Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dicas para evitar o desperdício de pão

06 de dezembro de 2013 6

Proponho um exercício: calcule quanto pão você compra e quanto de fato come. Na rotina de famílias pequenas e nas casas em que os integrantes comem fora, é fácil deixar um pão envelhecendo na cozinha.

Com organização e disciplina, dá para comer pão fresquinho e dar a ele destinos mais felizes do que o caminho do lixo quando perde o frescor. Iuri Agostinho, professor do curso de panificação do Senai de Blumenau, tem várias dicas para fazer o pão durar mais e também incluí-lo no plano de receitas (confira abaixo).

Planejamento aliás é palavra imprescindível para reduzir o desperdício de alimento. Sempre merece o esforço, concordam?

Nestlé/Divulgação

Nestlé/Divulgação

Conserve melhor

- O saquinho plástico deixa o pão abafado, e a umidade ajuda a estragá-lo. Opte por guardá-lo em embalagem de papel.

- Se o pão dura menos do que a validade indica, fique de olho no fornecedor: o pão pode ter sido embalado ainda quente, o que deixa a embalagem mais úmida.

- O pão fresco dura até três meses congelado. A melhor forma de descongelá-lo é à temperatura ambiente e fora de qualquer embalagem – retire na noite anterior para consumir de manhã.

- Uma vez que o pão apresenta uma mancha de bolor, significa que todo o produto está contaminado – portanto, nada de eliminar a parte estragada e aproveitar o resto.

- Se for fazer pão em casa, use um conservante natural: o vinagre de álcool. A quantidade de vinagre indicada é de 1 a 2% do volume usado de trigo.

- Guardar pão caseiro em toalha de louça não ajuda a conservá-lo melhor – a função de envolvê-lo no pano logo que sai do forno é deixá-lo macio.

Aproveite melhor

- Revigore o pão francês de ontem borrifando água e colocando no forno: menos de um minuto no micro-ondas ou por cerca de três minutos no convencional.

- O pão caseiro pode se renovar depois do terceiro dia: para fazer um petisco, corte as cascas em tiras e leve ao forno com azeite, sal e orégano. Com o miolo do pão, faça uma base de pizza.

- O pão branco é indicado para os cubinhos de croûtons. Se quiser consumi-los na hora, faça na frigideira (com azeite, sal e orégano). Se for guardá-los, asse no forno.

- A brusqueta italiana fica ainda melhor quando o pão não é fofo – a fatia precisa estar firme.

- Pão francês adormecido é ideal para fazer farinha de rosca (torre bem e depois bata) e rabanada, tradicional doce de Natal.

Comente

comentários

Comentários (6)

  • roseni diz: 7 de dezembro de 2013

    Pão francês adormecido também pode ser usado para fazer pudim(tire a casca de 5 pães deixe de molho em um litro de leite depois bata no liquidificador com leite condensado
    e 6 ovos bater bem e se quiser pode por canela e cravo, por em forma caramelizada com açúcar assar por 30 á 40 minutos .

  • José Edno Torres diz: 13 de janeiro de 2015

    Eu faço um pão sem glutem, usando fécula de batata, fecula de mandioca, farinha de arroz e psylliun, gostaria de saber o que usar como conservante nesses pães.

  • Ana Paula Fernandes Alves diz: 6 de junho de 2015

    Esse site ainda está ativo ? Grata

  • Rubens Pires diz: 27 de janeiro de 2016

    Olá, poderia por gentileza ensinar alguma receita de pão sem glúten para panificadora caseira?

Envie seu Comentário