Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

As lendas da ilha de cá...

30 de outubro de 2012 0

O havaí é rodeado de causos e lendas encantadoras e, uma delas conta como foram formadas as ilhas do estado. Maui, o semi-deus dos mil truques, como é conhecido em toda a Polinésia, pescava com os irmãos e o mar não estava pra peixe, mas ele insistia em avançar. Quando a canoa já estava bem longe, Maui ordenou que parassem e disse: “Vocês saberão quando eu tiver fisgado um peixe quanto sentirem um tranco. Remem com toda força em direção à praia e não olhem para trás”.

Em seguida a canoa tremeu, os irmãos começaram a remar, mas um deles não aguentou a curiosidade e virou-se para ver o tamanho do peixe. Foi quando ele viu que na verdade Maui estava pescando terra e gritou maravilhado. Todos pararam de remar e olharam para trás. Maui então esbravejou: “Olha só o que vocês fizeram! Eu estava pescando um bloco único mas vocês pararam de remar e agora eu tenho várias ilhas!”. Cerca de 130 ilhas, no meio do Oceano Pacífico.

hawaii.islands-travel.com

Se Maomé não vai até o brechó....

30 de outubro de 2012 0

Agora em Nova York você não precisa mais ir ao brechó…ele vai até você!

divulgação

É o The Mobile Vintage Shop, um trailer-lojinha que roda a cidade cheio de roupas, acessórios, livros, artigos de decoração e até discos em vinil. A maioria das peças custa até 10 dólares, cerca de 20 reais. Geralmente a lojinha móvel está estacionada pelo bairro do Brooklyn, mas é presença garantida por aí, já que é móvel, off course. Em eventos e festas, o caminhão estaciona e vira atração principal para a mulherada.

Dois em um

22 de outubro de 2012 0
fotos: Matt Meko

Um esporte que junta na verdade dois…
Você gosta de yoga? E de Stand Up Paddle? Aquelas pranchas grandes, com um remo? Bom, aqui no Havai agora a moda é juntar os dois, fazer yoga, em cima da prancha e dentro da água…

Uma combinação que une os antepassados havaianos com os indianos. Equilibrio, concentração apurada e corpo forte, rejuvenecimento…essa é a promessa, e claro, a diversão e os bom momentos, vem de brinde.

Fotos: Matt Meko

Matt Meko é professor de Stand Up Paddle Yoga na praia de Waikiki

Visita ilustre

15 de outubro de 2012 0

Do Alasca para os arredores do Havaí! Esse é o trajeto que as Baleias Jubarte fazem todos os anos durante o outono e o inverno do Hemisfério Norte. As primeiras já começaram a chegar, em pleno outono. O fenômeno é semelhante ao que acontece em SC, com a Baleia Franca.

Aqui, a jornada das Baleias Jubarte é de quase 6 mil quilômetros, uma viagem de mais de um mês. Elas investem tantas energias para procriarem nos arredores das ilhas de cá.

Cerca de 12 mil gigantes são avistadas na temporada de observação das baleias a cada ano e leis severas punem aqueles que chegam a menos de 100 metros de distância delas, afinal elas vem em busca de águas mais quentes, paz e traquilidade para terem seus filhotes.

Uma das melhores ilhas para avistar as baleias é Maui, mas aqui em Oahu, no ano passado, em um único dia, vi mais de 30…da costa.

foto: whalewatchmaui.com

Saiba mais aqui: www.whalewatchmaui.com

Os infinitos tons do amarelo

14 de outubro de 2012 0

foto: Cleide Klock

Estou no azul do Havaí com aquela saudade – não do frio – mas das cores novayorquinas dessa época do ano… As mais bonitas da cidade, na minha opinião…

É durante o mês de outubro e início de novembro, que as cores do outono estão cada vez mais vibrantes no Central Park  (e também por toda a cidade). Ele que fica branco no inverno, verde no verão, multicolorido na primavera, nessa estação do ano mostra como é possível variar os tons de amarelo.

