Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de junho 2010

Coração dividido

30 de junho de 2010 0

Nilson Braccini é um uruguaio que mora há 11 anos em Santa Maria e se divide na hora de torcer nesta Copa do Mundo. Ele e sua poodle Suzy torcem pelo Brasil e pelo Uruguai

Nilson Braccini é padelista em Santa Maria, onde mora há 11 anos. E dos bons. Mas entrou no clima da Copa do Mundo como quase todo o brasileiro. Em dia de jogo do Brasil, lá está Braccini torcendo pela Seleção. No entanto, esta figuraça não nasceu em terras brasileiras. Ele é uruguaio. E como bom compatriota, também torce pelo Uruguai neste Mundial. Pois ele está na torcida pelo Brasil e pelo Uruguai. Ele e a sua poodle Susy, que mudam as cores dos seus adereços de acordo com a seleção que entra em campo, indo do verde-amarelo para o azul celeste. E como pode ocorrer um confronto entre Brasil e Uruguai nas semifinais da Copa, Braccini está com o coração dividido:

- Vai ser brabo, viu?! Sou uruguaio e tenho esposa e filha brasileiras. O coração vai ficar dividido mesmo.

Mata-mata no Citadino de Basquete

30 de junho de 2010 0

A equipe da UFSM (de uniforme azul marinho) garantiu classificação na partida da última terça-feira, contra o time do Maneco/Jean Pimentel

O Campeonato Citadino de Basquete de Santa Maria, categoria adulto masculino, chegou à fase de mata-mata. Dos seis times que começaram a disputa – Corintians, UFSM, Fames, Atlético, Amigos do Basquete do Mallet e Maneco – quatro seguem adiante (Corintians, UFSM, Fames e Atlético). Na próxima terça-feira, serão definidos os finalistas, na rodada que terá Corintians x UFSM e Fames x Atlético. As partidas ocorrem no Ginásio do Corintians, às 20h e às 21h15min. A decisão e a disputa de terceiro lugar ocorrem no dia 13 de julho. Mas o mais bacana de tudo isso é que, independentemente de quem ficar com o título, Santa Maria está conseguindo resgatar uma modalidade que já fez sucesso na cidade no passado. Então, para quem quiser conferir a performance da gurizada que compete no Citadino, a entrada para os jogos é gratuita.

Quem confirmou presença

29 de junho de 2010 0

Deu. Ponto final. Acabou na terça-feira, às 18h, o prazo estipulado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) para que os clubes manifestassem interesse em jogar a Copa Ênio Costamilan. O Inter-SM e o Riograndense, como já era previsto, estão fora da disputa. Mas até que a competição teve uma procura significativa, considerando que estamos em meio à Copa do Mundo, e aquela coisa toda… Segundo a FGF, 15 clubes já confirmaram presença na Copinha. Vamos a eles:

Grêmio
Inter
Caxias
Juventude
São José-PA
Porto Alegre
Novo Hamburgo
Lajeadense
São Paulo-RG
Bagé
Guarany-Ca
Cerâmica
Juventus
Atlético-Ca
14 de Julho

Copinha cada vez mais longe...

28 de junho de 2010 10

Oficialmente, o prazo para confirmar presença na Copa Federação Gaúcha de Futebol (FGF)/Ênio Costamilan termina nesta terça-feira, às 18h. E, ao que tudo indica, não haverá nenhum clube de Santa Maria na competição. O Inter-SM anunciou a sua decisão ainda no final da semana passada, e o Riograndense deve oficializar que não jogará a Copinha na terça-feira.
Na segunda-feira à noite, os dirigentes do Periquito se reuniriam na Churrascaria Bovinu’s para finalizar a prestação de contas da participação na Série B do Gauchão e, é claro, discutir se haverá futebol no Estádio dos Eucaliptos no segundo semestre. Pelo ritmo das negociações, a decisão já está praticamente tomada.
- Nós só vamos entrar na Copinha se tivermos o dinheiro na mão antes de a bola rolar. No momento, isso está difícil – reconhece o presidente do Riograndense, Dilson Siqueira.

Final feliz para a Jabulani

25 de junho de 2010 1

Cavalo que foi espancado e abandonado em uma avenida em Porto Alegre foi batizado de Jabulani e está se recuperando/Ronaldo Bernardi

Centro das atenções antes, durante e, provavelmente, depois da Copa do Mundo, a Jabulani (a bola oficial do Mundial) segue rendendo histórias. Uma delas triste, mas que está se encaminhando para um final feliz. Na quarta-feira, um cavalo foi espancado e abandonado por um carroceiro em plena Avenida Protásio Alves, em Porto Alegre. A cena foi registrada pelos veículos do Grupo RBS e chocou quem a presenciou. Pois o cavalo foi recolhido e levado para o abrigo da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), na Capital. Por ter sido muito maltratado, o animal foi batizado de Jabulani. Bastante machucado e apresentando sinais de desnutrição, o cavalo Jabulani foi alimentado e, no dia seguinte, já estava em pé e dando mostras de recuperação. Felizmente, um desfecho a ser comemorado diante de uma atrocidade como essa.

Fora da Copa FGF?

25 de junho de 2010 1

O Inter-SM confirmou na quinta-feira que não disputará a Copa FGF/Ênio Costamilan, que começa em 8 de agosto e vai até 28 de novembro. E o Riograndense, quando baterá o martelo? O prazo de inscrição na Federação Gaúcha de Futebol (FGF) termina na terça-feira, mas os dirigentes do Riograndense esperam que ele possa ser ampliado, como já é de costume. Se a resposta definitiva tiver de ser dada na terça mesmo, a tendência é que o Periquito de Santa Maria fique fora da disputa. Segundo o vice-presidente do clube, Evandro Zamberlan, a diretoria não garantiu os patrocínios pretendidos. Por enquanto, só há conversações, mas nada de confirmação por parte dos patrocinadores.

