Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Escolha o melhor final: História do Seu Camilo

29 de outubro de 2009 177

“Seu Camilo

A equipe de Blog, liderada pela editora-executiva interina Ariane Jorej, escolheu três finais para a história do Seu Camilo. Você, leitor, votará para decidir quem é o vencedor. Que ganhará um novíssimo exemplar de “A Cantada Infalível e A Mulher do Centroavante”, livro que lançarei no dia 6, às 19h30, na Feira.

Votem fazendo comentários neste post”

Continuação de Rafael Dadia

Não podia ser possível. Depois de 35 anos de casado, destinado apenas a uma mulher, sua amada e dedicada Lúcia, Seu Camilo se via entregue à fulgurante vontade de satisfazer a lascívia de seus instintos adormecidos. Uma inconteste sensação de prazer efêmero. Sozinho, ali, com aquela ninfeta.

Marina vestia um sumário vestidinho (sim, pois era uma cálida tarde de verão). Daqueles vestidinhos que a mulher ergue os braços para cima e o deixa despencar lisamente pelo seu corpo até encontrar os ombros. E Seu Camilo não resistiu. Sem que Marina pudesse ter reação, tascou-lhe um beijo suculento. Marina afastou-lhe de perto dela, olhou bem no fundo dos olhos e sussurrou:

- Me possua, Prof. Camilo!

Seu Camilo partiu para cima dela, jogando seus livros no chão. Apalpou-a com entusiasmo levantando-lhe o vestidinho. Deitou-a no sofá, mordiscou-lhe os tenros seios e alisou as lindas, grossas e torneadas coxas. Beijou seus lindos pés, com unhas francesinhas metodicamente bem feitas, e… balbuciando disse:

- O, o, olá, Marina! Como vai? Vamos entrando.

Pois é. Seu Camilo caiu em si após os devaneios, e enquanto Marina foi entrando, pensava na sua amada Lúcia e na triste realidade de que não daria conta daquela mulher díspar à sua frente. Pensou também que já estava na hora de repensar sua vida e deixá-la mais colorida. Hoje, Seu Camilo não levanta mais pontualmente às 6h15min. Quer dizer, ao menos duas vezes por semana, fora o sábado, quando ele e Dona Lúcia vão dormir mais tarde. E também as quartas-feiras não servem mais só para testar a iluminação. Seu Camilo aposentou as chaves do armário e providenciou um globo colorido para o teto do seu quarto.

É isso aí. Num casamento as coisas esfriam e se perde o foco se não mantê-lo acesso. Pode-se dar uma apimentada no relacionamento em Paris ou em Capão da Canoa. O que importa é valer-se de tudo, com ou sem dinheiro, mas com criatividade. Assim como no futebol, onde há clubes que contam com estrutura e gerenciamento sólidos, pensamento empreendedor, sabem vender, sabem comprar, e estão sempre apimentando o relacionamento com a torcida; e já há outros, sem dinheiro, sem direção, que necessitam da prata da casa para manter-se com honra, prataria essa que depois é exportada de graça para a Europa.

Continuação de Gabriel Nonino

Marina com seu andar malevolente, e seu olhar de fera, permaneceu na frente de Seu Camilo por no mínimo 15 minutos, um silêncio assustador do qual Seu Camilo não ousou interromper. Até que dos lábios carnudos de marina sai um simplório e encantador:

- Oi

Foi o bastante para Seu Camilo desmoronar, todo o seu senso de o que era certo e o que era errado se foi como uma pluma em um vento refrescante de verão. Então se ruborizou, e ficava cada vez mais vermelho com uma raiva, ódio, cólera, de si mesmo. Emitiu um:

-Oi

Um oi ríspido e colérico oi, percebendo então o que fez tentou melhorar a entonação:

-Você deve ser Marina?

Ela então respondeu com o cenho confuso:

-Sim

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah! Que sim, não era possível que a cada palavra que Marina emitiria, essa sensação de gozo contínuo iria inundar seu corpo. Mas não. Ele tinha que se conter, era um homem de 37 anos, tinha mulher, filhos, tinha uma rotina, tinha uma obrigação a seguir. Sendo extremamente profissional falou:

-Vamos marcar então os horários para as aulas?

Marina balançou a cabeça em sinal de sim. Seu Camilo ofereceu lugar na mesa, Marina sentou e cruzou suas lindas e fogosas pernas, das quais se podiam ver, pois estava com uma mini-saia, beeeem mini, poderia se dizer que era uma micro-saia.

Marina era a Scarlet Johansson brasileira, com lábios de Angelina Jolie, e coxas de Jennifer Aniston. Seu Camilo, não conseguia resistir a ela, principalmente quando ela se curvou para frente para ver os horários na agenda de Seu Camilo. Através de seu decote, transpareceu seus seios de Scarlet Johansson. Seu Camilo, quase teve uma ereção em plena conversa.

Ficou marcado então que todas as segundas, quartas e sextas Marina iria ás 15h na casa de Seu Camilo. Ela seria a única aluna por 1 semanas, Seu Camilo, pela primeira vez quebrara algo em sua rotina, ao invés de 3 iria ter apenas uma aluna, e que aluna. Em uma coincidência absurda sua esposa ficaria fora por 1 semana. 1 semana de pura tortura. 1 semana de pura sensualidade. 1 semana de virgindade – Marina era virgem, Seu Camilo sabia disso, a virgindade de Marina emanava por suas têmporas.

