Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Definidos os prêmios para a Jô da Praia

28 de janeiro de 2011 5

Recebi indagorinha o seguinte email do gerente de publicidade e marketing das Lojas Lebes, Rodrigo Fryga:

“A Lebes dará um banho de loja na “Jô da Praia”. Com ajuda de uma produtora de moda, iremos dar um look completo a contemplada:

Roupa completa – parte de cima (blusa), e parte de baixo (calça, short) dependendo da produção.
Calçado
Relógio

Junto com isso, faremos uma seção de fotos onde posteriormente daremos a ela um book feito pelo fotógrafo oficial da Lebes, Rogério Silveira”.

A votação da Jô da Praia começará a partir de terça-feira, quando se encerra minha temporada praiana.

Comentários (5)

  • Daiana diz: 28 de janeiro de 2011

    Oi,
    Tinha pensado em ser mais discreta e menos direta. Mudei de ideia, vou direto ao ponto.
    Por que não há Jô da Praia negra????? E tu que escolhe cada uma que tu publica na ZH e no blog, certo?! Por que nenhuma menina negra foi escolhida por ti? Em um país totalmente miscigenado, essa beleza não é considerada aceita “bonita” (desculpe a redundância)???? Gosto muito de ti e do teu trabalho, mas acho que seria interessante pensar sobre isso. Abraços….

  • Matheus diz: 28 de janeiro de 2011

    Hum…!! E ai???

  • ana maria diz: 28 de janeiro de 2011

    Querida Daiana,
    A culpa não é do honorabilíssimo blogueiro, ele não é racista. Ele é filho do proletário bairro do IAPI e, na infância, correu descalço pelas ruas do bairro, brincando com petizes de todos os matizes…Acontece que, obedecendo a seu empregador, o probo jornalista veraneia em Atlântida – a pérola do Atlântico Sul – e, neste balneário ultra-chique e rafinée, negros são tão raros como pérolas nas ostras de Sta. Catarina. Mas, algo me diz que logo, logo, uma jô negra irá enfeitar este blog – tudo não passou de algo premeditado, para dar maior enfoque à presença da raça negra nesta votação histórica, q, certamente, será um sucesso retumbante, o maior do muuuuuuundo! Quem sabe ñ seja uma negra a vencedora?

  • Daiana diz: 28 de janeiro de 2011

    Em momento algum disse que David Coimbra era assista (resolvi ler novamente meu comentário para ter certeza, e sim não disse isso), mas disse sim que nenhuma menina negra apareceu nos posts ou comentários de nosso querido cronista e blogueiro. É verdade, Atlântida não seria o melhor local para encontrar pobres. Mas acho que se desses uma olhadinha ao redor, poderíamos sim encontrar belas índias, mulatas, crioulas, orientais, enfim de todas as raças, tribos, cores, gostos e diferenças. Pois acho que o diferente é lindo!!!!
    Vou dizer, NÃO penso que o David seja racista, longe disso. Mas, nascer e “se criar” em um bairro “pobre”, não diz nada sobre nossos conceitos e/ou preconceitos.
    Espero ainda ver meninas de todos os “tipos”…..

  • ana maria diz: 29 de janeiro de 2011

    Querida Dai: Leia meu comentário outra vez, também…Onde eu escrevi q vc havia chamado o ínclito blogueiro de racista? Eu, apenas e tão somente, expliquei o possível motivo do porq ainda não ter aparecido uma jô negra entre as belezas garimpadas nas deslumbrantes praias do soberbo litoral gaúcho…Eu, também, considero “o diferente liiiiiiindo!!!” e morro de ansiedade em ver mulatas, índias, crioulas, orientais, eslavas, gregas, mongóis, transexuais, paraplégicas, downs, anãs, etc…desfilando neste blog super acessado, o mais popular do hemisfério sul. Creia, adorável criatura, eu posso não concordar com opiniões alheias, mas morro defendendo o direito de se tê-las…, inclusive euzinha!

Envie seu Comentário