Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

"Como se fosse um dia lindo"

17 de janeiro de 2011 15

Antes de salpicar a areia da praia de Atlântida com os acordes do mais clássico rock’nd roll, o vocalista do Império da Lã saudou os veranistas que o ouviam dentro de seus biquínis, sungas e bermudas:

– Regozijem-se! E gozem esse sábado como se fosse um dia lindo…

Climaticamente falando, de fato, os dias não foram o que se pode chamar de lindos, no fim de semana. Não choveu, mas, no sábado, o sol se manteve atrás de um biombo de nuvens. No domingo, saiu de lá, só que aí o Nordestão balançou as tranças e fez voar cangas mal amarradas e guarda-sóis mal plantados. Sorte dos praticantes de kite-surfe, que se jogaram ao mar feito vikings. Num pequeno naco de céu via-se até cinco velas enfunadas de kite-surfe, como se fossem gaivotas gigantescas.

Ainda assim, quem foi à praia teve pelo que se regozijar.

A vida pulsava na areia.

Bastava olhar para um canto e lá estava uma sereia assestando o piercing no umbigo e logo ali uma semideusa de short branco amarrando o longo cabelo às costas, enquanto a morena de bronzeado impecável conferia a tom da tez do ombro lustroso e a loira deitada de bruços na areia olhava para os lados, conferia a paisagem e, entre uma olhada e outra, fazia biquinho, abocanhava o canudo de plástico e sugava um gole da sua água-de-coco.

Se havia festa em algum lugar do Rio Grande do Sul, era ali que estava acontecendo, naquela faixa de areia superpopulosa e superdivertida. Era a raça humana em exposição. Corpos seminus à vista de todos, sem preconceitos. Corpos perfeitos ou nem tanto, dourados do sol ou brancos de leite, quase todos lânguidos da preguiça dos dias de ócio, quase todos habitados por espíritos leves, porque é muito difícil ficar de mau humor estando-se com pouca roupa, rodeado de gente sorridente, em frente ao mar.

Aí embaixo, confira um ensaio fotográfico produzido por Jefferson Botega durante o fim de semana, no Villa del Mar.




Jô na praia

CLIQUE AQUI PARA LER OS QUADRINHOS

Comentários (15)

  • Luiz diz: 17 de janeiro de 2011

    Davídi!!!
    Em ZH de hj, na sua coluna praiana, não saiu o nome desta “deusa suculenta”.

  • ayrton luiz diz: 17 de janeiro de 2011

    Acho que já vi essa ‘deusa’ antes. Parece-me a Patricia, da primeira semana de janeiro. Só que com um biquíni diferente. Não é, David?

  • Gabriel diz: 17 de janeiro de 2011

    Ah lá em casa!! Até esqueci o q tava fazendo…

    Gabriel
    http://www.dotdicas.com

  • eliseu diz: 17 de janeiro de 2011

    E nós olhando na tv e jornal mulher melancia melao pera outras porcarias mais.
    Olha issoooo que maraviiiiilha!!!
    É bom dimaix!!

  • juares diz: 17 de janeiro de 2011

    Mas vai ce..bola, alho…meu Deus do céu! que beleza! eu até perdia umas 2 horas..

  • juares diz: 17 de janeiro de 2011

    Mas vai cebola, alho….Meu Deus do céu! que beleza! eu até perdia umas 2 horas com ela…

  • juares diz: 17 de janeiro de 2011

    Eu até perdia umas 2 horas com ela…

  • juares diz: 17 de janeiro de 2011

    Muito linda! parabéns!

  • anderson diz: 17 de janeiro de 2011

    que coisa não…..alguem sabe de onde veio este furação….?

  • anderson diz: 17 de janeiro de 2011

    até me perdi na escrita……FURACÃO………

  • Tiago José diz: 17 de janeiro de 2011

    Ás vezes o nordestão nos atrapalha não é mesmo David? Entretanto sempre há as compensações,como essa da moça da foto de hoje, que você não referiu o nome.Nem precisa!

  • Nélson diz: 17 de janeiro de 2011

    Muié feia….!!! aquela que tenho lá em casa…..uai…

  • lucas diz: 17 de janeiro de 2011

    Esse é um dos produtos que o dinheiro pode comprar.

  • LUIZ CARLOS diz: 17 de janeiro de 2011

    Que mulheraço, chega machucar de tão gostosa.

  • Diego diz: 17 de janeiro de 2011

    “Leia aqui minha coluna”?!
    Tu queres dizer: “pague aqui para ler minha coluna”, certo?
    Não, obrigado…

Envie seu Comentário