Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Quem fracassa e quem vence?

05 de julho de 2010 83

Alguns leitores se enfureceram com o post sobre o fracasso da Seleção. Tenho explicado que essa opinião, a de que a Seleção é um fracasso, não é a minha opinião; é a de Dunga.

Vou contar uma historinha para esclarecer os mais confusos:

Há não muito tempo atrás, Dunga participou de uma entrevista no Painel RBS.

Eu era um dos entrevistadores.

A folhas tantas, alguém comentou sobre a Seleção de 94. Dunga exaltou o trabalho feito naquele ano, tudo bem. Então, fiz uma intervenção: disse que, às vezes, todo o trabalho é bem feito, mas não obtém vitória por um detalhe. São 32 seleções, só uma é campeã. Isso não quer dizer que as outras 31 sejam derrotadas, certo?

Errado.

Dunga se enfureceu. Começou a enumerar as vitórias do que chamou de sua geração, comparou-as com a geração de 82, uma geração que, segundo ele, não ganhou nada.

Surpreendi-me com a reação de Dunga, tentei explicar que não estava questionando a geração dele, mas apenas refletindo que nem sempre um time que perde é derrotado. Por exemplo, a Seleção de 82…

Para quê! Aí sim que Dunga ficou irritado. Repetia a sua argumentação e ironizava:

– Será que tu entendes? Vou explicar de novo: será que tu entendes? – e enumerava as façanhas da sua geração.

Eu entendia, só não concordava. Mas me recolhi ao meu papel de entrevistador e não segui debatendo. Só restei intrigado: por que tanta ferocidade na defesa de uma seleção que não ataquei e no ataque de uma seleção que nem precisaria ser defendida? Eu não estava comparando a Seleção de 94 com a de 82, mas Dunga achou que sim, e saiu do sério.

Compreendi que era a ideologia de Dunga: ou você vence, ou é derrotado sem apelação. Ele mesmo passou esta Copa repetindo isso: “Eu gosto é de ganhar, o bonito é ganhar…”

Bem, a Seleção dele perdeu. O que me deixa num impasse: segundo Dunga, sua Seleção é derrotada, e ele também? Ou, agora, segundo Dunga, a de 82 não é derrotada?

Quem está certo? O Dunga de agora, que ressalta o que fez de correto? Ou o de meses atrás, que não admitia acerto na Seleção de 82?

Gostaria que Dunga e dunguistas resolvessem essa questão para mim.
Porque, pelos meus critérios, a Seleção de 82 foi vitoriosa, e essa, de 2010, embora tenha sido apenas mediana, não se pode dizer que foi um vexame. Mas essa é a minha opinião. E a dos dunguistas, qual será? Estarão eles redimindo a Seleção de 82?

Espero que sim.

Comentários (83)

  • Flávio diz: 5 de julho de 2010

    Claro que tu tava comparando as seleções, só te escondeu atrás da tua maravilhosa retórica…

  • Otavio Campos diz: 5 de julho de 2010

    Caro David.

    Lamentavelmente alguns Gaúchos é Gaúchas se sentem na obrigação de proteger o Dunga, só porque nasceu no Sul.

    Também tenho orgulho de pertencer aos pampas, mas não por isso vou defender atitudes que não concordo.

    Mas tem um ponto positivo nisto tudo, um motivo para assistir esta copa……que se chama URUGUAY.

  • Rogério C. de Abreu diz: 5 de julho de 2010

    Tu és mesmo um fanfarrão.
    Acho que tu nascestes na Argentina…
    Imprensa de m…

  • João Carlos Chaves diz: 5 de julho de 2010

    Time que disputa duas vezes a segunda divisão, nunca mais será time grande.
    Fora gremistada. Fora David, fora irmãos Benfica.
    Não aguentamos mais vocês.

  • Ricardo B. Boff diz: 5 de julho de 2010

    Talvez vitória e derrota sejam conceitos relativos…

    O Paraguay pode ser considerado um time vitorioso em 2010. O Brasil, não.

    Já sobre 82, eu nem era nascido, então prefiro não comentar.

    Mas sim, é possível ser vencedor sem ser campeão, em alguns casos.

  • Carlos Mizaqui diz: 5 de julho de 2010

    Cara, quanto recalque. O Dunga deu a cara a tapa. Orgulhou o Brasil ao não se conformar com os mandos e desmandos da CBF e da Globo. Não é um jornalista escondido dentro de blogs e edição de jornal gremista; (pseudo) jornalista que tenta agora pateticamente encontrar razão numa coisa completamente sem sentido de se discutir. Teus problemas pessoais com o Capitão do Tetra não interessam ao povo gaúcho.

    Dunga venceu em honra e hombridade. De resto, o esporte, ganhando ou perdendo, não deixa de ser apenas um esporte. Ser vencedor, indiscutivelmente, é ter caráter! E, quanto a isso, Dunga deu uma lição para o país…

    Valeu, Capitão!

  • Andre diz: 5 de julho de 2010

    Se o Parreira tivesse perdido a copa de 94, teriam feito as mesmas acusações contra ele. Felipão em 2002, idem, até porque ele também era turrão como o Dunga. Por dois gols de bobeira esta seleção esta fora e nunca saberemos até onde iria, se derrotaria a Espanha ou a Alemanha. A diferença é que esta seleção pegou um adversário melhor, errou no detalhe e perdeu. Perde-se por méritos do adversário e não entendo porque sempre que o Brasil sai de uma Copa se levanta tanta discussão e raiva.

  • Sandro diz: 5 de julho de 2010

    A Seleção de 82 pode ser comparada por sua qualidade com a de 70. Infelizmente não conquistou o título.. mas isto é do jogo.. enfim Dunga não sabe lidar com o debate, nem com opiniões contrárias, o mundo odeia o Dunga assim q ele vê o mundo.. na verdade o seu mundo..

  • Matheus diz: 5 de julho de 2010

    Fica dificil argumentar com vc, até porque vc publica só aquilo que te da vontade, qualquer ideologia ou argumentação seria contra tuas teorias são “moderadas”, vc lembrou do painel né? eu tambem lembrei, lembrei de cara, porque sei que toda esta tua magoa com o Dunga vem desde lá, mas o que tu fez, moderou meu comentario no post anterior, muito provavelmente te doeu na ferida, na linguagem do futebol “acusou o golpe” , e mesmo achando (agora com mais motivos) que a ultima palavra do meu comentario moderado anteriormente seja a a mais pura verdade, mesmo assim, não vou publicar novamente, porque é tudo que vc esta esperando para moderar este tambem. Vc desaprendeu a perder, tambem desaprendeu a ser questionado e infelismente pegou o pessimo costume de distorcer acontecimentos, mas vou ajudar aos menos avizados que por aqui chegarem, de que neste painel, que por sinal assisti na integra, vc se referiu a seleção de 82 como uma das melhores, inclusive a de 94 que foi campeã com um futebol pragmatico ( ou burocratico, algo do genero) mas eficiente, Dunga se defendeu do que imaginou ser uma conspiração sua, errando igualmente vc errava, porque na verdade todas as duas teve meritos, embora apenas uma tenha alcançado a vitória, vc provocou e teve sua provocação correspondida, foi só, mas pelo visto isso te machuca, provocações de machucam, a não ser quando elas partam de ti, ai não não tem problema algum

  • Nelson S diz: 5 de julho de 2010

    Quem fracassa é quem perde! Quem vence é quem ganha!!! Simples assim!! Este assunto pode render muitos comentários de seus leitores fiéis, mas – assim como o Dunga – depõe, sobremaneira, contra o tão já complexado povo gauchesco. Lendo os mais de 100 comentários do seu post que originou este, podemos aquilatar que o tal do orgulho de ser gaúcho só não é maior do que a ignorância dos mesmos. Ora, um cara que lê um site de jornal na rede, no mínimo, deve escrever corretamente. Não precisa ser um literato, mas – até por osmose- não deveria ser um analfabeto funcional! Mas, se encontramos 5 ou 6 comentários de gente culta e esclarecida, encontramos 50 de imbecis que nem concordancia verbal sabem…Ainda bem que este é um site regional e não global!

