Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 6 março 2012

Presidente assume o departamento de futebol do Riograndense

06 de março de 2012 0

O Riograndense comunicou nesta terça-feira uma mudança no departamento de futebol. Antônio Palharini, o Peninha, que ocupava interinamente a função de diretor de futebol, pediu para sair. Ele ficará com a missão de captar recursos para a construção do novo pavilhão social do Estádio dos Eucaliptos.

O presidente Julio Cesar Ausani assume o cargo de diretor de futebol. Ele contará com o trio de assessores do departamento de futebol: Dilson Siqueira (também vice-presidente e que chegou a ser o diretor), Evandro Zamberlan e João Provensi.

Peninha (centro) se desligou do departamento de futebol para se dedicar à captação de recursos. Diretor de futebol será o presidente Julio Cesar Ausani (à dir.), que terá como um dos assessores Dilson Siqueira (à esq.), também vice-presidente do clube esmeraldino

Inter-SM terá parte da renda do Rio-Nal confiscada

06 de março de 2012 6

A conta do público total do Rio-Nal 254, que acabou empatado em 2 a 2 no domingo, no Estádio Presidente Vargas, ainda não fechou.
– A gente não fechou ainda. Estamos contando os ingressos. Só para entender o mecanismo, na entrada tem as urnas. E o ingresso vai todo para dentro da urna. E temos de contar tudo, porque conta meio-ingresso e os que não pagam. É o caso dos pacotes e dos sócios, mas isso temos como contar. O resto dos não pagantes que não tem como – explica o presidente do Inter-SM, Mauro da Silva, que trabalha com uma estimativa de um total de mil não pagantes entre as duas torcidas.
Mesmo com a contagem manual em andamento, o presidente alvirrubro adianta que os cálculos indicam que tenham entrado na Baixada 4 mil torcedores do Inter-SM e 2 mil do Riograndense. Quanto à renda, ele teme que os cofres do clube não recebam tudo o que se esperava. E isso não se refere apenas ao número de não pagantes, considerado alto.
Segundo Mauro da Silva, 20% da renda do clássico será confiscada pela Justiça em função de uma ação trabalhista contra o clube, relativa a 2009. É mais uma dificuldade para a diretoria enfrentar, já que o presidente estima que seja necessária uma receita mensal de R$ 150 mil para manter as despesas em dia. Só com folha de pagamento de jogadores, comissão técnica e funcionários, são gastos R$ 90 mil mensais – desse valor, R$ 65 mil são referentes à folha dos jogadores.

Ingressos à venda para Riograndense x Riopardense, às 16h de quarta-feira

06 de março de 2012 1

A partir desta terça-feira, a torcida do Riograndense tem a missão de comprovar que a boa presença de público registrada no clássico Rio-Nal será permanente ao longo da Divisão de Acesso. Os ingressos para o primeiro compromisso dentro de casa estarão à venda. Nesta quarta-feira, às 16h (e não mais às 15h30min), o Periquito recebe o Riopardense, no Estádio dos Eucaliptos, pela segunda rodada do Grupo 1.

Como há preço mais barato para quem comprar antes seu ingresso de arquibancada geral, vale a pena se antecipar. Confira os valores:

- Pavilhão social: R$ 30
– Arquibancada geral: R$ 10 (antecipados, até quarta-feira ao meio-dia) e R$ 20 (na hora do jogo). Estudantes e idosos têm direito à meia-entrada (ao custo de R$ 10, na hora do jogo). Menores de 12 anos, mulheres e sócios em dia não pagam

Os pontos de venda para a torcida do Riograndense são os seguintes:

- Secretaria do Estádio dos Eucaliptos
– Churrascaria Bovinu’s (Rua Venâncio Aires, 1.596)
– BMG Empréstimos (Rua Venâncio Aires, 1.798)
– Barichello Empréstimos (Rua Venâncio Aires, 1.401)
– Postos Peninha (ruas Venâncio Aires e Sete de Setembro)
– Bordin Materiais de Construção (BR-287, 2.400, bairro Juscelino Kubitschek)