Seu Camilo passou o fim-de-semana inteiro pensando nela, era Marina no café, Marina no almoço, Marina na tv, Marina no chimarrão, Marina até nos livros que Seu Camilo tanto amava.

Chegou então a tão esperada Segunda-feira. Primeira aula de Marina, ela entrou sorridente com seus cadernos na mão e suas pernas mais uma vez a mostra, só que desta vez com um shortinho, mas de novo, beeeeem curtinho, do jeito que todos nós – homens – gostamos. A cada minuto que se passava era uma tortura para Seu Camilo, ele não agüentava mais aquele cruzar, e des-cruzar de pernas de Marina, tinha vontade de pular nela e não soltar nunca mais. Já Marina mostrava adorar a aula, fazia perguntas, escrevia, ria, aaaaah, como ela estava gostando de Seu Camilo. No fim da aula Marina falou:

- Muuuuuito obrigada Seu Camilo, nunca pensei que literatura fosse tão bom. É tãããão mais legal aprender contigo.

E Abraçou Seu Camilo, nas pontas dos pés, fazendo com que seu traseiro arrebitasse, e seus seios encostassem em Seu Camilo. “AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH. NÃO, NÃO, NÃO E NÃO”. Era o que Seu Camilo pensava. Ele tinha uma rotina, amava sua esposa, e seus filhos, não podia agora apaixonar-se por uma menina. Então prometeu para si mesmo que da próxima vez iria cortar Marina. Iria ser curto e groso.

Chegou quarta-feira, a aula foi como Seu Camilo queria: Quando Marina se engraçava, Seu Camilo já a cortava. Mas isso não bastou. Seu Camilo cometeu o erro de julgar Marina como uma menina inocente, e fraca, mas não, Marina era uma ninfeta safada, e persistente seu objetivo era ter Seu Camilo e não descansaria até conseguir, prometeu para si mesmo que sexta-feira iria ao clímax de seu plano.

Sexta-feira chega. Sexta-feira é um dia bonito, já diz até no nome Sexta-feira. É quando os amigos se reúnem no bar após o trabalho para conversar, falar de futebol, mulher e etc. Sexta é o dia da alforria, o dia em que todos estão felizes, por terem como próximo dia o sábado.

Para Seu Camilo. Não. Sexta-feira queria dizer mais um dia de tortura, mais um dia que iria contrariar seus malditos instintos de homem. Marina entrou na sala, com uma de suas maravilhosas “micro-saias”. Mas nela tinha uma surpresa para Seu Camilo: Ela estava sem calcinha. Sentou-se em sua classe, e cruzou as penas. PRONTO! Na primeira cruzada de pernas Seu Camilo já percebeu, ficou vermelho, muito vermelho, muito, muito, muuuito vermelho. Marina percebeu, levantou-se da classe e caminhou em direção a Seu Camilo. Que estava engolindo sua saliva como se fosse um oásis em um deserto, seu coração não batia, seu coração bombardeava, e em suas pernas um volume subia. Em sua cabeça passou sua vida inteira – o que não foi bom – pois aí ele percebeu que nunca tinha provado nenhuma outra mulher além de Dona Lúcia, e agora tinha logo Marina para provar. Era como se uma pessoa passasse a vida inteira comendo tofu, e de repente oferecem a ela um filé mignon.

Marina então percebendo que ele iria se entregar, abriu as pernas e sentou-se em seu colo. Beijou-o na boca, com um beijo, fogoso, como se uma lava incandescente invadisse uma geleira, e descongelasse todos os pólos do nosso planeta. Tirou sua camisa, e finalmente desprendeu o cinto de Seu Camilo. Seu sexo roçava no dele, ela cavalgava nele e dava nítidos gemidos, até chegar ao êxtase do momento, ao gozo. Seu Camilo gozou, gozou como nunca tinha gozado na vida. E Marina em seu orgasmo, gritou, gritou, gritou muito e começou a rir, de alegria, de triunfo. Foi para o lado. Pegou suas roupas se vestiu e foi embora. Deixando Seu Camilo ali no nada, a ruína, Marina despedaçará Seu Camilo. Ele nunca mais foi o mesmo depois de se deleitar com Marina. Agora não tinha mais rotina, levantava cada dia em uma hora, almoçava em horários diferentes, sempre dava uma desculpa para a mulher quando eles iam escolher lâmpadas, o que levou ao divórcio e a ruína de Seu Camilo. Ele nunca esqueceu Marina, e sempre, sempre, sempre, sempre imaginou o dia, em que Marina bateria em sua porta, e cairia em seus braços, para outro gozo infinito.

Continuação de Marcelo Carvalho

E ao abrir a porta por ele passou Marina, despojada e inquieta, e logo após adentrar a sala foi tirando o casaco e passando as mãos pelos cabelos para deixá-los soltos. Tinha o olhar traiçoeiro, aquele que procura e analisa tudo a sua volta. Seu olhar passou em revista as paredes, as escadas e encontrou com Seu Camilo, prostrado na sua frente, com os olhos arregalados. Ele tentava compreender porque a havia deixado entrar.

