Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Crônica de Grêmio 2 x 0 Flu

28 de julho de 2013 29

Como há 30 anos.
Hoje, tanto quanto no 28 de julho de 1983, Renato foi o maior responsável pela vitória do Grêmio. Contra o Peñarol, na decisão da Libertadores no velho Olímpico, Renato, acossado por dois marcadores, cruzou uma bola improvável da direita para César mergulhar e fazer o gol da vitória de cabeça. Contra o Fluminense, na novíssima Arena, Renato, agora convertido em treinador, mudou o time no intervalo, e o Grêmio voltou a campo reanimado para fazer 2 a 0.
Sem essa ação no vestiário, o Grêmio não conseguiria vencer. Talvez perdesse. Porque o primeiro tempo foi dominado até com alguma facilidade pelo Fluminense, que tocava a bola de intermediária a intermediária, evoluía quase sem objeção e fazia algumas infiltrações insinuantes, principalmente pelo direito de ataque.
O Grêmio se submetia ao adversário da mesma forma como se submeteu em outro jogo na Arena, diante do Botafogo, duas semanas atrás. E, como duas semanas atrás, o grande problema era a falta de mobilidade dos meio-campistas. Elano e Zé Roberto, embora tenham técnica reconhecida, pareciam perdidos entre os jogadores do Fluminense, deixavam o pobre volante Adriano sozinho no combate aos meias e atacantes inimigos. Na frente, Barcos não acertava um único lance. Quanto tentava a jogada individual, era desarmado; quando tentava o passe, a bola parava no pé de um inimigo. Os laterais, que poderiam ajudar, não avançavam. Sobrava a movimentação de Riveros no meio e, na frente, o empenho solitário de Kléber, que jogava de costas para os zagueiros, recebendo faltas nem sempre marcadas pelo juiz.
Mesmo assim, foi o Grêmio que quase abriu o marcador duas vezes, quando Elano acertou uma falta no pé da trave, aos 12 minutos, e quando Riveros deu um chute de letra, também na trave, aos 37. De resto, a bola ficou com o Fluminense, tanto que os jogadores do Grêmio foram para o vestiário, senão debaixo de vaia, sob murmúrios de insatisfação da torcida.
Então, Renato agiu. Zé Roberto e Riveros recuaram um pouco mais, ajudaram Adriano na marcação e obstruíram a jogada forte que o Fluminense tinha pelo lado esquerdo da defesa gremista. Graças a esse suporte, Alex Telles pôde avançar, e foi ele quem fez uma bela jogada pelo flanco e cruzou na cabeça de Riveros, que abriu o placar aos cinco minutos.
Com a vantagem no marcador, o Grêmio se acantonou na defesa e passou a esperar os contragolpes. O Fluminense bem que tentou repetir o jogo envolvente do primeiro tempo, sem sucesso. Agora, o meio-campo do Grêmio estava mais compactado. O Fluminense simplesmente não criou lances de penetração. O Grêmio, sim. Aos 38 minutos, Zé Roberto driblou dois pelo lado esquerdo e passou com perfeição para Kléber, que entrou na área e desviou do goleiro: 2 a 0.
O único lance perigoso do Fluminense, de Jean, passou quase despercebido pela torcida gremista, porque naquele exato momento o Inter levava um gol no Recife. E aquela tarde, que havia começado com a festa comedida pela conquista de três décadas atrás, terminou alegre na Arena, a nova casa de Renato Portaluppi.

Comentários (29)

  • Denis diz: 28 de julho de 2013

    David, uma coisa que eu gostaria de falar é sobre a briga de alguns torcedores no espaço da Geral. Não tenho contrato para defender a Geral, mas me parece nítido a má vontade da BM com estes torcedores.

    A BM tem culpa no cartório com o episódio de hoje, o Gremio tem que tomar alguma atitude e espero que comente na mídia, se não a má informação pode prevalecer gerando algum prejuízo ao Gremio. Afinal, qual o mal do Gaucho ficar de muleta, todos o conhecem nunca gerou nenhum transtorno, ao menos é que parece, o que parece sim, volto a dizer é má vontade e despreparo a BM.

  • CLAUDIO ORTIZ diz: 28 de julho de 2013

    Acho que assisti um outro jogo. Que passou para Kleber foi Ramiro que pegou a bola quando um jogador do Fluminense tentou afastar da área.

  • Antonio Paulo Reginato diz: 28 de julho de 2013

    Já esta na hora dos Dirigentes do Grêmio ACABAR com estes BADERNEIROS!!!!! Eles só tem dado “Dor de Cabeça e Prejuízo”!

