Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Peninha"

Presidente assume o departamento de futebol do Riograndense

06 de março de 2012 0

O Riograndense comunicou nesta terça-feira uma mudança no departamento de futebol. Antônio Palharini, o Peninha, que ocupava interinamente a função de diretor de futebol, pediu para sair. Ele ficará com a missão de captar recursos para a construção do novo pavilhão social do Estádio dos Eucaliptos.

O presidente Julio Cesar Ausani assume o cargo de diretor de futebol. Ele contará com o trio de assessores do departamento de futebol: Dilson Siqueira (também vice-presidente e que chegou a ser o diretor), Evandro Zamberlan e João Provensi.

Peninha (centro) se desligou do departamento de futebol para se dedicar à captação de recursos. Diretor de futebol será o presidente Julio Cesar Ausani (à dir.), que terá como um dos assessores Dilson Siqueira (à esq.), também vice-presidente do clube esmeraldino

Riograndense volta a sonhar com Alê Menezes

12 de janeiro de 2012 8

Apesar de a primeira tentativa do Riograndense para contar com o centroavante Alê Menezes, 35 anos, não ter dado certo, a novela ainda não acabou. Como não fechou com outro clube, o jogador volta a figurar como um possível reforço para a Série B do Gauchão 2012. Agora a negociação não seria tão complicada como antes, quando o Periquito não conseguiu patrocínio para bancar a pedida salarial. Alê entrou em contato há poucos dias e reiterou o interesse em jogar no Estádio dos Eucaliptos. O sonho de contar com ele não estaria tão distante.

– Ele (Alê) entrou em contato com o Renan (Mobarack, gerente executivo). Mas não há nada oficial. Estamos conversando, mas não dá para inchar muito a folha salarial. Não pelo jogador em si, mas é que passa tudo pelos recursos financeiros – afirma o vice-diretor de futebol do Periquito, Antônio Palharini, o Peninha.

Como o limite para a montagem do elenco que fará a pré-temporada foi atingido, a questão financeira é, mesmo, determinante, mas nem tanto quanto antes. Um possível patrocinador desembolsaria um valor inferior ao que foi pedido na proposta anterior.

O centroavante chegou a ser sondado para jogar em outros clubes, mas ainda não acertou a ida para lugar algum, e as pré-temporadas que não se iniciaram estão em vias de começar. Ele diz que está esperando o retorno de um clube da Serie A até esta sexta-feira. Enquanto isso, atua pelo Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado, que fará um amistoso contra o Inter-SM no dia 27 de janeiro, no Estádio Presidente Vargas (sem a presença de Alê), mas que antes terá alguns jogos no Chile, e o atacante estará no plantel.

– Tudo depende desse clube da Série A. Mas a possibilidade de jogar no Riograndense está aberta. Pode  haver uma boa surpresa – disse Alê, direto da Capital.

Decisão sobre Alê Menezes fica para sexta-feira

30 de novembro de 2011 0

Prevista para esta quarta-feira, a decisão sobre o acerto ou não do centroavante Alê Menezes, 35 anos, com o Riograndense, para a disputa da Série B do Gauchão 2012, ficou para sexta-feira. Segundo o vice-diretor de futebol esmeraldino, Antônio Palharini, o Peninha, alguns detalhes da negociação precisam ser tratados com o restante da diretoria. Na sexta, o dirigente promete fechar o acerto ou liberar o jogador para negociar com outro clube. Além da decisão sobre Alê Menezes, o Riograndense espera a chegada de mais três pré-contratos assinados para fazer os anúncios nesta sexta-feira.

Comitiva do Riograndense vai a Porto Alegre

24 de outubro de 2011 0

O Riograndense estará representado nesta terça-feira em Porto Alegre por uma comitiva que apresentará o projeto de captação de recursos para 2012, ano do centenário do clube. O presidente, Julio Cesar Ausani, o vice, Dilson Siqueira, e o vice-diretor de futebol, Antônio Palharini, o Peninha, cumprirão agenda.

O grupo visitará os deputados estaduais Valdeci Oliveira (PT) e Jorge Pozzobom (PSDB), o secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Fabiano Pereira (PT), e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Novelletto.