Não tiveram tempo para maiores conversas, pois logo após Marina jogar a bolsa sobre o sofá, a campainha tocou anunciando a chegada dos outros dois alunos, que completaram a turma de três. Afinal, Seu Camilo dava aula sempre para três alunos, nunca mais do que três e nunca menos que três.

Sentiu a situação minorar com a chegada dos garotos. Previu a volta da normalidade, mas não a teve. Descobriu enquanto tentava ministrar sua aula, que o pior pesadelo de um homem pode se chamar mulher. Uma mulher com corpo de menina, com o sorriso de criança e o olhar que enfeitiça. E assim era Marina, a dona do perfume que o deixava inquieto. Sem perceber sua vida deixava de ser tão igual.

As aulas eram dadas três vezes na semana e na terceira asseverou-se que não era mais o mesmo. Dia desses acordou em meio a madrugada e foi até a sala onde guardava as lâmpadas e imaginou qual cor usaria com aquela garota. Sem sono, lembrou que Marina insistia em vir de mini-saia mesmo após ter solicitado que ela não usasse roupa tão curta. Argumentou que os outros rapazes não conseguiam se concentrar na aula, mas quem não conseguia se manter concentrado era ele próprio.

Pensou em desejar a morte se Eros fosse, mas diferente deste ele não desejou a morte, passou a desejar o corpo de Marina, sua boca e seu toque. Fitando as curvas do corpo de Marina via em cada uma um segredo. Romanceava nas entranhas do seu ser encontros proibidos, esses que são despertados pela libido. A vontade de tê-la o enfraquece e atormenta, tem a certeza que quando as aulas acabarem ou quando sua esposa voltar vai ter de volta o marasmo.

O costume de acordar sempre no mesmo horário, perdeu. Agora tem acordado em meio a madrugada suando e destemperado. Observou que a menina flerta com um dos alunos e se enfureceu de inveja. Seu Camilo não tinha mais o controle de seu corpo, de sua aula e de suas vontades.

Já não era mais um homem metódico tanto que, ao chegar às aulas da segunda semana, teve medo de se deixar levar pelo desejo e perder a razão. Se a libido ordenava que a possuísse, ou tentasse possuir Marina, a razão o fazia desistir. Por isso desejou muito ser além de comedido, também pusilânime.

Tocou com a mão no bolso direito da calça e não achou as chaves que sempre estavam ali. Sempre se intrigava quando Marina demorava, ao dizer que ia ao banheiro. Ela era muito bisbilhoteira. Tomado de susto pela ausência das chaves pensou em ir atrás de sua aluna, mas decidiu esperar mais alguns minutos. Desesperado com a demora, foi até a sala e encontrou a garota com algumas lâmpadas nas mãos. Tocava, olhava e nem percebeu a presença de Seu Camilo. Os alunos já haviam ido embora. A garota estava ainda mais sensual, temeu perder os sentidos. Num golpe de reflexo fechou a porta e praticamente expulsou a menina da sala e da casa. Depois saiu a caminhar pela cidade sem destino, como nunca havia feito antes, e entrou num bordel.

Estava com o corpo quente, sentia-se tremulo e entregue aos desejos. Achou uma garota parecida com Marina e a levou para o quarto. Fez amor como há tempos não fazia. Na verdade não fez amor, fez sexo, deixou tudo o que estava preso dentro de si aflorar, vencido pelo tesão possuiu sua ninfeta sem pudores. Após o banho voltou para casa. Desejou jogar todas as lâmpadas fora, mas temia não saber o que explicar à sua esposa.

Praticamente passou a noite acordado, querendo saber se todos aqueles anos tão regrados não foram tempos perdidos. Tentava descobrir se o que fizera era certo ou errado, mas adormeceu tranquilo e em paz, consigo mesmo, afinal não tinha mantido relações carnais com sua aluna, estava livre desse pecado.

Depois daquela noite, contrariando todas expectativas, a vida de Seu Camilo mudou.

Postado por David Coimbra

Comentários (177)

  • Natália Z.K. diz: 29 de outubro de 2009

    GABRIEL NONINO sem dúvida alguma !!

  • Machiavel diz: 29 de outubro de 2009

    David, a maioria dos teus leitorinhos entra no teu blog para se divertir. Porém, quando abres um concurso de pequenas crônicas acho que deves colocar regras mais definidas para o dito, a fim de que todo mundo goze de forma igual.Dar uma foda em 5 ou 7 linhas é bem melhor do que em 2. Vai ter mais uis e ais apimentando a sacanagem, não é verdade?

  • Henriquee diz: 29 de outubro de 2009

    Notem, Gabriel Nonino é o melhor

  • Luiz Felipe Matzenbacher diz: 30 de outubro de 2009

    Quer saber? Não gostei desse treco de outro continuar a história.
    Abraço.

  • Vanessa diz: 30 de outubro de 2009

    gabriel nonino, texto quase perfeito!

  • Marina Brum Marquetto diz: 30 de outubro de 2009

    voto no Marcelo Carvalho, muito bom o fnal dele…

  • Angelo Marcos Dorigo diz: 29 de outubro de 2009

    Parabenizo e voto em Rafael Dadia, visto a boa redação do texto, sua sensibilidade e maestria em abordar com equilíbrio os temas por ele propostos para a elaboração deste final e, principalmente, por ter cotejado os temas mulher, sexo e futebol, seguido, assim, as belas construções de David Coimbra.