  • Andre diz: 5 de julho de 2010

    Entao tu esta disendo que quem aprova o Dunga eh contra a selecao de 82??? Estas generalizando ???

    A imprensa quando eh atacada na primeira oportunidade revida com toda a fúria, pois, se aproveita da sua posição. FALTA DE ÉTICA!!!

  • Everton R diz: 5 de julho de 2010

    Perda de tempo ficar se explicando. Mostra que você está inconformado com críticas que os internautas, desta terra sem lei, pontualmente apontam nos teus últimos posts. Creio que a África não lhe fez bem. Como jornalista deves informar sobre os fatos. Essa busca em impor opinião não cai bem para um cara de boa escrita, textos escorreitos e uma visão nova e particular de dizer as coisas. Esqueçamos a equipe de 82 e a de 2010. Passou. O povo brasileiro, que para você pode ser médio, em nenhuma de suas manifestações acusou a seleção de não representar devidamente o futebol brasileiro, afinal está composta deles. Talvez não os melhores, até concordo contigo, mas são opiniões. Ninguém garantiria que levando os aclamados pela mídia ganharíamos a Copa. É um esporte e ali, no campo de jogo, é onde se forma a disputa. Fora não adianta essa perda de tempo e destempero, principalmente por parte da imprensa. Gostaria de ver alguns desta classe no comando da seleção brasileira. Cada vez chego a conclusão de que a imprensa do Brasil passa por um colapso, uma falta de identidade, independência. Não a crítica pela crítica. Ou melhor, não à crítica pela crítica! Espero que no retorno a Porto Alegre você retorne também a sua antiga postura, não essa agressividade que anda postulando numa luta que ninguém saíra vencedor. Espero que, da mesma forma, entenda teus leitores, pois não somos alienados, pelo menos eu não me considero, e certamente há algo estranho, que parte de parte da imprensa contra a figura de um homem falível, que comete erros, de condutas até mesmo reprováveis, mas quem não erra? Só faz história que se expõe e coloca a cara para bater, esses são os verdadeiros homens! Por fim, não leve a mal essas minhas humildes palavras. Cresçamos juntos! Sempre há tempo… Forte abraço.

  • candido tiaraju diz: 5 de julho de 2010

    David, não tem comparação: a de 82 era uma Seleção que jogava para ganhar, por isso foi vencedora; a de 2010 uma Seleção que joga para não perder, por isso perdedora. E a de 1994 só ganhou porque tinha Romário, o Dunga foi um mero coadjuvante.
    Sou gaúcho, colorado, mas até que enfim acabaram todas as “Eras Dunga”. Mas o pior de tudo é que estamos entrando na “Era Celso Roth”… socorro!

  • daniel diz: 5 de julho de 2010

    Fogueira das Vaidades consome o futuro do Brasil!! Assim assistimos os donos da palavra travestidos de donos da verdade, elitistas de plantao a exclamar seu desprezo pelo povo ao repudiar a manifestacao popular. Dunga jamais esteve acima da critica, nem mesmo eh defendido por ser apenas gaucho, embora possam um ou outro comentarios seguir nesta direcao. Mas inverter o centro da discussao, serve como distracao para nao se discutir os verdadeiros problemas. A arrogancia e a soberba estao na moda, e os problemas nao se resolvem. Dunga nao eh perfeito, n precisa de defensores, mas merece respeito e tem passado vencedor. Nunca assisti tamanha campanha em atacar um individuo como vimos com este rapaz. Da critica seria e correta, assistimos deboche, ataques pessoais, ironias envolvendo familiares e tipo de vestimenta, buscando eternizar o rotulo de Era Dunga, como o anti-futebol a cristalizacao pura da frustracao por ausencia de craques no futebol.
    Eh interessante, praticamente, a ausencia de criticas ao Senhor Ricardo Teixeira, a CBF, que por tras da suposta inexperiencia do treinador, eh a verdadeira responsavel pela estrutura, organizacao e criterios.
    Esperaria um dialogo, uma discussao centrada em que possamos fazer para melhorar em 2014, de uma forma franca, honesta e sem ironias, aprendendo com as licoes daquilo que saiu de errado. Certamente melhoras do que saiu certo. Assistimos a vendetas pessoais, orgulhos feridos, e comentaristas de resultados a ferir o bom senso da populacao.

  • COTI diz: 5 de julho de 2010

    Pois use o ponto de vista depende de onde se encontra o ponto, quando tu começa a tergiversar é sinal de que o gago perdeu as estribeiras e só não manda as favas de fato , se não mandou nas entrelinhas porque estamos fazendo com você o que faríamos em qualquer situação que adultos discordam, colocando pontos de vista , os dois podem acertar e errar , é da natureza humana, mas o que não aceitamos é o ponto de vista corporativo e com origem de vício, senão vejamos, o correto é revermos todos os jogos de todas as copas realizadas até 2010 e procurar o futebol arte e “Convincente” em qualquer mundial e convencer Davis, Galvões, Trajanos e cia que estão a procura do Eldorado, enquanto isto massacram nossos ouvidos e olhos com a malemolência , o gingado, ora bolas , criaram um monstro e não sabem como exorcizá-lo , façam uma verificação do que escreveram estes mesmos quando o Sarriá caiu, e esta imprensa que não têm memória, pois o torcedor é do dia somente e eles aproveitam este tipo de psedo comentário para manter o emprego como qualquer AMANUENSE o faria.
    A propósito fazer comentários com o fígado faz mal a saúde e o veneno que desliza pela face pode causar infecções. A propósito a melhor de todas as seleções tinha Garrincha e foi no Chile em 1962, reveja os jogos e verá o “porquê”!!!Somente revendo todos os jogos para de todas as copas e não de ouvir falar e ler o seu escritor predileto ou teu guru, não aprendeste a ter independência jornalística ainda , porque notadamente a “ética” só a usaste para defender a classe e que classe!!!!

  • Lucas diz: 5 de julho de 2010

    Olha David! Tu realmente se escondeu na época do fato atrás da retórica. Claramente insinuou algo e para se defender se escondeu atras da literalidade das palavras utilizadas.

    Da mesma maneira, utilizas agora a literalidade de pequenos trechos de entrevista do Dunga para mascarar o pensamento do mesmo.

    Dunga nunca foi contra jogar bonito, é contra diminuir as tuas chances de êxito para que isso seja feito.

    Aliás, essa é a filosofia da grande maioria dos técnicos vencedores. Imagino que não esteja errada, pelo menos os resultados mostram que não.

    Acho que o Dunga errou significativamente ao longo da copa e acho que não é (nem nunca foi) o melhor técnico para a seleção.

    Mas também acho ridícula essa tua apelação. Talvez funcione com a massa de manobra, mas não peça aprovação de seres inteligentes.

  • Ricardo (SC) diz: 5 de julho de 2010

    Mais um comentário infeliz, David Coimbra. DUNGUISTAS?
    Esse tom pejorativo e oportunista em torno de argumentos
    que não defendem um treinador, mas relativizam a culpa da
    desclassificação tem aparência de antítese pasteurizada.

    Vai tirar umas férias David, vai. E volte a escrever alguma
    coisa inteligente.

  • Camila Misturini diz: 5 de julho de 2010

    Caríssimo Davi,

    Quer dizer que somente pelo fato de não concordarmos contigo em desde as defesas de Fátima Bernardes fomos apelidados de “DUNGUISTAS”???
    Poderíamos chamá-lo então de “GLOBISTA GALVANIZADO E BERNARDIZADO”???
    Não concordando com tua opinião ou somos mal educados ou somos dunguistas???
    Faça-me o favor e junte-se com o Faustão.
    Em relação aos comentários de Dunga em relação á seleção de 82, prefiro não opinar, ao menos diante do AUDIO dessa entrevista. Sabe como é a Internet “distorce” fatos.

    Aguardando ver o comentário postado.

  • Marcelo Xavier diz: 5 de julho de 2010

    Muito bom, cara!