  • Helinho diz: 28 de julho de 2013

    E olha que esse tipo de campeonato não tem graça nenhuma.
    Esse Davi liga uma vela pra Deus e outra pro Diabo.
    Hahaha.
    Nada como um dia após o outro.

  • Airton diz: 28 de julho de 2013

    Gostaria de falar da briga da Geral com a brigada. O despreparo de nossa força policial é uma coisa aterradora. Pegaram o rapaz com problema no joelho e arrastaram pelo arquibancada afora, e cena revoltou até velhas senhoras que queriam impedir aquele absurdo, ou seja a torcida apenas se revoltou com o tratamento dispendido ao torcedor.Essa será a atitude de nossa policia na Copa do Mundo. O responsável pelos brigadianos é um mentiroso, eu nunca vi, e olha que vou ao estádio a mais de 35 anos, repito, nunca vi, um brigadiano conversar com um torcedor. A tática é bate primeiro e depois quem sabe tá alguma explicação, se caso existir alguma imagem que mostre a real atuação deste sanguinários intitulados força policial. SÓ COMPLEMENTANDO AINDA NO VOMITÓRIO O TORCEDOR FOI ESPANCANDO POR DOIS BRIGADIANOS, ISSO ENFURECEU MAIS AINDA A TORCIDA. ESPERO SINCERAMENTE QUE ESTE COMENTARIO SEJA POSTADO E RESPONDIDO PELO COMANDANTE DO POLICIAMENTO.
    COMO DISSE UM SENHOR DE IDADE AO MEU LADO: SE ELES ACHAM QUE TODOS OS TORCEDORES SÃO IGUAIS E POSSO PENSAR QUE TODO BRIGADIANO É IGUAL.

  • FIFA PLAYER diz: 28 de julho de 2013

    David,
    suas crônicas em prol grêmio são comovedoras.
    Se eu fosse grêmista me derreteria em lágrimas.
    Parabéns, você é um agente acalentador dessa
    massa frustrada, onde o revés do rival se torna
    uma alegria imensurável. Acho que o amigo está
    fazendo jus a uma estátua nesses dias de seca.

  • atilalopes diz: 28 de julho de 2013

    David…texto mais ou menos…erro imperdoável para um cronista esportivo…QUEM DEU O PASSE PARA KLÉBER MARCAR O SEGUNDO FOI O RAMIRO, RECÉM ENTRADO…
    O time estava nervoso no início…afinal, tinha perdido para o Criciúma, um dos virtualmente rebaixados pela imprensa gaúcha…Mas se recuperou e venceu muito bem o Fluminense, inclusive com duas bolas na trave…poderia ter sido 4…O juiz, mais uma vez, no mínimo foi omisso em várias situações…Riveros entrou muito bem, deu aquela solidez ao sistema defensivo que estava faltando. Falta o Rhodolfo agora no lugar do Bressan…que não é mau zagueiro, mas dá muito balão em bola que poderia sair jogando ou tocar, coisas da juventude!
    Claramente, não poderia deixar de comentar A GRATA E BEM VINDA PREPARAÇÃO FÍSICA!!! FINALMENTE O TIME CORREU OS 90 MINUTOS…Algo que não se via faz tempo!!!
    Fora isto, a tarde foi inesquecível para o Grêmio…o Co-irmão, que até ontem era um time beirando a perfeição,com um técnico “mago, profundo conhecedor”, levou um “balaio de gato” do Náutico…AQUELE QUE FOI ADVERSÁRIO DO GRÊMIO NA ÉPICA “BATALHA DOS AFLITOS”, QUE ELES TANTO DESDENHAM…KKKK…O PEIXE MORRE PELA BOCA, LITERALMENTE!!!
    RESSUSCITARAM UM MORTO!!!!
    NADA COMO UM DIA APÓS O OUTRO…E AS COISAS VÃO VOLTANDO AO NORMAL NA PROVÍNCIA DE SÃO PEDRO!!!

  • Ernesto diz: 28 de julho de 2013

    Precisamos melhor muito ainda e pode começar pela Lateral Direita, este Para deve agradecer todo o dia pro seu santo protetor por vestir a camisa do Tricolor. É muito fraco e o Renato não consegue enxergar isso. Elano é ex jogador e Barcos tem que ir pro banco.

  • Gugu Ostermann diz: 28 de julho de 2013

    Por quanto tempo? Não se esqueça que o Flu está numa maré de azar de dar dó! Apanhou, até, do Inter, o meteoro que passou como um foquete pela liderança do brasileirão…

  • Wando Wagner Schneider diz: 28 de julho de 2013

    O passe para o gol do Kléber foi do garoto Ramiro, e não de Zé Roberto.