  • Vinicius Kirsch diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino

  • Marcelo diz: 30 de outubro de 2009

    Meu xará Marcelo Carvalho, sem dúvida!

  • josé de alencar souza da silva diz: 29 de outubro de 2009

    FICA AUTUORI.FICA DUDA KROEFF.

  • Felipe diz: 29 de outubro de 2009

    Gostei mais da versão do Gabriel Nonino, ainda que lembre o final da história da Jô (o qual não gostei..). Em segundo lugar, o final do Rafael Dadia.

    :)

  • Felipe Rodrigues dos Santos diz: 29 de outubro de 2009

    Rafael Dadia.

    Mas o meu texto era melhor. =/

  • Raquel diz: 30 de outubro de 2009

    O primeiro final, de Rafael Dadia, me fez rir na leitrua do início do texto.. “Me possu”
    O segundo final, de Gabriel Nonino, foi realmente a visao masculina da estoria, especialmente na parte em que o autor não se apegou a detalhes, exemplo: como o Seu Camilo pode ter 37 anos de idade e 35 anos de casamento, então ele casou-se com 2 aninhos? precoce esse menino… além do q a Jennifer Aniston é beem magrinha..
    e quanto ao terceiro texto, parece ser o mais realista. meu voto é para o 3º

  • Abelardo diz: 30 de outubro de 2009

    Só o do Gabriel Nonino, deu um desfecho que Seu Camilo merecia. Voto nele

  • José Leonardo Guerra Maranhão Bezerra diz: 30 de outubro de 2009

    Prezado Sr. 1) O Rio Grande do Norte pode até ficar um pouco distante do Rio Grande do Sul, mas o BLOG http://www.musicadogol.blogspot.com viajou até o solo gaúcho.2) A viagem foi virtual, ou seja, já está na página do BLOG a homenagem a BAGÉ, bem como a todo o povo gaúcho.3)Você está convidado a visitar o BLOG que tem até chimarrão, mas está faltando churrasco ( risos ).4)Acesse e veja. O endereço é http://www.musicadogol.blogspot.com 5)Rio Grande do Norte e do Sul: dois Rios Grandes e um só coração.

  • Rogério diz: 29 de outubro de 2009

    marcelo Carvalho

  • Betânia Carvalho diz: 30 de outubro de 2009

    Sou suspeita pq sou irmã, mas como não votar no Marcelo Carvalho como melhor texto.
    Marcelo Carvalho
    Abraços

  • Elen Petter diz: 30 de outubro de 2009

    Certo que voto no Marcelo Carvalho!!

  • JOSIAS diz: 29 de outubro de 2009

    FICA MÁRIO SÉRGIO. FICA FERNANDO CARVALHO.

  • Rosana Peres diz: 29 de outubro de 2009

    David, eu voto no final do Rafael Dadia, muito legal. Bjs

  • Machiavel diz: 30 de outubro de 2009

    Lamento, mas tenho que mudar meu voto de novo. Tô votando no texto do Eduardo das 11h02min. Explico: não li o texto dele porque o mesmo não foi publicado pela diretoria do David. Mas mesmo não lendo, sei que o texto dele é melhor do que o do Marcelo, Gabriel e Rafael porque para ser melhor do que esses aí não precisa muito esforço.Aliás, tô até achando que a diretoria do David tem afilhados por esse rincão afora. Estaremos de olho nos próximos concursos.Acho que o pau vai rolar!Fui…………..

  • Higor Machado Colares diz: 30 de outubro de 2009

    Meu voto vai para o segundo, Gabriel Nonino, apesar do primeiro começar melhor desvirtuou o seu final misturando futebol que não esta no contesto da historia.
    Interessante o texto 1 ser escolhido pela editora sendo que esta claro que o seu final é de um colorado querendo fazer chacota com os gremistas não tendo nada a ver com a idéia proposta.

  • Márcio diz: 30 de outubro de 2009

    gabriel nonino, final picaaante!

  • Geraldo diz: 30 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino, devido sua trama envolvente

  • Teixeira diz: 30 de outubro de 2009

    meu voto vai para o…. Gabriel Nonino!

  • Eric diz: 30 de outubro de 2009

    Rafael com certeza… o final perfeito pra história.

  • Gisele Souza e Silva diz: 29 de outubro de 2009

    MARCELO CARVALHO – melhor final disparado!!!!!!

  • Karina diz: 29 de outubro de 2009

    Voto em Marcelo Carvalho.

  • Deise diz: 30 de outubro de 2009

    Voto no Marcelo Carvalho, melhor final.

  • Rodrigo diz: 30 de outubro de 2009

    Gostei muito do Rafael Dadia, pra mim um otimo texto, abordando nem só a historia como o futebol, parecido com o do david, esse é fã.
    Interessante, apenas homens escolhidos, prova que imaginação do que fazer com mulheres é bem masculino.

    abraços

  • Mauren diz: 30 de outubro de 2009

    Gostei do final do Rafael D.

  • Daiani de Souza Wtodarski diz: 30 de outubro de 2009

    Com Certeza é o melhor final!!!!!

  • Rafael diz: 29 de outubro de 2009

    gabriel nonino bom final

  • Pedro Garcia diz: 29 de outubro de 2009

    Com certeza Gabriel Nonino. Uma bela continuação, excelente texto.