Inter-SM fora da Copinha

24 de junho de 2010 4

A decisão acabou saindo antes do esperado. O presidente do Inter-SM, Marineu Ziani, havia prometido informar nesta sexta-feira se o clube disputaria ou não a Copa FGF/Ênio Costamilan, mas se antecipou e, já na quinta-feira à noite, fez o anúncio: o time colorado não jogará a Copinha. Marineu e o vice de futebol colorado, Paulo Brandt, tinham planos de ir para Porto Alegre nesta sexta para tratar de assuntos políticos/partidários, e aproveitariam a viagem para tentar uma nova conversa com patrocinadores. Só que os planos mudaram.

Sem a viagem para a Capital, a negociação acabou sendo feita por telefone mesmo, e o resultado não foi o esperado. Assim, como ainda não há a garantia de recursos financeiros (os dirigentes calculam uma despesa em torno de R$ 50 mil por mês, incluindo folha de pagamento e gastos extras, como alimentação, hospedagem e transporte) o Inter-SM não jogará a Copinha. Uma atitude sensata, embora desagrade à torcida.

O clube está envolvido na alteração do seu estatuto, que será votada no dia 5 de julho, e pode ter eleições para a diretoria executiva já em agosto. Além disso, faz planos para começar a preparação para o Gauchão 2011 em novembro. Ah, e é importante lembrar que o Estadual deste ano ainda não está 100% quitado. Com este quadro, entrar na Copa Ênio Costamilan só poderia trazer problemas mesmo.

Mas, calma, torcedor colorado… Se tudo der certo, o Inter-SM vai chegar na Copinha do ano que vem com uma categoria de base organizada e forte, e poderá botar a gurizada para jogar, a exemplo do que fazem os principais clubes do Estado, como Grêmio, Inter, Caxias e Juventude. Quem sabe?

Multa de R$ 100 e três pontos

24 de junho de 2010 1

Acabou saindo barato para o Riograndense toda aquela confusão envolvendo a contagem dos cartões amarelos do volante André Tereza na Série B do Gauchão. Em julgamento realizado quinta-feira à noite, no Tribunal da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), em Porto Alegre, o clube levou uma multa de R$ 100 e perdeu três pontos na terceira fase da Segundona, a pena mínima prevista para a infração (escalar atleta em situação irregular). Quase de graça, né?

Já André Tereza terá de cumprir dois jogos de suspensão por ter atuado com três cartões amarelos naquele empate em 1 a 1 contra o Guarany, de Bagé, no dia 20 de maio. O curioso da história é que o artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), no qual o Riograndense foi enquadrado, não prevê uma pena específica para o atleta, mas, como é a segunda vez que André Tereza faz isso, acabou sobrando para ele…

No banco dos réus nesta quinta

23 de junho de 2010 0

A Série B do Gauchão 2010 está na reta final, e o Riograndense já se despediu da competição, mas ela ainda é assunto no Estádio dos Eucaliptos. O clube de Santa Maria será julgado nesta quinta-feira, a partir das 17h30min, no Tribunal da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), em Porto Alegre, por ter escalado o volante André Tereza de forma irregular em uma partida da Segundona deste ano. Mesmo estando com três cartões amarelos, o atleta atuou no empate em 1 a 1 com o Guarany, de Bagé, pela terceira fase. O clube será representado no julgamento pelo advogado Paulo Bandeira. Se for condenado, o Riograndense pode perder pontos e levar multa entre R$ 100 e R$ 100 mil. Sem falar no prejuízo moral.

Contas para a Copinha

21 de junho de 2010 0

A definição se haverá ou não futebol profissional no segundo semestre sairá oficialmente na próxima terça-feira. Daqui a exatamente uma semana se encerra o prazo estipulado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) para que os clubes manifestem interesse em jogar a Copa FGF/Ênio Costamilan. Até lá, Inter-SM e Riograndense seguem em busca de recursos financeiros para saber se terão condições de entrar na disputa, que está marcada para começar no dia 8 de agosto e terminar em 28 de novembro. O vencedor garante vaga direta à Série D do Brasileirão de 2011.

Pelos cálculos do Inter-SM, o custo para participar da Copa Ênio Costamilan ficaria em torno de R$ 50 mil por mês, incluindo folha de pagamento e despesas extras, como alimentação, hospedagem e transporte para os jogos fora de Santa Maria. Quando jogou a Copa Lupi Martins, em 2008, o Riograndense gastou apenas R$ 108 mil em quase quatro meses de disputa. A diferença é que, naquela oportunidade, o salário de oito jogadores e do técnico Bebeto Rosa e seus assistentes eram bancados por meio de uma parceria com o Grêmio Atlético Imembuy.

O que parece certo é que Inter e Riograndense só vão entrar na Copa Ênio Costamilan se tiverem certeza absoluta de que isso não comprometerá o planejamento financeiro para 2011. A preocupação da dupla Rio-Nal é que uma eventual participação na Copa Ênio Costamilan possa deixar um déficit para o próximo ano, já que o apoio da Federação Gaúcha de Futebol vai se restringir ao pagamento das taxas de arbitragem. Por isso, os dois clubes de Santa Maria estão prudentes sobre o assunto Copinha. E com razão.