Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de julho 2011

minha história com amy

26 de julho de 2011 0


Foi através de uma pequena nota na revista Tpm que conheci Amy Winehouse. Indicação de uma daquelas colunistas da publicação que viajam o mundo e descobrem antes. E faz muito tempo.

Back to Black é um disco de paixão imediata (é o típico sentimento coletivo que transforma um álbum em clássico). Não é o meu predileto. Prefiro Frank, o primeiro da inglesa (You Sent Me Flying é a minha preferida).

Escutei tanto suas canções que cansei. Tirei do iPod. Nem mesmo as notícias em sites e tabloides sobre sua decadência física me chamavam a atenção. Cansei da repetição dos desastres. Claro que esperava um próximo trabalho.

A luz só reacendeu entre nós quando Floripa foi anunciada como uma das paradas da turnê brasileira. O show foi aquilo que todo mundo já sabe, sem muita emoção (emoção daquelas em que o artista e o público trocam energia), mas inesquecível (agora, obviamente, mais ainda). A plateia estava interessantíssima.

A morte prematura pode não ter surpreendido, mas causou uma dorzinha, quase um vazio. Porque música é emoção.

Demorei pra sair do local do show naquela noite quente de verão (a fila estava gigantesca no estacionamento). Fiquei circulando entre Alessandras Ambrosios, Cacaus Menezes e jogadores de futebol. Deixei a Pachá pelos corredores dos bastidores (e isso é outra história). Sem querer, dei de cara com o desmanche do camarim da cantora.

A cesta de frutas destinada à estrela mantinha-se intocável (claro, né?). Cansado e com fome, não resisti.

Fui pra casa comendo os pêssegos, as uvas e os morangos de Amy Winehouse.

Saborosíssimos. Tanto quanto sua história.

ashton kutcher para o verão da colcci

25 de julho de 2011 0

Divulgaram uma das imagens da campanha do verão 2012 da Colcci.

O ator Ashton Kutcher e a modelo Alessandra Ambrósio posaram para o fotógrafo Jacques Dequeker em uma cobertura de Ipanema, no Rio de Janeiro.

o meu destino é ser star

17 de julho de 2011 0

A inquietude de Douglas de Souza não o deixa parado. O menino que queria ser pop star está mais perto do que nunca deste universo. Aos 27 anos, com alguns semestres de Comércio Exterior deixados de lado, o blumenauense é reconhecido como uma das vertentes do projeto Punkcake (ao lado de Duh e Campari Joy, ele criou uma festa que, aos poucos, sai das fronteiras de Blumenau para ficar mais itinerante). Como ilustrador, Douglas acaba de se mudar para São Paulo, onde morou num passado recente, para assumir o cargo na Cavalera, uma das principais marcas de streetwear do país. Quando estava por aqui em seu escritório, atendia clientes de peso como Alexandre Herchcovitch, C&A e Havaianas.

Qual a sua lembrança de infância mais remota?
Algumas viagens com a minha mãe para Rio do Sul visitar meu avô.

Qual a sua ideia de um domingo perfeito?
O almoço de domingo da minha mãe.

O que você faz para espantar a tristeza?
Não sou melancólico, então dificilmente a tristeza me permeia. Sempre tento mudar as coisas que não me fazem bem.

Que som acalma você?
Eu ouço bastante coisa bem barulhenta, mas pra acalmar eu adoro a voz da sueca El Perro del Mar, as baladas da Madonna e Goldfrapp.

Qual seu maior medo?
Ficar estagnado. Minha zona de conforto é a mudança.

Qual o seu bem mais precioso?
As relações de amizade que eu construí ao logo do tempo, que não há distância que mude.

Um gosto inusitado.
Mariah Carey (risos).

Qual você considera a maior das virtudes que uma pessoa pode ter?
Ser verdadeiro consigo mesmo e aceitar que as pessoas têm opiniões diferentes e nem por isso estão erradas.

Qual a palavra mais bonita da língua portuguesa?
Verdade.

Que presente você daria para a sua cidade natal se pudesse?
Com todo o esforço que leva, acho que junto com Duh Kottmann e Campari Joy, cada edição da Punkcake é um presente à noite de Blumenau.

O que você mais faz na internet?
Eu sou alvo fácil para joguinhos de redes sociais (risos). Mas também faço pesquisas de arte, música e moda e, a partir desse mês, também escrevo no blog camparijoy.com sobre isso.

Que filme você sempre quer rever?
Romy & Michele, uma comédia bem despretensiosa dos anos 1990. Eu não gosto de rever filmes, mas esse eu já vi muitas vezes e até sei algumas falas de cor.

