sexta-feira, dia 17, o cinema do Blumenau Norte Shopping. Serão sete salas, incluindo o desejado sistema 3D.  Não foi divulgada a programação de filmes, mas uma rápida conferida no site aponta, pelo menos nas outras cidades em que opera, para os poderosos blockbusters.
Jornalistas convidados conhecerão as salas da Cinépolis um dia antes, na quinta, 16. Devo passar por lá para contar via Twitter as primeiras impressões.
Update (dos bons): a assessoria da rede confirmou três salas 3D. Tá bom pra vocês?