Quanto a reforços, a diretoria pode avançar em algumas negociações nos próximos dias. O volante Rangel e o atacante Alê Menezes, que fizeram sua última partida pelo Aimoré, na Copa FGF/Laci Ughini, no último domingo, interessam.

Os bastidores da negociação entre Tiago Nunes e Riograndense

23 de setembro de 2011 16

Especulado há um bom tempo para assumir o comando técnico do Riograndense para 2012, o santa-mariense Tiago Nunes foi apresentado na tarde desta sexta-feira. Durante a entrevista coletiva no hotel Dom Rafael Executivo, ao lado do gerente executivo, Renan Mobarack, o novo técnico esmeraldino revelou detalhes do acerto com o clube.

Conforme Tiago Nunes, a negociação com o clube santa-mariense começou a avançar há cerca de 25 dias, por meio de contato telefônico do vice-diretor de futebol, Antônio Palharini, o Peninha. Com o término de sua passagem como auxiliar técnico do Nacional-AM, Tiago passou parte do feriadão em Santa Maria.

Técnico Tiago Nunes (à esq.) foi apresentado ao lado do gerente executivo Renan Mobarack

No começo da semana, o técnico conta que se reuniu com os assessores do departamento de futebol do Riograndense, Evandro Zamberlan e João Provensi. Na quarta-feira, foi a vez de Tiago ir a São Leopoldo assistir à uma partida do Aimoré, time em que está trabalhando Mobarack, em casa, pela Copa FGF/Laci Ughini.

Embora neguem que a ida de Tiago a São Leopoldo tenha influenciado na negociação (na verdade, a negociação já estava em andamento), o técnico e o gerente executivo do Riograndense confirmam que mantiveram um breve contato. Para sacramentar a volta de Tiago Nunes a Santa Maria, ele participou de uma reunião do departamento de futebol na manhã desta sexta-feira, com a presença de Mobarack, quando foram acertados os últimos detalhes. E Tiago Nunes já entregou uma lista com 300 nomes de jogadores para a diretoria avaliar.

Era uma negociação que se ensaiava a um bom tempo e acabou com final feliz. Agora é esperar por um bom planejamento para o futebol no ano do centenário esmeraldino.

Inter-SM investe na contratação de jogadores

22 de setembro de 2011 6

Depois de anunciar as contratações do técnico Sérgio Savian, do preparador físico Marcelo Duarte e do gerente de futebol Dalton Luiz Amorim Melo, o Foguinho, o Inter-SM passa a concentrar suas energias na negociação com os jogadores que defenderão o clube na Série B do Gauchão 2012. Segundo o presidente, Mauro da Silva, três jogadores já estão acertados verbalmente e devem assinar contrato em breve. Um deles é o zagueiro Morelli, que disputa a Copa A Razão pelo time B e tem até salário definido para 2012.

Morelli, que tem bom trânsito na dupla Rio-Nal e já atuou nos dois times, também foi procurado pelo Riograndense na última sexta-feira e também nesta quarta-feira, mas, como gostou da proposta do Inter-SM e já havia acertado verbalmente com o colorado, decidiu seguir no Estádio Presidente Vargas.

- Todo mundo falava que o Riograndense tinha interesse em mim, mas ninguém tinha feito contato. Na sexta, o Peninha (vice-diretor de futebol do Riograndense) entrou em contato comigo. E hoje (quarta-feira), o Dilson (diretor de futebol do Riograndense) me ligou. Eu já passei pelos dois clubes e tenho interesse em ficar em Santa Maria. Mas a primeira proposta foi do Inter-SM, e foi boa – conta Morelli.

O zagueiro Morelli está no time B do Inter-SM e acertou verbalmente com o clube para a Série B de 2012, mas ele também estava nos planos do Riograndense, time pelo qual disputou a Série B deste ano (foto)

Os outros dois jogadores não tiveram os nomes revelados, apenas as posições: um atacante e um meia. Dinei, para o ataque, e Chiquinho, para o meio-campo, são nomes cogitados. Conforme o presidente Mauro, Matão não está mais nos planos do Inter-SM. O dirigente chegou a afirmar, há algumas semanas, que Matão também estava acertado verbalmente para a Série B do Gauchão, mas clube e jogador desistiram da negociação.