  • Camila diz: 5 de julho de 2010

    A seleção era fraca, torci por ela? sim, sempre!! pode ir um time fuleiro (como o q foi) q estarei torcendo e ficarei triste qdo sair. Mas tb n sou cega nem maluca de dzer q era uma boa seleção , ou Dunga um bom técnico, ele nem tinha banco, o Brasil tem um qtdade imensa de excelentes jogadores e ele n os levou, so podia resultar nisso. Podia ate ter passado da Holanda, mas n acho q iria muito mais a frente…E qual o problema de comparar as seleções?? Não vi, mas quem viu diz q a seleção de 82 foi uma das mais brilhantes e a que da mais pena de não ter conseguido o título, e ele n conseguia reconhecer isso….muito orgulho e muita teimosia…e quem pagou foi a seleção e nós torcedores, q amamos futebol e n mereciamos isso.

  • Tiger Woods diz: 5 de julho de 2010

    Seleção de 82 fez um papelão ao perder para a Itália que era infinitamente inferior. Falcão, Zico, Sócrates, Júnior, esses caras nunca ganharam nada, exceto Falcão todos fracassaram no futebol europeu.

    Falcão e Zico fracassaram como treinadores, nunca ganharam nada.

  • Carlitos Nietzsche diz: 5 de julho de 2010

    Que manipulação…dividindo entre dunguistas e anti-dunguistas…fraquinho você. Querer comparar a geração de 82 com a de 94 já começa sendo um erro de avaliação. E na minha opinião ambas foram vencedoras em suas propostas. Telê Santana teve que perder duas Copas com times super bem equipados para aprender que futebol se faz com objetividade sim! Ficamos 1/4 de século sem ganhar nada. Esqueceu? Para com esse diversionismo pobre…

  • Alessandro diz: 5 de julho de 2010

    Não acho correto, hoje, 28 anos depois, vocês da imprensa redimir a seleção de 82.
    Ninguém de vcs fala que crucificaram o Toninho Cerezo por ter cruzado uma bola pelo meio do campo. (hoje o crucificado é o Felipe Melo). Não falam também do atacante da seleção Serginho chulapa que nunca foi jogador para a seleção. Valdir Peres foi duramente criticado por suas falhas na copa, por vcs da imprensa. A seleção voltou duramente criticada. O Brasil tem memória fraca, mas eu me lembro. Assim como o Zico foi crucificado em 86.
    Hoje aquela seleção foi vitoriosa? Não, por vcs ela foi perdedora como a de 2010. Porque no Brasil vencedor é quem tira o 1° lugar e não os outros de 2º a 32°.
    Ah, o que vc escreveu mesmo do baile do futebol arte da Argentina vs a Alemanha. Não li nada ainda…? Cadê?

  • Élcio de Alencar diz: 5 de julho de 2010

    Tu é realmente intrigante David e debochado também. Pois quem discorda de ti nessa questão é “dunguista”, e quem concorda contigo? é “Coimbrista” ou seria “RBSista”.

    Menos, bem menos…

  • Rita diz: 5 de julho de 2010

    DAVID, COM SEUS COMENTÁRIOS VOCÊ DESRESPEITA ANTES DO DUNGA, OS SEUS LEITORES. ISSO É VERDADEIRAMENTE TRISTE.

  • Peixe diz: 5 de julho de 2010

    Nem esquenta, David. Os dunguistas que agora dizem que o trabalho foi bem feito e que vencer não é o fundamental eram os mesmos que diziam a famosa, indelével frase, para justificar o futebol sofrível da seleção: “O BRASIL PODE NÃO JOGAR BONITO, MAS VENCE, E EU PREFIRO VENCER DE MEIO A ZERO JOGANDO FEIO E DANDO BALÃO DO QUE PERDER JOGANDO BONITO.” Pois bem… o Brasil perdeu. Mas talvez os dunguistas achem que não faz mal, porque não perdeu jogando bonito, mas jogando feio. Bem como eles gostam…

  • Erik – Rio de Janeiro diz: 5 de julho de 2010

    Caro David, as duas seleções mencionadas, 1982 e 2010, foram ROTUNDOS FRACASSOS. A de 1982 e a de 2010 ficaram nas quartas de finais. Seleções vitoriosas é uma coisa, 1958, 1962, 1970, …, as outras como as citadas foram sim derrotadas fragorosamente. Dizer que a de 1982 não foi um fracasso, por possuir BOAS INDIVIDUALIDADES, mas como seleção ou equipe não teve condições de vencer nem nas quartas de finais. Portanto, acho que tanto o Dunga, que teve dois grandes fracasso e apenas um resultado positivo, quanto tu em defenderes a seleção de 1982, não tem razão em seus argumentos.
    Quanto ao Dunga, e também serve para o Maradona, nunca deveria ter sido treinador da seleção, pois era/foi um neófito, sem qualquer experiência como treinador, tornando-se num grande erro. Talvez agora aprendam a escolher um TREINADOR EFETIVO, com EXPERIÊNCIA E CONHECIMENTO TEÓRICO E PRÁTICO DE FUTEBOL e não invenções como Dungas, Falcões, etc.

  • Arievilo diz: 5 de julho de 2010

    David, Dunga FRACASSOU rotundamente!!Fracassou porque pensou no Grupo – um grupo limitadissimo que, alias, ele próprio escolheu – e não na Nação que representava;os melhores, devem, sempre que possivel, serem convocados. Se Michel Bastos, Gilberto, Felipe Mello, Gilberto Silva, Josué, Julio Baptista, Grafite, entre outros, faziam parte do grupo (o pior grupo, tecnicamente, a integrar uma seleção brasileira) a culpa é unica e exclusiva de quem os convocou. Pior, muito pior, Dunga não renovou a seleção!! Jogadores como Lucas, Anderson, Sandro, Hernanes, Ganso, Neymar, Pato, ficaram de fora, para citar alguns. O novo técnico deverá começar do zero. Que herança deixou para os brasileiros a “Nova Era Dunga”! FRACASSOU. Fracassou por ser teimoso, rancoroso, prepotente e arrogante! Ah…antes que eu me esqueça… MIL VEZES A SELEÇÃO DE 82 DO QUE A DE 94!!!

  • Beto diz: 5 de julho de 2010

    Ele foi derrotado, o Brasil foi derrotado, nós fomos derrotados e vc como bom carniceiro que é, sabe bem tirar proveito disso. Não te passa uma sensação de arrependimento ao ver o povo argentino receber sua seleção, tambem derrotada, com respeito e orgulho? Não te envergonhas de ver a imprensa argentina elevar Maradona ao nivel de Pele, mesmo sabendo ser impossivel a comparação? Não te deprime um pouco ver que valorizamos tão pouco nossos feitos e quem os fez? Não…? Nem um pouquinho? Não te ocorre que devemos nos espelhar em grandes atitudes ao inves de ficar com casuismos baratos? As vezes chega a ser nojenta, estupida, arrogante e oportunista a atitude de certos profissionais da imprensa. Faz o seguinte cara, aproveita a nova onda e passa numa loja de artigos esportivos pra comprar uma camisa do Uruguai pra ti usar, tu é bem tipico desta gente sem personalidade e identidade, que preferem usar camisas dos outros paises inves da sua propria patria, coisa ridicula, vai ver se algum castelhano veste uma camisa do Brasil, nunca! Mas aqui…principalmente aqui no RS, tem cada um…!

  • Carlos diz: 5 de julho de 2010

    Eu não consigo entender porque tantos defendem o Dunga e por que muitos que o detonam ainda usam o termo “só podia ser colorado”. Tudo é um grande absurdo, pois o cara é intransigente e não aceita opinião contrária e morreu com ela. Mas também é verdade que não temos uma safra boa de jogadores e infelizmente essa máxima de que futebol é momento não é verdade, pois nunca ví treinadores levarem realmente os melhores. Ficar na dúvida se é este ou aquele (de mesmo nível) tudo bem, mas houve muitos contrastes.
    Pela leitura labial feita pela Globo (gostem ou não, eu também tenho restrições) a orientaçào que ele deu pro Nilmar era NENHUMA, pega a bola e corre (coisa assim), Ora isso até eu faria.
    O Parreira também foi outro, mas de fala mais mansa, quando ele mesmos diz : “que culpa tem o treinador dos jogadores se apresentarem acima do peso?” (ele não os cortou e ainda os manteve titulares dizendo que tinha que pegar rítimo de jogo). Há muitos culpados, mas o dunga foi o principal.

