Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Sulistas têm razão ao se queixar do voto dos nortistas

27 de outubro de 2014 170

Vejo muitos brasileiros lamentando o “preconceito” dos sulistas em relação aos nordestinos devido à vitória mínima de Dilma, obtida sobretudo no eixo Norte-Nordeste.
É uma análise simplista, para não dizer canhestra, de quem olha para o resultado da eleição.
A queixa da metade meridional do país é mais do que compreensível: é justa.
Assim como são compreensíveis e justas as razões do voto da metade setentrional do país.
A divisão do Brasil pelo voto acontece exatamente porque o Brasil não está dividido, e deveria estar.
Você não entendeu, claro. Explico: o Brasil não é uma federação, como deveria ser.
Os Estados não têm autonomia.
A arrecadação é centralizada em Brasília.
A lei que vale para o Rio Grande do Sul é a mesma que vale para o Acre.
Trata-se de uma insanidade num país dessas dimensões.
Se cada Estado tivesse sua autonomia e sua constituição própria, se a maioria dos recursos ficasse na cidade e não fosse para o centro do país para depois voltar, se o Brasil fosse uma federação de fato, a corrupção seria menor e as necessidades de cada localidade seriam melhor atendidas.
Essa distorção, essa centralização quase criminosa, foi obra do mais solerte ditador que o Brasil teve: Getúlio Vargas.
O Brasil ainda está pagando por todos os erros e crimes cometidos na Era Vargas. Quase tudo de ruim que há no país hoje foi construído por Vargas, na sua ânsia de poder. A ditadura militar foi, de certa forma, uma consequência do governo Vargas. E a corrupção que assola o país hoje, da mesma forma.
Os Estados do Sul-Sudeste-Centro-Oeste não têm as mesmas aspirações dos do Norte-Nordeste. Não têm os mesmos problemas. E, se tivessem, as soluções teriam de ser diferentes.

Comentários (170)

  • carlos alberto pasquali diz: 27 de outubro de 2014

    parabéns pela lucidez de tua visão.
    infelizmente o Brasil sempre foi vítima de interesses não patrióticos.

  • juliano diz: 27 de outubro de 2014

    Quanta contradição. Nao foi tu mesmo q colocou no teu blog, dias atras, q o voto nao devia ser contestado, pois isso é uma democracia e nao uma aristocracia? Que quem ganha é quem tem mais voto e, nao o melhor? Entao, pela tua logica, os sulistas nao deviam reclamar. Mas, como teu partido perdeu tu muda a regra do jogo.

  • César diz: 27 de outubro de 2014

    Amigo David!!! Minha preocupação é que continuando nesta mesma proporção de natalidade hj existente nas regiões Norte e Nordeste já pensaste quantos usuários do bolsa-família terão direito a voto em 2018 e nos anos seguintes??? Pense nisso…

  • Ronaldo diz: 27 de outubro de 2014

    Tu vais levar laço do Kenny por esta afirmação…rs

  • Ricardo diz: 27 de outubro de 2014

    César, poderias me explicar com números a proporção de natalidade Norte-Nordeste x Sul-Sudeste?

  • Paulo diz: 27 de outubro de 2014

    “É uma análise simplista, para não dizer canhestra.”
    A sua frase serve muito bem para qualificar a própria análise que nos apresenta. Coisas de alguém que parece um pouco deslumbrado por estar vivendo nos EUA e quer transformar o Brasil em uma cópia do país do Tio Sam. Já se passaram 60 anos desde Vargas e tudo poderia ser modificado se o “terrível ditador” fosse o único culpado pelos 500 anos de história da nossa corrupção. Quanta tolice!

  • CLAUDIO diz: 27 de outubro de 2014

    O XORÔRÔ TA GRANDE..mimimimimi..a Ditadura existiu por causa dos grandes latifundiários empresários os quais sempre foram contra as políticas sóciais e desta forma utilizaram o Exército para executar os seus planos!!! NÃO ADIANTA PERDEU PLAYBOI..FUCK YOU GLOBO, VEJA RBS E POR AI VAI…..KKKKKKKKKKKKKKK

  • Juliana Grando diz: 27 de outubro de 2014
  • jorge luiz mendes diz: 27 de outubro de 2014

    Nas tuas palavras está implícito uma ataque a CLT a quem o teu patrão e a elite odeiam, e tu como obediente ventríloquo repercute nesta coluna onde és pago para dizer aquilo que teus patrões pensam

  • Luiz diz: 27 de outubro de 2014

    Discordo totalmente.
    A centralização é necessária para ajudar a desenvolver o país como um todo. A federalização “excessiva” tornaria os estados pobres indefinidamente pobres e aumentaria a distância para os mais ricos.
    Talvez em algum momento no futuro o país de dividisse.

    A corrupção é maior quanto menor o controle. Segmentado ao extremo, teríamos corrupção ao extremo.

  • Jocler diz: 27 de outubro de 2014

    Putz, acharam o culpado de tudo…60 anos depois de se matar por causa de uma das mais lamentáveis campanhas difamatórias da mídia – parecida com a que fizeram neste ano contra Dilma – e ainda não deixam o Vargas descansar. Bem, mas em se tratando de alguém da própria mídia que ajudou a matar Vargas, não surpreende…

  • Marta diz: 27 de outubro de 2014

    É uma vergonha!!! dividir o que é nosso pelo Brasil a fora pra eles continuarem a fazer filhos e nós ter-mos que sustentar, chega a dar nojo. E nesses 4 anos farão mais filhos que no futuro vão continuar votando nos petralhas.

  • Diego Samuel Schweig diz: 27 de outubro de 2014

    Obrigado nordeste, muito obrigado.
    Pelo que tenho visto em tantos comentários em diversos sites, a maior
    parte das pessoas defende que cada estado se resolva. Simples assim.
    Azar das crianças que nascem sem perspectiva alguma num cantinho qualquer de terra seca no nordeste deste país.
    Se o que paguei de impostos até hoje foi útil pra melhorar o destino de UMA, eu disse apenas UMA criança, já terá valido MUITO a pena. Seja essa criança da Vila Cruzeiro aqui de Porto Alegre ou do interior do Ceará.
    Homofobia, preconceito racial e agora os nordestinos.

    Mais uma vez, MUITO OBRIGADO NORDESTE, MUITO OBRIGADO!

  • ANTONIO CARLOS diz: 27 de outubro de 2014

    E FOI ESTA MESMA DITADURA QUE ALAVANCOU O SR MAURICIO SIROSTSKY SOBRINHO, A EMPRESA NA QUAL TRABALHAS E A “CENTRAL”, A REDE GLOBO.

  • Juliano Moreira diz: 27 de outubro de 2014

    Lamentaveis essas declarações,

    Parte considerável dos votos do Aécio veio do Norte/Nordeste. São Paulo sozinho era capaz de mudar o resultados, para não dizer dos que não foram votar que fizeram parte do resultado. RJ e MG não são estados nordestinos.
    As vitórias e derrotas desta eleição passam pelos votos de todo o país e não de uma região ou outros. Fica fácil falar de que está longe e não olhar para o vizinho.

  • Henrique diz: 27 de outubro de 2014

    Limpa a tua boca para falar de GETULIO vARGAS, o maior politico que este pais já teve, acho que foi muito bom tu teres ido embora, acho que aqui não é o teu lugar, tu criticas a cultura gaúcha, sendo talvez um gaúcho não tenho certeza, mas se criou aqui, agora critica com palavras dignas de merecer um processo aquele que embora tu queiras foi o maior politicos deste pais, fica por ai e se possível, não emita mais comentários sobre o que acontece aqui. Acho quem a begalada do Santana te afetou em alguma coisa.

  • Ricardo diz: 27 de outubro de 2014

    Perfeito! Comentário inteligente, lúcido e atualizado. Parabéns!

  • Renato diz: 27 de outubro de 2014

    Colocar toda a culpa das mazelas do país em Getúlio é ingenuidade pura e um acinte a história, como se o homem só tivesse trazido problemas e nenhuma coisa boa. Dizendo isto, tu estás dizendo uma das quatro coisas a seguir: 1) que todos os presidentes ou ditadores que vieram depois de Vargas eram fantoches, que estavam lá a passeio; 2)que eles compactuaram e defenderam isto que tu chama de causa principal dos problemas ou eles não tinham o preparo necessário que o cargo exige; 3) isto que coloca como causa primeva dos problemas não é causa, mas somente uma impressão tua, intencional ou não e 4) como disse outro internauta, que estás com dor de cotovelo por que o partido A ou B perdeu. Pelos outros comentários que tu postou, estou mais inclinado a aceitar que a tua dor de cotovelo é a causa deste post. Outra coisa me ocorre, como estás em tratamento médico nos Estados Unidos, talvez estejas achando que a solução adotada ai é a mais correta para o Brasil, um país totalmente diferente do EUA. Ao meu ver, dar mais poder e autonomia a estados e municípios só vai aumentar a corrupção e não diminuir, uma vez que eles terão o poder de investigar as denúncias e provavelmente não o farão, exatamente a mesma postura da era FHC, onde se tinha a ilusão de que a corrupção era menor, sendo que na verdade a investigação das denúncias é que era menor e ainda assim pautada pelo Planalto. O que importa mais são políticos honestos, se eles fossem honestos, independente das regras, os problemas tenderiam a ser resolvidos. Ah, muito interessante que tu praticamente isentas os ditadores dos anos de chumbo, como se eles até fossem uma coisa boa para o país. Como diria o antigo seriado dos anos 60, “Santa Ingenuidade, Batman”.

  • Elis diz: 27 de outubro de 2014

    Quem sabe um dia isso não muda, devemos deixar de ser anti alguma coisa e evoluir, saber perder , essa vitória mínima é um alerta , Aécio ganhou em SP onde tiririca tá fazendo dobradinha, corrupção dos metros, falta de água, Corinthias…..Dilma levou no Rio e Minas , não foi só os nortistas, a mídia levou um golpe também pois tentou de todas formas e pela primeira vez não conseguiu manipular uma parte do povo, Aécio tinha quase que todos formadores de opinião de massa ao seu lado Tamy miranda, dado seil lá o q, luciana g, luciano h, romario, malafaia, eduardoj, marina, fidelix, bolsonoro, feliciano, neymar, faustao , carla perez e muito mais letrados , muito fácil explicar essa vitória dos desinformados do bolsa familia x cultura pop brasileira .
    Espero um governo onde corrupto continue indo para cadeia….

  • Machiavellirs diz: 27 de outubro de 2014

    RECONCILIAÇÃO?

    Sinceramente, não vejo possibilidade de reconciliação entre o norte e o nordeste, regiões responsáveis pela vitória da Dilma, e o resto do país.

    O fato é que o norte e o nordeste, historicamente, são regiões caracterizadas por serem currais eleitorais de políticos tipo Sarney, Collor e Calheiros. Esses políticos sabem que basta utilizar a velha tática de acenar com um pedaço de pão ao povo ignorante e carente daquelas duas regiões para serem seguidos e se perpetuarem no poder.

    E essa velha tática foi utilizada com maestria pelo PT que agregou a ela o circo da Copa do Mundo para tornar ainda mais verdadeira a famosa expressão romana da época áurea do Coliseu: “panis et circenses”.

    Acho que o sul e o sudeste não aceitarão ver o dinheiro de seus impostos servindo para o PT se perpetuar no poder com o voto carente do almoço grátis dos nortistas e nordestinos, via política do “panis et circenses”.

    O RS é a prova disso!

  • Luiz Neves diz: 27 de outubro de 2014

    Bah!!! Te superastes!!! Culpar Vargas por todas as mazelas do Brasil é desaparecer com algumas décadas que gostaríamos que não tivessem existido, mas que não podemos deixar de analisar para emitir opinião no presente. Achei o texto racista ao confirmar o desmembramento do País, simplista ao colocar toda culpa em Vargas e seletivo ao não inferir culpa a mídia que é solidária aos desmandos que ocorrem no pós-Vargas.

  • Adriana diz: 27 de outubro de 2014

    Verdade mesmo David… mas também acho que além da divisão federalista o que falta é civilidade e inteligência a nós brasileiros de todos os estados, não votar como se fosse campeonato de futebol, falta desprendimento de radicalismos.. Impressionaram-me as manifestações a respeito da tua crônica, os cidadãos hoje amanheceram prontos para seguir o embate das últimas semanas… pessoas por favor.. ACORDAI… pensamos (ainda bem) diferente e modestamente creio que assim deva ser.. aos que tiveram seu candidato eleito parabéns, mas isto não é motivo de tripudiamento, até porque aqui no Rio Grande do Sul a realidade constatada é outra… OREMOS

  • Max Antonio diz: 27 de outubro de 2014

    David, para complementar o seu dito, a distorção ao Sul voltada ao paternalismo aos nordestinos é tão flagrante e vexatória que consolida cada vez mais a vontade do Sul tornar-se independente. Só bastaria agora o governo Petista criar a eles: o Bolsa-Motel, Bolsa-Jack Daniels, Bolsa-Picanha, gasolina, automóvel e etc…etc…etc. E pelo andar da carruagem, serão mais 4 anos que o povo brasileiro não vai ficar sabendo mesmo de como o “empresário” Lulinha ficou rico da noite para o dia. Pobre, Brasil!!!!

  • Theo Cruz diz: 27 de outubro de 2014

    David, terias a fineza de elencar para nós, amadores, as razões pelas quais afirmas que o principal culpado pelas mazelas e divisões do país é Vargas? Pois eu, aqui, ingenuamente, sempre pensei que a instabilidade e a divisão das pessoas é oriunda de campanhas midiáticas e denuncistas quando a preferência da maioria do povo não bate com a de quem fornece as manchetes, ou quando aquele candidato que parecia adequado, de repente mete os pés pelas mãos e começa a cometer absurdos como direitos trabalhistas, reformas de base e, oh céus, redução da dívida com o FMI e inclusão social com distribuição de renda.

    Outra coisa, malandramente omitida nesta analise “simplista e canhestra” de Norte x Sul, como se estivéssemos em um cenário de Confederados vs Yankees, é que, se no norte Dilma ganhou por ampla margem de diferença – à exceção do Acre, se não me engano – no Sul, Aécio, mesmo tendo vencido, venceu por margem bastante reduzida, o que demonstra que, proporcionalmente, há mais gente unidade em torno de uma idéia de Brasil melhor do que dividida. O que está acontecendo é que reacionários, coxinhas e aqueles que sempre torceram contra o Brasil porque isso melhor lhes servia, estão cada vez mais isolados e perdendo o poder de decidir os rumos como decidiam. Estão tendo que dividir o protagonismo e diluir privilégios. Daí a raiva. Daí a falácia de que o Brasil está “dividido”. 12 anos de PT no governo, dentro de um período em que a democracia brasileira vem se afirmando e se estabilizando, me diz, justamente, o contrário. Que o Brasil vem incluindo cada vez mais gente e, desta forma, se unindo cada vez mais.

  • la diz: 27 de outubro de 2014

    O Brasil está preparado para ser uma nova Cuba?

    O Brasil está preparado para ser uma nova Bolívia?

    O Brasil está preparado para ser uma nova Venezuela?

    Não! Porque a Dilma não ganhou a maioria absoluta dos brasileiros.

    30 milhões deixaram de votar.

    Só o Sul que sustenta os que não querem trabalhar no Norte-nordeste, votaram contra a esse esquema de compra de votos, utilizados pela Dilma, para receber votos dos “bolsa-família”.

    E o pior agora é que a Dilma teve apenas mais 2 por cento dois votos válidos que o Aécio e vai mandar em todo mundo.

    Se somarmos as abstenções, brancos e nulos, temos mais 30 milhões de eleitores que não querem a Dilma.

    Ou seja 80 milhões de eleitores não queriam a Dilma e ela vai governar com o voto de apenas 52 milhões.

    Isso é democracia?

  • patricia diz: 27 de outubro de 2014

    David, quero humildemente te dar os parabéns.
    por ter coragem de expor tua opinião, com a qual concordo em gênero,número e grau. Coragem que muitos dos teus colegas não tem. Deixei de ouvir o programa famoso aquele das 13 e 18 que tu participava só por causa da opinião hipócrita e politicamente correta que fazem questão de repetir exaustivamente.
    Sim, precisávamos de uma federação, onde cada estado legislasse separadamente. Ora teria corrupção, sim. Mas se o dinheiro passa na mão de 10, tem 10 chances de ser roubado, se passa na mão de 5 são só 5 chances. Podem dizer que é conformista, mas não é, é lógica.
    Agora, se os estados pobres continuarão pobres, infelizmente vivemos num mundo capitalista. Trabalhem,estudem,construam,administrem. Aí entra o governo federal para dar apoio para que cresçam.
    Agora, achar bonito que nós trabalhemos para sustentar e carregar esse peso morto, aí faça o favor né, pega o teu salário todo mês e distribui. Ah mas aí não né? Só se for todo mundo junto.
    Hipocrisia só essa palavra define.
    David, mais uma vez,parabéns, por honrar teu pensamento, sem deturpa-lo ao escrever. Seja para agradar quem for. Nota-se tua coragem pela enxurrada de coments. E tu sabia que eles viriam.
    Obrigada por tentar ao menos ajudar esse povo a pensar.

  • LAERT diz: 27 de outubro de 2014

    David, deixe de ser honesto e competente que

    você terá muita chance de virar presidente de um país chamado Brasil.

    Se você for corrupto então a sua chance cresce muito mais.

