Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Há tempo, muito tempo

04 de março de 2012 11

Eu tinha lá meus 12 anos e namorava uma gatinha chamada Silvia Lemos. Namoro é forma de falar. Naquele tempo era coisa inocente, de pegar na mão e beijar no rosto e pronto. Mas era uma emoção, cara. A maior paixão.
O irmão da Silvia Lemos era o meu melhor amigo, o Nique. Por coincidência, ele namorava com a minha irmã, que, por outra coincidência, também se chama Silvia.
Então ficávamos nós dois com nossas Silvias, os quatro mais brincando que namorando, crianças que éramos, mas, de alguma forma, flutuando encantados nos primeiros vagidos do amor.
Um dia, eu e o Nique ligamos para a rádio Itaí a fim de oferecer uma música para as nossas garotas. Pedimos o sucesso do momento e ouvimos enlevados no radinho de pilha, olhando para o céu azul-escuro de Porto Alegre através da janela do meu quarto às margens da Avenida Plínio Brasil Milano. O som era esse:

Comentários (11)

  • Adilson Minossi (Florianópolis) diz: 4 de março de 2012

    Caro David,
    como estou há quase 40 anos longe da nossa Porto Alegre, onde nasci há quase 70 anos, já nem lembrava mais que tinha existido a Rádio Itaí.
    Muito grato por relembrar essas estórias que todos passamos um dia.
    Parabéns pelas belas e bem escritas crônicas que nos brinda em ZH diariamente.
    Sucesso, guri!

  • Marisa Oliveira diz: 4 de março de 2012

    “Ter saudade até que é bom, é melhor que caminhar vazio”…a gente ouvia os sonhos do Peninha também há muito tempo.

  • João Carlos Schmitz diz: 9 de março de 2012

    David, hoje tenho meus 51 anos e vejo como é saudável ouvir estórias que contemplam de pano de fundo a rádio itaí, do clube dos namorados, do Sayão “não diga não à itaí”, das propagandas da Soberana dos Móveis, do Tio Marquinhos. Meu radinho de pilha era companheiro no meu tempo de guri. Se não estava ligado na itaí, é porque na velha guaíba tinha futebol com o Lauro, o Ruy, o meu ídolo Pedro Pereira e o Antonio Augusto.

  • Vilson Chagas diz: 3 de junho de 2012

    Como era legal escutar a Itaí . Programas bons , que nos faziam não desgrudar do rádinho de pilha . Apresentadores fabulosos , tais como Sayão Lobato , Vergara Marques , os inesquecíveis João Carlos Maciel e Edy Amorim . Saudades destes .

  • João Carlos Duarte Schmitz diz: 4 de junho de 2012

    David, precisas continuar a reinventar novos fatos de épocas fabulosas, que pertenceram ao nosso mundo. Postei no face teu comentário sobre a Itaí, porque temos um grupo de ex-alunos que discute anos 70 e 80. Abraço.

  • barney diz: 11 de junho de 2012

    Alguém lembra das músicas de fundo que rodavam no Clube dos Namorados e Itaí a Dona da Noite ?

    As melodias ficaram na memória, mas não sei os títulos das músicas.

  • João Carlos Duarte Schmitz diz: 11 de junho de 2012

    Barney, confira aí pelo youtube. Acho que são estas: Clube dos namorados: Welcome to my world (Elvis Presley) e da Itaí, dona da noite é Good night baby (Van Macoy). Posso até ter me enganado, ESPERO QUE NÃO. Abraço.

  • Ruarinho Santos diz: 22 de outubro de 2013

    Barney,
    A trilha do Itaí Dona da Noite era a música Mae interpretada por Herp Albert & Tijuana Brass.
    Na época, logo após iniciava o “Itaí Dona da Madrugada” e a música tema era “Un Bacio Alla Volta” interpretado por Guido Pistocchi & Nora Orlandi…

    Se quiser matar saudades os links do youtube estão aqui:
    http://www.youtube.com/watch?v=8qPxo06fCCs
    http://www.youtube.com/watch?v=UoEPHjSOuo0

  • Barney diz: 23 de outubro de 2013

    Ruarinho, acertou em cheio; eram essas mesmo. Marcaram profundamente minha adolescência.
    Abração e obrigado.

  • Ruarinho F. Santos diz: 24 de outubro de 2013

    Barney, fico feliz em saber que eram estas mesmas.
    Lembrei delas porque também tenho boas lembranças desta época.

    Se eras fã do Edi Amorim & Cia vais recordar desta outra música: http://www.youtube.com/watch?v=_OiWM460jqY&list=RD02OL6QUeglfuo

    Abração!

  • Barney diz: 24 de outubro de 2013

    Ruarinho

    Bem lembrado, outra que fez parte da trilha sonora da nossa geração.

    Também lembrei de PAPAYA com Lafayette e seu Conjunto, mas não encontrei vídeo dessa.

Envie seu Comentário