Se você pudesse voltar atrás e mudar alguma coisa na sua vida, o que mudaria?
Não mudaria nada por enquanto, apesar de que algumas decisões erradas me fizeram olhar com outra perspectiva e, por mais clichê que pareça, me fizeram amadurecer.

Se você pudesse se mudar para qualquer lugar do mundo amanhã, que lugar seria?
Tenho vontades super cosmopolitas e adoro cidade grande. Agora estou São Paulo, mas poderia ser Nova York ou Berlim.

Que experiência artística teve mais impacto em você recentemente?
Não é tão recente, mas me impressionou muito a exposição Fashion Passion na Oca, em São Paulo, em 2005. Ver tantos trabalhos de gente tão importante pra moda me fez refletir como a roupa pode transgredir e comunicar o pensamento das gerações.

Em que outra profissão consegue se imaginar?
Eu queria cantar, mas meus amigos já me disseram que isso nunca será possível (risos).

lila colzani na direção de estilo da beagle

15 de julho de 2011 0

O sol é o protagonista da campanha de verão da Beagle.

A marca blumenauense, comandada por Kiko Souza, estreia uma nova fase com direção de estilo de Lila Colzani, a empresária que, ao lado do marido na época, criou a Colcci e, quase sem saber, revolucionou a moda catarinense (leia-se: informação, elegância e faro comercial).

Marcus Luconi assina as imagens captadas nas estonteantes praias de Floripa.

enfant terrible

12 de julho de 2011 0

Alexander McQueen é um dos homenageados da segunda edição da Wazap Mag, que será lançada dia 20 no Ahoy.

Fotografada pela dupla Fabi Cenci e Edu Beltramini (duplas estão em alta na moda, né?), a modelo Kátia Schvabe vestiu peças desenvolvidas por seis estudantes do curso de Produção de Moda do Senai.

A publicação blumenauense também pauta a temporada francesa de Nestor Jr. e a arte de Telomar Florêncio, entre outros assuntos.

don lucchesi, o novo pub de blumenau

10 de julho de 2011 17

Don Lucchesi é novo pub que abre quarta-feira à noite em Blumenau. Comandado por Ernesto e Stefano Lucchesi ( tio e sobrinho), o espaço está instalado na Rua Almirante Tamandaré, 1220 (embaixo do Fetuccine Massas e próximo ao Parque Ramiro Ruediger).

A casa deve funcionar de quarta a domingo – desde os clientes do happy hour até aqueles que saem de casa mais tarde (bandas passarão pelo palco do bar). Tanto que a abertura ocorre justamente no Dia Mundial do Rock.

A capacidade é de 120 pessoas.

O nome do pub inclui uma brincadeira ( e uma homenagem, porquê não?) ao sobrenome dos proprietários, que já esteve entre os cinco mais importantes da máfia italiana de Nova York ( lembram de O Poderoso Chefão?).

A decoração, por exemplo, mistura referências americana, inglesa e italiana.

caminhando na ponta dos pés

08 de julho de 2011 0

O incansável diretor e ator Rodrigo Vecchi, juntamente com o Grupo de Arte Alina Lamparina, monta neste fim de semana o musical A Volta do Malandro.

A trupe é formada por empresários, advogados, arquitetos, bancários, donas de casa, estudantes, entre outros – a bailarina Karline Beber assina algumas coreografias e a artista plástica Zane Marcos expõe uma série de obras inspiradas em musicais do grupo.

Amanhã e domingo, às 17h e às 21h, no Teatro do Centro Empresarial de Brusque (ingressos a R$ 30 na loja Carol Tavares).

***

Nas fotos, Tânia Duarte, Raquel Mosimann, Juliane de Souza e Silva, Rodrigo Vechi, Leila Zen, Ronie Staack e Ana Julia Benvenuti.

ahoy! reabre hoje

07 de julho de 2011 4

Acabou a angústia dos boêmios blumenauenses.

Depois de três semanas de fechamento, o Ahoy! Tavern Club reabre nesta quinta, às 22h, com o DJ Deco (ele já tocou o terror ao lado de Teka Simon e o Full Trio em outros tempos). Ingressos a R$ 10.

Kaiser e Biz, proprietários da casa de shows, fecharam as portas depois da reclamação de um dos vizinhos em relação ao barulho.

Eles contrataram a empresa Eletro DB, de Timbó, para uma perícia técnica, além da construção de um anteparo na porta para evitar o vazamento do som.

A Faema liberou hoje a reabertura.

Amanhã tem show da The Zorden, às 22h, e domingo, às 19h, da banda paulista Holger.

ar de bom moço

07 de julho de 2011 0

Galã em Cordel Encantado, o ator Cauã Reymond emplacou a capa da QG brasileira.