    Definitivamente, este não é um país de eleitores sérios…

  • fernanda diz: 27 de outubro de 2014

    Caro david

    Todos os que foram acima contrarios ao te comentario,
    E alguns grosseiramente,sao funcionarios publicos ou dependente do modelo bolivariano brasileiro,e todos querem manter privilegios.
    Entre os criticos seguramente nenhum gera um emprego sequer,todos bembem um bom scoth e cerveja artesanal,andam com bons carros e pagam impostos oriundos de benificios e nao de producoes.
    Brasil esta dividido entre quem trabalha e quem usufrui miseravelmente sem nada dar em troca.
    Que azar

  • Cláudia Ceretta diz: 27 de outubro de 2014

    Parabéns, Davi! Fazia muito tempo que não concordava contigo, mas hoje voce foi perfeito no seu comentário!!!

  • José diz: 27 de outubro de 2014
  • ricardo bevilacqua diz: 27 de outubro de 2014

    chora por mais quatro anos.

  • Tulio Tonietto diz: 27 de outubro de 2014

    Estou vendo vários posts racistas sobre o nordeste. Eu, inclusive, postei uma ironia no facebook, que já retirei e me arrependo. Está errado e isto é nojento.
    Coloquem-se no lugar de quem depende do bolsa família para viver. Aliado ao discurso segregador do ASNO LULA dizendo que somos “nós contra eles”… “Os ricos contra pobres”… …”vão tirar o bolsa família de vcs”…
    No lugar deles, eu também votaria na presidANTA.
    Distribuição de renda deve ser feita sim, ajudar quem precisa também. Mas deve-se dar oportunidade para as pessoas crescerem e não depender mais do auxílio do estado.
    Não façam também este discurso segregador. É isto que o governo quer – manter luta entre classes: Rico contra pobre, homo contra hetero, branco contra negro.
    Os nordestinos são um povo amável. Quem não se sente acolhido lá?
    Não façam mais isso.
    Isto é vergonhoso.
    Abraços.

  • César diz: 27 de outubro de 2014

    Boa tarde!!! Alguém acima me perguntou se sabia informar os números da natalidade NO-NE x SD-SU. Realmente número certo e derradeiro não sei informar mas urge, com uma pequena mas atenta leitura, que a média de filhos nascidos em uma família nordestina-nortista é no mínimo o triplo da média de nascidos no sudeste-sul.

  • Fernando diz: 27 de outubro de 2014

    Eu só quero ver até quando a classe trabalhadora vai ter que suportar gerar riqueza enquanto aqueles que recebem esmola continuam escolhendo os governantes. Eu posso dizer que já estou farto disso, essa brincadeira de pagar a conta e não ser beneficiado está ficando muito sem graça.

  • ergio diz: 27 de outubro de 2014

    Simplesmente brilhante!

    Eu sempre levava a causa do grande malfeito brasileiro da ditadura, falência e hiperinflação, somente até o Juscelino. Preciso investigar melhor o período do Getúlio, que sempre olhei apenas pela ótica política. Preciso ver melhor suas bizarrices sobre a economia. Sim, com toda a certeza aí encontrarei grandes causas, pois de um governo populista de vinte anos nada, mas nada de bom se pode esperar colher.

    O populismo é a pior das atrocidades. Ver e julgar de forma diferente é como consentir com o aliciamento de crianças.

    Sugiro que contextualize melhor os argumentos que dão sustentação ao seu raciocínio. O campo é extremamente fértil, este dos vinte anos de poder da raposa astuciosa. Mas sugiro que funde outro blog, mas apropriado.

    O populismo é imperdoável, imperdoável! É como crime hediondo, meu caro Renato, que infantilmente escreve logo aí acima.

  • Felipe diz: 27 de outubro de 2014

    Gente, menos ódio, por favor. O David não foi para os EUA por ser playboy, coxinha e opressor, mas sim por conta de um tratamento de saúde. Vocês ficam com raivinha de quem tem dinheiro e sucesso e acham que isso lhes foi roubado… é patético. O cara trabalha pra caramba para ter uma boa vida! Não culpem o sucesso dos outros pelo insucesso de vocês. Sobre a questão, acho que a culpa do resultado lamentável de ontem não é do nordeste. É da ignorância e do medo, seja de que estado for. Sobre a federação, acho o modelo americano muito melhor do que o nosso, basta ver o nível de desenvolvimento deles comparado ao nosso. E podem choramingar à vontade e demonizar os EUA o quanto quiserem. Quem conhece aquela terra sabe o quanto ela é mais justa que o BR vermelho de vcs.

  • Tallys Bohns Blaas diz: 27 de outubro de 2014

    Parabéns pela excelente análise, David Coimbra. Sou a favor da descentralização também. É muito mais justo. Quem critica são os mesmos que apoiam essa máfia.

  • ergio diz: 27 de outubro de 2014

    César, não se preocupe com esta questão da natalidade. O bolsa família vai parar por aí, simplesmente porque não há mais espaço para ampliarem a ação perdulária do estado.

    Acabou, a conta já está na mesa para ser paga. Serão quatro anos duros, onde a verdade será forjada e finalmente até os cegos verão, pois ela lhes será enfiada olho adentro.

  • Luciano M diz: 27 de outubro de 2014

    David:
    Concordo, em parte, com o que escreveste. Num país de dimensões continentais como o Brasil, a melhor opção é realmente um sistema federativo, onde os estados tenham uma efetiva autonomia, nos moldes do que acontece aí nos USA.
    Agora não dá pra concordar que a centralização do poder na União, no governo central, tenha sido obra de Getúlio. Isso sempre foi assim, desde o Império. E também foi só por isso que o Brasil permanece, até hoje, com o mesmo tamanho, as mesmas dimensões da época do Império. Caso contrário, teria se dividido em um monte de repúblicas e republiquetas como aconteceu na América espanhola. É claro que, como quase tudo, isso tem um lado bom e um lado ruim…
    Também não dá pra concordar que tudo que existe de ruim no país seja obra do Getúlio. Isso é o que pensavam os militares americanófilos e golpistas de 1964 e, também, as elites paulistas, cujos interesses foram contrariados com a Revolução de 1930.Eles tinham ódio a Getúlio e, consequentemente, a Jango e Brizola, não por seus defeitos, mas pelo que eles tinham de melhor.Uns odiavam e continuam odiando Getúlio porque ele era nacionalista e não entreguista, como o Gal. Kruel, que era comandante do II Exército quando do Golpe de 1964 e que, soube-se, agora, pelo depoimento de um coronel, “companheiro de armas” do referido general, na Comissão da Verdade,que trocou seu apoio ao golpe por cerca de um milhão de dólares. E outros (os paulistas) porque queriam o retorno ao “status quo” anterior à Revolução de 30. Nessa ótica, talvez os maiores “crimes” da Era Vargas tenham sido a o fim da política do “Café com Leite”, que só beneficiava SP e MG, a criação da legislação trabalhista, o fomento à industrialização e os investimentos em educação e saúde, com a criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio e o Ministério da Educação e Saúde,a a criação da Petrobras, Eletrobras, etc.
    Antes de Getúlio o Brasil era um grande “bananão”. Getúlio inventou o Brasil moderno. Graças à sua “solércia”, ele conseguiu que os americanos bancassem a Siderúrgica de Volta Redonda (base da industrialização do país), em troca da permissão aos americanos para construirem uma base militar em Natal/RN.
    Resumindo: com todos os seus defeitos, Getúlio foi o maior estadista que este

  • Paulo Colorado diz: 27 de outubro de 2014

    Que conta que o gaúcho paga para sustentar o Brasil, se o RS é um dos maiores devedores da união? O gaúcho vive repetindo estas mentiras que lhes foram plantadas na cabeça, como capim, para que eles se alimentem e fiquem quietinhos, cercados de bosta de gado e de praias horrendas por todos os lados, enquanto, acima do Mampituba o Brasil brilha de tão lindo. O gaúcho que já viajou e conhece o nordeste brasileiro – que ele fica invejando ainda mais – nesta hora fica calado, porque tem medo de ir contra a rbs e não ter seu comentário publicado! O nordeste, cambada de cretinos imbecis, é muito melhor que este RS esfarrapento e perdedor! Suas capitais são lindas, cheias de turistas, em franco progresso – enquanto PAlegre diminui e fede cada vez mais!. Suas cidades pequenas são muito melhores que as pequenas cidades gaúchas, onde nada muda desde o século passado. Esmolas por esmolas, o RS vive delas! É só chover um pouco mais, é só uma seca fazer com que o pessoal do Alegrete morra de sede, e lá vem o governo gaúcho, de pires na mão e o rabo entre as pernas, como um cão sarnento escorraçado por todos! Se vcs querem viver repetindo velhas mentiras que em nada mudam a vidinha miserável que vcs levam, que assim seja. Quem nasceu para esfarrapado, jamais será um enfatiotado passeando com seu Porche em Boa Viagem, no Recife – a Veneza brasileira! E rezem para que os turistas cearenses, que adoram vir para Gramado e Canela, na época do natal, para curtirem o Natal de isopor das duas cidadezinhas, não deixem de vir, no proximo que se aproxima, com nojo dos gaúchos invejosos! Se isto acontecer, Gramado e Canela irão pro beleléu! Brasileiro com grana não aparece por aqui, patetas! Só o brasileiro, como o nordestino, que agora pode tirar férias pagando em módicas parcelas nos sites de turismo para emergentes sociais! Vomitar demais causa desidratação, gauchada azarada! E, ainda por cima, temos o Sartori, e toda sua família parasitária, como governador do estado. A Dilma, furiosa com os gaúchos vendilhões do templo, vai endurecer e passar a ver o RS como inimigo. Nem o Temmer conseguirá aplacar a fúria da mineira ofendida. Vcs ainda irão chora lágrimas de sangue por serem tão imbecis!

  • JULIO PIRES diz: 27 de outubro de 2014

    To rindo até agora , imaginando a cara do dono da Veja , e dessa cambada de coxinhas , racistas . Por favor façam um favor ao Brasil, saiam daqui e nunca mais voltem.

  • Ramirez diz: 27 de outubro de 2014

    Igual ou pior do que uma ditadura é a segregação entre filhos da mesma pátria. Os nordestinos apenas se defendem, assim como fazem os sulistas. Mas a fome, a seca, a miséria, a falta de emprego e a falta de oportunidade é maior do que a nossa compreensão. Por favor, não façam isso! Assim, poderemos iniciar um conflito nacional. Os aposentados de todo o Brasil são alvejados por todos os governos. Eles são o “nordeste brasileiro”, morrendo à mingua, vivendo de migalhas, e não tem como se defender. Nem no voto!!!

  • pedro de lara diz: 27 de outubro de 2014

    Quem ignora, ou convenientemente esquece, as roubalheiras do outro lado leva o nome de:
    A- Oportunista
    B- Pau mandado
    C- Ressentido
    D- Malandro
    E- AntiPetista

  • Diego diz: 27 de outubro de 2014

    Que coisa abjetamente racista esse comentário desse indivíduo que se intitula “Paulo Colorado”.
    Se os atores citados fossem invertidos – isto é, se as mesmas críticas fossem feitas ao NE, e os mesmos elogios ao RS – esse comentário já seria capa de todos os portais de notícias, e a OAB estaria se manifestando exigindo providências contra o racismo.
    Mas, como é racismo contra nós, gaúchos, está tudo bem, né.
    Quanto à eleição… mais uma vez a vanguarda do atraso, o Brasil que ficou séculos para trás, venceu o Brasil que dá certo, o Brasil desenvolvido.

  • Antonio Carlos Paris diz: 27 de outubro de 2014

    Já fiz comentário sobre a tua publicação “Uma eleição anti-petista” agora para esta de que os sulistas se queixam dos votos dos nortistas vejo, especialmente , a situação dos Gaúchos de forma paradoxal e ai vai meu comentário:
    CAIRAM OS BUTIÁS DO BOLSO !!!!
    NH/RS 26-10-2014. Querida ex-Governadora, Deputada e amiga Yeda Crusius temos todos, sem exceção,uma memória muito fraca e esquecemos que teremos neste Brasil, até o final dos tempos, um lugar chamado NORDESTE. Este lugar existe exatamente para nos lembrar que o Brasil não pode ser uma realidade do bem estar( também não precisa ser aquela utopia do José Dirceu, é claro), porque o Brasil não possui um povo politizado e desta forma continuará sendo sempre o país do futuro com pessoas à cabresto. A história nos tem revelado que os países do presente assim o são porque sabem ser políticos e possuem liberdade em decorrência de serem EDUCADOS(uma Educação com qualidade).Nestes países ” do presente” a liberdade é garantida pelas pessoas e não por um “Governo Forte”, ou seja: a capacidade e a qualidade das pessoas as fazem livres e em decorrência elas aprendem a defender a liberdade. Lamentavelmente circula nas redes sociais o seguinte dilema sócio-politico: “Parabéns aos eleitores do nordeste que votam no PT e depois vão para São Paulo, governado pelo PSDB atrás de uma vida melhor”. Isto não melhora nada o que está ruim, eu sei, mas pelo menos, pelo menos, procura dar uma explicação para o comportamento nordestino. Entretanto e olhando para o nosso RS que escolhe um Governador como Sartori com 62% dos votos e só consegue 53% para o Aécio, depois de tudo o que viu a respeito do comportamento político petista, realmente isto faz saltarem os butiás dos bolsos . Que dicotomia é esta? De qual problema psico-político sofrem os gaúchos? Então Deputada eu estou com vontade de me naturalizar Português e de bater com tamancos em todos os que vierem a me dizer que o RS é um dos Estados mais politizados do Brasil (macacos me mordam!). O pior é que não existe nenhuma estorinha nas redes sociais que possa explicar e dar luzes ao comportamento gaúcho, e pelo menos isso os nordestinos tem. Um grande abraço.

  • Francisco diz: 27 de outubro de 2014

    Prezado David, concordo quando dizes que os Estados Brasileiros carecem de uma autonomia, principalmente porque o Sul e o Sudeste produzem , práticamente, toda a riqueza nacional. Esta contribuição quase total ao PIB, infelizmente, não reverte em benefícios para os Estados Produtores.
    Neste ponto, os Estados Unidos estão “anos luz” a nossa frente!
    Há de se encontrar uma maneira, de privilegiar os estados produtores, através de Leis ao Congresso. Mas, aí está o grande problema: os “currais eleitorais”, o baixo nível de escolaridade e miséria, favorecem Eleitoralmente, os Políticos. Não vejo culpa dos Nordestinos, mas dos interesses político-eleitoreiros, onde acredito que medidas saneadoras jamais serão tomadas pelos nossos “representantes”, em Brasília!
    É como dizem: “A Mentira (Exemplo: A extinção do bolsa-família, se Aécio vencer as eleições) , se não houver uma resposta de forma, convincente , esclarecedora e rápida,….”transita em julgado”……e, se estabelece como verdade!”
    É preciso um altruísmo do Governo, no sentido de implantar um sistema de educação, que promova , cultural e financeiramente, a auto-estima, do Povo Nordestino, além de Saúde e Segurança. Explicar que o bolsa-família não é para o “resto da vida”, mas um ínfimo auxílio, para despesas urgentes, até conseguir um Emprego regular. Nem sei se R$ 168,00, serve para alguma coisa……………, mas enfim é um alento , o que há de se dizer……….?
    Que o Governo, comece a fazer a sua parte e , se dar conta, de que perdoar dívidas de Países “amigos”; construir portos em Cuba; falir a Petrobrás; “fechar os olhos” à corrupção; represar preços; permitir a disparada da inflação e do dólar e descaso com as Políticas Públicas; não levam a nada e desfazem tudo o que o Brasil construiu até hoje.
    Não considero os Nordestinos culpados, são isso sim, “massa de manobras” para “marqueteiros” e utilizados na “desconstrução de imagens de pessoas públicas”, com fins eleitorais, para perpetuação no poder.
    O País se dividiu sim e, sinto que, de forma irremediável, este é o resultado dessa “Guerra Eleitoral”, sem precedentes!
    O Brasil passa pela mais devastadora das crises: “A crise moral”!
    Caro David, eu não seria tão rigoroso com o Presidente Getúlio Vargas , cujos governos, possuiam falhas , mas que , com suas estratégias de político com visão de futuro, forjaram um Brasil Moderno, com Reformas no Setor Social e Industrial, que repercutem até os dias atuais!

  • Daniel diz: 27 de outubro de 2014

    Separar o Brasil? Acorda pra vida….Engole este choro de derrotado e vai fazer algo que realmente seja útil para as mudanças, ao invés de instigar a separação. A palavra de ordem dos dois candidatos, ao final da disputa, foi UNIÃO. Seu texto está em total discordância, está “fedendo”. Abraço. Ps. Vê se publica este, hein.