  • Airton diz: 28 de julho de 2013

    Inacreditável, as noticias sobre a briga da Geral com a brigada só tem a manifestação da brigada, nem uma versão dos torcedores. Pois no Terra já tem a versão do torcedor, puxa isso é muito chato e revoltante, como sempre apenas a versão oficial. Veja a noticia: http://esportes.terra.com.br/futebol/el-aguante/blog/2013/07/29/torcedor-e-retirado-e-geral-entra-em-confronto-com-bm-na-arena-do-gremio/

  • edson diz: 29 de julho de 2013

    Isto q tu escrevestes hj, esta escancarado para todos faz muito tempo. “Ze Roberto recuou um pouco mais e ajudou na marcacao”. Esse Ze Roberto nunca passou de um ex-lateral, q jogando como um segundo volante, se sai muito bem. Soh no Gremio mesmo q ele acha q eh meia armador. O Elano se arrasta em campo, ate qdo? O Gremio joga torto, com essa mania de achar q Ze Roberto eh armador e q o Elano ainda pode jogar em alto nivel. Esta na hora de mudar, soh nao ve quem nao quer. Esta na hora de mandar Elano pro banco e recuar o Ze Roberto em definitivo. Se nao quiserem, voltem pro Santos. Essa vitoria hj nao pode iludir ninguem, pois o Fluminense eh horrivel. O Gremio continua tao ruim qto antes da chegada do Renato. Pq sera q eh tao dificil mudar?

  • pedro de lara diz: 29 de julho de 2013

    PELO FIM DA GERAL.
    - A cantoria abafa os protestos contra os jogadores relapsos e desconcentrados;
    - A cantoria abafa os protestos contra juízes mal-intencionados. Não há intimidação;
    - A cantoria vira um mantra. O time adversario acostuma e não dissocia ovação de apupo;
    - A cantoria enche o saco. Não há espaço pra tensão. Tudo vira festa, mesmo nos piores momentos do jogo;
    - A Geral faz o mesmo que qualquer torcida quando o placar é favoravel;
    - A Geral é sempre uma bomba relogio. Já prejudicou e certamente ainda vai prejudicar o Gremio com suas confusões;
    - A Geral é oficialesca. Serve aos propositos das direções, minimizando a inconformidade.

    FORA GERAL!!!!!

  • Junior Brasília diz: 29 de julho de 2013

    Poderia estar comentado aqui sobre a vitória do meu Grêmio, sobre a festa dos 30 anos da primeira Libertadores da América e o que seria bem melhor, do fiasco e arrogância do co-irmão que já esta se julgado campeão 2013, seriam ótimos temas e pano para muita conversa. Infelizmente não podemos deixar passar e não podemos aceitar mais a GUERRA que a BM trava com o Grêmio e não é de hoje. A má vontade com que o órgão tem contra o Grêmio já passou dos limites da aceitação normal, pois conseguirem interditar quantas vezes a ARENA DO GRÊMIO??? Parece que fazem de tudo para PREJUDICAR o Grêmio ao invés de dar SEGURANÇA, ORIENTAÇõES, ETC, não dá mais para aceitar um Polícia DESPREPARADA, ARROGANTE, AUTORITÁRIA e IMPARCIAL. O beira-rio funcionou por muito tempo naquelas condições precárias de obras (remendos) e estava tudo dentro nas normas, agora irão liberar o estádio do Novo Hamburgo com arquibancadas moveis e está tudo bem … e com a ARENA padrão FIFA, sendo hoje um dos melhores estádios da América e do Mundo, não atende o padrão BM. Quem esta fora do padrão é a própria Brigada Militar que tem que rever o seus conceitos de SEGURANÇA e proteção ao torcedor Gremista. JAMAIS iremos aceitar esse tipo de coisa, quero ver como irá ser a SEGURANÇA no GREnal, quero ver o que esse Instituição DESPREPARADA irá aprontar para a ARENA DO GRÊMIO … DE NOVO … simplesmente LAMENTÁVEL a Direção do Grêmio tem que entrar com uma AÇÃO urgente contra esse instituição …

  • Sérgio diz: 29 de julho de 2013

    Zé Roberto iniciou a jogada na lateral, passou p/ Barcos e a bola sobrou p/ Ramiro, que fez a assistência p/ o Kléber. Só p/ fazer justiça.

  • Gustavo diz: 29 de julho de 2013

    Grande David Coimbra, no domingo levou o filho todo fardado de Grêmio para assistir seu time do coração na Arena.

  • Guilherme diz: 29 de julho de 2013

    David, o passe do 2° gol foi do Ramiro e o lance mais perigoso do Flu foi com o Wagner.

  • Henrique diz: 29 de julho de 2013

    Fazendo justiça, quem deu o passe para o gol do Kleber foi o Ramiro.