  • Daniel Justo diz: 5 de julho de 2010

    Faço coro as palavras do Potter em seu blog. Fim da era Felipe Melo!
    O Dunga não serve para treinar o time do meu trabalho.
    Lá tem Paulão, um alemão 2 x2 que não joga um ovo, mas que te dá um jogo de corpo que te joga na arquibancada e é quem sempre traz o uniforme pro pessoal. Também tem o Marquito, marrento que só ele, chega todo joga atrasado, usa chuteirinha de marca e gola da camisa levantada ao estilo Neymar, mas tocou pra ele, é meio gol.
    Todo mundo reclama do Marquito e adora o Paulão (devido ao comportamento dos dois), mas na hora do jogo todo mundo sabe (até minha irmã de 6 anos que eventualmente vai ver o jogo), que o Marquito é o craque e por isso sempre ‘começa’ jogando.
    Se fosse o Dunga treinando, adivinhem que seria o titular?
    Por isso eu digo: O Dunga não serve para treinar o time do meu trabalho.

  • Luciano diz: 5 de julho de 2010

    ***
    Caro David, o Dunga é LIMITADO e LIMITADOR.
    A derrota mostrará a Dunga coisas que ele nunca pôde enxergar.
    Dunga poderá enxergar, finalmente, que é possível fazer um bom trabalho e não vencer a Copa.
    Claro que isso (fazer um bom trabalho e não vencer a Copa) é o caso da seleção de 1982.
    E não da selecinha dele.
    Com todo respeito.
    ***

  • MarcioNB diz: 5 de julho de 2010

    Olá David, pois é….incrivelmente repito sempre e sempre e sempre … são os mesmos que mantem seus “mesmos” discursos…sempre e sempre e sempre, por que será? há uma explicação? deverá de ter… não entendesse nada? pois é..eu também não… por isso e por aquilo, que abro o jornal e leio as mesmas ideias mesmo que de forma desencontradas, mas com pano de fundo iguais, esses ai eu ja não preciso falar de nomes, pois já não são mais inrrustidos…e por sinal, diria…a seleção não é do dunga! e sim tua, minha, dele, daquele, em fim…e aqueles que chamas de dunguistas… não será aqueles que realmente torceram fervorasamente para a sua seleção ser campeã, e mesmo sem os craques que tanto alguns falam que deveriam ser chamados… não falam que no Brasil depois de 2006 não apareceu ninguem indiscutivelmente bom e craque para ser convocado…e mesmo a seleção que tanto idolatram a seleção argentina caiu de forma vexatoria diante de uma Alemnha sem craques sem futebol magico, mas sim eficiente, tático e muito bom… pq idolatrar uma seleção que não ganhou como a de 82, o por que? e como chamar aqueles que de certa forma sempre torceu mesmo que láaa no fundo para o fracasso do Dunga, consequentemente da NOSSA seleção?! assim como relatos de colegas de profissão da imprensa contando o caso de “torcedores brasileiros” comemorando a desclassificação brasileira, tudo por que uma pessoa foi de encontro ao que a imprensa julga correta, não simplesmente concordou com voces, ou que mesmo com perguntas extramamente grosseiras e agressivas não se curvou sendo um cavalheiro..não… se voltou contra aqueles que o fizera antes, podem analisar isso..sempre foi assim…que bom que tivemos uma pessoa assim no comando, que bom, ahh não foi campeão..pois é… isso é fato realmente, também acho que poderiamos ter uma meio campo melhor, porem não posso aqui simplesmente dizer que o Dunga é o culpado… abram o foco de voces…cresçam na profissão de voces..ta ficando ruim assim!

  • Samile Pizzi diz: 5 de julho de 2010

    David, sério mesmo, como se tratava de algo anunciado, essa tragédia Dunga era só uma questão de tempo. Existiu, existem e existirão comparações sempre, e daí? Não vejo problema nisso. O que precisa ser entendido pelo Dunga, ou por quem quer que o defenda, é que se trata de uma Seleção que além de Pentacampeã, procede de um país onde futebol é tão natural quanto respirar, que craques nascem “sem querer”, onde menos se espera. Trata-se de um país onde a notoriedade do futebol e quem o transformou em paixão foi a IMPRENSA, e ela merece respeito sim. Essa mesma imprensa é a que o Dunga “deitou e rolou” em cima (o grande combate com a Rede Globo, por exemplo, é o que levou Dunga a condição de semideus, era o que faltava mesmo!). O Dunga é resultado de um tecnicismo exacerbado dentro de campo e fruto de uma ignorancia (que anda reinando no futebol) em achar que qualquer um pode ser técnico.

  • Peeta O’Haggen diz: 5 de julho de 2010

    David, não te preocupes demais com os ardentes defensores do Dunga. Na derrota ou na vitória, no erro ou no acerto, eles parecem nao enxergar erro algum em seu ídolo: o defendem sempre, mesmo que para isso tenham que menosprezar e discordar de todo o resto. Se ele está certo, atacam aqueles que se atreveram a discordar dele; se ele cometeu deslizes, é por que provavelmente foi apenas um ídolo mal-compreendido.
    Mas trabalho bem feito é trabalho bem feito: mesmo se a seleção de Dunga nao tivesse sido derrotada, o jogo contra a Holanda poderia nao ter resultado em uma vitória, mas seria ainda assim, de se encher os olhos – Uruguai e Gana, por exemplo. Foi um jogo de se encher os olhos, de poder dizer com muita certeza: os dois sairam muito vitoriosos.

    E essa história que passa pelos canais agora – que, ó, o povo do sul ama o Dunga e o apóia sempre – é bom deixar claro que nao passa de amor colorado mal disfarçado. Para os bom gremistas, apenas um como técnico de seleção foi ídolo: Felipão.

    E dá-lhe Uruguai! Quem nasceu perto da fronteira ama essa seleção como poucos – e sofre muito! Nunca vi seleção mais redentora e cheia de sofrimento – sofre nas eliminatórias, na estréia na copa, na primeira fase, na segunda fase… Mas acho que é assim mesmo.

  • Beto diz: 5 de julho de 2010

    FOI LEVAR O SARAIVA NA RODOVIÁRIA ????? QUE FRACASSO!!!!

  • Carlos m. diz: 5 de julho de 2010

    E depois o Dunga é que é amargurado. Quantos textos já escrevestes sobre esse mesmo assunto?

    Saí dessa camarada, essa tua fixação não vai te levar a lugar nenhum.

    Tu perdeste a chance de sair por cima, nobremente. Mas resolveu tripudiar a desgraça alheia. Uma pena…

  • Rosana Peres diz: 5 de julho de 2010

    fffff

  • homero felipe diz: 5 de julho de 2010

    pra começo de conversa,não porque uma pessoa defende dunga,é q deve der tratada com deboche,e ser chamada de dunguista,dunga fez um excelente trabalho na seleção principal,só os anti dunga,ou os mau intencionados não enxergam isto,o brasil perdeu por falhas individuais,quem é q discute julio césar,pois bém ele teve uma falha varzeana no 1° gol,ai a culpa é do dunga? no 2° gol,juan,da um escanteio,totalmente desnecessario,na cobrança,jogadores veteranos,esquecem o be a ba,do futebol,e deixam o cara livre em 2 lances,a culpa é do dunga,em 96,tavam todos os queridinhos da imprensa,e brasil saiu na mesma fase.
    é calro q dunga tem erros,felipe melo foi uma invenção,todo mundo sabia q aquilo iria acontecer,agora vem o erro técnico do treinador,qdo a holanda empatou,éra a hora do treinador mostrar arrojo,deveria ter tirado felipe,clocado kléberson,tirado daniel alves(outro erro de dunga),e colocado nilmar,trazendo róbinho pra traz,não sei se ganharia,não sou pitonisa,como certos jornalistas,mas ao menos,teria 11 em campo,e teria feito o q éra nescessario,agora dizer q tudo q dunga fez,foi um lixo,só os maus carater de plantão é q fazem

  • Beto diz: 5 de julho de 2010

    Aqui dos EUA acompanhei a selecao e desde o inicio achei que nao ia dar. Muitos jogadores de clube/liga pequenos que se escondem em jogo dificil. Em suma, a selecao nao era muito boa.