  • Jeruza diz: 30 de outubro de 2009

    Apesar do final…
    Gabriel Nonino!

  • Júnior diz: 30 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho

    Abraço

  • Julio Cesar von Eggert diz: 30 de outubro de 2009

    Achei melhor o final do Marcelo Carvalho!! Abraços

  • Nikoly diz: 30 de outubro de 2009

    Será que só homens enviaram um final pra essa história?
    Só pode, tudo termina em sexo!
    Mas o 3° foi melhor, na verdade ficou ótimo!
    Voto no Marcelo Carvalho.

  • Fábio diz: 30 de outubro de 2009

    Voto no final escrito pelo Marcelo Carvalho.

  • Camila diz: 30 de outubro de 2009

    Gostei do Rafael Dadia.:)

  • Flávia diz: 30 de outubro de 2009

    O final do Marcelo Carvalho é o melhor de todos!

  • Daiani de Souza Wtodarski diz: 30 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho com certeza o melhor final!!

  • Maria Tereza diz: 30 de outubro de 2009

    MARCELO CARVALHO ESCREVEU O MELHOR FINAL, APESAR DE MEIO LONGO, CONSEGUIU PRENDER MINHA ATENÇÃO ATÉ O FIM. GOSTEI!

  • Ellen Flávia diz: 30 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino. Texto envolvente, muito bom, parabéns!

  • anonimo diz: 30 de outubro de 2009

    Voto no Rafael Dadia… conseguiu manter a “lógica” do David ao fazer o paralelo com o futebol, e a mensagem transmitida no texto ficou muito boa.
    Aos demais, também dou os parabéns, apesar de que, ao Gabriel Nonino, eu diria que prefiro as coxas da Jennifer Lopes às da Jennifer Aniston!! ;-)

  • Eduardo diz: 30 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino foi o menos pior. Não sabe lidar com vírgulas e foi desatento com os detalhes da historia, embora neste quesito tenha sido ligeiramente melhor que os demais. Acho que o pessoal escolheu mal os finalistas. Pareceu que o unico critério de escolha foi o tamanho do texto. O que eu enviei, apesar de um pouco grande, foi muito melhor que qualquer um destes três – quem quiser, pode me manda um e-mail que eu envio! Nenhum dos finalistas resolveu o mistério das lâmpadas, muito sem graça.

  • Angélica Müller diz: 30 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho. O desenrolar da história ficou bem interessante. Parabéns.

  • Camila diz: 30 de outubro de 2009

    Sinceramente? Nenhum me surpreendeu. Mas entre os três, fico com o terceiro; bem escrito, atento aos detalhes e original (ou seja: sem se perder na história iniciada pelo David e sem tentar imitá-lo). Mas eu esperava mais…

  • Rosana diz: 29 de outubro de 2009

    Voto em Marcelo Carvalho!

  • El Loco diz: 30 de outubro de 2009

    O Machiavel, ve se bota uma mulher nesse corpo e sai da frente do pc que é só pra mostrar tua dor de cotovelo….FORA DUDA E CAMBADA!!!! voto no Rafael

  • Aline diz: 30 de outubro de 2009

    O Marcelo foi mais original, fui do comum, do imaginável. Adorei a forma que ele escreveu. Parabéns!

  • Aline Montes diz: 29 de outubro de 2009

    Voto em marcelo carvalho.

  • Odara diz: 29 de outubro de 2009

    Voto no Marcelo Carvalho. Muito bom o texto.

  • Daniel diz: 30 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino,

    Seu camilo tinha 37 anos e era casado há 35??
    então casou-se com 02 anos???
    por favor, preste atenção!

  • Fernanda Costa diz: 30 de outubro de 2009

    O melhor final é do Marcelo Carvalho.

  • Machiavel diz: 30 de outubro de 2009

    Um imita o David; outro diz que a Camila gozou muiiiiiiiiito no colo do Marino, um terceira idade de 37 anos; e outro tem até blog. É, o blog do David e seus diretores não está pra brincadeiras! Pode-se mudar o voto? Se pode, voto neles todos. Todos são incríveis!

  • Lucas diz: 30 de outubro de 2009

    GABRIEL NONINO É SHOW

  • Gisele diz: 30 de outubro de 2009

    gabriel nonino, espero que faças mais promoções como essa David

  • luis felipe fleck diz: 31 de outubro de 2009

    Pelo estilo fico com o Marcelo.

  • Pedro Luiz Scherer diz: 30 de outubro de 2009

    JESUS DO CÉU, POR FAVORRR MANDE UMA MARINA LINDA DESSAS PRA MIM.!!
    VOTO NO MARCELO CARVALHO, PUTA TEXTO!!!
    E DAVID, ESCREVE UM FINAL TEU TAMBÉM PRA GENTE!!!!

  • Machiavel diz: 30 de outubro de 2009

    Quero mudar o meu voto de novo. Veio a informação de que o Marcelo Carvalho escreveu um livro. Então ele é profissional. E, como profissional, escreve muito mal. Então, não voto nele. Voto nos outros dois. Isso se não aparecer até o final da votação um fato novo que me faça mudar de voto mais uma vez. Obrigado! Peço que me entendam, por favor!

  • elis diz: 31 de outubro de 2009

    A historia do Marcelo, é a melhor. A qualidade literaria do seu texto é superior, o enredo também. Parabéns!