  • JULIO CESAR diz: 29 de julho de 2013

    Davi,belo comentário..mas no segundo gol a jogada não foi de Zé Roberto..começou com Barcos que perdeu a bola, na sequencia foi Ramiro quem deu belo passe pro Kléber.. E no lance do fluminense quem perdeu a melhor chance foi Wagner que chutou na trave.

  • Helder Hartmann diz: 29 de julho de 2013

    Caro David; comentário perfeito, o que foi o jogo você muito bem relatou. Entretanto, há de se questionar a titularidade do Adriano, que para mim, não tem futebol para ser titular, o mesmo vale para o Pará, que nas poucas vezes que se aventurou no ataque, nunca procurou chegar no flanco, sempre querendo entrar pela diagonal. Lateral ou ala, como queiram, quando ataca, tem sempre que buscar a jogada na linha de fundo, basta ver como atua o Alex Telles, sempre buscando a linha de fundo, tanto que saiu dos seus pés o cruzamento para o gol do Riveros. Agora ver uma arbitragem dessas em campo e assistir o comentarista de arbitragem da Globo, Renato Marsiglia, é dose, o cara que quando era árbitro sempre prejudicou o Grêmio, agora como comentarista, consegue ser muito, mas muito pior.

  • Pedro diz: 29 de julho de 2013

    Estou à espera da denúncia do sr.Paulo Schmidt contra o zagueiro do Flu, pelo pisão criminoso contra Barcos. Ou a cotovelada do Sobis sobre Adriano. É a hora de avaliar sua isenção… ou, vai dizer que não assistiu?

  • William diz: 29 de julho de 2013

    David, o passe para o gol do Kleber foi do Ramiro, não do Zé Roberto.

  • A diz: 29 de julho de 2013

    Baita gremista!

  • henrique diz: 29 de julho de 2013

    David, não foi o zé que lançou o Kleber pra fazer o segundo gol. E muito menos o Riveros que meteu a bola na trave no primeiro tempo, e sim o Barcos de cabeça.. Acho que o santaninha ta certo hein, estavas vendo o jogo do co-irmao. hehehe

  • André diz: 29 de julho de 2013

    Zé Roberto deu o passe para o Kléber marcar? Em que planeta tu vive, David? Foi o Ramiro, meu amigo! Acorda, cronista!

  • Fred diz: 29 de julho de 2013

    Zé é monstro, mas quem deu o passe para o gol do Kleber foi o Ramiro, David! Aliás, outro passe, pois contra o Criciúma foi dele o passe para o gol do Zé. Tem jogo muito mais que o Adriano hein?!

  • marcos diz: 29 de julho de 2013

    DAVID.

    O goleiro não falhou aos 38minutos, o gol de bola no tornozelo não aconteceu e dai o baita time do Dunga se deu mal levou 3, deste Nautico que para nos ganhar não precisamos er mais que 7 jogadores em campo.

    Tá melhorando mas ainda falta muito vamos com alma e com os pés no chão. Ainda falta um lateral melhor que o Pará e a defesa tem que ser mais forte

    Juiz como nos nunca ganhamos nada com ajuda do apito amigo deixa assim penalti não dado , agressões e o quarto arbitro não viu nada era a nosso favor. Se fosse para os amargos eles enxergam tudo, mas fazer o que VAMOS VAMOS TRICOLOR CONTRA TUDO E CONTRA TODOS

  • Jonas diz: 29 de julho de 2013

    Normalmente quem tem ojeriza à Brigada Militar ou Polícia Civil, anda com a vida meio “enrolada”. O que me causa espanto mesmo é o porque de, direção após direção, essa marginália, essa corja, esse lixo humano da Geral continuar se perpetuando. Todo santo jogo do Grêmio essas aberrações arrumam confusão. Inúmeros conhecidos meus já não levavam mais a família aos jogos do Grêmio por conta dessa escumalha que já antes mesmo dos jogos podem ser vistos nas cercanias do estádio enchendo a cara ou se drogando, brigando, ofendendo e perturbando. Ultimamente nem eles próprios vão mais aos jogos. Sinceramente não consigo entender porque o Grêmio considera essa escória social tão importante.

  • Jair da Costa diz: 30 de julho de 2013

    A Brigada Militar está numa sequencia de “abusos absurdos” que já está ficando insuportável…

    Não bastasse isto, com o incêndio da boate kiss, o corpo de bombeiros também está existindo de forma neurótica com os demais estabelecimentos, querendo que leigos, praticamente, transformem-se em bombeiros também, o que é um absurdo neurótico sem cabimento…tão vendo fogo em tudo…

    Tá faltando comando aí na Brigada, Governador…

    Brigada Militar e Bombeiros DEVEM SER SOLUÇÃO ! E não azucrinação…

Envie seu Comentário