  • Bento Gonçalves Jr diz: 27 de outubro de 2014

    É uma pena que os gaúchos poderosos de fato, milionários de fato, independentes de fato não percam seu precioso tempo lendo blogs como este…Então, nada de um comentário isento e inteligente. Mas, estes gaúchos são poucos, mas existem. E alguns são de famílias existentes desde o império. Nada de gente descendente de imigrantes fugidos da fome européia de outrora. Nem todo o gaúcho é como os que aqui se apresentam, gente raivosa por estar a 14 anos fora das panelinhas de seus partidos alijados do poder. Militares e suas injuriadas famílias chorando as glórias e oportunidades de gatunice perdidas, desde que a ditadura dos gorilas se esborrachou todinha!!!!, coitadinhos!!!!!Na cara que quem está com fome, esbraveja! Pois eu digo: danem-se! Esperem mais um pouco, se conseguirem. E lembrem-se, os donos da Grandene levaram suas fábricas para o nordeste! hahahahahahaha! Os da Miolo produzem seus vinhos de maior aceitação mundial no nordeste. OH! Quem tem poder pelo patrimônio adquirido não fica se rasgando todo num site da rbs, cujos donos não estão incluídos na elite gauchesca quatrocentã…

  • jose diz: 27 de outubro de 2014

    Mais um comentário infeliz. Essa repartição de recursos repousa na solidariedade, valor q tu deveria prezar ao ser recebido num país estranho para receber tratamento de saúde. O sul está em situação melhor q o norte e nordeste e deve solidariedade aos irmãos. Sorte tua que os americanos são receptivos e não pensão igual a ti. Tu merecia sentir na pele esse teu individualismo xenófobo e excludente que contagia outros doentes (e pode ter certeza que não estão, assim como tu, doentes por acaso).

  • jose diz: 27 de outubro de 2014

    Mais um comentário infeliz. Essa repartição de recursos repousa na solidariedade, valor q tu deveria prezar ao ser recebido num país estranho para receber tratamento de saúde. O sul está em situação melhor q o norte e nordeste e deve solidariedade aos irmãos. Sorte tua que os americanos são receptivos e não pensam igual a ti. Tu merecia sentir na pele esse teu individualismo xenófobo e excludente que contagia outros doentes (e pode ter certeza que não estão, assim como tu, doentes por acaso).

  • Julio Gomes diz: 27 de outubro de 2014

    LAMENTÁVEL SEU COMENTÁRIO MEU CHAPA!!
    ACREDITO QUE VC DEVERIA ESTUDAR E ENTENDER MAIS DA HISTORIA DO BRASIL PARA NÃO FICAR FALANDO BESTEIRA PRECONCEITUOSAS E BAIRRISTA.
    LAMENTÁVEL TAMBÉM TER SEGUIDORES NESSE PADRÃO.
    ESTAMOS DE OLHO NAS POSTAGENS DE TODOS RACISTAS E PRECONCEITUOSOS.!!!!
    CORDIALMENTE
    JULIO

  • Júlio diz: 27 de outubro de 2014

    Nunca imaginei ver o David fazendo a racionalização do preconceito. Lamentável.

  • Elder Ogliari diz: 27 de outubro de 2014

    A esses que acham que nordestinos ficam “fazendo” filhos, informo que, pelos dados do Censo, a taxa de fecundidade da região foi a que mais caiu em todo o Brasil entre 2000 e 2010, justamente no período do Bolsa Família. Caiu de 2,69 para 2,06 filhos por mulher, em torno de 23%. Essa taxa equivale à razoável reposição de dois filhos por casal, nada mais, e é pouco superior às do Sudeste (1,7) e Sul (1,78).
    Outro dado é que na eleição de ontem Dilma conquistou 26,6 milhões de votos nos estados do Sudeste e Sul e 20,1 milhões de votos no Nordeste.
    Portanto, a vocês que andam vomitando preconceito contra nossos irmãos nordestinos, sugiro que reflitam sobre erros que cometeram na campanha, como disseminação de ódio, mentiras na internet para semear terrorismo, constrangimento de pacientes, amigos e vizinhos, teses esdrúxulas de bolivarianismo e cubanização. Muita gente não gosta e se revoltou contra isso. Avaliar erros para não repeti-los é um dos primeiros passos para alcançar qualquer objetivo.

  • Will diz: 27 de outubro de 2014

    q td seja simples…..se o nordeste notadamente apoioi Lula/Dilma, entao pra eles se tudo ê tao bom….q nao venha. tentar a vida tanto no sul, sudeste do Brasil…é facil coçar o saco td dia sabendo q vao ganhar seus “salarios” pra manter o governo…simples assim…se o PT é tao bom pra eles, fiquem la

  • Gustavo diz: 27 de outubro de 2014

    Olha pessoal, sou da elite branca e não tenho nenhuma queixa do PT. Enriqueci à custas do “minha casa minha vida” que é mais fácil de fraudar do que entrar com celular em presídio. Quem reclama é porque não teve competência pra usar o sistema em seu favor. VIVA A DILMA!!

  • Maria Melko diz: 27 de outubro de 2014

    Lendo essa aberração postada pelo Coimbra (e vários comentários abaixo), me convenço cada vez mais da necessidade de se manter (e intensificar) as matérias de sociologia e filosofia no currículo escolar. É muita alienação e falta de conhecimento, por favor, ESTUDE antes de dizer tanta besteira!!!

  • Willy diz: 27 de outubro de 2014

    se os nordestinos votaram pela Dilma dvido a suposta melhora de vida pq entao eles saem de la pra tentar a sorte no sul/sudeste?? q fiquem la entao
    e outra….essa centralizaçao é ruim, posso concordar ctg…q o meu, o seu dinheiro vá pra pagar esses preguiçosos, mas oq eu ñ concordo é q meu dinheiro vá pra financiar uma obra de milhoes em CUBA….e mesmo q ñ fosse lá…se fosse em qlq outro país…uma presidente q guarda 150 mil reais e vem os idiotas aqi dizendo q o david, rbs sao elite e ela oq é? dai disseram pra ela “podia por na poupanca, renderia uns 10mil…” oq ela disse? “mas oq sao 10 mil?”…. parei

  • Marcelo diz: 27 de outubro de 2014

    O Brasil e infelizmente o Sul em especial, vem dando mostras de seu pensamento mesquinho, individualista e nojento.

    Casos de Racismo ( tanto no caso do Marcio Chagas, como no caso do Aranha), Homofobia (Como no caso do casamento gay no CTG), e agora com Xenofobia (xingando os nordestinos e antes ainda com os imigrantes de países Africanos).
    Acho que cabe uma reflexão, sera que temos o direito de menosprezar a inteligencia de uma pessoa, por ela morar em outro estado??? Sera que temos o direito de subjugar o voto de outra pessoa por ele não ser no mesmo candidato que o nosso???
    Sera que somos tao bons assim?? tao inteligentes assim??? tao corretos assim???
    Sera que os outros sempre estão errados??
    Ora, se nosso estado/região é mais desenvolvido, gera mais emprego mais oportunidades para nossa gente, o governo esta correto em fazer mais investimento nos Estados/regiões menos desenvolvidas, dando assim as mesmas oportunidades para os moradores dessas regiões. Assim, não precisarão sair de suas cidades, deixarem suas famílias, para vir para o Sul, trabalharem como loucos, em troca de salários míseros e ainda assim, serem taxados de Vadios, preguiçosos, e serem sempre conhecidos pela alcunha quase sempre pejorativa de “Paraíba”.
    Alem disso, os mesmo programas sociais oferecidos la, também são oferecidos aqui.

    O Brasil é um só, e democracia tem que servir tanto para quem ganha, como para quem perde.

  • Neusinha dos Santos de Gravataí diz: 27 de outubro de 2014

    Diego, vc está com a cabeça inchada? Com febre? Hemorróidas sangrando? Com câncer em estágio avançado? Ameaçado de despejo? Descobriu que foi traído por seu par amoroso? É por isto que vc não está raciocinando bem. O que o Paulo Colorado escreveu é a opinião dele e só para ele ( e para vc, pobre cretino!) tem valor, paspalhão. Vc vê racismo só quando se fala mal da gauchada, né, bestalhona arrepiada? Vá tomar um banho! Vá fazer xixi, que sua raivinha passa! E sacuda bem este seu pintinho murcho! Sacuda bastante! Pode ser que vc goze!

  • Luis diz: 27 de outubro de 2014

    Paulo Colorado, palmas para o teu comentário. Falaste a verdade nua e crua sobre o patético bairrismo dos gauchos. Nossa dívida pública é a maior do país graças ao acordo feito em 1998 pelo Brito com o FHC (acordo dura 30 anos). Graças a esse acordo “genial” somos o estado mais quebrado do Brasil. Engraçado como o mundo dá voltas. Agora o partido que criou todo esse problema para o estado voltou ao Piratini prometendo a solução para o caso fazendo oposição ao governo federal. Sério, existe coisa mais ridícula que isso? Gaúchos, chorem. A retaliação será brutal. Acredito que já no primeiro trimestre de 2015 o governo estadual nos aplique o primeiro Tarifaço (aumento de impostos).

  • renato j. fernandes diz: 27 de outubro de 2014

    O “Merval Pereira de bombachas” está, agora, acusando até o Getúlio? Eu sempre pensei que grande parte dos problemas nacionais decorresse do famigerado “pacote de abril” do Geisel, que feriu de morte a representação dos Estados no congresso nacional. Quer dizer que o “nosso Reinaldo Azevedo”, amargurado com a derrota do “Aecioporto”, perdoa, até mesmo, a “redentora” (como o bloqueiro deve, suponho, identificá-la)? O pior é que, aqueles “bolsões sinceros, porém radicais” de que falava o Geisel, estão, ao que deixa antever a maioria dos entusiasmados leitores deste blog, propondo o estermínio do povo nordestino. O certo é que, como bem dizem os mineiros, “quem conhece Aecinho Lei Seca, não vota nele”, fato que apenas evidencia que o povo gaúcho, certamente por desconhecer quem era este “Collor II” (o retorno), votou errado.

  • Caldeira diz: 27 de outubro de 2014

    David, por que essa raivosa perseguição aos nordestinos e ao saudoso Presidente Vargas, o maior lider político sulamericano? Pelo que vejo fazes parte daqueles que vivem dizendo que o nosso Rio Grande do Sul é o paraíso, o melhor estado da federação, onde a política é mais honesta, portanto, a corrupção é menor, etc e tal. Surpreende-me esse bairrismo provinciano que assola esse Estado ter em tua pessoa um adepto: “Até tu Brutus”. Meus conterrâneos precisam apreender a ver o Rio Grande de fora pra dentro para sentir que “lá fora” o Brasil é até mais verde e amarelo do que aqui…… Saúde, David.

  • JULIO H POZZA diz: 27 de outubro de 2014

    Certamente em Cuba, Albania e Coreia do Norte, todos VOCES estaríamos presos , torturados, quiçá já caputz. É hora de limpar as armas, guardá-las e unir (chega 10%) forças num só sentido. Parece que todos voces tem razão…cada qual a sua…e uma intolerância arrasadora. Tomara que alguém, que não muito de voces, seja coerente e não disperdicie mais 4 anos. Que seja firme, incorruptível e que dê uma direção ao NOSSO BRASIL. Essa ranço de qualquer parte é a educação que estamos precisando….tomara que os filhos de voces nem passem perto das respostas dadas…ensinei meus filhos a respeitar quem é sério, trabalhador e honesto, e não só olhar pro próprio umbigo. Quem perdeu, enfia a viola no saco e espera outro baile…

  • Paulo diz: 27 de outubro de 2014

    É, David, deveria ser, mas infelizmente não é assim. O Brasil sempre teve governos altamente centralizadores, e esse é um dos motivos de nunca ter funcionado direito. Deveria ser cada um segundo sua necessidade e seu potencial.

  • álvaro diz: 27 de outubro de 2014

    Como assim? O Nordeste e Norte juntos deram 24 milhões de votos para a Dilma. O Sul e Sudeste deram 26 milhões. Quem deu a vitória à Dilma? Só não vê quem não quer. Foi o Brasil inteiro. Pare de bobagem.

  • pepe diz: 27 de outubro de 2014

    David, não muito sensato tua postagem. Acho que não se pode falar de norte/nordeste x Sul/sudeste/centro-oeste. Não foi uma campanha nada limpa. Acho que isto deu para ser facilmente constatado. Aécio cometeu erros que lhe foram fatais. O primeiro, apontar Arminio Fraga como o Homem da economia. Não precisava. O Governo FHC teve muita importância, foi fundamental para a estabilidade e para proporcionar condições de governo para Lula. Porém, foi um governo de uma absoluta insensibilidade social.
    Aécio, mesmontendo sido o melhor candidato de oposição dos últimos 12 anos, não conseguiu passar tranquilidade para o beneficiário dos bolsa família de que não acabaria e mais importante, não mataria à mingua os programas sociais. Assim, não decolou no nordeste.
    Faltou convencimento. Ainda assim, eu acreditava que ele fosse ganhar.
    O meu medo é de tecnologia. Isto me tira a fé nas instituições.
    Me policio para não pensar que ele perdeu nas urnas, e não nos votos.

  • Fabiano Porcela diz: 27 de outubro de 2014

    David…estava falando isso ontem após às eleições…me impressiono com a tua lucidez. És mal compreendido por muitos, mas muitas vezes tu tens dado forma e sintetizando aquilo que penso. A única diferença é que não tenho a mesma habilidade de me expressar como tu. Leio todos os teus textos do blog Muito obrigado.

  • Paulo diz: 27 de outubro de 2014

    O problema não é “dar o pão a quem tem fome”, não me importo em doar minha parte em impostos para os que precisam. O problema é a roubalheira para obter verbas e manter-se no poder. Os fins não podem justificar os meios.

  • Roseli Verlindo diz: 27 de outubro de 2014

    Elba era aplaudidíssima quando cantava isso. Tudo na maior paz.
    https://www.youtube.com/watch?v=C8JOf7pwl3A

  • Israel Douglas Pivatto diz: 27 de outubro de 2014

    Até que em fim, David.
    Plebiscito para separação já!
    Por mim que o Lula governe o nordeste pelo resto da vida.

  • Emerson Correa diz: 27 de outubro de 2014

    muito bom artigo. Isso explica porque nosso estado está quebrado e continuará quebrado pelos próximos 15 anos segundo o artigo abaixo. A divida com a união não deixa nem deixará nosso estado crescer, o mais endividado em comparação a sua receita no país! Essa política ferra principalmente com nós gaúchos. http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2013/08/como-se-originou-a-divida-publica-do-rs-4229815.html

  • Nede Lande Vaz da Silva diz: 27 de outubro de 2014

    Parabéns, pelo artigo David. Fiquei impressionado com a carga de ódio que ele provocou de parte a parte, apenas porque propusestes o óbvio. O Brasil transformar em realidade a federação que ele pensa que é, mas não é.

  • marcelo diz: 27 de outubro de 2014

    ja começaram a investigação ;;;;doa a quem doer

    ainda tem gente falando do aécio…..

    não perceberam ainda que ele era só o meio,,, não o fim…vamos

    tratar né , eta pelegada burra essa do PT…

    genial um citou acordo de 30 anos, esqueceu que com tarso

    engaveta CPI dp mensalão a divida cresceu 10,2 bilhão…..ops

    mais coisa ai para investigar

    alías como suspeitava no post anterior nenhum honesto entre os que post

    em favor do PT aderiram ao vamos investigar

    porque será?

    ouve denuncia ……e ai no governo de voces, voces investigam….

    QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA

    TODOS PRONTOS PRO SÃO JOÃO DO ANO QUEM ..SÃO JOÃO É

    QUADRILHA NÉ

    CADE O INVESTIGA JÁ

    IMPECHEAMNENT É GOLPE NÉ

    QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA QAU

    HONESTOS …BAH

  • Rodrigo Amaral diz: 27 de outubro de 2014

    Perfeito David, vc está em morando em uma verdadeira Federação, algo que o brasil não é nem de longe.

  • carlos diz: 27 de outubro de 2014

    O que falta é educação!!Com Educação o povo sabe melhor escolher seu candidato!!Obvio que os estados que leem mais e são bem informados,tem acesso e procura informação vota melhor!Fácil de localizar,é só ver o mapa dos votos!!Exemplo:o bolsa família iniciado,fundado pelo governo do Aecio foi demonstrado pelo próprio em seu plano de governo,eu li,vces leram?pois então tinha um item genial mas duvido que leram os que seguem os conselhos do Lula q.detesta ler!!Vamos a luta trabalhadores,precisamos dar 5 meses de nossos esforços diários pra sustentar a rede corruptora do governo ,composta de investimentos em países ditatoriais e o assistencialismo!!

  • Willem Souza diz: 27 de outubro de 2014

    Hahaha, quando li tu falando mal do Getúlio, imaginei que ia receber comentários polvorosos dos gaudérios mais machos, que nunca pegaram um livro de história pra ler. O tipo de gente que alguém é melhor só por ser gaúcho. Aí quando tu joga pra algum esquerdista mais radical, com o argumento de que a Ditadura Getúlio matou mais que a Militar, o Getúlio “foi um cara controverso”, hahaha. Mas tudo bem.

    O bom de ir morar no exterior(o que eu ainda não tive o prazer), é exatamente o que está acontecendo contigo David. Já morei no Maranhão, estado que deu a maior quantidade proporcional de votos pra Dilma, e por mais que eu não concorde, eu entendo porque eles deram tantos votos. Mas eu não posso falar, serei taxado de preconceituoso por expor uma cultura diferente, que os sulistas só entenderiam indo morar um tempo lá. Que bom que morar nos Estados Unidos(mesmo que tenha sido por um motivo não tão bom) esteja te mostrando que podemos nos espelhar no que os americanos fazem pra ter uma boa qualidade de vida.

    Infelizmente a Ditadura Militar fez um estrago maior depois que se foi, do que quando estava em vigor. Um esquerdismo enraizou na mente de “pensadores” e formadores de opinião que querem ser justiceiros e donos da verdade. Hoje, eu admitir que sou direita é quase uma ofensa pra quem lê. Nos Estados Unidos, partido que não há esquerda, há direita mais conservadora e mais liberal, por mais que tenham divergências, quando se chega ao cerne da questão, o país ainda é mais importante que rusgas pessoais. O estilo de vida americano, os cidadãos, estão acima de qualquer ideologia.