    Dunga tinha a ideia correta, nao fazer o oba oba de 2006, nem a faceirice de 82 (discordo do jornalista, 82 foi um fracasso), mas essa selecao fracassou pela simples falta de qualidade. Muito da falta se da pela geracao fraca, mas tambem por pessimas escolhas de Dunga. Algumas beirando o absurdo.

    Essa selecao fracassou pois nao fez melhor do que a selecao fracassada de 2006. Alias, considerando-se que franca por ter sido campea mundial eh mais forte que a Holanda…

  • lfblog diz: 5 de julho de 2010

    oTAVIO Campos, você diz isso porque é gremista, se fosse Felipão taria esbravejando. NUNCA este pais será homogeneo, muito menos o RS
    Felipão conseguiu a proeza de perder de 2×0 para EL SALVADOR

  • Adriano diz: 5 de julho de 2010

    mas por acaso não é assim que funciona nesse pais? o segundo colocado não é sempre o primeiro perdedor?

    em 82 foi a primeira copa que assisti e sempre digo que aquela seleção merecia o canéco pq jogava bonito, jogava mto mais do que a de 94 e 2002 que ganharam e a de 98 que ficou em segundo lugar.

    mas como em 82, perdemos num jogo parelho onde qualquer erro é fatal, ou por acaso vão culpar o dunga por ter levado o julio cesar apontado como o melhor do mundo e ele ter falhado?

    o time tava certinho com elano no meio ai se lesionuo, o julio batista não rendeu, então entrou ramirez e fez bonito, mas acabou levando cartões amarelos e não pode jogar, dai a culpa é do dunga?

    ah! é que tinha que tá o ganso,neimar,ronaldinho,vitor né?

  • PC, O PC diz: 5 de julho de 2010

    Helpem-me, helpem-me. Vem aí em todos os cinemas da CBF A (IN)EXPERIÊNCIA 2 – A REVANCHE.
    Leonardo pode ser anunciado a qualquer momento.
    O curriculo do Leonardo: sabe tratar a imprensa e treinou o Milan por seis meses. Nesse periodo o Ronaldinho e o Pato fizeram trezentas e oitenta festas com muita mulher e bebida de primeira. E o que é pior, não me convidaram.
    O suicídio é uma obrigação. Vou tomar uma overdose de placebo. E uma cerveja.

  • Douglas diz: 5 de julho de 2010

    Não existem “duguistas” , o que existem são pessoas que torcem pela seleção, não to nem ai quem é o tecnico desde que ganhe a copa, agora com certeza prefiro perder como o brasil, do que ser humilhado como a frança, apagado como a inglaterra ou goleado como a argentina. Perdemos na qualidade tecnica, faltou uma peça central nesse time. Mas qual seria essa peça? Ronaldinho Gaucho (olhem a foto de hoje, ta parecendo o outro ronaldo), então eu diria Ganso, assim como todo torcedor que aplaude a bela jogada, mas Ganso suportaria sozinho a responsabilidade de ser a peça central do Brasil na sua primeira copa? bem , não vamos saber infelizmente. Mas vamos seguir em frente, e dar fim a posts sem critica construtiva, ja estamos carecas de saber que nao tinhamos qualidade desde a escalação. Se torcer pela seleção me torna um dunguista então eu fui um dunguista nessa copa.

  • gremista da palhoça diz: 5 de julho de 2010

    O trabalho de qualquer ser humano é concebido de erros e acertos, invariavelmente. Mesmo a atual Alemanha, melhor time da copa, deve ter muitos erros. Não podemos condenar os erros, pois são inerentes a qualquer mortal. O que o espectador não aceita é que as pessoas, enquanto o trabalho está dando certo, emitam uma opinião, digamos, positiva (talvez apenas política), de que a seleção está boa, que é superior, que vai passar por cima da HOLANDA, etc. e, depois, no dia seguinte, com um simples resultado negativo, mudem totalmente, e daí maldizendo todos, já com ataques até a personalidade. O Maikon até o jogo com a Holanda era o melhor lateral direito por unanimidade. No dia seguinte, já era o alemão Lahn. Quer dizer, é a corriqueira análise refém do resultado. Sobre o trabalho de Dunga, as análises estão ainda em fase de serem concebidas, mas certamente encontraremos erros que justificarão o porquê de termos perdido para uma seleção bem mais fraca que a nossa. A superioridade brasileira era clara – perdemos pela dissolução psicológica que o time padeceu do momento imediato ao primeiro gol holandês até o apito final. O Dunga tem culpa disso? Claro que tem. Mas as análises se eram de forma serena até o dia anterior, tem que continuar serenas no dia seguinte, pois as pessoas que ostentam posições formadoras de opiniões, que são os meios de comunicação, detem preparo e traquejo suficientes para se manterem coerentes à opinião do dia anterior, de forma a não se desvairarem em análises que beiram as acusações e chingamentos, comparável, ou até abaixo, com as de pessoas das classes sociais mais rales, para as quais até temos ciência que seriam justificáveis. Mas já temos algumas aproximações desta análise em gestação. Por exemplo, o Galvão foi feliz quando mencionou que tanto os trabalhos de 2006 quanto de 2010 pecaram por exageros para um lado e para o outro (se referindo aos excessos de abertura e de enclausuramento). O Dunga também pecou por não ter preparado o time para a possibilidade de levar o gol da Holanda. Isto é análise, desprovida de raiva e sem conotação de ataque pessoal. Sobre a seleção de 82, também houve falha, pois também foi derrotata por um time inferior. E a falha todos os mais atidos já sabem. Era um time de concepção exageradamente ofensiva. Não primava pelo tão propalado equilíbrio entre defesa e ataque. A Argentina deste ano, a mesma coisa – exageradamente ofensiva. Era claro que seria surpreendida no primeiro adversário mais qualificado. Eu, portanto, não concordo com a sua retórica de que a seleção de 82 tenha sido vitoriosa. Era uma seleção de futebol bonito, mas foi derrotada. Seleção vitoriosa de 82 foi a Itália. O Telê pagou caro por não trilhar o bom caminho do meio termo, do equilíbrio. Em 86 ele tentou corrigir um pouco isso, mas já era meio tarde, a nossa geração mágica já estava envelhecida. O mesmo Telê veio a corrigir definitivamento este seu erro nos times vitoriosos do São Paulo, na década de 90, quando se precaveu com volantes vigorosos e exímios marcadores, como é o caso de Pintado, Galo e Dinho. Acho que o Dunga pode ter exagerado no defensivismo da seleção de 2010. Mas fez isso em cima da análise de que os últimos 4 títulos da copa, desde 90, foram vencidos por seleções que marcavam bastante. A exceção talvez possa ser a do Felipão de 2002, por mais irônico que possa ser a afirmação de um time do Felipão que não marque tanto. Especialmente a França de 1998, para os menos avisados, era uma muralha compacta. Portanto as coisas são básicas e claras, quando se opta por ficar apenas nos fatos e não no pessoal. Abraço.

