Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cris, a Fera - 15º capítulo

28 de novembro de 2007 32

Estava dentro do carro, já.

Foi uma surpresa e um susto.

Primeiro a surpresa. Depois o susto.

Um outro carro emergiu das sombras da rua e, com grande alarido de pneus e freios, nos fechou. Ficou atravessado no asfalto, o bico virado para o cordão da calçada. A princípio, pensei que fosse um assalto. Mas não podia, nenhum ladrão faz tamanho escândalo para assaltar. Éverton, as costas grudadas no banco do motorista, os olhos arregalados, o pânico deformando-lhe o rosto, balbuciava:

— O que é isso? O que é isso?

Esforcei-me para manter a calma. Tentei raciocinar. Havia um homem dentro do carro que nos bloqueava a saída. Achei que fosse Paulo Germano, o idiota, o imbecil, o sacripanta, o beleguim, a besta, o taipa, o jeca, o sevandija, o biltre, o pelintra, o estúpido do Paulo Germano. Todos esses adjetivos cruzaram pelo meu cérebro, no momento em que supus ser o Paulo Germano, e estava disposta a cobri-lo com eles, assim que estivéssemos frente a frente.

Mas, ao observar melhor, notei que o carro não era dele. O que, antes de me tranqüilizar, deixou-me ainda mais nervosa. Paulo Germano era meu cachorrinho, era obediente, era submisso. Com o Paulo Germano poderia fazer o que bem entendesse, poderia transformá-lo em meu servo. Mandaria, e ele obedeceria. Seria um inconveniente, é claro, mas não passaria disso. Livrar-me-ia dele, e pronto. Talvez estragasse meus planos de liquidar o tal Éverton, mas não acarretaria maiores problemas para mim. Agora, se fosse qualquer outra pessoa, não podia esperar nada de positivo. Ao contrário: podia esperar o pior.

Quem poderia ser?
A polícia, que me descobriu?
Um detetive particular, que anda me seguindo?
A mulher desse Éverton?
Não… não se tratava de mulher. Era um homem que estava dentro do outro carro. E o homem, finalmente, abriu a porta do lado do motorista e colocou o corpo para fora. Éverton, ao meu lado, não largava a direção, não se mexia, apenas repetia:

— O que é isso? O que é isso?

Fiquei com raiva dele. Ódio, até. Não passava de um covarde. Um poltrão. Por que não reagia? Por que não descia e encarava o outro?

O outro… Finalmente o reconheci. E, ao reconhecê-lo, fiquei ainda mais assustada. Ele desceu e postou-se em frente à Mercedez. Apontou o indicador para mim, diretamente para mim, e berrou, acusador:

— Essa mulher é uma fera!

Éverton continuava a tartamudear:

— Que é isso? Que é isso?

— Essa mulher é uma assassina! — gritou o outro.

— Que é isso?

Será que o desgraçado não sabia dizer outra coisa?

— Prendam essa mulher! Chamem a polícia!!! Polícia! Polícia!

O Fetter.

Era o maldito Fetter! Será que andava me procurando pela noite? Será que passou e me reconheceu?

Eu não sabia. Só sabia que ele estava furioso, que gritava, e gritava tanto que começou a chamar a atenção. As pessoas saíam dos bares para ver o que estava acontecendo.

— Ela é uma assassina! — berrava o Fetter. — Prendam essa mulher! Polícia! Polícia! Políciaaaaa!!!

Fiquei imóvel no banco do carona. Éverton olhou para mim, apavorado. Eu estava perdida. Meu Deus, eu estava perdida!

Será que estava mesmo?
Será?
Saiba daqui a pouco, no próximo capítulo de… Cris, a Fera!

Postado por David

Comentários (32)

  • Aline Faber diz: 28 de novembro de 2007

    Mas como é burro este meu cavalo!

    hahaha

    Sensacional! Fetter: o salvador de todos os homens!

    Beijo, David!

  • Fetter diz: 28 de novembro de 2007

    Isso não vai dar em nada! Mulher gostosa é que nem rico: nunca é presa. Hehehehehe

  • Morena diz: 29 de novembro de 2007

    Esse Fetter…quer é coisinha com ela…só pode…aparecer do nada, aí tem…pode ser até coisa do Paulo Germano…aí tem, aí tem…

  • marcos diz: 29 de novembro de 2007

    daqui a pouco ta durando um fim de tarde, uma noite inteira e meia manhã ja… magina se fala q vai demorar…

    Vai lá cara, tu ja deve ter escrito todos os capitulos, manda aí mais um… tenho q ir pra filial de tarde, não vo ler… só reunião e reunião…

  • Sergio diz: 29 de novembro de 2007

    Cadê????

  • Juliana diz: 28 de novembro de 2007

    Agora tá ficando boooomm! hahaha
    Esse “daqui a pouco” poderia ser beeem daqui a pouquinho mesmo né.. :)

  • Marlon diz: 28 de novembro de 2007

    Puxa vida, acertei metade do que enviei no meu último comentário! rsrs, agora ela manda o Mr. Pi acelerar e sair dali, que o cara é maluco, está confundindo ela com alguém! Vai na casa dele e Pimba!! Abração!

  • Jaime Maggi diz: 29 de novembro de 2007

    Se o Inter é “colorado” de verdade, perde para o goiás, espera o Grêmio fazer a parte dele (ao menos um empate) e chga no Aeroporto aplaudido, como um troféu por 2005!