    Aqui ainda vai demorar um pouco de tempo pra se valorizar mais o individual e menos o coletivo, mas tenho esperança que um dia, as pessoas ainda vão entender que pra que haja nós, antes precisa existir o eu. Meu esforço, minha luta, minha vitória, minha recompensa. Somos todos iguais? Não. Podemos ser cada vez melhores? Sim, depende somente de cada indivíduo. Parabéns pela coragem do post.

  • Robson diz: 27 de outubro de 2014

    Ricardo,

    Taxa de natalidade por região do país, segundo censo IBGE 2010:

    Sul: 15,6
    Sudeste: 17,1
    Centro-Oeste: 18,3
    Nordeste: 34,4
    Norte: 24,2

    Entendeu agora o que disse o Cesar?

  • Julio diz: 27 de outubro de 2014

    Sou sulista e votei na dilma, pra governador anulei meu voto… se acha que tá ruim vai pro ‘states’.

    Sabe quem levantou a Arena!? Foram os nordestinos!

  • Jose Luis diz: 27 de outubro de 2014

    Parabéns pelo comentário lúcido e corajoso. Os petralhas apareceram agora (estavam bem quietinhos até a Eleição, borrados de medo), mas já viram que estão na fase de “sobrevida”. Perderam a vaga no Senado, tiveram uma derrota humilhante no governo do Estado (acho que nem a Ieda Crusius apanhou tão feio na tentativa de reeleição) e Dilma só foi reeleita – TODOS SABEM, OS PETISTAS MAIS AINDA – pela compra de votos descarada que são os Bolsas-Tudo. Recomendo que roubem o máximo que puderem agora, porque é o último mandato.

  • Gustavo diz: 27 de outubro de 2014

    Nossa! A culpa é do Getúlio Vargas. Quem sabe não acusas o Pedro Álvares Cabral????

  • Francielli diz: 27 de outubro de 2014

    E o que dizer do grande número de cidades gaúchas em que Dilma teve mais votos do que Aécio? E os 46% em Porto Alegre que votaram na Dilma? E Minas Gerais e Rio de Janeiro? Todos esses deveriam ficar com o Nordeste se o país fosse dividido? Acho que essa coluna seria melhor intitulada “Gaúchos têm dificuldades em ver que o próprio estado está dividido” ou “Sulistas têm dificuldades de aceitar quem em todas as democracias há diferenças”.

  • nivaldo lobato diz: 27 de outubro de 2014

    É impressionante como o preconceito que existe nas pessoas explode por qualquer motivo.Basta uma oportunidade, para alguns destilar o que sente de verdade.Sou MARANHENSE com orgulho e li comentários que o grupo Sarney ganha devido à pobreza mas isso não refletiu nas urnas para governador na minha opinião; Dilma representa continuidade, marina representava mudança e Aécio retrocesso em anos difíceis em que o povo nordestino sofreu nas mãos desse partido.

  • José diz: 27 de outubro de 2014

    David,

    Pelo que já ouvi tu falares sobre Facebook e outros quetais sociais, imagino que não leias a parte de comentários das tuas colunas, mas achei que devia dizer que não está só na tua opinião, não que eu concorde exatamente com todo conteúdo. Concordo que o Getúlio foi um ditador de merda, como todos os outros ditadores que vieram antes e depois dele. Com certeza as turbulências que originaram o golpe de 64 começam junto com ele, assim como a centralização do poder no Rio, mas não podemos esquecer de JK ao retirar do Rio de Janeiro e separar do povo a capital federal, as manobras dos generais de 64 para dar maior peso eleitoral aos antigos territórios onde a ARENA domininava e por fim o grande pústula, aquele que transformou a Constituição de tendência claramente parlamentarista, em troca dos cinco anos de mandato, nesse arremedo de presidencialismo, Sr. José Sarney. Apesar disto, não acho que haja motivo/ ruptura que justifique um plebiscito ou constituinte exclusiva para fazer mudanças na Constituição. Isso seria na melhor das hipóteses “casuísmo”, lembras dessa expressão, na pior, um golpe, pois dentro da democracia tudo tende ao centro. A mudança que eu faria na Lei Eleitoral, seria incluir um artigo que diria: “É proibido fazer o diabo na campanha eleitoral”. Assim, continuo gostando muito das tuas colunas, nem sempre concordando com elas, mas desejando a ti melhoras. Se puderes, vá a Nova Orleans, ou se não for possível, coma por aí um gumbo. Enjoy!

  • Fábio diz: 27 de outubro de 2014

    Poucas vezes concordei 100% com você. Essa é uma delas. Tem que separar já. Sustentar Bolsa Voto não dá mais. Sul é meu pais, não essa Nova Cuba que estão formando.

  • rodrigo diz: 27 de outubro de 2014

    É nítido que as pessoas que fazem os comentários contrários a idéia do texto, baseiam-se em princípios ideológicos e fundamentalistas . idéias prontas e pré fabricadas com a complexidade de um jogo de ping-pong. Assim tem sido os PTistas ao longo dos anos. isso começa lá no colégio com aqueles professores de história que contam mais uma história da carochinha que outra coisa qualquer. Cada vez mais acredito que deveria se ensinar noções de economia e direito no ensino médio. As pessoas parecem desconhecer minimamente como nossa sociedade funciona em termos de suas dinâmicas institucionais. As finanças do Estado do Rio Grande do Sul por exemplo ? Voces sabem citar que impostos são estaduais e qual são federais? Voces sabem que qualquer governador do RS ESTÁ LITERALMENTE FUDIDO sempre? Que 95% de nossa arrecadação pífia está comprometida com custeio ? Voces aliás sabem o que é custeio ? É urgente sim e nevrálgico a revisão do pacto federativo no país, isso é uma questão de lucidez . Em relação as afirmações sobre o Vargas, é óbvio que são hiperbólicas, mas isso já é querer demais né, que voces saibam interpretar um texto com nuances artísticas….afff….

  • José Carlos diz: 27 de outubro de 2014

    Que isso David, tá virando um Paulo Francis? (isto não é um elogio).

  • Augusto diz: 27 de outubro de 2014

    David!
    Tu es o meu idolo.
    Abraco.

  • Felipe Orso diz: 27 de outubro de 2014

    Temos que copiar o que há de bom, pois criar não da certo. Será que Venezuela, Cuba e Argentina são bons exemplos. Quem votou no PT acha, ou mora em Marte. Ou será que EUA, França, Inglaterra são maus exemplos. Concordo que uma reforma política se faz inadiável neste momento. Há muita diferença no Brasil, tanto econômica quanto cultural. Sou a favor de maior independência entre as federações do Brasil. Só não concordo com a comparação entre a ditadura populista de Vargas com a ditadura Militar e seus exageros. Acredito que o país está em rota de mudança, fervilhando. Cansou do PT.

  • valdenir diz: 27 de outubro de 2014

    Lamentável, pra não dizer ridículo. Getúlio Vargas, foi sem sombra de dúvida, o maior Estadista Brasileiro, mesmo com seus erros, o saldo/balanço das suas obras perduram até hoje.

  • Fernanda diz: 27 de outubro de 2014

    Mordam a lingua para falar do Acre, ele é nosso filho, ou esqueceram que foi o nosso conterraneo gaucho Placido de Castro q desbravou aquelas terras, e tomou elas da bolivia?? Pois é, sugiro que pesquisem mais sobre os estados, antes de sair cagando pela boca, assistam jornais e veram q no Acre para presidencia o PT sempre perdi, la infelizemente só é governado por PTralhas porq a maioria da populaçao é funcionario publico! Em 2010 Serra ganhou la com 60% dos votos, esse ano aecio ganhou la com 63%, vcs tem noçao disso? É quase a porcentagem de SP, em SP aecio ganhou com 64%, o acre sempre foi um estado politizado, porq sera né gente? Porque nós sulistas fomos a principal formaçao dos acrianos, eles sao descendentes de gauchos (principalmente) paranaenses e paulistas! Rondonia tbm é outros estado parecido com o acre, muitos gauchos desbravaram naquela terra! E a onde o nosso povo guerreiro desbrava é um lugar melhor, rondonia tbm derrotou dilma, é só pesquisarem na net, e assistirem jornais, nao saem falando o que nao sabem, nao critiquem um lugar que foi desbravado pela nossa gente, olhem esse link:http://placar.eleicoes.uol.com.br/2014/2turno/resumo-nacional/ ele fala dos resultados dos candidatos a presidencia por estado no segundo turno! E os dados sao reais! Parte da minha familia se mudou para o acre, e eles tem tanto orgulho do nosso rio grande como da sua nova terra! E nao é por menos!!!

  • observer diz: 27 de outubro de 2014

    Álvaro:

    Vc disse isso ?

    “Como assim? O Nordeste e Norte juntos deram 24 milhões de votos para a Dilma. O Sul e Sudeste deram 26 milhões. Quem deu a vitória à Dilma? Só não vê quem não quer. Foi o Brasil inteiro. Pare de bobagem.”

    Como assim digo eu. Se vc não é mal intencionado (acredito que não seja), vc é ruim de matemática pacas … Veja os dados oficiais do STE:

    Nordeste
    Dilma Rousseff (PT) – 70,8%
    Aécio Neves (PSDB) – 29,2%

    Sudeste
    Dilma Rousseff (PT) – 47,3%
    Aécio Neves (PSDB) – 52,7%

    ……………………….

    Agora responda: QUEM DEU A VITÓRIA À DILMA MESMO ????????

  • Alessandra Froener diz: 27 de outubro de 2014

    Quanta tolice num único texto!
    1) Culpar Getúlio Vargas por todos os 500 anos de história desses país e dos roubos perpetuamente feitos pelos Portugueses durante séculos! É quase como as capas satíricas da revista Veja que andam pela internet!
    2) Descentralizar o poder tornaria a corrpução totalmente incontrolável, isso sem contar na desfragmentação das culturas e da economia! Pois se o mundo inteiro está se globalizando em língua, moeda e blocos econômicos, tu sugeres exatamente o contrário! Acorda, Aqui não é os EUA!
    3) “Vejo muitos brasileiros lamentando o “preconceito” dos sulistas…”
    O que seriam os sulistas, na tua concepção? Não seriam brasileiros ou não preconceituosos em relação aos nordestinos? Contradição total!
    4) “Os Estados do Sul-Sudeste-Centro-Oeste não têm as mesmas aspirações dos do Norte-Nordeste.”
    Consideradas as devidas diferenças regionais, geográficas e culturais eu gostaria de entender tua colocação, porque analisando sob o ângulo político e econômico entendo que em termos de aspirações todos os Estados têm as mesmas aspirações, ou será que o médico que se forma na universidade do Acre, tem uma aspiração totalmente diferente do médico que se forma no RS?
    Puxa, prefiro teus textos sobre futebol e mulheres sensuais do que falar de política. Parece a Camila Pitanga dizendo o que tem que fazer com a educação no Brasil! Cansada dessa gente que presta o desserviço da informação!

  • Carla diz: 27 de outubro de 2014

    Você não teve ter acompanhado as eleições de perto, já que pelo jeito não sabe que quem decidiu as eleições não foi Norte e Nordeste, e sim Minas Gerais que é o segundo colégio eleitoral do país.

  • Rafael diz: 27 de outubro de 2014

    O texto mais pobre e besta que já li do Coimbra. Sem comentários.

  • Rogério Etcchichury diz: 27 de outubro de 2014

    Muito bem David Coimbra!
    O ares da América estão te fazendo bem.

    Abraço!

  • Luiz Antônio Panta diz: 27 de outubro de 2014

    Vou ser bem simplista.Tem pessoas que nem sabem o que significa democracia.Não se dão o trabalho de procurar no google.E quanto aos nordestinos.Não temos nada contra.Eu particularmente até gosto.Mas é inegável que governo após governo, os mantém reféns da miséria.Fora as capitais, o restante do nordeste, fora algumas poucas cidade. É muito carente. E continuarão assim enquanto não quiserem mudar. E quanto a falar que sustentamos o nordeste é verdade.É só pesquisarem o que o governos nos cobra em impostos. O quando nos devolve. O quanto cobra do nordeste e o quando “dizem ” que os devolvem. Tem uma matemática simples. Usam as carências do nordeste para dizerem que precisam de 30 milhões , só co mo exemplo. E quanto chega lá?????????????????. ,Nada. Só desculpa.Usam o povo do nordeste como desculpa., para poderem nos roubar.Posso desenhar.

  • observer diz: 27 de outubro de 2014

    David,

    Teríamos um debate bem mais saudável e produtivo se o PT aceitasse críticas às suas condutas e opiniões assim como vc aceita às suas. Mas aí seria pedir demais. Existem pessoas e organizações acima do bem e do mal e nessas vc não está incluído. Sorry, man. Quem sabe na próxima reencarnação …

  • Athos Pereira diz: 28 de outubro de 2014

    Davi, esse teu texto tem um fundo de verdade e qualquer pessoa esclarecida sabe disso. Porém nós sabemos tem aquela parcela petista (uns 70 ou 80%) que só vê aquilo que lhes convém e não adianta apresentar nenhum tipo de argumento, pois qualquer coisa de negativa que se diga do PT é sempre conspiração da mídia. Para eles tudo é sempre culpa da Globo, da Veja, do William Bonner, dos Iluminattis e etc…

  • Ricardo diz: 28 de outubro de 2014

    Apesar da lógica de teu pensamento, já influenciada pelos costumes norte americanos, pelo visto. Acredito que o melhor não seja uma organização espelhada no que fazem nos EUA. Somos de origem diferente. Gostamos de chamar de irmão qualquer ente de nossa nação. Temos um amor incondicional a qualquer compatriota e nos dá alegria quando no exterior ouvimos alguém falando o português do Brasil.
    Nossa democracia é recente e ainda imatura, a prova disto são comentários maldosos e ofensivos vistos nas redes sociais durante e após as eleições. Ainda são crianças! Felizes brincando com a liberdade de expressão que é tão recente para nós.
    Nosso sistema eleitoral é exemplo para o mundo, mais de 100 milhões de votos são contabilizados em minutos, de forma limpa e em PAZ. Absolutamente em PAZ!!!
    Deixe-nos com nossa democracia, tudo se resolverá. O Brasil está condenado a ser grande.

  • Yuri diz: 28 de outubro de 2014

    Culpar Getúlio pela ditadura de 64 equivale a culpar a mulher pelo estupro, David. Quanto a essa defesa da “federação”, cabe lembrar que essa “federação” de fato existe nos EUA, e levou a distorções e injustiças igualmente importantes, como um sistema eleitoral simplesmente bizarro, e um estatuto de direitos humanos diferente em cada estado (não por acaso, os estados do sul dos EUA foram aberta e legalmente racistas até a década de 60, justificando-se, cinicamente, com o argumento da “autonomia” estadual). É visível a tua virada a direita nesse último ano. De pensador independente tu virou ídolo de reacionários de toda sorte. Gostava de te ler, ainda que não concordasse com o que tu dizia, mas tá cada vez ficando mais difícil. Uma pena.

  • JOAO NUNES diz: 28 de outubro de 2014

    A bolsa família é uma necessidade para aqueles que precisam do auxilio do poder e consequentemente irá retribuir de uma maneira ou de outra. O jornalista , pai da matéria está sendo auxiliado pela sua empresa para curar-se de uma enfermidade e a sua empresa o privilegiou com este atendimento no Estados Unidos . Nada é de graça e naturalmente ele será fiel a sua empresa de comunicações e usar o meio para atender os anseios e objetivos da referida firma , ou seja, da filial da rede Globo. No próximo tema o culpado será o Sr. LEONEL DE MOURA BRIZOLA ?

  • Claudio Darwin diz: 28 de outubro de 2014

    Oi!
    David eu te admiro pelo teu texto, principalmente quando ele trata de ficção. Agora, este seu comentário sobre o resultado da eleição, é muito infeliz. A chamada para ele então, nem se fala.
    Sei que você esta realizando um tramento médico nos Estados Unidos. Espero que tudo funcione.Que você volte curado. Entretanto, acho bom também realizar algumas seções de análise por ai. Talvez ajudem você se orientar, e não escrever bobagem.

  • Fernanda diz: 28 de outubro de 2014

    A ignorancia aqui é tao grande, que nao viram que por conta do RJ e minas o Aecio perdeu! Se tivesse ganhado nesses estados, aecio hj estaria eleito! Mas nao é mais facil culpar toda uma regiao, e ainda culpar outra que nao tem nada aver com o peixe! Sou tucana, falei la em cima sobre as ofensas a regiao norte, porq la tbm é bem dividido, na regiao norte 4 estados foram de dilma e tres foram de aecio, entao nao dar pra culpar o norte tbm, ja que o proprio sudeste se dividiu, quem pesquisou e se interessou e realmente tem bom senso antes de cagar pela boca, viu q no sudeste 2 estados GIGANTESCOS por sinal, foram de dilma, e outros dois foram de aecio, mas dó quem nao presta é o povo do nordeste e norte o.O. Tudo bem que o nordeste inteiro (sem brincadeiras, ate pernambuco, q parecia apoiar aecio nesse segundo turno) foi de dilma, agora dizer que o norte tbm fez isso, é muita dedinformaçao, pra nao falar ignorancia!!!

