Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cris, a Fera - 16º capítulo

29 de novembro de 2007 20

Armou-se a confusão. Fetter, na frente do carro, não parava de gritar pela polícia. Éverton, atrás do volante, não se mexia. Só olhava, lívido, e repetia o que é isso?, o que é isso? Fiquei paralisada por alguns instantes, sem ação, em pânico.

— Ela é uma assassina! — berrava o Fetter. — É uma bandida! Uma assaltante! Uma fera!!!

E apontava para mim. Uma pequena multidão havia se formado em volta do carro. Já ouvia murmúrios de chama os brigadianos!, chama os brigadianos!, cadê os brigadianos?

Decidi agir. Olhei para o Éverton.
— Você não faz nada??? — gritei.

Ele piscou. Olhou para mim como se estivesse despertando de um transe.
— Hein? — perguntou.
— Você não faz nada, seu banana??? — repeti, agora mais alto e dei um tapa no braço dele. — Não vê que esse sujeito é um maluco? Um tarado? Ele é apaixonado por mim! Ele me persegue!
— Hein?
— Vai lá! — ordenei. — Desce e faz alguma coisa!!!
— Eu?
— Não, seu idiota! Eu! Você é homem ou o quê??? Uma bisca??? Uma borboleta???
— Eu?…

Enquanto ele se decidia se era um homem ou uma borboleta, reparei que as pessoas estavam ficando cada vez mais excitadas. Olhavam para mim. Apontavam.
— Quem é ela?
— O que ela fez?
— Essa mulher é um perigo! — urrava o Fetter. — Ela tentou me matar!!! Ela é uma fera!!!
— Desce de uma vez! — mandei, dando um soco na perna do Éverton. — Vai lá e encara o sujeito! Seu bosta!

Éverton enfim reagiu ao xingamento. Talvez bosta tivesse sido demais para ele. Desceu. Meio vacilante, foi se aproximando do Fetter.
— Er… — hesitava ele, enquanto Fetter fazia a volta no carro e vinha em sua direção, gesticulando muito, gritando sempre.
— Ela é uma assassina! — dizia, e apontava para mim. — Ela vai tentar matar você também!!!

Vi que o Éverton começava a acreditar nele.
— Matar?… — balbuciou.

Tratava-se de um abobado, sem dúvida.

Desci do carro. A multidão me cercava. Olhei para os lados, procurando uma rota de fuga. Correr, não podia. De que jeito, com aqueles saltos altos? Fui me chegando ao meio-fio, tentando me afastar dos dois homens, que se olhavam, Éverton em dúvida, Fetter furioso.

— Ela é perigosa! — gritava o Fetter. — Abram a bolsa dela! Ela tem uma faca lá dentro! Uma faca! E um troço que dá choque na gente! A bolsa! Abram a bolsa dessa maluca!!!

Abracei-me à minha bolsa, insistivamente. Todos olhavam para mim. Pior: olhavam para minha bolsa.
— A bolsa! — berrava o Fetter. – Abram a bolsa dessa louca!
— A bolsa! — gritou alguém do povo. — Vamos abrir essa bolsa!

Olhei para o Éverton.
— Me ajuda! — pedi.

Ele franziu as sobrancelhas. Um grandessíssimo abobado.
— Vamos abrir a bolsa — propôs, enfim. Se não houver faca nenhuma aí, se não houver nada, não haverá nenhum problema.
— Isso! — concordou o Fetter. — Vamos abrir a bolsa! Vamos abrir a bolsa!
— A bolsa! — pediam os malditos populares. — A bolsa! A bolsa!

Apertei a bolsa em meus braços. Se a abrissem, eu estaria perdida. Que ia fazer? Meu Deus, o que poderia fazer???


O que ela fez?
O que aconteceu?
Você já vai saber. Calma!

Postado por David

Comentários (20)

  • Gustavo diz: 29 de novembro de 2007

    Essa Cris eh ordinaria mesmo…Chega de matar, pq achar que homem eh tudo igual, que nao valem nada…
    Mas esses malucos devem ter RADAR para sempre encontrarem a tal Cris!!! haha

  • junior diz: 29 de novembro de 2007

    Chega um momento que o acumulo de ansiedade se transforma em desinteresse .David meu Idolo ja devia saber disso .