  • Fernanda Souza diz: 29 de novembro de 2007

    Agora li todo o folhetim e me junto aos outros leitores ansiosos pelo desfecho. Mas Cris não pode matar o Paulo Germano! Esses dias até sonhei que ele estava morto hehehe

  • Diléa diz: 29 de novembro de 2007

    Grande Fetter! Salvador! Hahahaha!
    Muuuito bom, David!!!
    Já são 8h de 29/11. Teu “daqui a pouco” está demorando…
    Beijo

  • ana diz: 29 de novembro de 2007

    e o tijolo?

  • Sergio diz: 28 de novembro de 2007

    David, tá ficando bom, mas quanto é daqui a pouco? E se ela não vai acabar em Pinhal, pode ir para o Quintão, dos infernos, que é para lá que vão essas mulheres endemoniadas.

  • Vinicius diz: 28 de novembro de 2007

    Boa David, ta cada vez mais interessante essa história…mas eu quero saber da relação Renata Ines/Clovis. E tenho dito.
    Tu ainda pretende publicar mais detalhes daquele fim peculiar de folhetim?

  • Ricardo Bastos diz: 28 de novembro de 2007

    Estou começando a achar que essa fera é mansa, matou um e agora não consegue pegar mais ninguém!!!É no mínimo incompetente!!! Mas a trama está muito interessante…

  • Taíse diz: 28 de novembro de 2007

    Com um capítulo pequeno assim, só postando dois num mesmo dia, né David?
    Mas, tô adorando…. vai escreve logo, esquece o Gremio, o Inter, a editoria de esportes da Zero e escreve vai…

  • Paulo Augusto G. Trindade diz: 28 de novembro de 2007

    Tchê Davi… sempre leio teus textos, acho interessante… Nelson Rodrigues?? talvez… mas interessantes. Vou passar a acompanhar seu blog, vamos ver q tal.

  • Pri diz: 28 de novembro de 2007

    Por isso tu que é a fera. Sempre surpreendente.

  • Pri Sanches diz: 28 de novembro de 2007

    Sensacional!

    Mas Davi esse teu daqui um pouco significa quanto heim????????

    O Vinicius falou tudo, cadê a história da Renata Inês/ Clovis???? Quero uma foto da bunda do Clovis hahahahahaha

  • Morgana diz: 29 de novembro de 2007

    Concordo com a Pri.
    Queremos ver a Bunda do Clovis e do Rudi Orlando Tbm!!!
    bjs David

  • Andrea diz: 29 de novembro de 2007

    agora vai aparecer o Paulo Germano para salvar a Cris e eles serem felizes em Pinhal hahahahahahahaha

  • Gustavo Nunes Braatz diz: 28 de novembro de 2007

    David, as suas histórias são demais. Parabéns! Só que, desta vez, não vou escrever um elogio, mas uma retificação: o correto é “Mercedes”, com “s”, pois a marca é “Mercedes-Benz. Enfim, detalhes… Abraço!

  • Marcos diz: 28 de novembro de 2007

    Bah gostei de não precisar esperar até amanha pra ver esse capitulo, cara ta excelente este folhetim parabéns… Eu avisei q ela tinha cometido um erro ao deixar ele vivo…

  • Lisiane diz: 28 de novembro de 2007

    Nossa o primeiro comentário é meu hj !!!
    David estou “viciada” no seu blog e já virei leitorinha assídua !!Na empresa onde tranbalho adoramos seu ultimo livro. Parabéns !
    Grande beijo
    Lisi

  • Carol diz: 29 de novembro de 2007

    Estou na campanha da Pri Sanches em prol da bunda do Clóvis e do Rudi Orlando mas maeu maior interesse no momento é em ver o 16 capítulo!!!!
    Caramba, vou comer os dedos daqui a pouco, pq as unhas ja foram todas nesse tempo…
    Vai lá David, libera ai.
    E pensar que o findi ta chegando e os capitulos vao demorar mais ainda.

  • Carol diz: 29 de novembro de 2007

    Outra coisa: pq nao entrou o texto da coluna de segunda da ZH??? Estava tão bom! Coloca esse tb David.

  • bibi diz: 28 de novembro de 2007

    ohhhhh
    aaainn e agora??

  • Henry diz: 28 de novembro de 2007

    Isso que dar deixar vivo as vítimas… tsc tsc tsc.

  • Bernardo diz: 29 de novembro de 2007

    David, não vou fazer campanha nenhuma para que tu publique a foto da bunda do Clóvis. No entanto, está iniciada agora uma revolução para que tu libere o 16º capítulo logo!!

    Parabéns pelos trabalhos.
    Grande abraço!!

  • Carol diz: 29 de novembro de 2007

    Oh David, kd o 16 capítulo??? “Vamo lá, vamo lá!!!!!!!”

  • ana diz: 28 de novembro de 2007

    iiiiiixxxxxxxxx!

  • Ricardo diz: 29 de novembro de 2007

    Fetter!!! Um Brasileiro!!! euheuheuheeuh Sensacional David… A Parte mais hilária, foi a do Éverton… “Que é isso? Que é isso?? euheueuheuheuhe Abraços!!!

  • Pri Sanches diz: 29 de novembro de 2007

    Está aberta a campanha pela foto da bunda do Clóvis!!!!

    Quero ver a mulherada se manifestar!!!!!

Envie seu Comentário