  • Fernanda diz: 28 de outubro de 2014

    Alguns parentes meus moram no acre, e todos sentem falta do nosso rio grande, mad nenhum pensa em voltar pra ca, para morae de novo, porque nós gauchos somos assim, quando amamos uma terra nos fixamos, mas sem perder a nossa cultura, e nossos costumes. Meus parentes frequentam o CTG de la, vao nas churrascarias de gauchos que tem la, nao perderam seus costumesn mas aprenderam a amar a terra que tiram seus sustentos! Ainda nao tive a oportunidade de ir ao acre, mas ainda quero ir conhecer a terra que minha familia tira seu sustento! E viva a nós baguais desbravadores desse mundao a fora!!!

  • Joao diz: 28 de outubro de 2014

    Recado ao Cláudio,sobre xororo…..
    E’ o seguinte , em relaćao ao resto do pais eu estou pouco ligando!!! A Dilma e o Pt que fiquem com o resto do Pais pra eles. Agora aqui NÃO!! Aqui a coisa e’ diferente!! Aqui o PT não ganha nunca mais. Aqui e’ onde crio os meus filhos ,aqui e’ o lugar pra minha velhice, aqui que e’ o lugar do meu dia a dia , aqui não!! Aqui o PT ,não pia!! A Dilma pode até’ vir visitar seu ex marido ou sei lá o que, nas aqui ela não manda nada . Aqui ela não pia!! Esta terra tem do o! Esta terra tem pessoas que querem o progresso,que querem mais hospitais, que querem segurança, querem oportunidades de emprego! E o PT representa tudo ao contrário disso! Aja visto que o OLÍVIO DUTRA MANDOU A FORD EMBORA anos atrás. Por isso aqui o Pt não ganha mais.. Então Cláudio, Por mim a Dilma pode ficar mais 150 anos no,poder que eu não ligo. No meu RGS quem manda não e’ o PT, e como vc mesmo terminou sua frase , KKKKKKKKKKKKKKK…

  • Joao diz: 28 de outubro de 2014

    Recado ao Cláudio,sobre xororo…..
    E’ o seguinte , em relaćao ao resto do pais eu estou pouco ligando!!! A Dilma e o Pt que fiquem com o resto do Pais pra eles. Agora aqui NÃO!! Aqui a coisa e’ diferente!! Aqui o PT não ganha nunca mais. Aqui e’ onde crio os meus filhos ,aqui e’ o lugar pra minha velhice, aqui que e’ o lugar do meu dia a dia , aqui não!! Aqui o PT ,não pia!! A Dilma pode até’ vir visitar seu ex marido ou sei lá o que, nas aqui ela não manda nada . Aqui ela não pia!! Esta terra tem do o! Esta terra tem pessoas que querem o progresso,que querem mais hospitais, que querem segurança, querem oportunidades de emprego! E o PT representa tudo ao contrário disso! Aja visto que o OLÍVIO DUTRA MANDOU A FORD EMBORA anos atrás. Por isso aqui o Pt não ganha mais.. Então Cláudio, Por mim a Dilma pode ficar mais 150 anos no,poder que eu não ligo. No meu RGS quem manda não e’ o PT, e como vc mesmo terminou sua frase , KKK

  • Gil Medeiros diz: 28 de outubro de 2014

    Socialismo com o dinheiro dos outros é fácil.

  • Veloso diz: 28 de outubro de 2014

    Muito correto teu texto e acrescento que todas as regras criadas para distribuição política no Brasil só fazem acentuar a distorção de igualdade e fraternidade que prega nossa Carta Magna. Há muito mais a discorrer, quem conhece um pouco mais de nossa história entende o motivo pelo qual o PT, principalmente, mas outros partidos também que se alicerçam na situação que existe, não querem a reforma política e tributária. Há quantos anos os mesmos problemas existem na região nordeste e nunca são sanados, apesar de boa parte de nosso PIB ser destinado para essa solução. Com o dinheiro já enviado ao longo de anos e anos, se tivesse sido aplicado de forma séria, o brasileiro que morasse lá viveria numa “Suíça Tropical”.

  • Osmar Sand diz: 28 de outubro de 2014

    Na realidade não foi só o Nordeste quem deu a vitória a Dilma.
    Rio de Janeiro e Minas Gerais não fazem parte do Nordeste.
    Se o candidato da oposição não ganha eleição nem em seu estado, esperar o que? Democracia é isto mesmo… Maturidade. Não tem terceiro turno…
    Quanto às bolsas, por que os mais pobres não podem ter bolsa se até os mais ricos têm bolsa. Quanto o governo paga para um curso de medicina por aluno na UFRGS. Por que esta bolsa pode e a outra não? Também aí há muita gente que não aproveita a bolsa. Em Universidades federais não se formam nem a metade dos que entram. Então vamos acabar também com as isenções fiscais, etc… O certo é que nossa democracia se consolida como uma democracia humana e não de anjos…

  • Guilherme diz: 28 de outubro de 2014

    Talvez nenhum outro Presidente tenha feito mais para o desenvolvimento econômico desta Nação do que Getulio Vargas.

    Não fora a defesa do preço do café, certamente, os fazendeiros quebrariam pela impossibilidade de resistir aos efeitos da crise de 1929. Nessa ocasião, Vargas ordenou a queima de café, a fim de restringir a oferta e manter o preço do produto em um nível mínimo.

    Seu antecessor, o “paulista” (de Macaé, RJ) Washington Luiz, que se negou a fazê-lo com uma frase que ficou histórica: “quem não pode pagar entrega o que tem”.

    Não apenas os fazendeiros são devedores: assumindo a chefia da nação, em 1930, um dos primeiros atos de Vargas foi decretar a legislação trabalhista, o que possibilitou a industrialização do país.

    Num país de muito poucos estadistas, Vargas figura entre os três maiores deles, junto com por José Bonifácio e o Padre Feijó.

    É impressionante, entretanto, o número de brasileiros, entre vinte e quarenta anos, que não têm a menor idéia da personalidade de Vargas e desconhecem totalmente, não apenas o que ele fez, mas a tragédia que cercou sua morte – para ele e para o povo brasileiro.

    Essa ingratidão tem um motivo: a burguesia não perdoa Vargas pela edição da legislação trabalhista, porque ela conferiu cidadania à classe trabalhadora e isto, para uma burguesia elitista, preconceituosa e reacionária, é uma afronta.

    Cabe a cada brasileiro resgatar a figura de Vargas. Vargas, durante o período em que fingiu flertar com o nazismo a fim de coagir os norte americanos a ceder o know how e a conceder empréstimos para a construção da siderurgia brasileira – peça fundamental para a industrialização do país – deportou a mulher do líder comunista, Luiz Carlos Prestes, para a Alemanha.

    O resgate da figura de Vargas da nossa História é indispensável, a fim de que as novas gerações possam inspirar-se na sua visão e, sobretudo, em seu nacionalismo para defender o país das agressões externas.

    Ou vcs estão contentes com Políticos como Sarney, Collor, LuLLa, Maluf? Ou com a Maria do Rosário que defende mais os bandidos do que os trabalhadores? Santa hipocrisia.

  • Thiago diz: 28 de outubro de 2014

    Xenófobo! Será denunciando

  • alex Napoleao diz: 28 de outubro de 2014

    Vargas “culpado” pela ditadura militar. Faz sentido…ele era nacionalista, Jango era seu seguidor. A UDN, CIA, Midia, Maçonaria queriam que o Brasil fosse como o David, um dependende dos EUA. Vargas culpado pelo neo-liberalismo de FHC que colocou 3 vezes uma coleira no Brasil…faz sentido…FHC chegou a proclamar o fim da era Vargas, lembra? E entregou a Vale…Vargas culpado pela miséria do Nordeste e que NENHUM governo jamais fez algo, a não ser poços artesianos…e agora, que pela primeira vez Nordeste e Norte foram responsáveis pelo aumento do PIB brasileiro, porque pela primeira vez um governo resolveu tirar aquele povo da miséria…este povo votar em que os valorizou é prova de analfabetismo político…claro…como ninguém pensou nisso antes???? Vargas culpado!!! Inoculou seu nacionalismo e o Brasil retirou 40 milhões da miséria…investiu como nenhum outro em sua história em educação e saúde. Fez o maior projeto habitacional da história para os pobres. colocou o Brasil como protagonista no Mundo. Credor do FMI, credor dos EUA, e sócio no Banco dos BRICS. Bendito Vargas!!!!!

  • José Henrique Gattiboni diz: 28 de outubro de 2014

    David, olha este mapa no link abaixo (resultado de 26-10) e vê se tem como dividir o Brasil em Norte e Sul? No máximo seria como Israel, com o muro dando voltas e isolando alguns “assentamentos”…
    Se for dividir, teremos que ter várias Cidades-Estado como na Grécia antiga…….

    https://twitter.com/politikaetc/status/526529847229947904

  • pedro, diz: 28 de outubro de 2014

    coisa interessante, pareçe que sou analfabeto, mas nao sou burro, vcs podiam incriminar, 40% da populaçao sulista,, pq eles tambem será que sao burros, e votam por bolsa familia, pq se nao me engano 40 ou mas 42% votaram na dilma, e moram nessas duas regioes, o problemas é que uma minoria de idiotas se acham intelectuas,,,,, e se acham no direito de todas as pessoas votarem, como eles acham que devia votar, deviam mudar do brasil com o lobao e outros bjos

  • darci prass diz: 28 de outubro de 2014

    Para ver como funciona uma federação de fato, basta olhar como funcionam os USA. Apesar da pouca participação nas eleições nacionais, a cobrança a nível de cidade, condado e estado é forte e direta, sem muito espaço para enganação ou ilusionismo.

  • Ricardo diz: 28 de outubro de 2014

    É a última vez que li qualquer coisa escrita por ti e imagino que na tua presunção não vais sentir a mínima falta mesmo. Canhestra, e acrescento, cretina, simplista (ou reducionista) e elitista foi a análise que fizeste das eleições e da votação deste ano. Tens todo o direito de concluir escorado nos grandes liberais e ultraliberais do passado e do presente que o estado deva intervir o mínimo nas relações entre este mesmo estado e seus cidadãos e nas relações entre os próprios cidadãos. Digo isto porque graças a Vargas (que não precisa da defesa deste anônimo e insignificante admirador dele) bem como Jango e os governos Lula e Dilma que o abismo social que separa a elite brasileira da população de baixa renda não é maior. Graças a ele, Vargas, que existe a Petrobrás que uma fonte considerável de divisas há muito não foi partilhada por grandes corporações multinacionais do ramo. A corrupção pode ou não ter como causas adjacentes a federalização ou não de um país, mas no Brasil tem como causa primária o sentimento de exploração, primeiro da mão-de-obra escrava e depois daqueles que libertos sempre foram totalmente explorados pela elite narcisista, egoísta, arrogante e fútil deste país e que só deixou de ser pior com a CLT. Todos os grandes Estados do mundo que tem IDH elevado são garantidores sociais. 400 anos antes de Vargas já havia uma elite muita bem formada e exploradora, 400 anos antes de se fazer a divisão que falas das riquezas, o jeitinho, a troca de favores, o tráfico de influência e a corrupção ditavam as regras neste país. E principalmente, primeiro que o teu raciocínio é ainda mais simplista quando esquece que em números absolutos, o sul e sudeste deram mais votos para a Dilma bem como ela ganhou em Minas e no Rio, que pelo me constam, não ficam no nordeste e parecem pela tua análise cretina, que mesmo “espoliados” na divisão do bolo vendo seus recursos irem para o nordeste não deixaram de votar na Dilma por isso. Como são burros, não é? E segundo, mesmo admitindo que a tua análise rasa tenha algum fundamento, ela cairia numa contradição insolúvel quando lembramos das eleições de 1994 onde FHC ganhou no nordeste e bem e perdeu no RS, que (pasmem) simultaneamente elegeu para governador na ocasião Antônio Brito, completamente alinhado em termos de programa a FHC! Imagino que na época os eleitores do nordeste teriam razões de sobra para reclamar dos sulistas ao mesmo tempo em que estes poderiam ser definidos como os eleitores mais esquizofrênicos de mundo, pois escolheram para nível nacional na ocasião um projeto e para seu estado, outro diametralmente oposto. Que decepção com uma análise tão rasa partindo de uma pessoa que eu julgava progressista. Até nunca mais David!

  • André diz: 28 de outubro de 2014

    É sério isso mesmo?!?!?! para um jornalista deveria se informar mais… Se hoje você trabalha no máximo 44 hrs semanais e recebe horas extras pelo q exceda, se tem férias remuneradas, carteira assinada e todos os benefícios que ela trás agradeça ao Sr. Getúlio Vargas… Pais da CLT, das leis trabalhista e da carteira assina. Deveria se reciclar jornalista, estudar nunca é demais.. procure estudar os fatos antes de publicar besteira…

  • Victor diz: 28 de outubro de 2014

    Fico extremamente desapontado com o que tenho visto nas redes sociais nesses últimos dias pós-eleições. Pessoas declarando abertamente o preconceito e vários tipos de descriminalizações principalmente com o povo nordestino por terem a maioria votado no PT. Fique sabendo que você é uma pessoa desprezível, sem um pingo de bom senso e afeto. Se reclama tanto do país, clamando por “mudança”, que tal mudar-se para USA, Japão ou Austrália? Você pelo jeito tem passado MUITA dificuldade na vida pois reclama tanto de um governo que prioriza a vida dos que mais precisam ao invés encher a pança dos mais abastados. Mudar-se seria um favor que faz para humanidade. Obs: Se for para outro país, favor não sair de casa para votar.

  • Giovano diz: 28 de outubro de 2014

    Vou ser bem simplista, essa política de que cada estado tem sua autonomia já esta sendo realizada a muitos anos, se chama feudalismo, e ainda não nos livramos disso infelizmente. Uma nação dividida não vale nada, tanto que agora que começou a faltar dinheiro os americanos estão se matando.

  • Ricardo diz: 28 de outubro de 2014

    Pior é ter que ler a postura arrogantes de pessoas elitistas e cheias de ódio que gostam sempre de nomear os comentários dos seus interlocutores de ideológicos e passionais e deles nesse sentido são sempre técnicos e serenos. presunçosos silenciosos. E tem ainda as viúvas da ditadura que se falam abertamente que foi uma revolução redentora que salvou o país,lascam que “embora ela tenha sido ruim (um mea-culpa cínico) tudo piorou após ela e outros como um tal de Fernanda que se acha muito superior aos demais, faz um discurso falando de “bolivarianismo” que parece ter saído da guerra fria, julga funcionários públicos concursados como eu (e que portanto adquiriram o cargo que ocupam pelos seus méritos) vagabundos porque seus rendimentos vem dos impostos e não pelo que produz (uma distorção cretina porque até parece que fico coçando o dia inteiro e que produzir é só vender bens palpáveis)! Filha, se não és proprietária, deves ser empregada. Num caso ou no outro dependes de todos ao teu redor: Dependes que comprem de ti ou dependes da boa vontade dos teus patrões que na primeira crise vão dar o devido reconhecimento a trabalhadora que és dando-lhe um belíssimo pé na bunda. Não precisaria ficar me defendendo, mas trabalho e muito. Trabalho muito fazendo orçamento para aquisição dos materiais necessários ao sistema de saúde público do Brasil pra garantir que o Estado as atenda. Se os que governam e estão acima de mim não gerem da melhor forma possível, são outros quinhentos. Mas eu faço a minha parte dignamente como o fazem milhões de outros funcionários públicos Brasil afora que merecem hoje parabéns pelo o seu dia. Mas vá lá lamber as botas dos grandes empresários! Vá lá tal qual um cãozinho bem treinado abanar o rabo de porta em porta atrás de uma vaga. E espere pela gratidão deles no dia que houver um aperto. Aliás, como eu queria ver um ultraliberal governando o Brasil e reduzindo ele a um estado mínimo de fazer inveja ao consenso de Washington ou a Fukuyama. Como eu queria ver pessoas como tu Fernanda vivendo sob este sistema. E como eu queria ver para quem iriam pedir penico no dia que a bolha estourasse como estourou nos EUA no setor imobiliário e tivesses que sair do mundo de faz de conta de 10 casas, 10 carros, roupas e viagens para afagar o próprio ego se lixando para os excluídos e vagabundos deste país como eu! Ah como eu queria!

  • Moises Cristiano Diefenbach diz: 28 de outubro de 2014

    Ao meu ver só teremos essa realidade federativa se mudarmos o regime e o sistema político como o constitucional parlamentarista, assim seria um primeiro passo para essa autonomia federativa….mas para isso dar certo…não pode haver presidente ou soberano partidário…só com uma monarquia constitucional parlamentarista…é que se tornará possível…o problema é que o regime monárquico não é bem em visto pela república as avessas que temos…claro, pois acabaria com a centralização dos recursos e do estado…o enriquecimento fácil…entre outros males…já estava esquecendo…quando o assunto monarquia é falado, a primeira pergunta que se ouve é quem seria o imperador ou rei, Dilma? Lula? Eu digo que não!!!Claro que não!!!!! A nossa família Imperial Brasileira está aí, ela existe e são preparados desde o berço para serem de fato o chefe de Estado SUPRAPARTIDÁRIO que ao invés de dividir a nação como faz um presidente republicano partidário Dilma e outros, enquanto o Imperador os une. O povo também não tem partido assim como o imperador. E tem mais numa monarquia constitucional parlamentarista, como nos países mais ricos, o rei segue as leis boas e úteis a todos a risca, justamente por que foram essas leis que o tornaram rei!!! Simples assim! Abraço!!!

