Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 13 abril 2012

Pedreira em Santana do Livramento

13 de abril de 2012 4

O Riograndense espera um jogo duríssimo em Santana do Livramento, neste sábado, às 19h30min. E não apenas pela qualidade do 14 de Julho e pelo fato de a partida ser fora de casa, mas, principalmente, por conta de tudo que envolveu o duelo entre as duas equipes no primeiro turno da Divisão de Acesso, no Estádio dos Eucaliptos. Na ocasião, na vitória do Riograndense por 2 a 1, houve muita confusão e troca de farpas, com promessa de revanche em Livramento. Nesta sexta-feira, porém, o assessor de imprensa do 14 de Julho, Sidnei da Silva Azevedo, falou ao Diário que não há clima de revanche no clube da Fronteira e que o time está preocupado em jogar futebol. Tomara que isso se confirme, porque chega de tumulto na Divisão de Acesso.

Um convite ao Baile do Centenário

13 de abril de 2012 2

Os convidados que prestigiaram o coquetel de lançamento do Baile do Centenário, evento promovido pelo Riograndense na última terça-feira, no Restaurante Divino, ficaram sabendo dos detalhes do baile (na verdade, um jantar-baile). A festa está marcada para 4 de maio, no salão nobre do Avenida Tênis Clube (ATC). Informações como preço (R$ 50), traje (alto esporte), conjunto musical (Banda Charm’s) e bufê (Norberto Da Cás) foram divulgadas no coquetel. Confira, abaixo, o vídeo que convida os periquitos para o Baile do Centenário.

Atacante Magno se defende

13 de abril de 2012 0

Dispensado pelo Inter-SM na terça-feira (houve um acordo entre clube e jogador), o atacante Magno (foto abaixo) falou ao blog nesta sexta-feira sobre o episódio. A dispensa ocorreu em meio à polêmica do atraso do pagamento dos salários ao time e sob a alegação de que o atleta estaria liderando uma espécie de motim no grupo, que chegou a fazer ameaças de não treinar enquanto não recebesse os salários. O presidente Mauro da Silva disse que se tratava de um caso de indisciplina, lembrando ainda uma discussão de Magno com torcedores do clube durante a vitória de 2 a 0 do Inter-SM sobre o Riopardense, na Baixada. Nesta sexta, o atacante se defendeu e disse que só estava defendendo os seus direitos, o que não deixa de ser a mais pura verdade.
- Motim é uma palavra muito forte, porque a gente estava brigando pelos nossos direitos. Não é do meu feitio criar tumulto, fazer paralisação. No fundo, no fundo, eu não queria ter saído. Foi um prazer jogar no Inter-SM – disse o jogador, que está em Ijuí decidindo o que fará do seu futuro e promete vir a Santa Maria na semana que vem para receber o que o Inter-SM ainda lhe deve.