    Ta parecendo programa do João kleber

  • Pri Sanches diz: 29 de novembro de 2007

    Decidir se era um homem ou uma borboleta… essa foi d ++++, adorei att vou começar a usar agora hahahahah.

  • Richard diz: 30 de novembro de 2007

    Po David… Antes de liquidar com a Cris… Deixa o Dudu estourar uma champanhota nela… hueheuheueuh

    Abraços!!!

  • Andressa diz: 29 de novembro de 2007

    Muitos responderiam: “uma borboleta”! hahaha
    Adorei! Agora essa é A pergunta!
    Bjos David

  • Bárbara Blauth diz: 29 de novembro de 2007

    Que bom que tenho paciência heim David
    Ah, mas eu gosto da Cris. Parece que agora ela está sem saida mesmo, pena, nõa queria que ela fosse pega.
    Ve se posta logo!
    Abraços Beijinhos e carinhos sem fim…

  • Marcelo Cabana diz: 29 de novembro de 2007

    Po velho…

  • Estéfani diz: 30 de novembro de 2007

    Pelo menos um pouco de ação…gostei do capítulo..a parte do Éverton decidir se era homem ou borboleta foi demais mesmo…hahahahaha…agora estou muito ansiosa pra saber como a Cris irá sair dessa…

  • ARTHUR diz: 30 de novembro de 2007

    - Seguinte: a estória não precisa ser verossímel, basta que seja interessante. A repetição dos finais a está tornando aborrecida. Espero que o capítulo 16 seja efetivamente ágil e diferente. Data vênia, isto está parecendo um jogo de RPG sem fim. Todos nós somos Paulos Germanos, Fetters, Évertons, etc… Tenho grande simpatia pelos três – até pelo banana do Éverton. Na verdade, este pessoal só quer mesmo é dar um bago.

  • Daniel marins diz: 30 de novembro de 2007

    bah David isso ta pior que filme na tv quando começa a ficar bom vem o intervalo comercial……. abrço e sucesso

  • Guilherme Finger de Souza diz: 29 de novembro de 2007

    O David, posta o 17º capítulo antes das 18 horas por que depois eu não vou poder ler, e ficar até amanhã esperando pra saber o que a Cris fez já é demais.

    Abraço

  • Marcos A. da Luz diz: 29 de novembro de 2007

    Como eh que eh David!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Essa historia ta pior do que acougue de camapanha.che………………
    Eh soh inchecao de linguica.
    Faz alguma coisa,por favor!!!!!!!!!!!!!!

  • Andrea diz: 30 de novembro de 2007

    Pô David. Não sacaneia a Cris.

  • Aline Faber diz: 30 de novembro de 2007

    MUITO AMADORA essa Cris!!! MUITO amadora!!! :P

  • Viviane diz: 30 de novembro de 2007

    Boa, David! Eu sempre achei que o Éverton fosse uma borboleta! Está ficando boa esta história.
    Aquela máxima de “Olha alí!” e sair correndo não vai funcionar, né?
    Hahahahaha

    Abraço, querido.

  • Eduardo Santos diz: 30 de novembro de 2007

    Qual é David, tá enrolando demais.
    Deixa ela escapar desta e usar sua faca
    mais algumas vezes! um abraço.

  • Dioni diz: 29 de novembro de 2007

    Davizinho dando duas no mesmo dia??? hahaha
    será que vai conseguir mais uma??

    ps.: estou falando dos capitulos seus maliciosos…

  • Juliana diz: 29 de novembro de 2007

    Falta de educação mexer na bolsa de uma mulher! HAHAHAHA

  • MÁRIO BORDIN diz: 29 de novembro de 2007

    Ela sem perceber trocou de bolsa!….
    não tem nada que a comprometa dentro da bolsa!

  • Aline diz: 2 de dezembro de 2007

    Definitivamente. Uma borboleta.

Envie seu Comentário