  • Alexandre Nogueira diz: 28 de outubro de 2014

    concordo em parte. Vamos lá:
    1. Vargas, gaúcho de São Borja, talvez algum viés do jornalista ao atribuir a Era Vargas todos os problemas do Brasil. Por essa linha de raciocínio a Alemanha de Hitler nem mais existiria, mas tudo bem, daremos o desconto. O texto perde muito o crédito;
    2. Verdadeiro que alguns estados, incluindo o Rio Grande gera muito $$$$ em arrecadação e maior parte dele vai para a união, sendo “redistribuído” de acordo com as demandas ou conveniência/prioridade da gestão. Nesse aspecto, em tese, essa carga tributária deve ser rediscutida sim;
    3. Por fim, temos todos que entender que somos de fato uma república federativa e como tal não devemos ter tantas diferenças regionais. Se investimentos dependessem somente do retorno dos impostos “próprios”, gerados somente em cada estado, não seria possível minimizar as desigualdades. Quando um governo (e aí não me refiro a PT, PSDB ou qq um deles) tem como prioridade levar mais investimentos para regiões mais pobres, fomentando o seu desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida / melhoria IDH, etc, busca-se também gerar mais renda, mais impostos, equalizar a conta da arrecadação federal e, com isso, minimizar esse abismo a que o artigo se refere, ou seja, que todos os estados produzam mais;
    Muitos preconceituosos e egoístas não fazem comentários lúcidos mas sim egoístas, como se ver $$$$ ser investidos em regiões diferentes da sua fosse um grande absurdo. Absurdo é qq governo fechar os olhos para as desigualdades existentes; o sofrido povo nordestino é muito mais vítima do que vilão nessa história toda; uma região dominada por oligarquias, as quais ao longo dos anos tiveram na seca a principal fonte de votos, nunca se buscou, com raras exceções, resolver essa problemática; bem ou mal, atualmente tem havido políticas que melhoraram a situação dos que mais precisam sim, estruturalmente e de outra formas, basta ver a quantidades de institutos federais e universidades federais instaladas no interior do brasil, em especial do nordeste; Vivemos em um pais maravilhoso, capaz de ser um excelente lugar para todos os brasileiros; qq política que desprivilegie quem mais precisa é equivocada, basta ver que o próprio Aécio, se eleito fosse, falava em manter e ampliar os projetos sociais, em fortalecer o nordeste (se ia fazer não sei), ou seja, isso não retrocede; no momento que SP enfrenta falta de água por exemplo, cabe sim à união direcionar seu $$$$$ para resolver essa problemática, assim como qq situação em qq região do nosso país;
    Desculpa a “carta”, era que eu estava escrevendo justamente sobre isso ao ler de um professor universitário essa “pérola: “Está culpa eu não vou carregar…. Ainda tem muita coisa por vir…. Já que o Nordeste gosta tanto dessa mulher devia separa- lo do Brasil e deixar ela os governar, queria ver de onde ela ia tirar dinheiro pra sustentar aquela cambada de vagabundos que se deixam vender por mixaria… Nós trabalhamos pra pagar imposto e ser usado assim.”

  • Maria diz: 28 de outubro de 2014

    Tu, não foi embora com o Lobão? Se não tá na hora! sk

  • Ricardo diz: 28 de outubro de 2014

    Quis dizer num comentário anterior que graças a Vargas “que a Petrobrás existe e que por isso, há muito o nosso petróleo não foi partilhado por grandes corporações internacionais do ramo”

  • Ezio diz: 28 de outubro de 2014

    Esse tal Ricardo como bom petista é otário e não deve gostar de mulher pela maneira como se referiu a Fernanda. No minimo deve ser algum dos CCs da Dilma. Em tempo sou contrário as ofensas aos nordestinos, se trata de uma região abandonada em que quem aparece com meio quilo de farofa e mais 50 pila é tido como “herói”. Quem temos que tirar satisfações são com os petistas e CCs como esse tal Ricardo. Na mente retardada dos petistas quem os critica é “elite”. Ou então é “malufista”, sendo que petistas não tem moral nenhuma pra falar do Maluf. Sendo que se elegem se baseando no “rouba mas faz”. Mtos vão me criticar dizendo que vivemos numa “democracia” (apesar de ao meu ver vivemos numa democracia fake pq o Brasil consegue ser a única “democracia” do mundo onde o presidente se elege sem maioria absoluta da população em um regime presidencialista em uma democracia verdadeira essa eleição teria sido cancelada e remarcada com outros candidatos), mas cada vez que vejo um petista vomitar suas groselhas dá vontade de fazer apologia ao espancamento de petistas.

  • Jegue diz: 28 de outubro de 2014

    O blog do David Coimbra é um zoológico de puxa-sacos. Basta ele escrever qualquer coisa que sempre no meio dos comentários tem aqueles mesmos doi ou três que sempre escrevem a mesma coisa do tipo “Belo texto! Este é o grande David que admiramos” ou “Tu és extraordinário escrevendo sobre futebol”…o que leva um cara a se dar ao trabalho de entrar aqui e escrever algo desse tipo nunca vou entender. E neste blog isso se prolifera como rastilho de pólvora, um puxa-saco que apareça acaba sem querer enconrajando o outro e assim segue, logo eles são mais de uma uma dezena…que coisa. Desculpa o desabafo David, mas não pude deixar de notar isso

  • Luiz Pinto diz: 28 de outubro de 2014

    Tem os que falam da economia – a bruma espessa sobre o lago – ninguém enxerga para onde vai ou os obstáculos a enfrentar;
    Tem os que falam da política – as águas turvas do lago – populadas e dominadas por cardumes de predadores – como um rio de piranhas onde nada mais cresce;
    Tem os que falam sobre as ideologias – o fundo lamaçento onde apodrecem as cercaças dos que morrem nas águas turvas ou soçobram navegando nas brumas.

    Como canta o refrão: vamos deixar de olhar para o retrovisor e encarar o que vem pela frente:

    1) Incentivo à Tomada total do Poder, segundo os ensinamentos de Antônio Gramski, que pregava o controle total do Ensino, das Instituições em Geral e dos meios de Comunicações (leiam e aprendam).
    2) Absolutismo do poder Político, com a proliferação dos cargos para premiar os ”companheiros” vencedores. Aumento dos ministérios (39 é pouco), aumento das benesses para afivelar os “bolsa família” ao governo.
    3) Impunidade, desonestidade e irresponsabilidade, no trato dos recursos públicos. Ausência de sanções políticas, multas ou devolução das importâncias desviadas.
    4) Anulação do Itamaraty como ministério das Relações Exteriores, pois quem dita a politica Externa é um elemento do Gabinete. Teremos outros casos como o Porto de Mariel, a refinaria doada à Bolivia, além da ação pro Venezuela, Bolívia e Argentina (é a virada pró bolivariana).
    5) Subordinação da Política Governamental aos ditames de países de poder econômico e de Extrema Esquerda como Cuba. Perigo de perda de terras pelo apoio aos Quilombolas e regiões ricas em minerais nobres, na Amazônia. Apoio redobrado ao MST e Stédile, seu líder, com motivos a agitações no meio rural.
    6) Ausência de política Econômica para o Futuro. Declínio da participação da Indústria no PIB do país.
    7) Baixo nível educacional e nova investida da Comissão da Verdade, para atuar no ensino militar, principalmente nos Colégios Militares, no ensino de História, suprimindo datas notáveis inclusive os da contra revolução de 31 de Março de 1964.
    8) Forças Armadas desatualizadas e despreparadas – diminuição das FFAA e aumento das Forças Políticas, como ocorreu na Venezuela, Bolívia e Equador. Achatamento Salarial dos militares que são os mais baixos dos servidores federais entre as Nações, não existe amizade e sim interesses. Dotações Orçamentárias insuficientes e quase sempre contigenciadas. Tentativa de romper a Hierarquia das FFAA, com a quebra da harmonia e disciplina, e também com a submissão das punições disciplinares a apreciação judicial;
    9) Expressão cientifica e tecnológica: regras castradoras nas Universidades, tornando o país eterno importador de tecnologia avançada.O Brasil com 200 milhões de habitantes nunca foi contemplado com Premio Nobel.
    10) Embora com as declarações da Presidente, tenho muito temor de que a Petrobrás e o Povo não sejam ressarcidos do enorme rombo que sofreu a Nação para custear as campanhas políticas.
    11) Com a vitoria alcançada, é muito pouco provável que prossigam as denuncias contra Lula e o PT.
    12) O marqueteiro de Dilma deverá receber uma fortuna como premio.
    Outras sugestões?

  • Fabiano Moreira diz: 28 de outubro de 2014

    Vergonha de ser do sul isso sim. Somos um pais e somos todos. passear em Maceió e Fortaleza todos gostam né? Pena não ter como identificar cada escroto de vcs e não deixar entrar no nordeste, quando forem ostentar de ricos nas belezas naturais da terra. VERGONHA!!

  • Fernanda diz: 28 de outubro de 2014

    Assino embaixo do que o fabiano moreira falou, o nosso sul, principalmente o nosso rio grande, tem mania de arrogancia, de reclamar do nordeste, mas adora ir pra la passar as ferias na terra tao odiada.. Ter orgulho da tua terra é uma coisa, ser arrogante é outra completamente diferenre, e é isso que tenho notado nas redes sociais infelizmente, conterraneos xingando as outras regioes, chamando de burro, idiotas um povo tao sofrido, que só nao tiveram a sorte de morar numa terra fertil como a nossa, que é terra que tudo dar, pensem nisso, e pensem mais ainda quando nossos avos, bisas vieram fugidos da sua terra por causa de guerras, doenças e pobresa, sim, se hj nossas familias estao melhores, agradeça a essa terra fertil que possibilitou tudo isso! E olhem mais pro proprio rabo antes de sair sacaneando as outras pessoas, amo meu sul, nao gostei da dilma ter ganhado, mas fazer o que? Viva a democracia!!!

  • Ricardo Fabris de Abreu diz: 28 de outubro de 2014

    “Se meteu de pato a ganso”. Prezado Coimbra, simplista ao extremo é essa tua análise. Getúlio Vargas foi o grande homem do seu tempo, ditador e depois libertador, e ali, no Brasil do começo do Sec. XX atuou como estadista e visionário. Um gigante sem paradigmas se comparado com os criminosos que hoje nos governam. Diferente destes, teve honra e vergonha na cara, o que, infelizmente, o conduziu ao suicídio. O Brasil é um país fenomenal que sangra para se aprimorar, em muito pelo fomento da discórdia e do uso imoral da miséria, das declaradas “diferenças” entre os homens do norte ou do sul, da esquerda ou da direita, que se sabe são todos iguais e merecedores de dignidade e, isso sim, em muitos rincões tratados como gado por ditadores atuais e de fato. Sugiro-te comentar assuntos mais vulgares, como costumas fazer, coisa que piá gosta de ler para rir, ou estudar mais e fazer gargarejo com “omo” antes e depois de falar de Getúlio. Abraço do leitor assíduo.

  • Leandro diz: 28 de outubro de 2014

    Então quer dizer que as políticas assistencialistas são necessárias somente no Nordeste?

    Melhor pesquisar um pouco mais: http://www.brasil247.com/pt/247/rs247/132793/No-RS-4-mil-fam%C3%ADlias-saem-da-pobreza-extrema.htm

  • Misael Alberto Cossio Orihuela diz: 28 de outubro de 2014

    Concordo em que não deva haver a centralização que agora existe. O Brasil não é uma “verdadeira” federação. Falta aos estados e municípios mais autonomia legislativa, administrativa e financeira. Não concordo, porém, que isso seja culpa de Getúlio.
    Penso que o povo brasileiro, do norte, nordeste, sudeste, sul, esperam demais pelos partidos políticos e pelos políticos “profissionais”. Penso, então, que o povo (a cidadania, a sociedade) não deve esperar algo verdadeiramente bom dos partidos políticos, dos políticos “profissionais”. Eles pensam, primeiro, nos seus interesses pessoais e partidários. Para o povo eles dão migalhas: pouca educação, pouca saúde, pouca segurança pública, pouca previdência social, etc., e ou bolsa família, etc., que, na verdade, também é pouco, o suficiente e necessário para “comprar” o voto dos “bolsistas”.
    Para que aconteça algo verdadeiramente bom para o povo, para a sociedade, deve haver, e eu proponho, além de mais autonomia para os estados e municípios, a AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA CONSTITUCIONAIS DA EDUCAÇÃO E DA SAÚDE (e outras funções essenciais à justiça, à justiça ampla, preventiva e social, não apenas jurisdicional) no Estado democrático de direito, formando órgãos CONSTITUCIONALMENTE AUTÔNOMOS E INDEPENDENTES em relação ao órgão (“poder”) executivo e com autonomia e independência CONSTITUCIONAIS E PLENAS: funcional, administrativa, financeira, orçamentária, etc., assim como têm, por exemplo, o ministério público e o judiciário. A educação e a saúde devem ser administrados, geridos, pelos próprios educadores (profissionais da educação) e pelos próprios profissionais da saúde (agentes da saúde: médicos, odontólogos, psicólogos, enfermeiros, etc.) junto ao povo, junto à sociedade, em interação, comunhão, diálogo, colaboração e cooperação com o povo, com a cidadnia, com a sociedade.
    Só sendo CONSTITUCIONALMENTE AUTÔNOMAS INDEPENDENTES em relação ao órgão (“poder”) executivo, a educação e a saúde, e outras funções essenciais à justiça, poderão ser geridos, administrados de forma verdadeiramente democrática, eficaz e eficiente em benfício de todos os brasileiros e brasileiras, e com a participação de todos os brasileiros e brasileiras, e não serão objetos do marketing e das falsas promessas eleitoreiras dos partidos políticos e dos políticos “profissionais”.
    Essas AUTONOMIA e INDEPENDÊNCIA CONSTITCIONAIS DA EDUCAÇÃO E DA SAÚDE podem ser conseguidas via REFORMA DA CONSTITUIÇÃO ou via NOVA CONSTITUIÇÃO. Os movimentos sociais de junho do ano passado, parece-me, que era isso o que realmente queriam.
    Observação: a doutrina dos três poderes separados, de Montesquieu, é ideia falsa, irracional. Não há “poderes” do Estado, pois o poder do Estado é só um , uno, inseparável, indivisível e indelegável, e é do povo, só do povo. O legislativo, o judiciário e o executivo, então, não são “poderes’, mas apenas funções de governo que formam órgãos de governo.
    O que se separa ou divide e se delega são funções de governo para serem delegadas, pelo povo, a órgãos de governo. Esses órgãos (e suas funções) podem ser mais de três, bem mais de três. Isso é assim desde Platão e Aristóteles.
    Há mais a ser dito, mas vou parar por aí.
    Atenciosamente,
    Misael.

  • Ale diz: 28 de outubro de 2014

    Olha aqui Davi, essa tua amiga Marta escreveu aqui em 4 linhas o teu raciocínio, o teu pensamento, o teu ideal: “É uma vergonha!!! dividir o que é nosso pelo Brasil a fora pra eles continuarem a fazer filhos e nós ter-mos que sustentar, chega a dar nojo. E nesses 4 anos farão mais filhos que no futuro vão continuar votando nos petralhas.” Lamentável que pensas assim Davi, lamentável.

  • Maurício Pons diz: 28 de outubro de 2014

    Concordo em parte. Para mim, todos os problemas do Brasil são causados pelo sistema centralizador. O país é imenso e com regiões diversas. Reforma política já!

  • Jorge Antonio Carrara diz: 28 de outubro de 2014

    Viu? Papai do céu não perdoa! As pessoas más, preconceituosas, “capachos” de patrões e outros predicados deste naipe, quando adoecem, devem perguntar: “por que em mim, meu Deus?” Está respondido. E não tem cura. É questão de tempo. Bye, bye coxinha.

  • Guilherme Leondino Martins diz: 28 de outubro de 2014

    Muita sujeira concordo! sinceramente perdi as esperanças não acredito mais em governo algum….. todos políticos se corrompem todos querem obter vantagens a seu favor e o Povo que se exploda. e SIM desde que me conheço por gente ouço falar na industria da seca mas não se engane O PT ou PSDB OU a PPP (BJFIJ#@$@#%#$%@$#@$)se estivessem eles no governo roubariam e tentariam se manter no poder igual!!!!!!!!!!!!