  • Fernando diz: 5 de julho de 2010

    To contigo Davi; Dunga criou uma teoria da conspiraçao contra ele; se cercou de mediocres jogadores; e esqueceu que futebol tambem se ganha com qualidade, categoria e boas alternativas no banco.
    Abraco

  • Paulo Alberto diz: 5 de julho de 2010

    Os amantes do Dunga_zero_a_esquerda estão enlouquecidos!! Hahauaha..Ainda tem a cara de pau de virem até aqui descontar em ti Davi!? Vão comemorar a conquista da copa!? Ué? Nao deu né? Hehehe..Nunca treinou nada e achou que fosse o bom!? Faça me o favor Sr Dunga..e todos os chatos que reclamam aqui tb…vão plantar batatas

  • Paulo Roberto diz: 5 de julho de 2010

    David,
    Concordo contigo. No entanto sou fã do Dunga. Acho que ele fez um grande trabalho na seleção. Botou ordem na zona que era a relação da seleção com a Globo. É um vitorioso. Baita cidadão, etc e tal. Espero que agora o Dunga tenha aprendido que pode-se fazer um trabalho excelente e não ser campeão. E que futebol é um esporte, não apenas um esporte no Brasil, mas continua sendo esporte. Como dizia Dino Sani, se vence, se empata e se perde, é a caixinha de surpresa. As pessoas podem e devem mudar de opinião. Tu tambem mudas as tuas. Ou não ?

  • Eduardo M diz: 5 de julho de 2010

    O Dunga se mostrou uma pessoa sem o menor trato social. Passou recibo de ridiculo para todo o país ao partir sempre para o confronto com quem o questionava. E terminou a Copa sendo ridicularizado , ao vivo e em rede nacional , pelo Fausto Silva.

    Dunga , vá plantar alguma coisa ou cuidar de bois , porque com as pessoas , você é uma negação

  • marcelo santa maria diz: 5 de julho de 2010

    que coisa engraçada david………………….sumiram os dunguistas………………….não é bonito ser mau.?………………..dunga é a visão do futebol que não é diversão……..aliás acho que ele nao conhece esta palavra…………perdeu, ta perdido…………….vamos trabalhar e pensar no futuro da nossa familia…que o futebol não enche minha barriga……………..

  • guilherme diz: 5 de julho de 2010

    Quando o Dunga vai entender que sem o Romário nós não teriamos ganho 94 .

  • Fernando R diz: 5 de julho de 2010

    Concordo plenamente contigo David. Teus detratores têm a mente limitada demais para enchergar o óbvio, e se encondem no gauchismo e anti-globismo para esconder o fracasso de agora. A questão é muito simples: se a seleção de 2006 foi um fracasso, essa, com resultados iguais, também foi um fracasso.
    Por isso, o futebol está cada vez menos atraente: a filosofia do grupo, do bom mocismo, do trabalho árduo, dos operários, de jogadores nada além de medianos estão matando o futebol Brasileiro. Seleção de 2010 atrasou o futebol brasileiro tanto quanto a de 1990.
    Que ironia David. O Brasil apresentou futebol alemão, e a Alemanha vem apresentando futebol brasileiro…. E agora josé?!?!

  • Leonardo diz: 5 de julho de 2010

    David, vamos formular o problema da seguinte maneira:

    - aquela seleção “estupenda, maravilhosa” de 1982 é tão inapelavelmente derrotada quanto essa seleção “mediocre” de 2010.

    Entendeste agora?

  • Adilson Gregorius diz: 5 de julho de 2010

    Consegui alguns amiguinhos para defender tua teoria incrivekmente inteligente nao e rapaz?Como falei antes,continua com essas historinhas sem graca.Assisti a entrevista que esta falando…Essa e a razo que continua tocando na mesma tecla nao e seu frustrado!!!Tu com essas perguntas idiotas e direcionas tentando mostrar que entende de alguma coisa e brabo de aguentar…Levou um baile do Dunga e ficou todo brabinho…kkkkk!!!Tu calado ja e dificil de aguentar,quando abre a boca e pior ainda…Entenda uma coisa seu incompetente,quem fala o que quer escuta o que nao quer…
    Tu estas no lugar errado rapaz!!!De esporte tu nao entende nada seu incompetente!!!Levou aquela chulapada do Dunga e ficou so esperando como um urubu para ver a selecao perder e relembrar sobre aquela entrevista…kkkkkk!!!E brincadeira como os incompetentes sempre querem dar o troco em alguem que e um vencedor.A nossa selecao nao ganhou a copa mas,a culpa certamente nao e do Dunga…Assististe o jogo seu frustrado?O Brasil com o melhor goleiro do mundo e,a defesa tida como a melhor do mundo, leva dois gols infantis daqueles,tu queres o que rapaz?Que tivesse o Rnaldinho gaucho ou Adriano com todo aquele preparo fisico deles em campo eh?Tu nao entende nada mesmo!!!E esse teu blog ta bombando mesmo!!!Ate teus amigos da para contar nos dedos por aqui…kkkkkkk!!!Frustrado e metido a entendido…Deve ser por isso que tem tantos comentarios aqui nao e rapaz?!Vai jogar pedrinha na agua que e melhor…!!!

  • bruno diz: 5 de julho de 2010

    Sem sombra de dúvidas uma das piores seleçoes brasileiras que já disputou uma copa do mundo.
    E agora depois do Dunga qual personagem da Disney a CBF vai escolher ? O Shrek? Pelo menos é um ogro mais divertido que nosso ex-técnico.

  • Dirceo Stona diz: 6 de julho de 2010

    Senhor perdoai-os por não saberem o que dizem. Alguns, de novo, invejosos, trazem à baila o nome do Filipão. Este sim foi um vitorioso. Este sim é um ganhador com o peito coberto de glórias representadas por suas medalhas conquistadas nos estádios do mundo, que com garra e tática conseguiu projetar a Seleção de Portugal para elite do Futebol mundial. Qual era o time que até o mês passado sonhava em ter Filipão como treinador?
    Tem um livro chamado “todo mundo é incopetente, inclusive você” que defende a tese de que todos nós em um determinado momento atingimos nosso grau de incompetência e um dos exemplos citados nele, é que muitas vezes um excelente jogador de futebol se torna um péssimo técnico, chegando ele assim,
    no seu grau de incompetêcia.
    Não estou comparando ninguém, somente fazendo uma citação e qualquer semelhança com a realidade é mera conhecidência.

  • Matheus DG diz: 6 de julho de 2010

    Parabéns david, estás coberto de razão. Quero ver agora a resposta dos “dunguistas” alienados. O que deve ser esclarecido é que a tragetória de Dunga não foi sempre um fracasso…a sua postura como técnico arrogante, cabeça-dura é o que o classifica, inclusive baseado nos crítérios dele, como um grande Fracassado.

  • Felipe diz: 6 de julho de 2010

    David, esse provincianismo de defender o Dunga porque ele é gaúcho me assusta.
    O Dunga confundiu meio com fim. Diferencial com essencial.
    “Nunca tivemos um grupo tão unido” – isso é meio! Isso pode ser diferencial!
    O essencial é jogar um belo futebol e, em decorrência disso, ganhar, pois para ganhar há que se jogar bem. Na visão da maioria das pessoas, nem precisaria dar espetáculo.
    Eu sei que poucos pensam como eu, mas eu acredito que em se tratando de Seleção Brasileira, seja diferente. O Brasil construiu uma identidade de futebol. Um futebol de espetáculo, que, muitas vezes, é verdade, não trouxe resultado, mas que encantou o mundo e que ajudou a criar a mística da camisa amarela. Não se pode ignorar isso. Por termos perdido a Copa de 82 se crucifica esse futebol. Só para lembrar, de 70 pra cá, não demos show em 74, 78, 90 e 2006. Além de 82, em 86 e em 98 o futebol foi alegre, e perdemos para times mais alegres. Não se pode confundir futebol alegre com ineficiente.

