Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "itajaí"

com o pé direito

20 de fevereiro de 2011 0

Giana Cervi (www.gianacervi.com.br) não sabe explicar direito quando começou o encanto pela música. Nem se preocupa com isso. Só sabe que não viveria sem. Dos grupos de jovens na igreja aos palcos dos barzinhos e bailes de casamentos, garantiu a experiência. Aos 31 anos, formada em Fonoaudiologia e especializada em Musicoterapia, a brusquense se divide entre a carreira de cantora e a de professora no bacharelado em canto da Univali, em Itajaí, onde mora há seis. Alguns sonhos já tomaram forma. Gravou recentemente Cirandinha, seu primeiro disco (ok, vamos deixar as participações de lado) que também se transformou em DVD, incluindo uma participação especial de Leila Pinheiro.

Qual a sua lembrança de infância mais remota?
São algumas lembranças, mas acho que a mais remota é de quando eu tinha três anos de idade. Na época, a gente tinha que usar umas botinhas da Ortopé, acho que para andar com os pés numa posição correta. Eu não suportava andar com aquilo e consegui tirar a botinha do pé direito e em seguida, uma prima me convidou pra andar de bicicleta (eu na garupa). E eu fui somente com a botinha no pé esquerdo que não consegui tirar, pois fez um nó no cadarço. O raio da bicicleta era enfeitado com alguma coisa bem colorida e assim que saímos, eu coloquei o pé direito no raio. Resultado: perdi o dedão do pé direito!

Qual a sua ideia de um domingo perfeito?
Tem que começar acordando sem despertador e poder ficar de preguiça na cama assistindo tevê. Depois, café da manhã e sofá pra mais um pouquinho de tevê (gosto muito disso!). Em seguida, uma voltinha com a Tutuca, minha cachorra, preparar um almocinho sem pressa, curtindo um som, bebericando alguma coisa, batendo papo. À tarde um filminho, preguiça no sofá, comer alguma coisa doce e ficar à toa, sem hora pra nada. E pra noite ficar perfeita, não trabalhar na segunda!

O que você faz para espantar a tristeza?
Primeiro eu choro bastante (sou bem chorona) e depois eu gosto de conversar a respeito do que estou sentindo, trocar ideias me faz bem, alivia um pouquinho a dor. Gosto também de inventar programas que me distraiam.

Que som acalma você?
Eu gosto muito da natureza e os sons que vem dela me acalmam bastante. Som de água correndo, de passarinho, de vento batendo nas árvores, de chuva no mato, é muito bom. Onde eu moro tenho o privilégio de ter isso pertinho de mim, é incrível como esse contato com a natureza revigora a gente.

Um gosto inusitado.
Comer polenta amassada com leite quente e açúcar. Aprendi com minha Oma e é muito, muito bom!

Qual você considera a maior das virtudes que uma pessoa pode ter?
Bom caráter, acima de qualquer coisa.

Qual a palavra mais bonita da língua portuguesa?
Honestidade.

Que presente você ganhou e nunca esqueceu?
Meu maior presente é de fato a minha vida, pela forma como ela é, pelas pessoas que fazem parte dela e pelas oportunidades que me são concedidas constantemente. O que mais eu posso pedir? Tenho muito mais do que preciso.

Que presente você daria para a sua cidade natal se pudesse?
Nasci em Brusque e o presente que eu daria seria um grande centro cultural com um bom teatro, salas para exposições, salas de cinema, salas para oficinas, aulas, enfim, um lugar onde a arte pudesse ser vivida e experimentada a todo instante.

Quem é a pessoa que você mais admira?
Não está mais aqui. É meu pai.

Se você pudesse voltar atrás e mudar alguma coisa na sua vida, o que mudaria?
Não teria colocado o dedo no raio da bicicleta.

Se você pudesse se mudar para qualquer lugar do mundo amanhã, que lugar seria?
Não tenho vontade de um lugar específico, mas de muitos lugares. Tenho um desejo que é o de viajar sem data pra voltar e ir conhecendo tudo, ficar um pouco em cada lugar e viver em cada um, por um tempo. Eu ainda vou realizar isso, escreve aí.

Que experiência artística teve mais impacto em você recentemente?
A gravação do meu DVD. Por muitos motivos: a oportunidade incrível de poder ter um registro bem feito do que faço há tantos anos, o encontro com músicos que são “os caras” em todos os sentidos e o privilégio de dividir o palco com a Leila Pinheiro.