  • Guilherme Leondino Martins diz: 28 de outubro de 2014

    Muita sujeira concordo! sinceramente perdi as esperanças não acredito mais em governo algum….. todos políticos se corrompem todos querem obter vantagens a seu favor e o Povo que se exploda. e SIM desde que me conheço por gente ouço falar na industria da seca mas não se engane O PT ou PSDB OU a PPP (BJFIJ#@$@#%#$%@$#@$)se estivessem eles no governo roubariam e tentariam se manter no poder igual!!!!!!!!!!!!1

  • Ricardo diz: 28 de outubro de 2014

    E você Ezio, com um bom elitista,com $$$, mas obtuso de resto, nem se deu ao trabalho de ler o meu post com atenção fazendo o mais fácil que é passar os olhos para poder ir descarregar logo. Como não leste lá, te faço o favor escrevendo no início deste post. Além de hipócrita, porque toda esta gente que brada sem parar o mantra da corrupção tem doutorado nela desde 1500. Adoram falar que o PT aparelhou o estado, mas no governo a oposição poria quem? Os amigos e apoiadores. Mas no caso deles, a escolha é sempre justa, correta e basicamente técnica, sem cumpadrios…Aham, me engana que eu gosto com essa hipocrisia nojenta! Sou concursado filho, não devo satisfação para nenhum governo. Saiu esse eu sigo. Cumprindo meu dever, qu pna cabeça de arrogante como tu é fazer nada. Mas o reconhecimento de reaças como tu eu dispenso. Não vi desrespeito nenhum a tal Fernanda, aliás, de ti que veio comentário homofóbico (não deve gostar de mulher) e raso, típico de coxa reaça como você. Sou heterossexual, casado e com filhos e se fosse homossexual não teria nenhuma satisfação para dar para você. Reitero que a nobre internauta falou com o desprezo típico dos bem-nascidos que devem ter tido desde a tenra infância as roupas passadas e lavadas e nunca deve ter fritado um ovo na vida. São arrogantes como você Ézio que crêem piamente que um pessoa desfavorecida o é porque é vagabundo, indolente ou incompetente. São pessoas como você que adoram a pregação “não dê o peixe, ensine a pescar”, mas não podem na sua postura tacanha ter alcance para compreender que leva gerações muitas vezes para que gerações de brasileiros explorados saiam desse círculo vicioso, círculo vicioso este que foi iniciado pelas oligarquias que hipocritamente vocês se põe a criticar agora: Quando elas concorreram para o eleitor nordestino pobre votar em FHC nos anos 90, aí eles não eram pobres coitados que dependiam de 50 pila, né? Além do mais, é mau perdedor: A eleição tem dois turnos. Para se eleger no primeiro turno, tem que fazer 50 + 1. No segundo turno, vence quem fizer maioria simples. Regras que são as mesmas desde 1989. O resto é chororô de perdedor. Talvez estejas traindo a tua raivinha e ressentimento de mau perdedor quando questionas a democracia brasileira. Quer dizer, se o teu candidato perde, questiona ela. Se o Aécio tivesse ganho, entretanto, seria a legítima vontade do povo que tirou os petralhas do poder, né Ézio? Interessante que não vejo os mesmo questionamentos sobre o governo de São paulo, onde o PSDB governa há 20 anos e vai para 24 com a reeleição do Alckmim. E daí? É democracia, eu queria que o Padilha tivesse ganho lá, mas só me resta respeitar a decisão da maioria do povo paulista. Mas isso deve ser difícl para você né Ézio, suportar o diferente. Deve ser um dos que está se ajoelhando para os milicos voltarem “para pôr ordem nesta bagunça”. Gente triste e mesquinha.De resto, começaste e terminaste me desqualificando usando de termos pobres (vomitando groselha), mas não confrontaste um só argumento meu sobre Vargas e a história do Brasil e das eleições desde 1994. Provavelmente porque a desconheça (a história) ou lhe falte subsídios intelectuais para fundamentar suas ideias. Só tem espaço para grosseria e autoritarismo. Não tem tempo para pesquisar mais, o negócio é trabalhar e ir a Miami. Teu mundo se resume ao medo do Dólar subir e não poder ir mais lá e da Dilma ficando ter que cada vez mais dividir o espaço das salas de embarque, da freeway e dos aviões com merdas de carros populares, diaristas e etc. #DILMA13.#MAISQUATROANOS.

  • Ricardo diz: 28 de outubro de 2014

    E reiterando Ézio, vim de baixo, pobre mesmo. Com muito esforço passei na UFRGS pelos meus méritos, em época em que nem havia cotas e sou servidor CONCURSADO sem nenhum FG ou CC. Antes disso, vendia incenso de porta em porta e assim ajudei a criar a minha filha que nasceu quando o Lula venceu pela primeira vez. Na verdade, usas a lógica do espelho: Provavelmente pegaria um carguinho se os tucanos estivessem lá. Não quero e nem preciso disso. Nunca fui filhado a partido nenhum. Sou apenas grato e não estúpido o suficiente para deixar de reconhecer que só consegui ter uma vida estável, ter o mínimo de conforto e ter frequentado uma universidade federal e conseguido financiamento para construir a minha casa graças as políticas deste governo. Fosse o arrocho de FHC, eu ainda estaria vendendo incenso ou pior. Aí gostam de bater na tecla da corrupção e esquecem do próprio rabo: Sérgio Guerra também envolvido no escândalo da Petrobrás, Aécioporto, Sivam reeleição, Banestado e privatizações obscuras do governo FHC, tudo convenientemente engavetado pelos procuradores da república da época. Como disse um amigo meu, votar no Aécio como voto contra a corrupção é como dar o comando da PM ao Fernandinho Beira Mar e esperar que ele salve a corporação!Voto e continuarei votando 13 por isso e por saber o que os tucanos no governo representam: Gente cheia de ódio como você, truculenta (faria apologia ao espancamento de petistas – valentão atrás do teclado, como sempre), cheia de ódio de pobres, gente que por elas gostariam de eternamente ter empregado doméstico sem assinar carteira. Pessoas como você, resumindo, apenas aumentam a minha convicção no 13.

  • fe diz: 29 de outubro de 2014

    concordo com os dois Ricardos e seus argumentos, muito bons por sinal, quanto a ti David, por favor, não me faças pegar nojo!

  • Fernanda diz: 29 de outubro de 2014

    “la infelizemente só é governado por PTralhas porq a maioria da populaçao é funcionario publico! ” Em algum momento chamei funvionarios publicos de vagabundos??? Ahhh pelo amor de deus, no proprio trecho ja ta explicado, porque para entendedor meia palavra basta! Ou tu se fez de burro ou realmente é um baita ignorante, critica tanto a tal elite, (que nao faço parte) mas é tao arrogante quanto! Quando falei para pesquisarem mais sobres os estados nao foi atoa, porque sabia que teria ignorante aqui. O acre para quem nao sabe é governado por uma familia a anos, e quem é funcionario publico é muito perseguido, ta ligado colega? Ou vou ter que desenhar? Acho que ja deu para entender o que quis dizer nao é? Se nao sugiro que leia a tao odiada veja, que apesar de eu nao concordar com tudo que essa revista diz, tem coisas la que sao inegaveis, como por exemplo que os PTralhas sao perseguidores!

  • Fernanda diz: 29 de outubro de 2014

    É a velha ideia de que se tu nao gosta do PT, tu é da elite, nao precisa ser da elipte para nao gostar de um tal partido! Sou tucana, mas nao porque amo esse partido, longe disso, reconheço os erros dos tucanos, como por exemplo o aviao com meia tonelada de coca do aecio, como a sua irma ser dona do principal jornal de minas, (dai tu tira o q estou querendo dizer). Como reconheço tambem as coisas boas que os PTralhas fizeram pelo brasil.. (cotas para negros, programa fome zero, bolsa familia que aceitando ou nao, ajufou muitas familias, e assim conseguiu diminuir as diferenças socias, essa que ate hoje ainda é um dos grandes problemas deste país).nenhum partido é melhor ou pior que o outro, todos tem seus defeitos e suas qualidades! A questao é que o brasil, meus conterraneos, esta em um momento de transiçao, o que quero dizer com isso, que ele nao é mais aquele que era ajudado, hoje é ele quem ajuda, o brasil ja nao é mais aquele pais que quase nao tinha negros nas faculs, ja nao é mais aquele país que tinha 20 milhoes de pessoas passando fome, por isso digo e repito, q ele esta na fase de transiçao, ou seja indo pro patamar dos desenvolvidos, esta acendendo, e claro é aí que entra o reconhecimento ao governo lula-dilma, q com o programa fome zero tirou esses 20 milhoes da fome da qual falei. Todos esse programas ajudaram muito e vao continuar ajudando, mas aí que entra, ja nao é mais preciso focar tanto nesses programas, pois ele ja esta cumprindo com o que veio fazer, temos que focar em outras coisas agora, por isso Aecio devia ter ganhado, porque agora o momento é de alavancar a economia! Era a hora exata de dar oportunidade para outro partido, mas se o povo auis assim, beleza, só nao quero que daqui a dois, tres anos, façam protestos de novo, chorando querendo o PT fora do poder, porque de nada adianta protestar feito leao, se na hora de encarar a urna a criatura emburrece!!! E outra coisa, vamos parar com essa palhaçada de separatismo, que isso ja deu, papo mais antigo e escroto, como falei o momento é de transiçao para o país, portanto precisamos nos unir, norte a sul, de leste a oeste!!

  • Rodrigo diz: 29 de outubro de 2014

    Ahhhh David, não, por favor não… tu não!
    Rezo e imploro a forças divinas, se elas existem, que publiques algo diametralmente oposto e digas que, sei lá, deixou o pc desbloqueado e uma ameba troladora sentou em tua cadeira e enviou esse texto pra redação. Assinando, criminosa e falsamente, em teu lugar.
    Sim, porque não David, tu não!

  • Mário César Gonçalves da Silva diz: 29 de outubro de 2014

    David Coimbra! Teu comentário é simples e sem embasamento nenhum! Aliás, deve ficar mesmo no EUA porque está acostumado em ser mandado por americanos mesmo. Nem volta mais para fazer comentários tão ridículos. Nem parece que é jornalista. E Lave sua boca para falar de Vargas e cuidado quando andar nas ruas em Porto Alegre.

  • Ezio diz: 29 de outubro de 2014

    Ricardo ficou magoadinho com a resposta kkkkkk. Meu velho até me orgulho em fazer parte de uma elite sim. Elite que não fica indo atrás de populismo de n-esima categoria como o que o PT faz. PT é um partido duas caras. Na campanha é o partido dos “pobrezinhos” e no governo é o partido da picaretagem. Pelas tuas palavras quem fundou a UFRGS foi o PT quando a UFRGS é uma instituição centenária. A proposito eu tb não sou ligado a nenhum partido, minha referencia politica atende pelo nome de LEONEL BRIZOLA o ÚNICO politico que de fato fez alguma coisa pra erradicação da pobreza e da miséria e que nunca enriqueceu as custas da politica. Pra ti dedico uma msg de Humberto Gessinger “ninguém tem o direito de me achar reacionário não acredito no seu jeito revolucionário”. PT é tão esquerda e tão revolucionário que se juntou com tudo o que tem de mais podre no Brasil em troca do poder. PSDB tem tb VÁRIAS histórias mal contadas. Mas o PSDB pelo menos não está te enganando, a cara dele é exatamente aquela que ele está te mostrando. Ao contrário do PT que é duas caras. O PT ficou quase 30 anos na oposição posando de “paladino da ética na politica” e o que ficou comprovado foi outra coisa. Se for ficar citando todos os escandalos deste governo ficaria o dia todo aqui e ao contrário dos CCs como tu eu tenho mais o que fazer. E foste sim preconceituoso com a Fernanda presta atenção quando tu manda ela “agir como um cãozinho abanando o rabo de porta em porta”. Vivemos em uma democracia fake, a Dilma foi eleita tendo 61% de reprovação. Os fatos estão aí pra comprovar. 51 milhões votaram no Aécio mais 37 milhões que ou se abstiveram ou votaram branco ou votaram nulo o que dá o total em 88 milhões de eleitores contra os 54 milhões de otários que votaram na Dilma. Essa eleição é de menor legalidade em toda a história. Em tempo vender incensos na rua é mais digno do que ser pau mandado do PT.

  • Gabriel B S M diz: 29 de outubro de 2014

    David, seu comentário pode ser fracionado em duas partes bastante distintas entre si:
    Primeiramente, falemos da parte ingênua. Nesta, você afirma que todas as mazelas políticas que enfrentamos hoje é por culpa da era Vargas. Não, não é apenas culpa da era Vargas, apesar de esta ter sido bastante prejudicial para o Brasil. Essa mentalidade de centralização de poder é herança dos tempos da coroa portuguesa; e é agora que falarei sobre a segunda parte de seu comentário.
    Nesta outra parte, você afirmou que a distribuição de poder para cada um dos estados seria uma solução objetiva para a maioria dos problemas administrativos brasileiros. De fato, essa ideia é bastante lúcida. Diga-me, quem além dos gaúchos é capaz de traçar o melhor destino para o RS? Ninguém! Não sou separatista, mas sou completamente a favor de dar maior autonomia aos estados. Cada povo sabe o que é melhor para si e merece o direito de tomar suas próprias decisões.

  • observer diz: 29 de outubro de 2014

    Meu caro Ricardo,

    Eu ia me dirigir a vc anteriormente, mas como vc dissera que não leria mais nada por aqui, desisti. Vejo que vc mudou de opinião, o que é saudável, e eu gostaria que vc soubesse de algumas coisas que só se aprende com o tempo, vivendo a História (com agá), e não ouvindo estórias, que são diferentes de história e quase sempre diferentes mesmo entre si. Afinal, cada sujeito da história a conta conforme a sua ótica e os seus interesses.

    Seus vários e extensos comentários que tive a paciência de ler (não digo o prazer em ler, mas paciência tive), vc usa expressões e fórmulas que só podem se dever à sua pouca experiência de vida.

    Para vc, o empresário é um ser abominável, integrante de uma “elite narcisista, egoísta, arrogante e fútil deste país”. Alguém que queira arranjar um emprego terá que “lamber-lhe as botas” e de quem não se pode esperar gratidão “se um dia em que houver um aperto”.

    Veja, “ser empresário” está ao alcance de todos: ao seu também. Vc poderia tornar-se empresário, gerar riquezas, impostos, pagar melhores salários que os outros, empregar mais gente, instituir o 14º, 15º, quantos mais décimos alguma coisa salários que vc quisesse. Nada o impede. Por que vc , do alto de sua competência de ter sido “aprovado na UFRGS, enquanto ainda nem existiam quotas”, não mostra aos empresários egoístas, arrogantes etc, como se faz diferente? Não é o seu partido que disse que seria diferente? Quem sabe vc cumpre o que eles não conseguiram – e nem tentaram fazer: ser diferente.

    Acredite, cidadão, competente e zeloso funcionário público, que aqui fora, na iniciativa privada, NINGUÉM será obrigado a “lamber as botas dos grandes empresários”, porque esses querem lucros e não a bota brilhando. Se vc não der lucro, não será necessário, por mais especialista em lamber botas que vc seja. NINGUÉM precisa agir “tal qual um cãozinho bem treinado abanar o rabo de porta em porta atrás de uma vaga”. Há que ter qualificação. TODOS tem que ter, inclusive – e principalmente – esse ser desumano e odioso, chamado empresário.

    Veja seu discurso, em que vc se autodefine como um “funcionário público concursado”, que “adquiriu o cargo que ocupa”. Desculpe, nem vc – nem os demais “milhões de funcionários públicos” que vc diz existirem – adquiriu o cargo: vc e os demais “titularizam” o cargo, de forma passageira; ele não é seu, é da sociedade, vc somente “está” lá, até que o Estado lhe dê o “belíssimo pé na bunda” que vc deseja à Fernanda. Vc tem estabilidade no cargo, o que significa que, se tudo der certo pra vc (espero sinceramente que dê), vc terá emprego garantido até ter 70 anos (ainda é essa a idade em que se dá a aposentadoria compulsória?). Aí vem o “pontapé”.

    Meu jovem, “o abismo social que separa a elite brasileira da população de baixa renda” é reflexo de um abismo proporcional entre a qualificação dos cidadãos mais preparados e os menos. Não há como fugir disso, não depende deste ou de outro “obtuso coxa reaça” (desculpe, mas tenho que copiar seu vocabulário; ele é muito divertido). Não adianta me xingar: sou só o portador da má notícia, não fui que a inventei. Para que não fosse assim, tentou-se há muito tempo atrás uma solução diferente. Vc deve ter ouvido falar: chamava-se comunismo, mas não deu certo. Uma estorinha que era mais ou menos assim: Era uma vez no reino X, o povo resolveu assumir o comando sócio-político-econômico, para principalmente acabar com a desigualdade entre os seus cidadãos. E conseguiram. Todos (ou quase todos) acabaram miseráveis. Não era bem o que pensavam que aconteceria, mas paciência … Com o tempo, alguns se aperceberam de um detalhe intrigante: por que preciso trabalhar, se meu vizinho não faz nada e tem os mesmos direitos que eu tenho? E esses alguns concluíram: quer saber? Também não vou fazer mais nada. E, assim por diante, o reino encantando acabou voltando ao que era antes da “Revolução do proletariado”. Resumo. A estorinha do tal reino ficou só na lenda. Só na história mesmo.

    Ah … eu também “vim de baixo”, “pobre mesmo” (no fim de sua vida, minha mãe enxergava muito pouco e mal conseguia fechar as mãos, tudo porque teve que costurar por décadas, à luz de velas, para complementar a renda que meu pai ganhava na fábrica – 1 salário-mínimo (tudo isso!) e eles tinham que criar CINCO filhos pequenos. Não havia bolsa esmola, nós, crianças trabalhávamos, e, assim como vc, nunca fui filiado a partido algum. E também sou grato por ter frequentado universidade, conseguido emprego, bolsa de estudos e tanta coisa na minha juventude, bem no auge do que se convencionou chamar de Ditadura. Eu só queria estudar, trabalhar, progredir e ajudar minha família. Existiam outras pessoas que tinham outros planos. E a História contará as estórias de cada um de nós, mesmo que hoje as estorinhas individuais de alguns, nem sempre verdadeiras, tenham maior prestígio.