Bandeira está livre para negociar com o Riograndense

21 de setembro de 2011 9

Com passagem pelo Riograndense em 2010, o técnico Rodrigo Bandeira tem chances de retornar ao Estádio dos Eucaliptos para o centenário do clube. Que o nome dele estava na lista dos preferidos da diretoria para assumir o comando técnico na temporada 2012, não há nenhuma novidade. Só que agora Bandeira está livre para negociar com o Periquito.

O próprio técnico confirma que foi contatado por dirigentes esmeraldinos há cerca de uma semana. De lá para cá, o avanço na negociação dependeria da situação de Bandeira no São José-PA, clube que comandava na Copa FGF/Laci Ughini, a Copinha. Repare no “comandava”, pois Bandeira acertou sua saída do clube da Capital nesta quarta-feira. Ele diz ter pedido dispensa após uma sequência de maus resultados.

Técnico Rodrigo Bandeira acertou sua saída do São José-PA nesta quarta-feira

Por consequência, Rodrigo Bandeira tem caminho livre para avançar a negociação para seu retorno ao Riograndense. Nesta quinta-feira, uma reunião do departamento de futebol do clube volta a tratar da definição do técnico para 2012. O vice-diretor de futebol, Antônio Palharini, o Peninha, confirma que Bandeira está entre os primeiros da lista e não mede elogios ao trabalho do técnico. É esperar para ver se o negócio vai evoluir.

Gerente executivo - A apresentação do novo gerente executivo do Riograndense, Renan Mobarack, que ocorreria nesta quinta-feira, foi adiada. Mobarack, que está a serviço do Aimoré, de São Leopoldo, até o final da participação do time na Copa FGF/Laci Ughini, virá a Santa Maria nesta sexta-feira. Às 14h, em entrevista coletiva no hotel Dom Rafael Executivo, na Avenida Rio Branco, ele será apresentado e assinará contrato com o Periquito.

Os bastidores da contratação de Marcelo Duarte

21 de setembro de 2011 3

Até dias atrás, a impressão que se tinha era de que o Riograndense havia largado na frente em relação ao Inter-SM na corrida por contratações para a disputa da Série B do Gauchão 2012. No entanto, o Inter-SM deu uma boa arrancada desde a última sexta-feira, quando anunciou Sérgio Savian como seu treinador para a próxima temporada. Mesmo que não fosse consenso entre os dirigentes do Riograndense, Savian estava na lista de candidatos a técnico no Estádio dos Eucaliptos.

Pois depois de contratar Savian, o Inter-SM confirmou mais um nome que interessava ao rival: o preparador físico Marcelo Duarte. Profissional competente, ele chegou a atuar junto com Savian na reta final da Série B do Gauchão deste ano. E chamou a atenção do treinador.

- No pouco tempo de trabalho, ele (Savian) confiou muito na minha postura e na minha forma de trabalhar. E por saber que ficou muito tempo fora do mercado, Savian quer se cercar de pessoas que estejam no mercado e que possam ajudar – disse Marcelo Duarte em entrevista para o Diário e para o blog nesta terça-feira.

Mas o que chama a atenção nessa negociação é que o Riograndense só resolveu fazer contato com o preparador físico quando ficou sabendo que ele também interessava ao Inter-SM. Segundo Marcelo Duarte, até então, desde que ele havia deixado o Estádio dos Eucaliptos, em junho, nada de proposta do Riograndense. O próprio Marcelo conta como tudo aconteceu:

- Foi uma situação que eu não esperava. Fiquei sabendo da contratação do Savian na sexta. Logo depois, ele entrou em contato comigo. Depois que conversei com o Savian na sexta, o Peninha (vice-diretor de futebol do Riograndense) me ligou no domingo. Aí eu disse que, para negociar com ele, eu precisaria encerrar o processo com o Inter-SM. O Peninha ligou de novo na segunda-feira. Desde que eu saí daí, o Riograndense não tinha entrado em contato comigo para dizer que gostaria que eu fosse o preparador físico. Mas, quando o Peninha ligou, apresentei a mesma proposta para o Inter-SM e para o Riograndense. Mas o que o Riograndense apresentou ficou muito abaixo do que o que o Inter-SM apresentou. O Peninha disse que teria de falar com os outros dirigentes, então eu resolvi parar por aí, não ia ficar fazendo leilão. Terminei de conversar com o Peninha e aí informei o Inter-SM, o Paulo (Paulo Brandt, vice de futebol), que eu fecharia com eles.

