Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

JORNALISTA SOFRE...

03 de fevereiro de 2009 7

E nem estou falando dos recados que recebo todos os dias por aqui, chamando de parcial, de gremista, de colorada, de sei lá o que…

Eu respeito demais a opinião das pessoas em geral. De quem vem aqui, então, nem se fala.

Mas antes de soltarem o verbo contra mim, prestem atenção que eu geralmente escrevo de acordo com minha escala de trabalho. Se na semana passada falei mais do Inter, é porque fui mais vezes escalada para trabalhar lá. Logo, foi no Beira-rio que colhi coisas pra escrever.

Se vou mais no Olímpico, a história se inverte… e assim vou levando os dias, e os posts.

Sei que alguns não entendem isso. Mas saibam que estou com a consciência bem tranquila.

Mas, voltando ao título, vejo como passamos por situações constrangedoras.

Sexta-feira, por exemplo, colegas jornalistas estavam até tarde da noite, quase madrugada de sábado, em frente ao Palácio Piratini, na rua mesmo… esperando até que a comitiva da Fifa encerrasse o encontro com os organizadores da Copa. A pedido da própria Fifa, a imprensa não poderia acompanhar o encontro. As entidades gaúchas nada puderam fazer. Todos a postos para acompanhar as autoridades, e tiveram que esperar no sereno.

Era um jantar de sempre, com os tradicionais discursos… mas aqueles que podem esclarecer as pessoas o que está ou não sendo feito, não puderam acompanhar.

Domingo, após a primeira derrota depois de cinco meses, Muricy Ramalho descontou em quem os pontos perdidos?!?! Quem? Quem? Quem? Adivinhem… nos jornalistas, claro.

E olha que eu gosto do Muricy, sempre me tratou super bem. Ano passado, me elogiou em frente a todos os colegas quando veio ao Olímpico… mas o que ele faz com meus colegas do eixo Rio-São Paulo, está passando dos limites. Respostas irônicas, agressivas, brincadeiras de mau gosto. Ninguém está lá de brincadeira, muito menos de castigo para sermos “chapuletados” . Estamos a trabalho!!!

Ja escrevi sobre isso outras vezes, mas ainda fico me perguntando porque tanta falta de respeito…

Poxa vida! Somos companheiros de tantas jornadas ao lado dos clubes… estamos juntos nas vitórias e nas derrotas… nos chutes pra fora e na bolas bolas no fundo da rede… batalhamos incansávelmente para não deixar ninguém sem informações sobre sua grande paixão… e as vezes mal dormimos porque quando a festa da conquista recém terminou, já estamos de pé pra atualizar tudo pra quem teve que ficar de fora das alegrias.

Sei que nem todos os colegas respeitam o limite que nós também temos, mas com certeza eles são minoria…

Acho que não custa olhar com um pouco mais de carinho por nós…

Postado por debora.oliveira@tvcom.com.br

Comentários (7)

  • Marcelo Alves diz: 4 de fevereiro de 2009

    Quando se ganha R$ 400.000,00 p/ mês se perde o respeito pelos outros…? Não quero ganhar R$400…

  • EVERTON MARTINS diz: 4 de fevereiro de 2009

    Oi loira, mais uma vez numa demosntração de puro PROFISSIONALISMO tu explica o que é desnecessário para quem tem um pouco de inteligência e lê com atenção o que tu escreve. Quanto ao humor e educação dos técnicos talvez seria melhor se eles ganhassem um salário mínimo e treinassem times inexpressivos que não são acompanhados pela imprensa.

  • Rafael Tavares Pinto diz: 3 de fevereiro de 2009

    E o alex, não ia ser vendido pra Europa? Hehehe! O Guilherme, do Cruzeiro, foi vendido por um caminhão de Euros e não tem um terço da exposição que têm os “craques” midiáticos do monocopa do aterrão. Mesmo com toda a mídia nem o monocopa, nem a imprensa conseguem um comprador pra eles. Será que os europeus não entendem nada de futebol? Ou o pessoal daqui é que é exagerado??

  • João André diz: 4 de fevereiro de 2009

    Naõ te preoucupas com as atitudes dos teus leitores,pois muitos não sabem o que significa ser uma grande repórter principalmente uma mulher no meio do esporte considerado pra homens,pobre deles que são vítimas do machismo que infelizmente ainda atinge esse estado maravilhoso!Mas eu te admiro desde os tempos de band,vc é muito talentosa! Um grande abraço

  • kelly diz: 3 de fevereiro de 2009

    Oi Deby!
    Tu não vai anunciar os ganhadores para visita na casa do clemer?

  • Antonio diz: 3 de fevereiro de 2009

    Chamar um jornalista de IMPARCIAL é ofensa? Essa é nova pra mim…

    De resto, concordo com o que você disse.

  • Paulo diz: 3 de fevereiro de 2009

    Você tem o meu apoio Débora… Mas não precisa ir até São Paulo pra ver isso. Ali na azenha tem um técnico muito “educado” com os jornalistas também…

Envie seu Comentário