  • Rejane diz: 29 de outubro de 2014

    A quem interessar possa:
    SP – 36% para Dilma (8,5 milhões de votos)
    MG – 52% para Dilma (6,0 milhões de votos)
    RJ – 55% para Dilma (4,5 milhões de votos)
    ES – 46% para Dilma (0,9 milhões de votos)
    PR – 39% para Dilma (2,4 milhões de votos)
    SC – 35% para Dilma (1,4 milhões de votos)
    RS – 47% para Dilma (3,0 milhões de votos)

    Portanto, as regiões Norte e Nordeste do país deram _MENOS_ votos a Dilma/PT (24,8 milhões) que o Sul e Sudeste (26,7 milhões).

    Em outras palavras: antes de você soltar sua raiva, preconceitos e impropérios a quem quer que seja, pense mais um pouquinho a respeito. (E fazer a lição de casa antes também ajuda a evitar imbecilidades em praça pública.)

  • Fe diz: 29 de outubro de 2014

    meu caro Machiavellirs, vc é um ignorante, mude esse nome ou estude um pouco mais a história, o grande Maquiavel autor de O Príncipe, era adepto do grande ditador, portanto gostava da continuidade no governo e de um lider forte o bastante para não se submeter a quem quer que fosse, vc é um ignorante (do verbo ignorar), pois a Dilma está caminhando para a perpetuação do PT no poder, depois dela vem o Lula de novo e depois quem sabe, o importante é a continuidade, e cada vez mais autoritária e sufocante com os que discordam, bem ao gosto do teu Homônimo!

  • Fernanda diz: 29 de outubro de 2014

    Foi bem isso mesmo Rejane, só nao ver quem nao quer, e prefere se recusar a acreditar e continuar com seus preconceitos!!!

  • marcos diz: 29 de outubro de 2014

    Concordo e assino embaixo, David. Getúlio é o exemplo do ditado do pau que nasce torto.
    Como sou um democrata, acho que os petistas/marxistas devem ter o direito de repartir seus ganhos/excedentes com quem quiserem.

  • Ricardo diz: 29 de outubro de 2014

    Caro Observer, dizes“o abismo social que separa a elite brasileira da população de baixa renda” é reflexo de um abismo proporcional entre a qualificação dos cidadãos mais preparados e os menos. Não há como fugir disso”. Eu escrevi também em outro comentário e reitero que se um começa a corrida duas voltas na frente, este sai em grande vantagem. Há causas históricas que só podem ser ignoradas por desprezo a história ou má-fé. Como eu disse, como esperar que alguém que tendo nascido numa favela acossado por ódio, violência e exclusão de todos os lados vá competir em pé de igualdade com alguém que nasceu na classe média ou média alta tendo acesso a escolas de qualidade? Compreende que o ponto de partida não é igual? Vamos começar a falar em meritocracia a partir de condições iguais. Meu irmão foi empresário, se queres saber. Quando ele foi demitido depois de 7 anos na mesma empresa em 1998, foi para o litoral e junto a um sócio abriu uma cafeteria. Lutou, procurou se aperfeiçoar, se muniu de conhecimento técnico de gestão. Faliu. Não suportou a cada ano (e isso numa época em que os hermanos vinham em profusão para cá e com dinheiro) a baixa temporada. Conheço ele o suficiente para saber que era um gestor que jamais dispendeu recursos imprudentemente. Só que havia ainda mais um porém: Seus concorrentes, quase todos, ao contrário dele, tinham posses. Propriedades, riquezas guardas e no caso, a maioria herdadas. Tinham um suporte financeiro muito superior ao dele e podiam suportar muito melhor a época de menor movimento. Entendes o que que quero dizer observer? O ponto de partida não foi o mesmo. Houve um tempo em que pessoas saindo do nada construíram impérios e geraram riquezas. Isso é muito difícil hoje. E quando falo hoje, não falo do PT. Falo que a conjuntura é outra. Em todo o caso, temos que saber qual o limite das nossas exigências e qual a nossa visão de mundo. O que é ser competente ou incompetente? Ser zeloso e dedicado ou não ao trabalho? Fazer jus ou não a vaga conquistada? Vamos ser francos: Quantos por cento dos empresários se lembram de gratidão na hora em que seus lucros diminuírem? Há exceções honrosas de pessoas que sabem que sem seus colaboradores, nada podem fazer e em momentos de crise procuram esgotar todas as alternativas antes da demissão. Não demonizo nenhum empresário: A região que vivo se desenvolveu a custa de pessoas que receberam pedregulhos, feras e nativos a lhe acossarem e que transformaram em um lugar pujante. A questão é que nem ao ceú e nem ao inferno: O minha crítica à Fernanda era muito pontual. Ora, eu trabalho e muito Observer, e se errei ao desqualificar os trabalhadores do setor privado e empresários, senti-me atingido quando me consideram apenas um encostado como ela insinuou. Todo o dia trabalho buscando os melhores orçamentos entre as empresas privadas para adquirir produtos que atendam a rede pública de saúde. Se nos encostássemos ou cruzássemos os braços, a máquina parava. Ainda não inventaram forma melhor de se organizar do que o estado e se fôssemos esperar pelas iniciativas individuais de cada um o mundo seria o caos. Como que cada um cuidaria do seu abastecimento de água,luz, saúde, alimentação, educação? O Brasil ainda é uma jovem democracia e vai chegar lá. Todos dependemos uns dos outros. O Sr. como empresário gera riqueza, mas para isso depende dos seus colaboradores que por sua vez irão consumir. Todos gerarão impostos que serão redistribuídos e pessoas como nós, que muitos tem na conta de “vagabundos sugadores” fazem o meio de campo necessário para que a máquina estatal funcione. E se não funciona muitas vezes é porque que nos governa gere mal este mesmo estado (o que aliás acho que já melhorou muito) E como falei em um comentário posterior, o seu caso e de outros é exceção. Não é a regra Observer. Ponha isso na cabeça você. De 1000, 10 nas condições que você apontou que eram a sua vida conseguiram vencer. Te pergunto: Quantas pessoas nas mesmas condições econômicas que você ou piores conseguiram o êxito idêntico ao seu? e existem milhões ainda Brasil afora em condições de miséria extrema. Que há gerações a miséria se perpetua. E acredite Observer, porque vi de perto e posso falar com conhecimento de causa: espera um milagre um ser com até a formação intelectual comprometida saia desta miséria e seja um empreendedor. Se fôssemos esperar que cada um por si que estivesse em condições miseráveis saídsse da posição em que se encontram, jamis este saíram. Não foste tu mesmo que disseste que tem que ter qualificação? Pois bem, esi o cículo vicioso: Não tenho qualificação não contratado. Não sou contratado, como me qualifico. E repito, há milhões que essas questões mal aparecem no horizonte porque lutam a cada dia para ter comida no estômago. Já fizeste algum trabalho social em alguma periferia observer? Se não, te sugiro que faças e começarás a ver que quem “não tem qualificação” não tem não necessariamente porque seja um vagabundo indolente… Não adianta aliviar para os anos de chumbo e dizer “O que se convencionou chamar de ditadura”. Foi ditadura sim, ditadura é quando como foi o caso, rasgam a constituição e sem motivo ou com motivo falso depõe um presidente democraticamente eleito, censuram, perseguem, torturam, matam e proíbem eleições livres. Eu não preciso de meias palavras para isso. Não desejo pé na bunda para a Fernanda, ,mas como você bem disse, no dia em que ela não lhe der lucro ( e o que define isso é muito limítrofe) ela será mandada embora. Essa é a lógica geral. Há exceções que procuram todas as saídas possíveis em momentos de crise, mas você há de convir que há uma quantidade razoável cuja demissão é a primeira solução. Muitas vezes aquele funcionário que foi competente por anos a fio, acontece uma crise, e não pé nada incomum que o sujeito que estava lá há 10 anos seja posto para fora. Quanto ao pé na bunda aos 70 anos eu estarei ansiando por ele: Minha cocepção de vida está muito além deste mundo que eu vejo como uma grande escola. Tenho convicções espirituais que me fazem ter a convicção de que os últimos anos de vida mais do que tudo devem ser dedicados para se preparar para o inevitável: A morte. Como tenho plena convicção que a vida segue posteriormente em outras instâncias, bem quero estar preparado para isso, não estando excessivamente apegado a tesouros que as traças e os ladrões tratarão de corroer.

  • Ricardo diz: 29 de outubro de 2014

    Abraço a todos. O Brasil é um só, independente do governo!

  • jocemar diz: 30 de outubro de 2014

    Achei meio bosta… Não tenho partido e no meu ponto de vista tínhamos duas opções muito ruins, mesmo assim entendo que tua colocação sobre Vargas foi desnecessária mas respeito teu ponto de vista… respeito mas não concordo.

  • Guto Bender diz: 30 de outubro de 2014

    Interessante visão, David. Mas mais interessante, ainda, seria explicares porque, quando O OLÍVIO FALAVA EM REVER O PACTO FEDERATIVO, EM 1998, teus patrões o boicotaram…
    Problema, David, é que cada vez menos pessoas esquecem das coisas. Porque há os que não esquecem e não deixam os outros esquecerem.

  • DOUGLAS diz: 30 de outubro de 2014

    Jura? E como você explica a totalização dos votos?

    NORTE + NORDESTE = 24.569.049 VOTOS PARA DILMA
    SUL+SUDESTE+CENTRO OESTE = 29.882.106 VOTOS PARA DILMA
    55% dos votos de DILMA vieram do SUL, SUDESTE e CENTRO OESTE…

    Teu candidato perde e tu abre a boca pra disparar asneiras contra os nordestinos… lembre que somos pessoas também.

  • Thiago Oliveira diz: 30 de outubro de 2014

    Adsense bombando aqui… kkkk
    Malandro é o fera da rbs que posta um tema polêmico para ganhar ampla visibilidade do blog: publicidade.
    Amem.

  • Gennaro diz: 30 de outubro de 2014

    David, acho que tu poderias fazer um texto comparando uma análise à moda de Kant e uma à moda de Nietzsche. O nível de idealização anda muito alto em várias vertentes, de tal modo que a tua análise de verificação mais prática da realidade ataca o íntimo do modo de pensar dos leitores mais antiquados.

    Aos que faltaram às aulas: o texto fala sobre a QUEIXA em relação aos votos. Em momento nenhum defende discurso de ódio.

  • Bruna diz: 31 de outubro de 2014

    http://portrazBom dia, gostaria de deixar claro que boa parte da região norte não votou na Dilma. Aqui, pelo menos no estado do Pará, há muitas pessoas que não apóiam o governo do pt, até porque aqui há muitos pecuaristas e nós temos nossa visão diferente desse governo. O ruim é que, devido a alienação da massa desfavorável e sem estudo, estes são manipulados por esse governo ditatorial. Entendo plenamente a “revolta” do povo do centro-oeste em diante, concordo, mas não é certo falar que TODOS do norte e nordeste são petistas, até porque o governo do Estado aqui é PSDB. Gente, querendo ou não o nosso voto não fez e nem faria diferença alguma, pois está mais que evidente que houve fraude nas urnas eletrônicas. Segue o link para quem quiser tirar suas conclusões: Assista a “Desvendando a farsa da Urna eletrônica: http://youtu.be/A1094JMa0Ho
    Há também muitos artigos e provas de convergência entre os relato rio das urnas, o voto local com o resultado dito pelo TSE: http://portrazdamidiainternacional.blogspot.com.br/2014/10/arquivo-da-tag-urna-eletronica.html?m=1
    Logo, não só eu e minha família, mas como também uma porção de cidadãos estamos indignados em saber que devido a massa alienada e presa a esse governo, somos infelismente taxados como um todo por esse resultado errôneo das eleições. Então podem ter certeza que há, mesmo poucos, mais há gente aqui no norte que pensam e Apoiam vocês do sul, sudeste e centro-oeste.

  • bruna diz: 31 de outubro de 2014

    Só para complementar meu dito anterior, apoiamos as idéias de mudança de governo atual (federal), ou seja, apoiamos o mesmo pensamento que os sulistas tem desse governo ditatorial.

  • Bernardes Roberto diz: 31 de outubro de 2014

    O Socialismo “no Brasil” durará até terminar o dinheiro dos outros. Quando metade da população de um país descobre que não precisa trabalhar para viver porque sabe que a outra metade trabalhará para sustentá-los, começa aí o fim de um país.

  • Fernanda diz: 1 de novembro de 2014

    Foi isso que disse Bruna, o povo sai condenando a regiao norte tambem, uma regiao pequena, que nao tem nada haver com o peixe rsrs, e muitos estados nao concordam, o norte ficou bem dividido, no site que tava olhando, rondondia, acre e roraima foram de aecio, nao sei RR e RO, mas no acre nao é a primeira vez que a dilma perde, sei do acre, porque tenho parentes la, e eu pergunto muito a eles como sao as coisas por la e tals.. Pois é, acho injusto esse preconceito todo! Ainda mais com o nordeste que SEMPRE foi uma regiao abandonada, e que querendo ou nao, melhoraram graças ao PT, nao gosto do PT, nao votei nele, mas nao posso ser hipocrita e abrir a boca e falar que o PT nunca fez nada, fez sim e muito! Mas nao aqui no sul, nao no sudeste, ou centro-oeste, a gente daqui nao ver, porque a maior contribuiçao do PT foi ao nordeste, só olhar o mapa de desenvolvimento nesses ultimos anos no nordeste! Muitas empresas estao migrando pra la, muitos nordestinos que vieram pra ca e para o sudeste em busca de emprego, ja estao voltando pra sua terra, porque la esta se desenvolvendo! Muito facil para mim, que sou branca, heterossexual e de classe media, sair cagando que o PT nao fez nada, claro, vai fazer o que por mim?? Que tenho tudo na mao praticamente, só faltou eu nascer homem, pra ser perfeito rsrsrs, perfeito que digo, é no sentido de nao sofrer preconceitos, que fique claro (porque aqui tem explicar tudo, só falta desenhar.. Aff!). Entao tudo é uma questao de parar de olhar pro proprio umbigo e ser mais humano! Gente podem se revoltar o que for, o nordeste NUNCA vai votar em outro partido, e eles estao certos! Assim como a maioria aqui do sul vota no PSDB, la nao vai deixar de votar no PT, simples, eles nao sao idiotas, vao ja tirar justo aquele que mais deu valor a eles???! A tenha paciencia né?! Se no passado os partidos nao tivessem virado as costas pro nordeste, talvez hoje nem teriamos PT..

  • gabriel diz: 9 de novembro de 2014

    Acho q os q deveriam olhar pelo povo do norte e nordeste (do qual eu faco parte e com orgulho) sao os q ai estao, nesse governo PORCO do PR, administracao de merda, sem contar com a estorcao e impostos q nao param de subir, vamos nos unir e pedir o impitma dessa PuTa da Dilma Rousseff, fudebdo o brasil e o povo

  • Felipe diz: 11 de novembro de 2014

    Esse pessoal do pig é pago pra falar mrda. Vocês não percebem, que o governo quer diminuir a desigualdade econômica, só desta forma os estados futuramente ficarão independentes e organizados. Cada estado tem sua vocação maior e, portanto precisa ser bem aproveitada, mas para isso, tem que haver um projeto, que satisfaça a todos. O que percebo, é que os mais abastecidos, que conseguiram centralizar as fábricas do país em apenas um estado, se sentem no direito de pisar nos outros menos favorecidos. O dia em que fizer uma distribuição equânime, o país mudará completamente. Vocês foram favorecidos o tempo todo, quando se favorece o nordeste ou norte, ficam irados, deixem de ser egoítas, não atrapalhem a melhoria do nosso país, não queiram ser vítimas, pois não tem motivos, repito, todas as regiões devem crescer igualmente, as que estão para trásprecisam se ajustar, enquanto hover este pensamento retrógrado, o país será prejudicado.

  • Felipe diz: 11 de novembro de 2014

    Houver, desculpe não vou falar de outros erros, a menssagem deu para entender.

  • Marcos diz: 13 de novembro de 2014

    Sabe o que acho incrível? É a capacidade que o indivíduo hoje têm de tirar a responsabilidade das costas, e colocar a culpa de tudo nos outros, pior até em defunto, QUANDO O POVO ASSUMIR QUE O BRASIL É UM SÓ, E TODOS SOMOS RESPONSÁVEIS PELO QUE ACONTECE AQUI, AI TALVEZ AS COISAS MUDEM. Criticar é fácil, ensinar, educar, compreender e ter empatia é raro.

  • carlos andré diz: 4 de fevereiro de 2015

    O PT venceu em três dos cinco maiores colégios eleitorais do País, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul

  • Luciene Weiland diz: 10 de março de 2015

    Estou muito feliz em ter chegado até seu blog, parabéns pelo embasamento e seriedade ao falar de coisas sérias.

  • Caio diz: 25 de junho de 2015

    Separação já!!!!
    O brazileiro é burro. Não raciocina, não analisa nada. Acreita em tudo que ouve no rádio e no que vê na TV. Bastou uma novela dizer que homem dar o c. é bonito para o brazileiro ACREDITAR!
    Tudo tem solução, menos a burrice.
    Nem mais 500 anos resolverá isto.

  • Henrique Marinho diz: 5 de agosto de 2015

    Tem que sabe colocar cada região em um contexto histórico . As famílias nordestinas são famílias centenária de costumes latinos bem enraizados. Somos a raiz do brasil e claro que tem um choque cultural muito grande quando se choca com os sulistas que muitos tem seus avos italianos ,libaneses ,japoneses, espanhóis ainda vivos . Isso quer dizer que os sulista não estão com os pés totalmente aqui … são meios brasileiro ainda …

Envie seu Comentário