  • Cristiana diz: 30 de outubro de 2009

    Com toda a certeza, o final do Marcelo Carvalho é o melhor!!!

  • Lauro Schwambach diz: 30 de outubro de 2009

    Meu deus do céu, só fico imaginando, Scarlett Johansson brasileira… Essa Marina Gabriel Nonino na cabeça, o final ta do jeito que o diabo gosta………

  • Julian Dalzoto diz: 30 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino. Parabéns !!!

  • Leonardo Dalcin diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel nonino concerteza, com seu texto envolvente ele consegue praticamente demonstrar a cena como espectador

  • Brunno Tricolor diz: 30 de outubro de 2009

    Rafael Dadia

  • gisa diz: 29 de outubro de 2009

    Voto no final idealizado por MARCELO CARVALHO, que apesar de longo, foi muito bem pensado…

  • José Paulo Weide diz: 30 de outubro de 2009

    Os três textos são bons, embora tenham dado muita atenção ao enredo e pouco ao final, oas detalhes. Achei o do Marcelo mais interessante em termos gerais, embora o do Gabriel tenha iniciado melhor. De lamentável apenas o choro do Eduardo.

  • cleber sana diz: 29 de outubro de 2009

    Eu voto no texto do Marcelo Carvalho, ficou no ponto, nem pendeu de mais pra lascívia, nem apressou o climax.

  • JOSIAS diz: 29 de outubro de 2009

    FICA MÁRIO SÉGIO. FICA TAISON AMARELÃO.

  • jose diz: 29 de outubro de 2009

    Rafael Dadia. O final é ótimo. Como GREMISTA tenho que conviver com a presente realidade.

  • marques diz: 29 de outubro de 2009

    Voto no Fernando Carvalho para continuar no inter em 2010.

  • moura diz: 29 de outubro de 2009

    voto no mário sérgio

  • Marlon Antonio Schuster Loch diz: 29 de outubro de 2009

    Eu voto em Marcelo Carvalho

  • rafael diz: 29 de outubro de 2009

    VOTO NO FERNANDO CARVALHO

  • gustavo tayeh diz: 29 de outubro de 2009

    o gabriel nonino foi o melhor sem dúvidas

  • Carla diz: 30 de outubro de 2009

    Eduardo, dor de cotovelo é pouco… Uma lástima!
    Sem dúvidas meu voto vai para o final idealizado pelo 3º concorrente, MARCELO CARVALHO, pois é o mais envolvente, original e sem tentativas frustradas imitar o mestre David.

  • Fernando diz: 30 de outubro de 2009

    gabriel nonino

  • Ricardo Pfeil diz: 29 de outubro de 2009

    a do Gabriel Nonino. Sem sombra de dúvida, a melhor de todas.

  • Gloria Avila diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino, o qual não é tão bom quanto eu – que não fiz o texto por atraso -, mas que fez um texto exelente!! E que agora compete parelho com dois textos muito bons, a nivel de jornalista.

  • Vinicius Callahari diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino

  • Ana Carolina Voges diz: 29 de outubro de 2009

    sem dúvidas, Gabriel Nonino! Continuação a nivel David Coimbra

  • Ana Carolina Voges diz: 29 de outubro de 2009

    sem dúvidas, Gabriel Nonino! Continuação a nivel David Coimbra

  • Renato Tadeu diz: 29 de outubro de 2009

    Com certeza Gabriel Nonino ,o texto tem todos os elementos excenciais

  • Rafael Peres diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel nonino.

  • Natália Z.K. diz: 29 de outubro de 2009

    GABRIEL NONINO

  • Alex Freitas diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto é para Rafael Dadia, que manteve o estilo do David, ainda mais terminando com metáfora de futebol. Os outros dois são bons também, mas o Gabriel enrolou muito e a estória acabou longa demais.

  • Marcus diz: 29 de outubro de 2009

    Com certeza a melhor continuação é a do Rafael Dadia. Desconfio até que seja um pseudônimo do David!

  • Maximiliano diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino

  • Fernanda Boticcelli diz: 29 de outubro de 2009

    gabriel nonino, sem dúvida

  • Adriano diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino, algumas falhas, mas foi o melhor texto

  • Eduardo diz: 29 de outubro de 2009

    Eu voto no final do GABRIEL NONINO. Como homem convicto, acho que era obrigatorio um final em que o Seu Camilo traçasse a aluna! Pena que ninguem desvendou o mistério das lâmpadas…

  • André diz: 29 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho

  • ÒPÁ TENÌOLÁ diz: 29 de outubro de 2009

    Gostei mais da continuação do grande poeta, escritor, dramaturgo MARCELO CARVALHO!!

  • Frederico diz: 30 de outubro de 2009

    1° para o gabriel nonino, 2° para o Rafael Dadia.O do Marcelo Carvalho, é muito ruim, além do mais ele tem até um livro, é vergonhoso…

  • Laura diz: 29 de outubro de 2009

    muuito bom , parabéns (:

    Gabriel Nonino

  • Walter Filipe diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino!

  • Felícia Silveira diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto vai para o Marcelo Carvalho.

  • Daniel diz: 29 de outubro de 2009

    O melhor é o do Marcelo Carvalho, sem dúvida. Aquele do Gabriel tá cheio de erros de pontuação e concordância.