Antes de perder as folhas, as árvores evidenciam o poder da mãe na natureza de brincar com a aquarela…
E o gigante parque, construído em 1858, vai se preparando para as temperaturas negativas dando um show de beleza.

foto: Cleide Klock

De volta ao passado

02 de outubro de 2012 0

Quem está na Big Apple e quiser pegar a estrada, tem a opção de entrar numa espécie de filme de época, no estado da Pensilvânia. Aí está a maior comunidade Amish do mundo. Grupo religioso que vive ainda como se estivesse no passado… O principal meio de transporte é a carroça e eles vivem ainda hoje sem aparelhos eletrônicos e as roupas são no estilo 1800 e pouquinho.

Um musical da Broadway revelou para o mundo o modo de vida peculiar dessa comunidade, na década de 1950 e nos anos 80 foi a vez do filme “A Testemunha”, com o ator Harrison Ford mostrar um pouco sobre a vida dos Amish.

Por isso milhares de curiosos visitam a região. Mas saiba que eles não gostam nem um pouco de sair nas suas fotos.

destination360.com

Katz Delicatessen

23 de setembro de 2012 0

divulgação

Nada de comida saudável, aqui é o saudosismo que impera. O Katz Deli é um bar super famoso de Nova York e que até poderia ser enquadrado na categoria “pé sujo” não fosse suas referências e o glamour que imperam por aqui.

As paredes mostram todo os famosos que aparecem no bar toda hora. Muitos, vários, todos!!!

No cardápio, o astro é o sanduiche de pastrami, uma carne defumada e bem condimentada, famosa na culinária nova yorquina

divulgação

Sanduiche de Pastrami

E no boca a boca, todos apontam para a mesma mesa, onde foi filmada uma cena do filme Harry e Sally, Feitos um Para o Outro. Lembra do filme? A cena clássica filmada aqui marcou a carreira de Meg Ryan para sempre.

Para relembrar:

A senhora do final da cena é Estelle Reiner, mãe do diretor do filme Rob Reiner.

Ilha do Homem

17 de setembro de 2012 0

businessinsider.com

Lojas com seção masculina, já está todo mundo acostumado…mas agora em NY uma rede de supermercado inova e faz um cantinho para eles. O negócio surgiu a partir de uma pesquisa que apontou que em mais de 30% das famílias americanas são os homens que fazem as compras para a casa. Esse índice é o dobro do de 20 anos atrás!

Por isso quem chega no West Side Market agora encontra a Ilha do Homem, que esta cercada de coisas que julgam ser importantes para eles: produtos de higiene masculinos, molho para churrasco, macarrão instantâneo, sopa em lata, salgadinho e cerveja de diversas marcas diferentes. Será que essa moda pega?

Vai um cafezinho aí?

08 de setembro de 2012 0

divulgação

Um dos cafés mais caros do mundo nasce, cresce e é tostado aqui no Havaí, na Big Island. É o café de Kona, nome da região das plantações. E, a maior curiosidade é que as primeiras mudas vieram do Brasil, lá pelos idos de 1800. Nessas ilhas de cá, o café encontrou um solo vulcânico rico e temperaturas perfeitas.

Até hoje as árvorres são cultivadas nas mesmas fazendas e atravessam gerações. Uma delas, a Mountain Thunder, é a maior fazenda orgânica dos Estados Unidos e é aberta à visitação.

Um quilo dessa preciosidade pode custar 160 reais… E a maioria que se intitula Café de Kona tem apenas 10% do café daqui, o que faz com que o preço fique mais acessível.

O doce gostinho havaiano

30 de agosto de 2012 0
foto: Cleide Klock

Algumas das caixas de chocolate e uma cerveja local, logo logo falo sobre isso.

Um dos sabores mais doces e conhecidos das ilhas de cá são os dos chocolates havainos, super leves, nada açucarados e se é possível usar esse adjetivo pra comida, sim eles são macios….

Os mais famosos e indispensáveis numa visita são os recheados com macadâmia, uma noz, fruto de uma árvore do mesmo nome que foi trazida da Austrália, mas que já virou parte da cultura havaiana.

Quase uma dezena de fantásticas fábricas de chocolate disputam a preferência dos turistas e uma caixa com 15 deliciosos bombons custa menos de 3 dólares ou menos de 6 reais.