  • PC, O PC diz: 6 de julho de 2010

    Pitz, meus comentarios param sempre no “aguardando moderacao”. To me sentido o máximo, ha ha ha ha ah a……
    Todas as seleções que não ganharam copa do mundo fracassaram… afinal de contas qual o objetivo do torneio? Ganhar a copa do mundo. Isso é tão óbvio como dois e dois são vinte e dois.
    Isso não impede de dizer que aquela seleção de 82 era realmente dez. Que o Carrosel Holandes, só não era melhor que as loiras e as cervejas holandesas e tudo o mais.
    Os resultados de campo sempre são mérito ou demérito de treinador e jogadores e o fracasso, principalmente é do treinador. O que eu não acho legal é que pouquissima gente fala mal da administração da seleção. As emissorars de TV por motivos óbvios. Mesmo odiando o Ricardo Teixeira elas não podem fazer nada. O Faustão desancou a falar mal do Dunga. Mas do Ricardo Texieira, absolutamente nada. Entrevista agua com açucar do bem amigos, pra variar…. enfim… fora Ricardo Teixeira, alguem tem que iniciar esse movimento…

  • Airton diz: 6 de julho de 2010

    Dunga é ressentido, guarda mágoas e, depois gosta de tripudiar os seus detratores, mas parece que isso não uma característica exclusiva do treinador de futebol, jornalistas ofendidos, ou que assim se consideram, por Dunga, estão irmanados com ele nestes sentimentos, basta ler os seus textos raivosos que mal disfarçam o prazer de vê-lo sendo desclassificado pela Holanda – graças a Deus ele perdeu, sintetizaria o que está (mal) oculto, mas por falta de coragem não é dito – e comparar com o que jornalistas mais profissionais e não afeitos a vendetas mesquinhas publicaram, reconhecendo os erros e acertos (que não foram poucos) de um treinador que não foi diplomático com a imprensa e pagou caro por isso, mais até do que pelos erros exclusivamente futebolísticos.

  • Élcio de Alencar diz: 6 de julho de 2010

    pois eu continuo achando esse tal de david um lixo….tratar bem imprensa como rpe requisito pra tecnico…que é isso??????…uma ALEGORIA PROFISSIONAAL SEM NENHUMA RESPONSABILIDADE…que fala o que quer e se esconde na retorica pra nãoa assumir nada…pra mim o davi fo ia maior decepção da copa…tirei dos indicados para aleitura dosmeus alunos…nunca mais…..

  • Camila Misturini diz: 6 de julho de 2010

    Mais uma vez manipulando informações, cadê meu comentário??? Conheço mais umas 3 pessoas que também escreveram e não está aqui, porque será??? Porque não concordavam contigo???´Postou basicamente o comentário dos pucha sacos. TOTALMENTE PREVISÍVEL

  • joão vermelho diz: 6 de julho de 2010

    Olha, David
    Se o Dunga fosse nordestino, duvido que os gaúchos, bairristas e reacionários como são, o defendessem tanto.
    Claro que ele tem qualidades, mas tem, igualmente, defeitos. Um deles é guardar essa mágoa enorme, que o impede, por exemplo, de aceitar a imensa superioridade daquela seleção de 1982 (que time! que saudade!).
    Um grande abraço,

    João Vermelho, gaúcho.

  • Eliana tricolor diz: 6 de julho de 2010

    Quando eu falei que um “profissional” que não sabe lidar com a imprensa, não merecia o cargo de técnico da seleção, eu fui duramente criticada. Agora, ta aí o resultado! Me expliquem uma coisa: como, que o país do futebol, onde todos amam esse esporte, que vai sediar a próxima copa do mundo, e que terá os olhos do planeta voltados para cá, tem um técnico mal educado destes… Não, não venham defender ele agora pois foi no mínimo vergonhoso para nós gaúchos, ver o Dunga resmungando daquela forma pro repórter, não teve o mínimo de educação que ela adora falar que recebeu da família, o que aliás eu nunca duvidei. Pois todo gaúcho que se preze ensina a seus rebentos os valores da educação e do respeito. Se ele estava tão seguro do que ele falou, que abrisse os microfones e falasse em alto e bom tom pra todos escutarem, não ficar resmungado como um recalcado que acredita estar sendo perseguido, querendo provar o que ele não precisava. Me desculpem a franqueza, mas estou cansado dessa hipocrisia…

  • Gisele Bassani diz: 6 de julho de 2010

    Quando eu disse que não tinha vergonha
    de bons resultados, me disseram que o
    bom da coisa era simplesmente jogar e
    a derrota não era importante, etc e tal.
    Pois bem. Uma derrota agora não apaga
    os resultados positivos anteriores. Continuo
    não tendo vergonha do que ganhamos.
    Continuo gostando das taças e faixas que
    foram conquistadas, e não deixarei de admirar
    o trabalho que já foi realizado. Não se pode
    ganhar sempre, disso bem sei, e como tu
    mesmo já escreveste, David, futebol é um
    jogo… e o imprevisto o espreita.

  • Augusto diz: 6 de julho de 2010

    David,
    Deixe eu dar o meu pitaco nessa tua questão filosofica. Concordo contigo quando comenta que “às vezes, todo o trabalho é bem feito, mas não obtém vitória por um detalhe”. Porém deveríamos dar um limite para a desculpa “azar” ou “perdeu por um detalhe”.
    Eu estabeleceria que essa teoria vale para no máximo tres campeonatos [ou torneios ou copas]. Não se pode falar que a geraçao de 1982 que disputou diversos torneios [copas do mundo, copa america] não obtve vitórias significativas apenas por detalhes. Seria muito azar concentrado. Estatisticamente não tem lógica. É mais provável que houvesse algum problema naquele time que escapou da analise futebolistica. Dizer que um grupo perdeu diversos campeonatos apenas por azar, não dá.
    DESSA FORMA, TU E O DUNGA ESTAO CERTOS. RÁ!
    PS: não sou defensor do Dunga que não vi jogar [pq não jogava muito, rssss], nem sou defensor da seleçao de 82 pq tambem nao vi jogar [era muito pequeno].

  • grazi diz: 6 de julho de 2010

    adorei o comentário do fernando aqui; nunca gostei do dunga e SOU GAÚCHA, tá? coisa chata isso que todo gaúcho tem de defender o dunga, mesmo qdo estava de TPM e perde a copa do mundo, só pq ele é gaúcho temos que achar ele ótimo, fala sério? que povo bitolado esses meus conterrâneos, tem que aprender que para ser técnico da seleção brasileira tem que ter jogo de cintura, trato social como comentou outra pessoa aqui em cima e a cima de tudo, tem que estar disposto a críticas, a ter sua vida escancarada e criticada o tempo todo, enfim: NÃO SABE BRINCAR, NÃO DESCE PRO PLAY!!!!
    bj david querido,
    saudades tuas falando do cotidiano,
    Grazi.

  • Tiago Lowell diz: 6 de julho de 2010

    Eu entendi o seu post anterior e concordo inteiramente contigo, voce estava fazendo um jogo de palavras e colocando na “boca do Dunga” as razoes do fracasso. Eu moro nos Estados Unidos ha bastante tempo e seria interessante ver a maneira como esta sendo analisada a participacao brasileira aqui e vale a pena lembrar que os comentaristas sao de todos os paises possiveis, USA, Holanda, Mexico, Argentina, Inglaterra, etc… Todos acham que o Brasil foi bem e perdeu num detalhe, em 15 minutos de desatencao, mas no Brasil da mesma maneira que em 1982, perdeu ? Esta tudo errado.

  • Ronaldo diz: 6 de julho de 2010

    A única coisa que não consigo entender é o porquê do treinador ser tão ranzinza…
    Queria eu e todos os que aqui escrevemos receber 200 mil reais de contrato de imagem mais 200 mil de salário. Eu duvido que reclamaria tanto assim de perguntas feitas pelos representantes do sentimento do povo.
    Jamais algum repórter faltou com respeito ao nosso “coitadinho” treinador. Milhões de pais, mães, avôs, avós, crianças assistiam a coletiva de imprensa onde ele bagunçou com um repórter do sportv. E ainda escolheu um que é muito boa praça.
    Pra quem defende justiça eu pediria que me dissesse aonde teve isso na convocação do treinador da seleção.
    Se você trabalha em uma empresa durante dez horas por dia, é criativo e produtivo porque o seu colega que dorme nos cantos e só reclama vai receber uma promoção??????
    Faltou justiça na convocação! Faltou premiar os que se destacavam pelo mundo! Faltou agradar aquele cidadão brasileiro que não tem o que comer e mesmo assim utiliza a amarelinha sorrindo com dois ou três dentes na boca.
    Podem defender o Dunga à vontade. O que não podem dizer é que ele foi justo!
    Valeu David!!!! Ótimo texto…

  • Claudio Menezes diz: 6 de julho de 2010

    No 2 últimos posta tu dissestes que o Brasil “aoanhou da Holanda” e que “só bateu em galinha morta”. Agora vem dizer que a Copa de 2010 não foi um vexame. Cadê a coerência? Ou tu está mais calminho agora? Ou “apanhou” tanto que resolveu “baixar a bolinha” e percebeu que tu não é o dono da verdade… [assim como ninguém o é].