Até domingo, Marcelo Duarte disse que não havia recebido nenhuma proposta do Riograndense desde que deixou o clube, em junho

Ao repercutir o assunto com Peninha, ele se disse tranquilo com o andar das negociações no Riograndense, mas negou ter feito uma proposta oficial ao preparador físico Marcelo Duarte nesse contato mais recente.

- A gente tem negociado com alguns treinadores que trarão seus preparadores e com outros que não trarão. Mas o Riograndense não fez proposta oficial ao Marcelo. Mas ele é um profissional qualificado e que está no mercado, pode acertar com qualquer clube – disse Peninha.

Sobre largar na frente nessa disputa particular da dupla Rio-Nal, o presidente do Inter-SM, Mauro da Silva, falou com naturalidade:

- A gente está começando cedo até para pegar esses nomes, porque, senão, esses nomes não estarão mais à disposição. Quem se mexe primeiro, leva vantagem.

É, pelo visto, o clássico Rio-Nal começou muito antes do previsto em Santa Maria. É a velha e boa rivalidade de volta.

Lista de técnicos do Riograndense tem seis nomes

15 de setembro de 2011 2

Esta quinta-feira foi dia de o Riograndense confirmar o nome de Renan Mobarack como o seu futuro gerente executivo. O próximo passo do clube será definir o treinador, o que deve ocorrer até o fim de setembro. O vice-diretor de futebol, Antônio Palharini, o Peninha, confirma que o Riograndense trabalha atualmente com uma lista de seis nomes. Mesmo sem haver um favorito, seguem cotados Sérgio Savian, Tiago Nunes, Paulo Turra, Nestor Simionatto, Tonho Gil e Rodrigo Bandeira. Outros nomes que chegaram a ser cogitados, como Cirio Quadros, André Luís, Leocir Dall’Astra e Paulo Porto, já estariam fora da disputa, segundo Peninha.

Gerente de futebol nos planos do Riograndense

01 de setembro de 2011 5

O gerente de futebol que o Riograndense pretende contratar para a temporada 2012, que marca o centenário do clube, pode vir do Aimoré. É Renan Mobarack, 39 anos, ex-árbitro formado em Jornalismo e que estreou como gerente de futebol no time de São Leopoldo, onde está desde o começo do ano.

Mobarack estreou como gerente de futebol no Aimoré, onde está desde o começo do ano

A diretoria do Riograndense se reuniu com um profissional que interessa para ocupar o cargo, nesta terça-feira, mas não confirmou quem era ele. O perfil descrito por dirigentes, no entanto, se encaixa ao de Mobarack. Um contato prévio havia sido feito pelo vice-diretor de futebol do Periquito, Antônio Palharini, o Peninha, na semana passada, antes de uma audiência pública sobre o futebol do Interior, na Capital.

Nesta quinta-feira, o blog entrou em contato com Mobarack, que confirmou a vinda a Santa Maria nesta semana para falar com os dirigentes esmeraldinos. O gerente de futebol, que tem contrato com o Aimoré até o final da Copa FGF/Laci Ughini, disse ter gostado do projeto do centenário. No entanto, ainda não há um acerto financeiro e o clube deve ouvir outros gerentes que interessam – há uma lista de cinco profissionais.

É um bom nome, elogiado por outros profissionais com quem trabalha, como o volante Rangel, identificado com o futebol santa-mariense e que está no Aimoré. Há outros nomes a serem analisados pela diretoria do Riograndense, mas o torcedor pode ter uma ideia do perfil do profissional que o clube buscará para o centenário.