Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A cozinha maravilhosa das avós

27 de julho de 2012 0

O Dia dos Avós, comemorado nesta quinta-feira, faz lembrar do poder de encantamento que tem uma avó em sua cozinha ensolarada preparando as receitas mais clássicas da família. A melhor cuca normalmente é a das omas, e são as nonnas que mais acertam a polenta. Além disso, é na cozinha delas que costumam morar as nostálgicas máquinas de massa caseira, os moedores manuais de carne, os pratos de florzinhas e os paninhos de crochê. E é lá que a gente lembra que não há azeite trufado capaz de substituir comida feita com carinho — baita clichê, mas nunca é demais lembrar.

Não é à toa que alguns personagens nacionais fazem tanto sucesso ao recriar esta figura. Aí está a Dona Benta (foto acima), do Sítio do Picapau Amarelo, de Monteiro Lobato, como exemplo — OK, ela tinha uma cozinheira, a Tia Anastácia, mas a figura acolhedora da avó a transformou em personagem de livro de receitas. A saudosa Ofélia Anunciato, pioneira dos programas de culinária na TV brasileira, também transmitia esse clima. E essa sensação também explica o sucesso da culinarista Palmirinha Onofre na TV — uma senhora de simplicidade cativante, com um jeito inconfundível de avó. Recentemente, aos 81 anos, ela ganhou um programa no canal pago Bem Simples, da Fox.

A minha avó materna, por exemplo, segue sendo a dona do melhor tempero que eu conheço. Além de ter um repertório incrível de receitas e dicas (temperar bifes com canela em pó é uma delas), cada prato feito por ela carrega a herança gastronômica de gerações. Em homenagem às matriarcas de mão cheia, reproduzo (à esquerda da página) um clássico do cardápio da minha avó: um bolinho simples enigmaticamente chamado de “bolo de zinha“. A origem do nome é mais um desses mistérios que só as avós sabem responder…


Bolo do caderno de receitas da minha avó

Ingredientes
1 colher (sopa) de manteiga
1 xícara de açúcar
3 ovos
1 xícara de leite
1 xícara de farinha
2 xícaras de maisena
2 colheres (chá) de fermento
1 colher (chá) de açúcar de baunilha
1 pitada de sal

Preparo
1. Bata bem todos os ingredientes na batedeira. Asse em forno médio, pré-aquecido, por cerca de 40min.

Publicado na coluna Dedo de Moça desta sexta

Comente

comentários

Envie seu Comentário