  • Flávio diz: 6 de julho de 2010

    A mente limitada é sempre a dos outros…

  • Thiago diz: 6 de julho de 2010

    “E terminou a Copa sendo ridicularizado , ao vivo e em rede nacional , pelo Fausto Silva.”

    Ah PELAMORDEDEUS Fausto Silva é dose!!!! Grande coisa ser ridicularizado pelo Faustão, o cara mais sem graça e chato do país…

    Cada coisa que a gente lê…

    Os caras querem a volta desse futebol “arte” rebolativo, de toquinho pro lado, que os europeus já aprenderam a inutilizar a muito tempo. Eles gostam quando o Brasil joga bonito, porque assim sempre vai perder!!! Dunga é da escola Felipão…

  • 1 diz: 6 de julho de 2010

    1

  • Guilherme diz: 6 de julho de 2010

    É novamente o “tititi” que cerca o futebol, “o disse que me disse”, “o Dunga que disse isso…”, e etc e tal.

    O povo brasileiro (talvez não o único) tem a mania de querer achar culpados. Aliás, a imprensa tem essa mania. E agora que a seleção perdeu ta todo mundo caindo de pau em cima dele, mas porque? por incopetencia? Não, o velho e fresco “tititi”.

    O problema não é falar mal do Dunga, o problema é ficar nessa fofoca, do “disse que me disse”, que não leva a nada, não informa, não analiza, só serve pra causar polêmica. Aliás, o que mais quer um jornalista que criar polêmica?

  • Adolfo Rythler diz: 6 de julho de 2010

    Coimbrinha…

    Que Dunguistas o quê, meu querido! Não sei mais se tu te faz de bobo ou é burro mesmo (talvez as duas cousas).

    Qualquer índio velho das grota, já entendeu que briga ocorre quando o radicalismo é colocado em prática na hora de avaliar as cousas! Tá certo que tem uns bagualudos que brigam pra tentar provar se tu és gremista ou colorado. Outros querem uma nova Revolução Farroupilha contra os “brasileiros perseguidores de Gaúchos” (coitado do velho Garibaldi e do Bento Gonçalves…). Qto a tudo isso, digo: GRANDE BOSTA. Interessa-me o tipo de repórter que és (ou não és).

    Qto ao Dunga, nem ao céus, nem ao inferno. O carrancudo arranca-toco moralizou a casa-da-mãe-Joana que chamavam de Seleção Brasileira de Futebol. Colocou alguns princípios saudáveis na baderna estilizada de jogadores-mercenários. E comprometimento e honra, meu nego, é cousa que deveria ser aprendida em casa. Além disso, teve um bom aproveitamento, ganhou uns joguinhos e colocou uns canecos na sala do “Sapo Gordo Teixeira” – este sim um lobo em pele de cordeiro. Agora, quando trata assuntos com viventes questionadores o Dunga é tosco que nem coice de mula. E que mula! Poderia ser mais esperto tbm ele com as provocações. Sabe a história “a bala vem, nóis se agachêmo”? Pois é…

    E tu, acho que tá te fazendo de desentendido, fica tacando lenha na fogueira com cara de “não fui eu”… Coloca tua opinião de forma esclarecedora, tchê (pq tem índio sem tutano que lê este teu blogue).

    Fico chateado pq tu não firma posição. Honra teu culhões e peita a tropa, tchê! Parece-me que ficas te firulando em argumentos que mudam como o vento… e isso é cousa de repórter mixuruca. Vê se te apruma guri, que tu ainda pode ficar bom..

  • Nelson S diz: 7 de julho de 2010

    Estou certo, ou não? A ignorância da gauchada suplanta, e muito, o tal do orgulho de ser gaúcho… apesar de tudo! Gaúcho vencedor e bem posto na vida, foge daí célere! Não suporta a a imbecilidade e o baixo astral desta gente infeliz e complexada.

  • gremista da palhoça diz: 7 de julho de 2010

    E a Holanda, que pela primeira vez largou mão da teimosia de só atacar, e agora fez um time que até os atacantes são operários na marcação, vai passando de etapa em etapa e capaz de ser campeã, finalmente. Em copa, só ganha time que marca!! É básico.

  • Adamastor diz: 7 de julho de 2010

    O problema do Dunga é que ele sonhou ser Felipão. Só levou os que baixaram a cabeça para ele, tentou manter a disciplina na base da força. Ele e aquele pastor babaca chamado Jorginho. O mesmo Jorginho que proibiu a visita de familiares mas levou a família dele para lá. O Felipão tinha o respeito dos jogadores, enquanto o Dunga tinha o temor pela não escalação. Tem muito colorado recalcado defendendo o Dunga. Se vocês acham correta a maneira do Dunga trabalhar, levem ele para o Beira-Rio para tentar colocar o Walter nos eixos e acabar com as festinhas do Índio.

  • saulovalim diz: 8 de julho de 2010

    Sempre achei que serias o substituto natural,com sobras,do Sant’ana.Desculpe-me Sant’ana…

  • jorge diz: 8 de julho de 2010

    Eu gostaria de ser um fracassado como o Dunga. Ter os seus títulos e sua conta bancária. Na copa, o Brasil perdeu para a Holanda , num segundo tempo em que não entrou em campo. Tudo que foi feito anteriormente, foi apagado. Ficou apenas a derrota contra um time que vai disputar o 1º lugar. As pessoas que trabalham com honestidade, ética e moral, devem ter o nosso respeito, mesmo que apresentem erros. Mesmo que o Brasil fosse finalista e vencesse, ainda assim, grande parte da mídia encontraria mil maneiras de combater asperamente o trabalho do treinador. Todos queremos um futebol arte, no entanto não temos mais craques e alguns que os jornalistas consideram como tal, não jogam para o time.

  • Jully Anne diz: 14 de julho de 2010

    David Coimbra;

    Gostei muito, muito de você. Minha professora de português, hoje na sala de aula, fez uma propaganda de você maravilhosa, tanto que me fez estar aqui agora, lendo suas postagens.
    Confesso que não entendo nada de futebol, mas realmente pelo que eu vejo nos jornais, o Dunga não tras uma impressão muito boa.
    Vários leitores aqui te bombardearam, e eu não vim me juntar a eles, pelo contrário, só queria dizer que agora você ganhou uma nova admiradora. (:

  • Cristiane diz: 15 de julho de 2010

    Engraçado como aqui é o único lugar onde existam pessoas que defendam o Dunga e suas atitudes tão fielmente e acusam quem o criticou de carrasco e apologista anti-Dunga.
    Sou paulista e leio esporadicamente esse blog por achar interessante o olhar crítico de alguém de fora do pólo sudeste do Brasil, como estou acostumada.
    Um blog é um local para o blogueiro expor suas idéias, críticas e pensamentos e reduzir o debate a uma rixa entre gremistas x colorados é muita mediocridade de quem comenta. Ainda mais para pessoas como eu, que não vivem a realidade gaúcha. Se não gosta do que escrevem, páre de ler. Simples assim.
    Apesar de ser um blog regional, pessoas do Brasil inteiro lêem. Pensem nisso.

  • Catimba diz: 15 de julho de 2010

    Impressionante que os defensores do Dunga usam como argumento “que culpa ele tem se seus jogadores erraram individualmente?” Ora, ele treina a Seleção e não um clube! Quem colocou os jogadores lá foi ele! Ele foi o culpado de ter levado a pior relação de jogadores de uma Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo! Ele foi o responsável por Felipe Melo, Michel Bastos, Josué, Julio Baptista, Ramires, Grafite e cia. terem vestido a amarelinha numa Copa do Mundo! Uma mancha à história do Futebol Penta-Campeão!

Envie seu Comentário