Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts na categoria "Design"

Oxford lança panelas coloridas de cerâmica

22 de novembro de 2015 0


Lindas estas panelas, coloridas do fundo à tampa. A coleção é um lançamento da Oxford – as peças são de cerâmica, com tampas de vidro e silicone, e opções em quatro tons. A marca garante que o revestimento especial reduz em 95% a proliferação de fungos e bactérias.

O preço do jogo, com cinco peças, é salgado: R$ 999 – mas alguns modelos devem ser vendidos separadamente. Informações: www.oxfordporcelanas.com.br.

Blumenauense cria aventais com cara de vestido

08 de maio de 2015 0

O hobby de uma moça se transformou em aventais charmosíssimos. Débora Locatelli, blumenauense de 20 anos, cria peças que dá vontade de usar como vestido — mas é para respingar tomate nelas mesmo, com muito mais estilo que o normal.

avental2Fotos: Bonjour, Divulgação

avental

Débora, que é estudante de Engenharia de Produção da Furb, aprendeu a costurar há três anos, focada no sonho de ter uma fábrica de vestidos infantis. Quando a cunhada casou, decidiu presenteá-la com um avental personalizado, com as cores da cozinha da noiva. Ficou tão lindo que logo em seguida nasceu a Bonjour Aventais, que faz peças masculinas, femininas e infantis — e pode deixar a família toda combinando, se o cliente quiser.

avental3

Os aventais, de tecido 100% algodão, têm composições exclusivas para cada peça. Os infantis custam entre R$ 45 e R$ 60 e os adultos, de R$ 75 a R$ 85. O contato com os clientes é feito através das redes: facebook.com/bonjouraventais e instagram.com/bonjouraventais.

avental1

Também cabe beleza na batedeira

08 de junho de 2012 0

Eu lembro bem da época em que as batedeiras eram peças sem graça, de plástico bege e que chegavam a receber capinhas — nem sei bem por que, provavelmente porque eram feiosas mesmo. O design venceu e hoje há modelos lindos, que despertam o desejo de consumo até de quem não faz tanto bolo assim.

Claro que, junto com a beleza, subiram de patamar também os preços e algumas chegam a custar o mesmo que uma televisão — há modelos simples a partir de R$ 40, mas os preços vão ao infinito conforme as funções e a “boniteza” da peça. Entre tantos modelos à venda, é preciso saber exatamente o que se quer da batedeira para escolher o melhor modelo, como ensina Giuseppe Marino, chef de cozinha especializado em confeitaria e coordenador do curso de Gastronomia da Uniasselvi em Blumenau:

— Para pães e massas pesadas, é preciso de uma potência de pelo menos 500W. Mas se for só para bater claras ou uma mistura mais leve, os modelos mais simples são ideais.

O material do eletrodoméstico também deve ser levado em consideração, lembra Marino. As peças de plástico, por exemplo, são mais leves e se tornam mais práticas para o uso no dia a dia. As bonitonas semiprofissionais — com a KitchenAid, queridinha dos gourmets — são bem mais pesadas, e isso deve ser levado em consideração na hora da compra.

Confira alguns lançamentos:

O modelo retrô icônico da americana KitchenAid está disponível em várias cores. Esta é uma edição limitada com estampa adesivada do designer brasileiro Amir Slama, inspirada em azulejos antigos. O preço sugerido é de R$ 1.690,90. Informações: www.kitchenaid.com.br

Lançamento da Mondial, a Batedeira Profissional Eletrônica vem com três batedores — para massas leves, médias e pesadas — e uma tigela com coletor de ingredientes. Por R$ 459. Informações: www.mondialine.com.br

Este lançamento promete alcançar todas as extremidades da tigela sem nenhuma ação manual. Segundo o fabricante, o modelo Arno Elipse faz o trabalho na metade do tempo normal, combinado três ações simultâneas: além do alcance total, batedores que misturam perfeitamente os ingredientes e um efeito que acelera o processo e deixa as massas mais areadas. A partir de R$ 299,99. Informações: www.arno.com.br

Publicado na coluna Dedo de Moça desta sexta

Catarinense cria o Facecake, uma sugestão para a Páscoa

02 de abril de 2012 1

A publicitária Larissa Klimeck Kammer, de Florianópolis, criou o Facecake, uma novidade para a Páscoa. É uma sugestão de presente personalizável: um quadrado de chocolate embalado com a cara de quem será presenteado.

São seis sabores do doce (castanha-do-Brasil, nozes, amendoim, coco, damasco turco e avelã, banana com castanha), uma receita inglesa feita por Larissa. As embalagens são assinadas pelo designer catarinense Henrique Machado e os docinhos são vendidos em kits de tamanhos variados.

As vendas são feitas pela internet, através do site do Facecake, ou na padaria O Padeiro de Sevilha, de Floripa.