  • josé de alencar souza da silva diz: 29 de outubro de 2009

    Eu voto no Duda Kroeff,FICA AUTUORI.

  • euzinha diz: 29 de outubro de 2009

    MARCELO CARVLAHO

  • antonio diz: 29 de outubro de 2009

    A do marcelo, os outros meio que apelaram para um tipo de conto “erótico”, o marcelo não, foi mais crônica, muito melhor parabéns!!!

  • Lucas Chimendes diz: 29 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho, pois não foge do foco do texto e também não diz coisas tão absurdas como o segundo.

  • Roger diz: 29 de outubro de 2009

    Rafael Dadia foi o mais legal, mais parecido com o texto do david. Concordo com a pessoa q disse q estão muito longos os textos, deveriam ser mais curtos.

  • Clarissa Selbach diz: 29 de outubro de 2009

    Rafael Dadia!!!
    Concordo que deve ser um pseudônimo do David!!!

  • Adriana Centeno diz: 29 de outubro de 2009

    Eu voto no final do Marcel oCarvalho, foi o melhor!!!

  • Júlia diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto é para o Marcelo.
    O Rafael tentou ser um David cover. O Gabriel foi muito feliz no começo quando descreveu tudo que Seu Camilo fez pra depois continuar o “O.. o.. olá!” mas o final foi vulgar (não que o David não seja as vezes também mas… voto no Marcelo de qualquer forma).

  • luiza lima diz: 29 de outubro de 2009

    Gente, disparado o melhor texto é o do Rafael Dadia. E votem por merecimento, ok! Só amigos votando, que sequer leram os textos, é sacanagem!!! Bjokas, David.

  • moreninha diz: 29 de outubro de 2009

    Bom! Estou votando no Marcelo Carvalho, mas acho que ele poderia ter caído nos braços de Marina, todo mundo tem desejos e alguma vez na vida satisfazê-los seria o máximo. Já pensaram em como a vida pode ser curta e não termos mais a oportunidade de volta? Ah não, seu Camilo deve aproveitar!

  • Ana diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto é para Marcelo Carvalho.

  • Fernanda Quevedo diz: 29 de outubro de 2009

    SEM DÚVIDA MARCELO CARVALHO

  • Mônica diz: 29 de outubro de 2009

    Gostei do texto Gabriel Nonino, só o vacilo dele ter colocado que Seu Camilo tinha 37 anos, e o final eu preferia que ele tivesse continuado com sua esposa, que Marina tivesse “servido” pra tornar sua vida menos regrada, mas que continuasse com sua esposa, e que o relacionamento deles tivesse melhorado dps de Marina.
    Segundo lugar Marcelo Carvalho.

  • leonel bahia dias diz: 29 de outubro de 2009

    Voto na continuação do Marcelo Carvalho, me parece a unica das tres continuações que não tenta imitar o David.

  • Rose diz: 29 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho!sem sombra de dúvidas!

  • Sabrina Dullius diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto vai para Rafael Dadia. Muito bom o final dele!!!

  • Kendra diz: 29 de outubro de 2009

    MARCELO CARVALHO

  • PEDRO GIRARDI diz: 29 de outubro de 2009

    Boa tárde David,,,,,vamos trocar figurinhas digo (livros) dia 19 de novembro será lançado no shoping palladiun<<

  • Alexandre diz: 29 de outubro de 2009

    Voto no Marcelo Carvalho… mas estou realmente curioso para saber qual seria o teu desfecho David.

  • Gabriel diz: 29 de outubro de 2009

    Com certeza o melhor final é o do Rafael Dadia, esse tem meu voto.

  • May diz: 29 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho, melhor final.

  • Bruna diz: 29 de outubro de 2009

    Rafael Dadia

  • Veridiana diz: 29 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho.

  • Marcelo Carvalho diz: 29 de outubro de 2009

    Quero votar no Marcelo Carvalho

  • Thiago Santos diz: 29 de outubro de 2009

    Eu gostei muito do final do Marcelo Carvalho.

  • Giancarlo Garcia Maino diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto vai para Marcelo carvalho.

  • Athenaís diz: 29 de outubro de 2009

    Eu voto no Rafael.
    O Gabriel se perdeu tanto na história que chegou a dizer que o Camilo tinha 37 anos! (era casado a 35!, como o pessoal do blog não viu isso?) e a definição de certo e errado do final do texto do Marcelo fez ele perder meu voto.
    Felipe Rodrigues dos Santos eu tb acho que meu texto estava melhor…rsrsrsr… até desvendei as lâmpadas…heheheheh

  • Maicon Zulianello diz: 29 de outubro de 2009

    Rafael Dadia. Os outros parecem contos eróticos de revista barata de sacanagem.

  • Giancarlo Garcia Maino diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto vai para Mrcelo Carvalho.

  • josé de alencar souza da silva diz: 29 de outubro de 2009

    VOTO NO FRANGAÇO DO VÍTOR NO GRE-NAL BOLA MURCHA DO ANO.

  • Natasha diz: 29 de outubro de 2009

    MARCELO CARVALHO!!!

  • Bárbara diz: 29 de outubro de 2009

    Com certeza, Marcelo Carvalho!!!

  • Carlos Eduardo Cunha diz: 29 de outubro de 2009

    Voto no Marcelo Carvalho, porque acompanho os textos no site do cara – wwww.marcelocarvalho.net e já li o 1º livro que ele recentemente lançou… RECOMENDO!