Em que outra profissão consegue se imaginar?
Às vezes bate o cansaço e rolam algumas frustrações porque trabalho em duas profissões que são pouquíssimo valorizadas, sou cantora e professora (escolhi a dedo). Ainda assim, é isso que gosto de fazer e não consigo me imaginar realizada trabalhando em outra coisa, a não ser que fosse em outra profissão ligada à arte, aí acho que seria bom também.

antes

24 de setembro de 2010 0

 

O que os leitores da Contracapa já sabiam:

COMUNICADO
“Após 3 anos, Jessica Lengyel deixa a direção de estilo da Colcci.
A marca está em reformulação interna e passa a separar suas linhas – Silverlab, P.M., Jeanswear, T e Fun – cada uma com um estilista diferente. Em outubro serão anunciados os nomes dos novos estilistas.”

rebolation

02 de junho de 2010 0

Os humoristas do Galo Frito, de Itajaí, emplacaram no Casseta & Planeta desta semana.

Um vídeo gravado no estádio Hercílio Luz, o famoso Gigantão das Avenidas, ensina alguns passos de dança inspirados no treinador Dunga, o alvo fácil do humor nacional.

baby, eu sou biba, sou...

21 de maio de 2010 1

Esta semana um vídeo parodiando o cantor Justin Bieber, megasucesso entre adolescentes do mundo inteiro, bombou na internet brasileira.

A produção é uma parceria entre o site naosalvo.com.br, o humorista Hélio de La Peña (do Casseta & Planeta) e o Galo Frito, de Itajaí.

O grupo de humor catarinense surgiu em 2006 como um trabalho do curso de Publicidade e Propaganda da Univali.

Na capa do Lazer desta sexta tem uma matéria contando a trajetória do trio. Leia aqui.

Outros vídeos do Galo Frito podem ser assistidos no site oficial.

estado de conforto

19 de maio de 2010 0

A chuva que causou estragos em Itajaí nesta terça-feira acabou cancelando o espetáculo O Estrangeiro, no Teatro Municipal. A produção decidiu fazer um apresentação única nesta quarta, às 21h.

O monólogo é uma adaptação do livro de Albert Camus e tem no elenco o ator Guilherme Leme. A direção é da atriz Vera Holtz. Leia sobre o espetáculo aqui.

Os ingressos custam R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 24 para sócios do Clube do Assinante do Santa.

colonização

13 de maio de 2010 0

É neste sábado, às 18h, que a banda Tribuzana grava no Mercado Público de Itajaí a participação no documentário Homem ao Mar, produção paulista que vai retratar os Açores e os açorianos no Brasil.

O grupo itajaiense é perfeito para tal registro. Seus dois discos – Debaixo das Saias de Catarina (2006) e O Balaio das Ideias (2008) – são recheados de temas como benzeduras, rezas, bruxedos, ditos populares, brincadeiras de criança, magias e ritos, entre outros temas.

A Festa do Divino, em Penha, e outros personagens da região, além da gastronomia, também serão mostrados no filme.

* Texto publicado na Contracapa desta quinta.

confirmado

11 de maio de 2010 0

O show de Mallu Magalhães em Floripa, marcado para esta quarta, foi adiado para o dia 28.

A apresentação de sexta-feira no Kiwi Bar, em Itajaí, está mantida.

Os ingressos estão à venda no site www.ingressocerto.com (R$ 20 fem e R$ 40 masc).

menina

04 de maio de 2010 0

Mallu Magalhães marcou um show para o dia 14 no Kiwi Bar, em Itajaí. Aos 17 anos, a cantora paulista vai apresentar canções de seu segundo disco (e, claro, os hits do primeiro também) no espaço da Praia Brava.

Os ingressos já estão à venda no site www.ingressocerto.com.br e custam R$ 40 (masc) e R$ 20 (fem). Primeiro lote, ok? Ah, e tem taxa de conveniência.

O clipe de Shine Yellow foi gravado em Floripa. Ficou uma gracinha!

paisagem

29 de março de 2010 0

Ok, a combinação da meia com o lenço não é das melhores, mas Raquel Tolardo nunca é demais.

A eterna Rainha da Oktoberfest estrela mais uma vez a campanha de inverno da Havan, a maior loja de departamento do Estado.

O Porto de Itajaí serviu como cenário.

liberdade

16 de fevereiro de 2010 0

Em plena terça-feira de Carnaval rola no Galera`s Beach Bar, na Brava de Itajaí, uma pré-estreia do filme The Drifter.
O protagonista é o surfista e cantor Rob Machado, conhecidíssimo de quem acompanha as ondas mundo afora.
Rob foi seguido diariamente durante uma temporada na Indonésia pelo diretor Taylor Steele. Ele é o foco. Sem contar as belíssimas imagens e a trilha sonora.
Além do lançamento da produção, a estrela também sobe ao palco para dar uma canja.
A partir das 22h.

Postado por Cristiano