A foto perfeita

24 de junho de 2011 0

Não há como negar. Uma bela foto de comida desperta imediatamente apetites e até desejos de compra e torna livros e cardápios mais atrativos. Transformar um prato de comida em uma imagem que beira a perfeição é o trabalho do chef Heiko Grabolle e do fotógrafo Michel Téo Sin. Com a empresa Fotografia de Comida, com sede em Florianópolis, eles produzem imagens para embalagens de produtos, livros e revistas e ministram workshops pelo país sobre o assunto — o próximo será na capital catarinense, dia 9 de julho.

Grabolle, alemão radicado no Brasil, trabalha como food stylist (algo como estilista de alimentos) na produção das imagens _ o objetivo é deixar o alimento com o aspecto perfeito para o clique.
A perfeição, claro, tem seus truques e é conquistada minuciosamente. Uma xícara de café com uma bela espuma, por exemplo, pode custar três, quatro horas para a produção. O chef Grabolle conversou com a coluna sobre o mercado e dá dicas para iniciantes, confira abaixo.


Workshop Fotografia de Comida _ No Majestic Palace Hotel, em Florianópolis. Dia 9 de julho, sábado, das 9h ao meio-dia e das 13h30min às 18h30min, por R$ 450. Pré-requisito: noções básicas de fotografia e/ou culinária. Informações e inscrições: fotografiadecomida.com.br

Foto: Michel Téo Sin/Divulgação

Entrevista: Heiko Grabolle, chef e food stylist

O visual das fotos de comida evoluiu muito nos últimos anos. Este é um movimento recente?
Grabolle -
A fotografia de comida e o food stylist como profissão no Brasil ainda são muito novos, tem pouca gente que trabalha com isso. Antigamente havia muito a ideia da mentira, a foto era muito diferente do produto da embalagem. Nos últimos cinco a 10 anos, as empresas grandes descobriram que investir na embalagem atrai mais o consumidor. O Photoshop também é um diferencial, mas a gente procura fazer o melhor trabalho no produto. Quanto mais se investe na qualidade de produção, melhor.

Há blogueiros de gastronomia, fotógrafos por hobby, que se destacam nesta área. Como você vê este trabalho?
Grabolle -
Acho que o mercado no Brasil está crescendo muito nesta área. Muita coisa vem de hobby, depois às vezes vira uma profissão. Isso ajuda no crescimento nacional. Quanto mais pessoas estiverem escrevendo e fotografando bem, maior será a concorrência para as revistas.

Que dicas você daria para blogueiros e para quem gosta de fotografar os pratos que produz, que fazem como hobby?
Grabolle -
Um bom investimento na iluminação — pode ser luz natural, mas tem que ter condições climáticas perfeitas —, aprender técnicas básicas sobre como preparar comida e boa escolha de louças e ambientações.

* Publicado na coluna Dedo de Moça desta sexta.

Água mais fácil

09 de fevereiro de 2011 1

Tomar água gelada pode ser um hábito mais prático. A marca Ou, em parceria com a Eletrolux, pôs o design a serviço da praticidade em um modelo de jarra que venceu a categoria Utilidades Domésticas – Utensílios de Cozinha do XI Prêmio House & Gift de Design, em 2010.

A jarra permite extrair o líquido sem ter que virá-la nem tirá-la da porta da geladeira. O processo é feito em um processo parecido com o das garrafas térmicas, com um sistema de pressão.

Moda confeito

12 de janeiro de 2011 0

Que confeitaria está na moda a gente já sabia. Mas a estilista Alessa levou os doces literalmente à passarela no desfile de abertura do Fashion Rio outono-inverno, nesta terça-feira. Sob o tema Doce Lar, a coleção trouxe estampas inspiradas em docinhos, jujubas, granulados e confetes.

Abaixo segue o vídeo de um trecho do desfile. Eu sairia de casa bem feliz com aquela saia longa de confetes. E você?

Me empresta a sua força?

07 de dezembro de 2010 0



E quem nunca chegou a machucar a mão ao tentar abrir um pote que mais parece um cofre? A marca canadense Trudeau criou um acessório justamente para estas ocasiões. É um abridor em silicone, que permite a regulagem para diversos tamanhos de vidros. O acessório adere à tampa e permite abri-la sem tanto esforço.
Quem importa o produto é a Imeltron.








Louça antimonotonia

17 de novembro de 2010 0


Estas louças recém-lançadas não deixam esquecer: comer pode (e deve) ser divertido. O estilista Ronaldo Fraga assinou algumas peças de decoração para a marca Tok Stok e entre elas estão pratos, bowls e porta-copos. Ilustram as louças, por exemplo, desenhos de doces e estampa de bolacha. Divertido assim.


Para mexer o drinque

07 de julho de 2010 0

Designers e suas boas ideias estão sempre tentando aperfeiçoar o gelo em cubinhos. A marca OU e a empresa Electrolux criaram em parceria o gelo misturador, um acessório bem simpático que pode substituir os tradicionais quadradinhos.

A água é congelada em barrinhas verticais, presas por um clip. Soltos, os gelinhos em formato vertical acabam servindo também como misturadores de bebidas.