  • Bárbara diz: 29 de outubro de 2009

    gabriel nonino, do jeito que eu gosto

  • Maira diz: 29 de outubro de 2009

    O Texto não era para ser curtinho?
    cronicas longas assim ninguem tem saco para ler.

  • Isabel Castro diz: 29 de outubro de 2009

    Gostei mais da continuação de Marcelo Carvalho.

  • Robson Torres diz: 29 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho, baita escritor.

  • Fabiano diz: 29 de outubro de 2009

    gabriel nonino, os outros estavam bom também, mas só o dele mostrou o que eu queria que acontecesse.

  • Bruna diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino, com certeza!

  • Felipe diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto é para Rafael Dadia.

  • Vinicius Fernandes diz: 29 de outubro de 2009

    Bom meu voto vai para o texto de Marcelo Carvalho, pois axei muito boa a continuação do texto merece receber votos parabens!

  • airton duarte diz: 29 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho é o melhor com certeza.

    abraço!

  • Caroline Moreira diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto é no Marcelo Carvalho.

  • Aline diz: 29 de outubro de 2009

    Bahhh, certo que é o Gabriel Nonino !!!!
    MUITO BOM O FINAL!!!!

  • Carla diz: 29 de outubro de 2009

    Voto no final escrito por MARCELO CARVALHO, ainda que longo, foi bem pensado…

  • Rodrigo diz: 29 de outubro de 2009

    O final do Rafael Dadia é o melhor. Conciso e bem escrito.

  • Flavio Fabres diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino, sem dúvidas!

  • Maria diz: 29 de outubro de 2009

    Sinceramente, não gostei de nenhum! Achei que algum poderia ter feito Seu Camilo não se render a vagaba da Marina e lembrar-se que seu amor pela esposa é maior que a vontade de sair da rotina com uma ninfeta. Não sei, mas acho que David daria um final mais surpreendente e melhor. Meu voto não vai pra ninguém.

  • Lucicleia Souza diz: 29 de outubro de 2009

    Voto no Marcelo Carvalho, seu estilo fugiu
    um pouco do David, achei mais original.
    Beijos

  • Guilherme diz: 29 de outubro de 2009

    Estou neste blog pra ler David, e o que mais chegou perto do estilo foi o Rafael.

  • vitoria diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino, com certeza

  • Natália Fonseca diz: 29 de outubro de 2009

    Eu voto na história do Rafael Dadia.

  • Marlon diz: 29 de outubro de 2009

    Com certeza a do Rafael, a segunda crônica o cara se perdeu muito e a terceira foi bem fraquinha.

  • josé de alencar souza da silva diz: 29 de outubro de 2009

    Eu voto no Duda Kroeff,FICA AUTUORI.

  • Fernando diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino foi a melhor!

  • Deborah diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto vai prá o Marcelo Carvalho!
    Beijocas.

  • Valéria diz: 29 de outubro de 2009

    Meu voto vai para marcelo carvalho! muito envolvente e de muito bom gosto!

  • Fernando diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino foi a melhor!

  • Nicolas Apooh diz: 29 de outubro de 2009

    Com toda certeza e continuação do Gabriel Nonino é a melhor, foi muito bem escreta.Parabés

  • Fernando diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino a melhor!

  • João Lucas diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino

  • Abel Vargas diz: 29 de outubro de 2009

    gabriel nonino melhor final

  • josé de alencar souza da silva diz: 29 de outubro de 2009

    Voto no Marcelo Carvalho.

  • Pedro L. Rossi diz: 29 de outubro de 2009

    Rafael Dadia.Grande final.

  • Cristiane Klamt Kuhn diz: 29 de outubro de 2009

    Final de Rafael Dadia.

  • Machiavel diz: 29 de outubro de 2009

    Marcelo Carvalho. Um pouco longa, mas a melhor.

  • maicon diz: 29 de outubro de 2009

    VOTO NO WASHINGTON.

  • Patrícia diz: 29 de outubro de 2009

    Adorei o final do Rafael!! Amável! Sensibilidade e acidez na medida!

  • Marcelo Machado diz: 30 de outubro de 2009

    Final do Marcelo Carvalho

  • pedro diz: 30 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino

  • Juliano Silvy diz: 30 de outubro de 2009

    Meu voto vai para o Marcelo Carvalho que foi muito feliz no final da história e não se perdeu no contexto.
    Parabens !!

  • Pedro Ivo Silva Terra diz: 30 de outubro de 2009

    Rafael Dadia sem dúvidas!
    Muito bom.

  • Everton Zandoná diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino, sem duvidas, um verdadeiro escritor, realmente um ótimo final. Ele é o cara.

  • Bruna Ohanna diz: 29 de outubro de 2009

    Gabriel Nonino!

  • ROQUE diz: 29 de outubro de 2009

    VOTO NO WASHINGTON

  • Mônica diz: 29 de outubro de 2009

    David, depois faz um final seu.
    beijo

  • Tatiane França diz: 29 de outubro de 2009

    O final do Rafael Dadia ficou lindo!!! Maduro, picante, sensível e real! Ah, ele não é o pseudônimo do David, eu o conheço bem de pertinho…

Envie seu Comentário